O Maranhão Atlético Clube levou a melhor, Na primeira partida da decisão da Copa FMF, o Maranhão Atlético Clube (MAC) levou a melhor na competição que garante ao campeão, uma vaga no Campeonato Brasileiro da Série D em 2019. Jogando no ultimo domingo (9) no estádio Castelão, a equipe Atleticana derrotou o Pinheiro pelo placar de 1×0.

O gol da vitória do MAC, chegou aos 29 minutos do segundo tempo, pelo atacante Cléber Pereira. Com a vitória desse domingo (9), o MAC está a um empate da conquista do título da Copa FMF.  Porém para o Maranhão Atlético Clube é uma missão bastante difícil haja visto que o Búfalo da Baixada (PAC) , é considerado imbatível quando joga com a força da sua torcida presente no estadio Costa Rodrigues

A partida de volta entre as duas equipes, acontece nesta quarta-feira (12), às 19h30 no estádio Costa Rodrigues aqui em Pinheiro.


Fotos/divulgação:

FOTO 01_Presidente eleito do Conselho Deliberativo do Sebrae no Maranhão, Raimundo Coelho, com Dayane Ribeiro e Saul Campos, da empresa Nutrilight, vencedora da categoria Serviços, acompanhados do Diretor Superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins.

FOTO 02_ Michelle Ribeiro, da empresa Ribeiro Comércio de Material de Construções de São José de Ribamar, vencedora na categoria Comércio, ao lado do Presidente eleito do Conselho Deliberativo do Sebrae no Maranhão, Raimundo Coelho, o diretor superintendente do Sebrae no MA, João Martins e Jeovan Ribeiro, também da empresa vencedora.

FOTO 03_O diretor superintendente do Sebrae no MA, João Martins, com Tadeu Melotti, da empresa Cemil Cerâmica Mirim de Santa Inês, ao lado do presidente eleito do Conselho Deliberativo do Sebrae Maranhão, Raimundo Coelho, acompanhado da esposa do empresário.

FOTO 04_Diretor superintendente do Sebrae no MA, João Martins, ao lado do presidente eleito do Conselho Deliberativo do Sebrae Maranhão, Raimundo Coelho, acompanhado do gerente de negócios de governo da superintendência do BNB no Maranhão, César Ney Teixeira.

O presidente eleito do Conselho deliberativo do Sebrae, conselheiro Raimundo Coelho, e o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, participaram da entrega do Prêmio Banco do Nordeste (BNB) para Micro e Pequenas Empresas. A solenidade ocorreu na manhã da última sexta-feira (30), na Associação Comercial do Maranhão (ACM).

Esta é a quarta edição da premiação que segundo o diretor de negócios do banco, Antônio Rosendo Júnior, reforça a posição da instituição de apoiadora das micro e pequenas empresas, “Fazemos a diferença no crescimento e sustentabilidade desse segmento produtivo. Os empreendimentos vencedores – que são dos segmentos

Indústria, Comércio e Serviços, foram avaliados por um grupo de profissionais de instituições parceiras, entre eles está o Sebrae”, disse.

O presidente eleito para a próxima gestão do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae reafirmou a parceria entre as instituições. “O BNB é um dos três bancos que tem assento no conselho deliberativo e tem sido um parceiro de primeira hora dos nossos eventos, sempre divulgando as possibilidades de crédito para os pequenos negócios, via fundo Constitucional de Desenvolvimento do Nordeste”, disse Coelho.

Foram premiadas as empresas Nutrilight, na categoria Serviço, a Cemil Cerâmica Mirim, na categoria Indústria, e a Ribeiro Materiais de Construção, na categoria Comércio, que na ocasião receberam um troféu das mãos de funcionários do Banco do Nordeste.

Também estiveram presentes ao evento o superintendente estadual do BNB no Maranhão, Expedito Neiva, o superintendente de Negócios de Varejo e Agronegócio, Luiz Sérgio Farias, a conselheira do Sebrae e presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Maranhão, Socorro Noronha; o conselheiro e secretário estadual de Industria e Comércio, Simplício Araújo, o vice-presidente da Fiema, Leopoldo de Moraes Rêgo, e a vice-presidente para assuntos de desenvolvimento de quadros associativos da ACM, Edna Montenegro.

Com informações:

Lucas Santos
Unidade de Marketing e Comunicação
Regional do SEBRAE em Pinheiro – Ma
Contatos: (98) 98177-0022 / (99) 98132-4707
Sebrae – Pinheiro-MA (98) 3381-2711 / 3381-3843


Maranhão e Pinheiro Atlético Clube, começam a decidir neste domingo (9) às 16h no estádio Castelão em São Luís, a Copa FMF, competição que garante ao campeão, uma vaga no Campeonato Brasileiro da Série D em 2019.

Para chegar a decisão da competição, o Maranhão Atlético Clube eliminou na fase semifinal, a equipe do São José. No primeiro jogo realizado na cidade de Rosário, o São José venceu por 1×0, enquanto que na partida de volta em São Luís, o Maranhão venceu pelo placar de 2×1.

Já a equipe do Pinheiro, chegou a final da Copa FMF, eliminando o Santa Quitéria. No primeiro confronto da semifinal, o Santa Quitéria venceu o PAC por 1×0 e na partida de volta, realizada no estádio Costa Rodrigues, os Pinheirenses golearam por 5×0.

ARBITRAGEM: A partida terá arbitragem de Maykon Matos Nunes, com as assistências de José Carlos de Jesus e José Célio Amaral Rodrigues. O adicional 1 sera Paulo José Sousa Mourão, o adicional 2 será Jorge Luís Viana da Silva e o quarto árbitro será Ronildo Alves dos Santos Vilar.

INGRESSOS: Para o duelo deste domingo, os ingressos serão comercializados ao preço de R$ 20 (Setor 1) e R$ 40 (Cadeiras)

Com informações:  Maranhão Esportes |Esporte Maranhense


Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

– Alguém por favor atenda, estão batendo palma na frente de casa novamente.

– Deixa que eu atendo desta vez.

Estávamos na primeira semana de janeiro de 2018. Junto de minha família eu passava a temporada de verão na praia, como era tradição desde os tempos dos meus avós. Nessa época era comum pessoas, buscando ganhar o pão de cada dia, passarem de casa em casa oferecendo produtos e serviços. Mas nós já não necessitávamos de mais nada e apenas atendíamos e dispensávamos os mercadores. Naquela ocasião, eu me ofereci ao atendimento.

– Pois não, o que desejam? – perguntei a um casal postado em frente ao portão, abaixo de um impávido sol do meio dia.

– Gostaríamos de saber se tem algum resto de comida para levarmos para casa – disse o homem com humildade, ao lado da mulher que envergonhadamente olhava para os lados.

– Sim, tem sim, e não é resto.

Ao tempo em que respondia, surpreso com um pedido assim tão direto, eu olhava para os dois, que não aparentavam ser pessoas em situação de rua. Porém, eram claramente vulneráveis. Entregamos todas as sobras de comidas da geladeira e do freezer, mais alguns alimentos frescos. Alguns o casal saboreou ali mesmo, levando a maior parte embora como planejado.

Mais tarde, conversando sobre o episódio, lembrei duma situação que havia vivido no trabalho pouco antes do recesso de final de ano. Num dia da semana qualquer tinha estado pela manhã no Presídio. Lá, depois de adentrar nas galerias como sempre fazia e perceber que a superlotação ainda estava grave, que a falta de estrutura perdurava e que problemas sérios de saneamento continuavam a existir, reuni-me com representantes dos detentos e com a direção prisional para outra vez, mais uma vez, numa teimosia que não me deixa desistir, tratarmos das condições de vida no complexo.

Entre muitas questões, de visita familiar, trabalho e estudo (os 800 detentos do Presídio, ao contrário dos da Penitenciária, nada obstante cumprirem penas às centenas, não tem acesso a trabalho algum e tampouco a estudo) a atendimento à saúde, houve o momento em que discutimos sobre a alimentação. Pediam os detentos por uma cota maior de alimentos no jantar, pois estavam passando fome, uma vez que ele era servido às 17h e depois disso apenas às 7h da manhã do dia seguinte é que recebiam novo alimento, no café da manhã. Além disso, a reclamação também envolvia o café, que estava chegando nas celas frio e fraco, com resíduos.

Disse aos detentos que exigiria da empresa contratada pelo estado para o serviço que melhorasse a qualidade do produto e que oficiaria ao Promotor de Justiça, pois era a pessoa competente para fiscalizar a situação. A partir dali a conversa, que sempre se manteve cordial e respeitosa, ficou mais amena. Retornei ao Fórum no início da tarde e sem tempo para me sentir cansado, porque esse era um capricho que numa Vara de Execução Penal em final de ano não é apropriado, encaminhei as diretrizes resultantes da inspeção prisional.

No final do expediente, outro fato envolvendo alimentação ocorreu. Entre as várias decisões e despachos do dia, mandei soltar oito apenados com direito à progressão ao regime aberto ou regime domiciliar. Quando é um número desses eu sempre peço que os tragam ao Fórum ao mesmo tempo e os reúnam na sala de audiências. Então, antes da soltura eu explico a decisão de cada um, o que eles precisam fazer, como se reportar com dúvidas e como sempre devem seguir o que a justiça mandar etc. Também dou alguns conselhos, mas sem ar professoral. Apenas tento explicar sobre a vida fora da prisão, coisa que muitos já não sabem mais como é.

Naquela ocasião, um pouco antes eu havia ganhado um bolo de natal de um estabelecimento comercial que frequento o ano todo. Era um bolo daqueles com cobertura de suspiro e frutas cristalizadas, bem bonito e gostoso. Eu mais a assessoria saboreamos a metade da iguaria. Quando então fui falar com os detentos, todos eles estavam sentados ao redor da mesa, olhando para aquele bolo ao centro, que não tinha sido retirado da mesa depois do lanche. Imediatamente mandei buscar uma faca e guardanapos e disse:

– Vocês hoje além de serem soltos, ainda terão direito a um pedaço de bolo de Natal – Todos sorriram e agradeceram. Alguns mais envergonhados declinaram, outros degustaram seu pedaço com satisfação.

É da natureza humana de qualquer ser vivo a necessidade de alimentar-se, isso é óbvio. E fome todos sentem. Mas há casos em que a fome resulta na necessidade do faminto postar-se a frente de outra pessoa e pedir por comida.

Diferente do caso do bolo de Natal, a fome de boa parte da população carcerária do Brasil e a fome das pessoas abaixo da linha da pobreza – e aqui não pretendo traçar algum paralelo entre pessoas presas e pessoas economicamente vulneráveis, porque o que gera violência não é a pobreza, a violência segue a linha da riqueza, o jovem pobre e sem referências familiares e institucionais é mais suscetível de ingresso na marginalidade, de se tornar violento e de ser vítima dessa mesma violência –  essa fome é muito maior, ela sai do vazio e dolorido estômago do faminto e acerta em cheio a alma do saciado, que só não fica com mais compaixão porque em frente a esse flagelo sente que não tem esse direito.

Vivemos em terras onde o ditado “no lugar de dar o peixe, ensine a pescar” não tem muita eficácia. Ninguém aprende a pescar com a barriga vazia.

E é essa a realidade que tenho visto por esse vasto Brasil, tão rico em sua diversidade alimentar e produtiva que em muitos lugares é tido como o celeiro do mundo, porém tão injusto e concentrado em sua riqueza que o número de pessoas abaixo da linha da miséria, que vive com menos de 6 reais por dia, chega aos milhões. Obviamente isso resulta em uma massa de excluídos, a maioria de crianças e adolescentes cujas oportunidades de crescimento com dignidade não se apresentarão.

Temos a obrigação de lutar pela superação de toda essa tragédia social.

Essa ação deve ser imediata, pois parece que quanto mais dizemos que queremos e que somos, não somos, não queremos tanto assim, não agimos. Corremos o risco de olhar tanto para o abismo que nos acostumaremos a isso. Até que um dia seremos surpreendidos com ele, o abismo, olhando para nós, com fome. Não podemos chegar a esse ponto.

Fome por justiça, amor e felicidade é a única fome que traz evolução humana. Pessoas idealistas, que agem na vida com a alma faminta de seus ideais, vivem e se movimentam na busca incessante de um mundo mais digno. É dessa busca, dessa fome que devemos nos alimentar.

Cronica de: João Marcos Buch – juiz de direito da Vara de Execuções Penais de Joinville/SC.

Matéria republicada a pedido de seguidores do blog.

Os mototaxistas são-bentenses começam a serem beneficiados com políticas de incentivo a regularização da categoria. Além do custeio total de 40 habilitações, o prefeito Luizinho Barros firmou parceria com Auto Escola para redução do valor da cnh.

Os mototaxistas passarão a trabalhar com as motos adesivadas, capacetes amarelos e coletes padronizados para aumentar a segurança dos passageiros que usam esse tipo de transporte.

Com informações: Prefeitura Municipal de São Bento.


Foto: Divulgação

Laurindo Paz foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável na Deapca

O agricultor Laurindo Paz, 53, foi espancado por populares e entregue para policiais militares da 10ª Cicom, depois de ser flagrado estuprando uma menina de 6 anos de idade e sua irmã de 1 ano e 8 meses.

Os dois crimes aconteceram no começo da noite da última quarta-feira, 5, na casa das vítimas localizada na Rua Violeta Areosa, bairro da Avorada 2, Zona Centro-Oeste de Manaus.

O agricutor colocou o órgão genital para fora da braguilha da calça e estava estuprando as crianças quando uma vizinha deu o alarme.

O estupro acontecia no quintal e os pais das crianças estavam na parte da frente da casa quando foram avisados pela testemunha me correram para o local.

Nesse momento, Laurindo largou as crianças e saiu correndo mas foi perseguido e,  depois de ser alcançado, foi espancado pelo pai das meninas e por um grupo de moradores.

A mulher que flagrou o agricultor disse que ele se esfregava na criança de 1 ano e 8 meses e segurava na mão de sua irmã mandando ela pegar em seu órgão genital.

 

Delegada Joyce Coelho autuou em flagrante mais um acusado de estupro (Foto: Divulgação)

O agricultor foi agredido pelos moradores da rua e foi apresentado posteriormente pelos policiais militares na Delegacia Especializada em Apoio e Proteção à Criança e ao Adolescente (Deapca).

Os pais da criança,  que não tiveram os nomes divulgados, relataram para a delegada titular Joyce Coelho que Laurindo era um vizinho de inteira confiança e que estava sempre indo à sua casa visitar as crianças.

A delegada informou que conversou com a criança de 6 anos e, apesar da pouca idade, ela confirmou que o agricultor sempre tocava em suas partes íntimas e se esfregava nela quando ia visitá-la em sua casa.

O agricultor se defendeu em seu interrogatório dizendo que só estava beijando as duas crianças, sem nenhuma maldade e que sempre foi carinhoso com elas quando ía visitá-las na casa de seus pais.

A vizinha do casal sustentou a acusação, e como a criança mais velha das irmãs confirmou os abusos sexuais à delegada Joyce Coelho, Laurindo da Paz foi autuado em flagrante delito por estupro de vulnerável.

Com informações: Portal do Zacarias

 

O Projeto de Emenda à Lei Orgânica nº 003/2018, do Vereador Elizeu de Tan Tan, que dispõe sobre o aumento do numero de vereadores de 15 para 17, a partir da legislatura de 2021/2024, foi aprovado por UNANIMIDADE , em primeira sessão, na Câmara Municipal de Pinheiro, o projeto teve 15 votos favoráveis. Os percentuais do aumento do numero de vereadores  seguem o parâmetro previsto atualmente na Constituição Federal, usando regras de proporcionalidade entre o numero de parlamentares, a população e a receita dos municípios como referência, que hoje ao invés dos  5%, 6%, 7% e 8% , estão divididos em seis novos percentuais.

“De conformidade, na justificativa do projeto de emenda à Lei Orgânica, a proposta segue o que determina e observa os limites estipulados no art. 29, inciso IV, da Constituição Federal, que define a proporcionalidade entre número de vereadores e número de habitantes. Essa medida trará maior representatividade para a população pinheirense, já que irá contar com 17 parlamentares, os cidadãos se sentirão melhor representados, fazendo com que toda a fiscalização,seja vista de forma mais abrangente e em maior âmbito de atuação”. pontou o autor da emenda, Vereador Elizeu.

Por: www.jgmoreira.com.br/Jornalista~Registro nº  0001396-SRTE-MA.


A segunda fase da COPA VEREADOR ELIZEU DE TAN TAN, definiu as equipes classificadas. A Coordenação da Copa , divulgou nesta quarta-feira (05), o nome das 06 equipes que estão na segunda fase da competição. As equipes foram definidas após a classificação das ultimas rodadas da competição.

“Segundo a Coordenação a 2ª fase será disputada no sistema de eliminatória de mata mata ou pênaltis . A definição dos jogos entre as equipes classificadas, foi mediante sorteio”. explicou.

Confira as equipes classificadas para a segunda etapa:

SERÃO REALIZADAS NO PRÓXIMO SÁBADO E DOMINGO ENTRE AS EQUIPES DE

PRIMEIRO  JOGO – RIBEIRÃO  X  ÁGUAS BOAS,  (SÁBADO-(08/12) ás 14 hs

SEGUNDO  JOGO- VELOZES E FURIOSOS  X  CANARANA (SÁBADO-(08/12 ) ás 16 hs

DOMINGO -(09/12)   ANDIROBAL  X  GUARIBAL-   ás 08:00hs

PARABÉNS A TODAS EQUIPES CLASSIFICADAS.


A Câmara Municipal de Pinheiro realizará no próximo dia 13/12 (quinta-feira), a sessão solene de entrega dos Títulos de Ordem ao Mérito e Cidadão Pinheirense  conforme a resolução conferidas nos termos do  Inciso IV do Artigo 52 da Lei Orgânica e do Inciso IV do Artigo 39 do Regimento interno, após aprovação do Plenário e Promulgada pelo decreto do Ex.mo  Sr. Presidente Vereador ELIZEU FURTADO.

As honrarias são  homenagens do Poder Legislativo Municipal com o objetivo de reconhecer a importância e o trabalho de homens e mulheres pelos relevantes serviços prestados a nossa comunidade, a propositura aprovada através da resolução, vem na ordem na ordem de 48 (quarenta e oito) Títulos de Cidadão Pinheirense e 21(vinte e um) Títulos de Honra ao Mérito este ano serão, 69  homenageados conforme a resolução limitada à iniciativa  pelos vereadores para cada modalidade de honraria. 

Para o Presidente da Câmara Municipal, vereador Elizeu de Tan Tan (PP) justificando e prestando as homenagens às pessoas que contribuem com com o desenvolvimento de Pinheiro, ou que ajudaram a escrever a história da nossa cidade, é uma forma justa de agradecer e reconhecer a importância que cada um homenageado teve e tem para o desenvolvimento da nossa terra. “Nenhuma cidade cresce  sem o trabalho dos seus filhos e ou/ dos cidadãos de outras plagas que tanto fizeram e fazem pela nossa terra merecendo assim, o nosso reconhecimento através desses títulos”, disse Elizeu de Tan Tan..

www.jgmoreira.com.br


Foto: Reprodução

O corpo de um homem até o momento não identificado foi encontrado na manhã deste domingo na rua Sabiá, próximo ao Igarapé do Mindu, no bairro Amazonino Mendes, mais conhecido como Mutirão, na Zona Leste de Manaus.

Segundo a polícia, a vítima foi assassinada a pedrada.

Moradores da área disseram à polícia que por volta das 20 horas de sábado ouviram barulho de fogos de artifício vindo do local do crime, e que perto de 9h30 ficaram sabendo que haviam encontrado o corpo.

O tenente Medeiros, da 27ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) disse que o local “aparenta ser uma área de comercialização e consumo de drogas”.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) deve investigar o crime.

ATENÇÃO! IMAGENS FORTES!

Foto: Divulgação

Com informações: Portal do Zacarias