Foto: Ângelo Antônio

Produto virou febre no Reino Unido

A tradução literal é “poeira da paixão”. Passion dust é um glitter encapsulado, que, quando introduzido na vagina na hora do sexo, deixa tudo purpurinado — a cápsula estoura com a penetração, a lubrificação e o calor.

Como se isso não fosse suficiente, o produto ainda tem aroma e sabor de… bala! Parece uma performance carnavalesca, mas a purpurina vaginal, febre no Reino Unido, é extremamente perigosa, alertam ginecologistas.

Veja também

Veja quais os alimentos que você deve consumir – ou evitar – antes do sexo

De acordo com Celia Regina da Silva, ginecologista da UFRJ e membro da Sociedade Brasileira de Laser, qualquer produto introduzido na vagina que não seja adaptado para esta parte do corpo pode causar alergias, reações e até infecções mais sérias. Isso vale para o glitter, e também para óleos e hidratantes. Ela lembra que é importante distinguir os modismos dos tratamentos vaginais, cujo resultado é a melhora do prazer sexual da mulher.

— Uma coisa são as possibilidades de brincadeiras sexuais, que o ginecologista também tem o papel de orientar. Outra são modismos, como o glitter, que podem causar alergias, alterações da flora vaginal e infecções. Esses são muito perigosos para a saúde vaginal da mulher — ressalta Celia.

O Globo


 O trabalhador não resistiu ao ser baleado na região do pescoço. (Foto: Divulgação)

Fontes da SHPP disseram que o trabalhador foi atingido por disparos de arma de fogo no pescoço, morrendo no local.

Na manhã desta terça-feira (26), ocorreu um homicídio doloso na Feira do João Paulo, mais precisamente na Rua Projetada, por volta das 9h. De acordo com esclarecimentos da Superintendência Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), a vítima trabalhava como engraxate, mas ainda não foi identificada. O homem não resistiu após ser baleado.

Fontes da SHPP disseram que o trabalhador foi atingido por disparos de arma de fogo no pescoço, morrendo no local. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas nada pôde fazer, pois o engraxate já estava morto no chão. O delegado Felipe, da Superintendência de Homicídios, esteve no trecho do assassinato, colhendo dados importantes para descobrir o autor dos tiros e a dinâmica da execução.


A vítima, de 19 anos, relatou que estava dormindo na sala com a sua filha, de 3 anos, quando foi surpreendida e ameaçada pelo indivíduo com uma faca.
Um homem foi preso pela Polícia Militar na última quarta-feira (20) após tentar estuprar uma mulher na cidade de Rondonópolis (MT), a 218 km de Cuiabá.
A vítima, de 19 anos, relatou que estava dormindo na sala com a sua filha, de 3 anos, quando foi surpreendida e ameaçada pelo indivíduo com uma faca. A porta dos fundos da casa estava aberta e a mulher não percebeu a entrada do criminoso.
Segundo a Polícia, Damião de Jesus Marques, de 28 anos, tentou estuprar a jovem e também ameaçou estuprar a filha dela. Ele também avisou que mataria as duas depois de violentá-las.
Em depoimento, Damião contou que tinha ingerido bebida alcoólica. Ao invadir a residência, Damião disse à vítima que a mataria se ela reagisse e ainda perguntou: “você não tem medo de morar sozinha?”.
 
Salvação
Após as ameaças, o agressor tentou arrastar a jovem à força para um quarto. A moradora aproveitou o momento em que Damião ficou de costas, pegou um pedaço de madeira e conseguiu golpeá-lo na cabeça.
O suspeito tentou pegar a faca e foi golpeado novamente pela jovem. A moradora conseguiu tomar a faca de Damião e imobilizá-lo até a chegada dos policiais militares.
Damião foi encontrado caído na cozinha, recebeu atendimento dos médicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e foi encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Em seguida, ele foi levado para a delegacia.

Foto: Divulgação / Seap

Unidade Prisional do Puraquequara registrou maioria das ocorrências

No último domingo, 24, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) registrou um total de sete ocorrências de materiais proibidos flagrados durante os procedimentos de revista em visitantes nas unidades prisionais da capital.

 

A Unidade Prisional do Puraquequara (UPP) realizou quatro apreensões que resultaram no encaminhamento dos visitantes ao 14º Distrito Integrado de Polícia (14º DIP).
Para o secretário de Estado de Administração Penitenciária, coronel da Polícia Militar do Amazonas, Cleitman Coelho, o desempenho dos servidores da Seap e dos funcionários da empresa co-gestora, são resultado do aumento no rigor das revistas e na conduta solicitada aos colaboradores..

 

 

O visitante Eliseu de Oliveira Viana, cadastrado como amigo de um interno da UPP,

foi flagrado levando aproximadamente 300 gramas de  entorpecentes escondido no ânus
“Estamos realizando um ‘pente fino’ nas pessoas que atuam no sistema, permanecendo com aqueles que estão agindo pelo certo. Com isso conseguimos êxito também em efetuar flagrantes de visitantes que tentam burlar o sistema, pois contamos com o apoio e atuação daqueles que não vão compactuar com o errado, e nem facilitar que os objetos ilícitos cheguem às mãos dos detentos”, explicou Cleitman Coelho.

Na UPP as apreensões ocorreram pela parte da manhã, entre 10h10 às 11h45. A primeira pessoa flagrada foi o visitante Eliseu de Oliveira Viana, cadastrado como amigo do interno Josinei da Silva Barbosa, da galeria 03 da unidade. Eliseo estava com aproximadamente 300 gramas de material entorpecente escondido no ânus.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Após essa ocorrência a unidade registrou outros dois casos com material entorpecente. Glaucia Vale de Lima Santos, esposa do interno Luan da Silva Cruz, da galeria 05, foi flagrada com duas porções de entorpecente, que pesavam aproximadamente 150 gramas.

 

Glaucia Vale de Lima Santos, em visita ao detento Luan da Silva Cruz na UPP, foi

flagrada com duas porções de entorpecentes na vagina e também no ânus

 

O material estava introduzido em suas partes íntimas. Otília Guida Alves da Silva, amiga do detento Joelson Antônio Silva de França, da galeria 01, também foi flagrada com entorpecentes nas partes íntimas, sendo uma porção de aproximadamente 50 gramas.

A última visitante flagrada na UPP foi Manoela Thais da Silva e Silva, amiga do detento Edson Ferreira dos Santos, da galeria 05. A mesma passou pelo procedimento de revista, onde foi constatado um aparelho celular, um chip e uma bateria, escondidos nas partes íntimas da visitante.

 

Manoela Thais da Silva e Silva, amiga do detento chamado Edson Ferreira dos Santos,

foi a última flagrada na UPP, ela estava transportando um

aparelho telefônico, um chip e uma bateria  dentro de sua vagina
O regime fechado do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj Fechado), registrou duas ocorrências neste domingo.

O primeiro flagrante aconteceu por volta das 08h55, quando Maria Ângela da Silva Barreto, esposa do interno David Ribeiro Nogueira, do pavilhão 1, passou pelo procedimento de revista e com ela foi encontrada uma porção de entorpecente, escondida em suas partes íntimas.

 

Maria Ângela da Silva Barreto, esposa do interno David Ribeiro Nogueira, foi flagrada

no Complexo Penitenciário Anísio Jobim com uma porção de entorpecentes  também dentro de sua vagina

No mesmo dia, a visitante Kelly Ramires de Araújo, esposa do detento Adelson Conceição Silva de Almeida, também do pavilhão 1 da unidade, foi flagrada com bebida alcoólica.

O material foi detectado pela máquina de raio-x da unidade, durante o procedimento de revista dos materiais. As duas mulheres flagradas no Compaj foram conduzidas ao 20º Distrito Integrado de Polícia (20º DIP).

 

Vinho dentro da vagina. Kelly Ramires de Araújo, esposa do detento

Adelson Conceição Silva de Almeida, foi flagrada tentando transportar uma   bebida alcoólica (Fotos: Divulgação / Seap
O Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), registrou apenas um caso no dia 24 de setembro. Por volta das 13h, a visitante Gilvangela Santos de Souza, companheira do detento Adonai Leocádia da Silva, do pavilhão 5 da unidade, foi flagrada durante os procedimentos de revista com um cabo USB e um fone de ouvido, que estavam introduzidos em suas partes íntimas.

A mulher recebeu punição administrativa, com a suspensão na autorização de visita por 30 a 60 dias. Os demais visitantes flagrados no último domingo também receberam a punição administrativa, além de serem encaminhados a delegacia.
Materiais apreendidos com visitantes

O secretário Cleitman Coelho explica que esse domingo registrou um número de ocorrências maior do que nos últimos dois meses. Para ele, os fatores determinantes para a inibição das ações dos visitantes foram os reforços nos equipamentos de segurança e fiscalização que foram adquiridos e também a ação efetuada no início do mês de setembro, com a identificação e prisão de agentes da UPP que participavam de um esquema para facilitar a entrada de materiais proibidos.

Com aquisição de novos aparelhos os procedimentos rigorosos aumentaram. Tanto é que no dia de hoje muitos dos objetos foram encontrados ou pela máquina de raio-x ou pelas banquetas, que são equipamentos onde os visitantes sentam para detectar se algum material está escondido com eles.

A também divulgação sobre funcionários que tiveram atitudes criminosas de levarem celulares, dinheiro e possivelmente armas para os presos, deixa os familiares em alerta, e inibe mesmo que momentaneamente essas ações para driblar o sistema de segurança nos presídios.

 

Fotos: Reprodução Portal do Zacarias


No início da noite deste domingo (24),um duplo assassinato chocou a pequena cidade de Santa Luzia no interior do estado do Maranhão,onde um homem tirou a vida da própria  esposa Gracilene Nascimento Conceição 41 anos, com um disparo de espingarda e matou também José da Silva Santos de 30 anos, com cinco facadas na região do abdômen e peito. José foi morto covardemente enquanto tentava conversar com o assassino a respeito do que ele havia feito com a esposa.
No momento do acontecido a polícia militar foi chamada e atendeu prontamente a denúncia efetuando a prisão em flagrante de Antonio Rodrigues da Silva de 32 anos. O mesmo foi apresentado a autoridade policial competente e conduzido a delegacia da cidade.
O crime chocou toda a comunidade e não poderia ser diferente diante da violência empregada na ação.
Ficam aqui nossas mais sinceras condolências as famílias em luto.

Fonte: Blog Neto Weba


Os 217 municípios maranhenses ganharam na Justiça o direito de receber quase oito bilhões de reais do governo federal para serem usados exclusivamente na educação. O dinheiro vem do antigo Fundef, atual Fundeb – Fundo para o Desenvolvimento da Educação Básica, que no entendimento da Justiça foi depositado em valores abaixo do que deveria durante oito anos. Só que tem prefeito no Maranhão que, apesar das carências nas escolas, quer usar a verba de outro jeito.

Diferença apurada entre os repasses de FUNDEF devidos e os realizados entre 1998 e 2005 para os 217
municípios maranhenses

Vejam aqui a relação dos municípios e os valores a receber

Como é o caso de escola municipal de Tutóia, a 463 km de São Luís, onde o seu funcionamento ocorre nos fundos de um bar. No local, tudo é improvisado. Parede sem pintura, cadeiras e carteiras velhas. O casebre não tem nenhum pátio ou refeitório para as crianças.

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Tutóia, Elivaldo Ramos, diz que no espaço não há possibilidade de aprendizado em virtude da falta de infraestrutura. “Na minha opinião é quase impossível de tentar se aprender alguma coisa aqui porque a própria estrutura não oferece essa condição”, reclamou.

Esta é a realidade de algumas escolas no município de Tutóia que tem quase 60 mil habitantes e onde o pau de arara ainda funciona como transporte escolar. O município que acaba de receber 42 milhões de reais do governo federal para investir exclusivamente na educação.

O dinheiro é referente a uma Ação movida pelo o Ministério Público Federal de São Paulo que detectou que durante os anos de 1998 e 2006 o governo federal depositou menos do que deveria para a educação dos municípios de 19 estados.

A União foi condenada a pagar 98 bilhões de reais a esses municípios. Um dinheiro que segundo o procurador do Ministério Público de Contas do Maranhão, Jairo Vieira, poderia revolucionar a educação nos municípios mais pobres. “É como se o município ganhasse na loteria. Nestas circunstâncias nós acreditamos que esses recursos eles podem efetivamente mudar a realidade e melhorar muito a realidade da educação destes municípios”, explicou.

No início do mês, o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que a verba deve mesmo ser usada somente na educação. Porém, têm municípios utilizando o dinheiro, inclusive, para pagar advogados na tentativa de agilizar o processo para receber a verba. Só no Maranhão 170 municípios fecharam contratos com escritórios de advocacia e ofereceram 20 por cento do dinheiro recebido. Uma comissão bilionária do dinheiro que deveria ir para as escolas.

Ao todo, os 217 municípios maranhenses devem receber 7,7 bilhões de reais. O secretário de controle externo do TCU, Alexandre Caminha, ressalta que o gestor que destinar os recursos fora da educação ele poderá sofrer penalidades. “O gestor que aplicar esses recursos fora da educação ele poderá ter tomado de conta especial, que é um processo do TCU para verificar quem cometeu irregularidade, por qual motivo e qual o valor ele vai ter que devolver em eventuais multas podem ser aplicadas, entre outras penalidades”. Com Informações do G1/Globo


O homem abaixo foi flagrado “roubando no morro”, segundo seus algozes.

Não é possível saber, por meio do vídeo, onde ocorreu o fato.

O homem abaixo foi flagrado “roubando no morro”, segundo seus algozes.

O leitor que enviou as imagens também não tinha essa informação.

Segundo ele, o vídeo lhe foi enviado por um amigo que mora em Fortaleza.

 

ATENÇÃO! IMAGENS FORTES!

 


 

Foto: Divulgação

Homem foi morto com 13 facadas

Um homem foi morto com 13 facadas na rua Santo Antônio, bairro da Cidade de Deus, Zona Norte de Manaus, durante a madrugada deste sábado (23).

De acordo com a polícia, um primo da vítima é suspeito do crime e está sendo procurado.

Segundo a equipe de investigação da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o crime ocorreu por volta das 4h da madrugada enquanto a vítima dormia em um quarto da casa onde os familiares moram.

Após o crime, o criminoso fugiu do local.

O corpo do homem foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) na Zona Norte.

Homem foi morto enquanto dormia

 

Crime ocorreu na casa da família durante a madrugada

 

Vítima recebeu golpes em várias partes do corpo

 


A captura deles ocorreu no Bairro de Fátima, em São Luís, após o roubo de uma motocicleta na região central da cidade.

Os quatro foram autuados pelos crimes que cometeram. (Foto: Divulgação)

A Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) efetuou a prisão de três homens e apreendeu um adolescente, integrantes da facção Comando Vermelho (CV), pelos crimes de roubo e porte ilegal de arma de fogo, na manhã desta quinta-feira (21). A captura deles ocorreu no Bairro de Fátima, em São Luís, após o roubo de uma motocicleta na região central da cidade.

Segundo declarações do delegado titular da Seic, Tiago Bardal, a moto fora roubada por Moabi Carlos de Sousa Bastos, o “Loirinho”, de 20 anos, juntamente com o adolescente, e, depois da localização desses dois, os demais foram encontrados, sendo identificados como Caio César Gomes de Oliveira, o “Fred”, 19, e Geanderson Ribeiro Costa, conhecido como “Chiquitinha”, 18.

A moto levada pelos bandidos foi recuperada e um revólver calibre 38 municiado foi apreendido pelos policiais da Seic. O veículo, conforme os integrantes do bando confessaram, seria utilizado para promover ataques ao Bonde dos 40, facção rival, no bairro da Areinha, que fica nas imediações do Bairro de Fátima. Bardal comentou que Moabi já responde por furto e estelionato, enquanto Geanderson tem passagens por roubo e crime de dano.