leonardosa

Minhas amigas e amigos de Pinheiro.

Como é de conhecimento de todos vocês, bem como da classe política maranhense, todas as pesquisas sobre a eleição municipal nos apontavam à frente do prefeito e em situação de empate com o Luciano, vencendo Filuca com folga nas simulaçöes de confronto direto.

Mesmo assim, com a situação bem favorável, tivemos desprendimento e humildade, e em nome da união de forças para derrotar um dos últimos oligarcas maranhenses, aceitamos compor na condição de vice, mesmo tendo plenas condições de ser o cabeça de chapa.
Ocorre que todos vocês estão cientes do jogo sujo de Filuca que, num acordo espúrio com o deputado Fufuquinha e o senador Roberto Rocha conseguiu tirar o controle do partido das mãos de Luciano e impediu que saíssemos unidos na chapa.


Diante de todo esse impasse, nos reunimos ontem em São Luís eu, Luciano e o deputado Othelino com o governador Flávio Dino e os secretário Márcio Jerry e Marcelo Tavares. Avaliamos todos os cenários e os riscos e chegamos à conclusão de que, diante da insegurança jurídica da candidatura de Luciano e com o objetivo de nos mantermos unidos para destronar o resquício da oligarquia Sarney ficou decidido em consenso que eu seria o candidato a prefeito, tendo a esposa de Luciano, Thayza, como vice-prefeita na chapa.


Mas, lamentavente, ao chegarmos a Pinheiro para fazermos o anúncio na convenção, o ex-prefeito Zé Genésio não aceitou o acordo e pressionou o filho ao ponto de ele romper unilateralmente tudo o que foi acordado poucas horas antes.
Por isso, o nosso grupo político, decidiu que iremos seguir com candidatura própria, conforme a orientação do governador Flávio Dino. Ao contrário de Luciano, que já está em conversa com o senador Roberto Rocha, a quem deve apoiar o projeto de provável candidatura a governo em 2018.


E por isso confirmo a vocês: EU, LEONARDO SÁ, MANTENHO MEU COMPROMISSO COM A CIDADE DE PINHEIRO E COM TODOS OS PINHEIRENSES QUE QUEREM A VERDADEIRA MUDANÇA E CONTINUAREI CANDIDATO A PREFEITO.
Pinheiro – MA
06 de agosto de 2016