Um dos suspeitos foi morto e o outro baleado (Foto: Marcial Lima)Um dos suspeitos foi morto e o outro baleado
(Foto: Marcial Lima / TV Mirante)

Integrante de facção é morto em confronto com a PM em praia do MA

Dupla foi assaltar bar na Praia do Araçagi e acabou surpreendida por PMs.
Um deles foi baleado e morreu na hora; outro suspeito foi preso.

Do G1 MA

Um homem identificado apenas como Cleiton Charles Andrade Cardoso foi morto durante uma troca de tiros com policiais militares nesta sexta-feira (17), na Praia do Araçagi, em São Luís. Ele foi atingido após tentar assaltar um restaurante na companhia de Etieverton Castro Pereira, que foi preso. Os dois integram uma facção criminosa da capital maranhense.

De acordo com a polícia, a dupla chegou ao restaurante no fim da manhã em uma motocicleta e anunciou o assalto. Dois policiais militares, que estavam no local com as famílias, teriam reagido, iniciando tiroteio e perseguição.

Cleiton acabou baleado e morto, enquanto Etieverton foi preso e levado para a Delegacia da Raposa, na Região Metropolitana de São Luís. Segundo a polícia, os dois costumavam praticar delitos na região do Anjo da Guarda, na capital maranhense.


NOTA DO BLOG

OMISSOS

Não estamos aqui a fim de dar nós na cabeça do leitor ou do eleitor, claro que não! E nem meter a forca no pescoço de quem quer que seja também, claro que não!   Ao contrario de tudo isso estamos a fim é de desfazer nós e de rebentar forcas que com certas perspicácias foram montadas ou supostamente montadas com a estupidez de quem  tentou atá-las pela contumácia de uma política de princípios mesquinhos que costumam empreender contra as pessoas de bem, para se promover a benesses próprias ou mando de alguém que sempre usa esses recursos infames quando sente que seu barco está afundando.

No caso do afastamento das funções do Comando do 10º BPM da cidade de Pinheiro, Major Brandão foi mais uma vitima desse sistema podre que tem no comando dessa ação um político poderoso que manda a policia  fechar  rádios, Transferir comando militar etc. Ele é muito poderoso como diz o repórter Batista Peixoto e comporta-se como um dono das situações, acima do Governo Estadual e todos os órgãos desse governo ou até mesmo de uma nação.

Evidentemente, e não é segredo para mais ninguém, no desde sempre, tudo que a ele interessar em  beneficio próprio; escreve com um dedinho e  vem do jeitinho que o diabo gosta. (Eis o mistério…) ou então existe uma cúpula política de cepas e novas raízes incrustadas nos jardins da Princesa, regadas e alimentadas com o adubo de que um dia disse: (Todos passaram pela minha mão…)

E assim sendo a troca de favores não é descartada por  altas figuras, representantes de governos, estatais, no sempre figuras da democracia e da burocracia kkkkkkkkkkk Tudo isso lembro,  como  reflito,  sobre o pronunciamento de um prefeito eleito em 2012/ direto do seu canal de comunicação- (A partir de 31 de Dezembro eu sou o juiz, sou a igreja, sou o delegado,eu sou a lei, eu sou o tudo daqui, eu sou …. Só se esqueceu de dizer : Eu sou Universal RSRSRSR.

Quem já leu nas redes sociais , escutou comentários de rádios, Tv’s e outros,  a respeito da troca de comando do 10º BPM/Pinheiro, há de convir comigo: Dadas as evidencias da denuncia e se fundamentada nos parâmetros legais sem distorções ou com inconsistências de verdades, que se apure tais denunciais e se constatadas irregularidades pelo denunciante (s) se nada ficar provado contra a pessoa do Major Brandão, quer na vida pessoal e ou/ funcional, que os culpados paguem o justo preço pelo invento das denuncias e que o Governo do Estado o reconduza às suas funções no 10º BPM/Ponheiro.

(Não sou advogado nem faca  de dois gumes)

Eu não mudo de lado, fundamentos e não jogo palavras ao vento.

(Nesse mato tem cachorro)

Apenas sigo os princípios da legalidade, o triunfo da lei e a justiça para todos.


16/07/2015 10h30 – Atualizado em 17/07/2015 09h33  www.jgmoreira.com.br

Parentes dos detidos foram para a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) (Foto: João Ricardo/G1)

Major é investigado por uso irregular de veículos em quartel no MA

Seic investiga utilização de automóveis apreendidos para fins particulares.
Na oitiva, major Brandão Viana garantiu que nunca fez uso para esse fim.

Comissão da Seic tem 30 dias para concluir
inquérito (Foto: João Ricardo/G1)

Apresentou-se no início da noite dessa quarta-feira (15) na Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), em São Luís, para prestar esclarecimentos, o major Brandão Viana, comandante do quartel da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA) de Pinheiro – a 333 km de distância da capital maranhense. A Seic investiga a utilização de automóveis apreendidos pelo quartel para fins particulares.

Durante a oitiva, o major Brandão exerceu o direito de permanecer em silêncio em sua maior parte, mas informou que, quando assumiu o quartel, os veículos já estavam na unidade e garantiu que nunca os utilizou para atividades particulares. Um dos veículos – uma van, de modelo não divulgado – já se encontra no pátio da Seic em São Luís e vai ser periciado para que se saiba qual sua origem e se ele é oriundo de roubo ou não. Outro – uma caminhonete modelo S-10 – já está a caminho da capital maranhense.

A comissão de três delegados à frente das investigações sobre o caso tem prazo de até 30 dias para concluir o inquérito.

Desde a noite dessa quarta-feira, o G1 solicitou um posicionamento oficial da Secretaria de Estado da Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA), que ainda não se manifestou sobre o caso.


15/07/2015 08h23 – Atualizado em 15/07/2015 10h59

Eles tentavam assaltar uma agência do Banco do Brasil da cidade.
Um sexto criminoso conseguiu fugir, ferido; PM-MA realiza buscas.

Do G1 MA

Interior da agência do BB em Riachão (MA) ficou completamente destruído (Foto: Flávio Aires)Interior da agência do BB em Riachão (MA) ficou completamente destruído (Foto: Flávio Aires)

Uma tentativa de assalto a uma agência do Banco do Brasil da cidade de Riachão, a 920 km de distância da capital maranhense, terminou com cinco criminosos mortos em confronto com a Polícia Militar do Maranhão (PM-MA) e Polícia Federal, na madrugada desta quarta-feira (15). Um sexto bandido fugiu, ferido.

Agência bancária de Riachão (MA) na manhã desta quarta-feira (15) (Foto: Flávio Aires)Agência bancária de Riachão (MA) na manhã desta
quarta-feira (15) (Foto: Flávio Aires)

De acordo com o tenente-coronel Medeiros, da PM-MA de Balsas, no sul do Maranhão, o grupo de mais de 10 criminosos se separou em duas partes: uma se deslocou para realizar um cerco aos policiais militares e outro à agência bancária. Foram recuperados, na ação, dois automóveis: uma caminhonete modelo Frontier, de cor branca, e um carro de passeio modelo Polo, de cor prata.

A PM-MA realiza buscas aos fugitivos na região sul do Maranhão.

Veículo utilizado na fuga dos criminosos em Riachão (MA) (Foto: Flávio Aires)Veículo utilizado na fuga dos criminosos em Riachão (MA) (Foto: Flávio Aires)

Segundo caso em menos de 24h
Nessa terça-feira (14), dois homens foram presos suspeitos de tentar assaltar uma agência do Banco do Brasil em Açailândia, no Maranhão. A polícia armou uma emboscada com base em informações obtidas durante investigação sigilosa. Quando os suspeitos se aproximaram para realizar o assalto, foram abordados por policiais, que efeturaram a prisão.

Com a dupla, foram apreendidos um veículo, três cilindros de gás, uma lixadeira, uma furadeira, um alicate de corte, além de outras ferramentas comumente usadas em arrombamentos. A suspeita é de que os dois integrem uma quadrilha especializada em assaltos a bancos de Santa Catarina.


Em novo pedido a juiz Sérgio Moro para não ser preso pela Lava Jato, ex-ministro suspeito de receber propina justifica que está com idade avançada, aflito, angustiado e não aguenta mais a situação

Ex-ministro José Dirceu diz estar aflito com risco de prisão na Lava Jato

Por Julia Affonso, Fausto Macedo e Ricardo Brandt, enviado especial a Curitiba

O ex-ministro-chefe da Casa Civil José Dirceu informou o juiz federal Sérgio Moro, que conduz os processos da Operação Lava Jato, na noite desta terça-feira, 14, que “não aguenta mais a situação” e que foi “rotulado indelevelmente de inimigo público”. Em mais um pedido para não ser preso preventivamente no inquérito que investiga seu envolvimento com o esquema de propina na Petrobrás, por meio de sua empresa a JD Assessoria e Consultoria.

“Com seus 70 anos e rotulado indelevelmente de inimigo público, não aguenta mais a situação a qual é submetido diariamente”, informou Dirceu, por meio de seu defensor, o criminalista Roberto Podval.

LEIA NOVA PETIÇÃO DE JOSÉ DIRCEU A JUIZ DA LAVA JATO

“A aflição do peticionário – e também de seus defensores – a respeito de uma possível ordem de prisão contra si já é fato público e notório. Não apenas pipocam diariamente na imprensa notícias sobre seu iminente encarceramento, mas, também, todos os dias surgem ‘novos’ depoimentos que, ainda segundo a mídia, complicariam a situação do peticionário”, diz o criminalista, em petição anexado aos autos às 23h48.

A nova tentativa para afastar o risco de uma prisão preventiva surgiu após depoimento do lobista Julio Gerin Camargo, na tarde desta terça-feira, na Justiça Federal em Curitiba, em que ele afirmou ter pago R$ 4 milhões para o ex-ministro a pedido do ex-diretor de Serviços da Petrobrás Renato Duque.

No pedido, Podval informou que buscou no Tribunal Regional Federal – côrte superior – uma medida que afastasse o risco de prisão preventiva nos autos da Lava Jato “tamanha a angústia” do ex-ministro, que é condenado no mensalão e cumpre pena em regime domiciliar.


Policiais em frente à delegacia em Centro do Guilherme
(Foto: Divulgação/ Leonardo Ferreira)
Policiais em frente à delegacia em Centro do Guilherme (Foto: Divulgação/ Leonardo Ferreira)14/07/2015 16h09
– Atualizado em 14/07/2015 19h56   Reeditado www.jgmoreira.om.br

Fátima Araújo Sousa foi condenada por abuso sexual contra as suas filhas.
Ela foi transferida para Complexo de Pedrinhas, em São Luís.

Márcia CarlileDo G1 MA

A população da cidade de Centro do Guilherme, a 189 km de São Luís, está revoltada com a prisão de uma mulher identificada como Fátima Araújo Sousa e tenta impedir, a todo custo, a transferência dela para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís.

Segundo informações do professor Leonardo Ferreira, morador do município, Fátima, que também é conhecida como “Fátima do Sapecado”, foi julgada e condenada por abuso sexual contra as suas próprias filhas, ocorrido há dois anos em Centro do Guilherme. No entanto, ele afirma que, apesar da decisão judicial, ela não seria culpada e sim o seu ex-companheiro foragido desde a época do crime.

“Ela está presa por um crime que ela não cometeu. O ex-marido dela que abusou das duas filhas dela adolescentes e depois fugiu da cidade.

Como a Polícia não conseguiu pegar ele prendeu ela. A Fátima foi condenada a 65 anos de cadeia por um crime que não cometeu. É revoltante”, relatou o professor.

O professor afirma que a população do local, que realiza vigília em frente à delegacia desde a noite desta segunda-feira (13) para tentar impedir a transferência de Fátima para Pedrinhas, está preparada para atear fogo no distrito policial, caso ela seja encaminhada para a capital.

“O povo achou que ela foi injustiçada e por isso mesmo decidiu que deveria fazer alguma coisa em favor dela. Desde ontem estamos vigiando a delegacia. Já teve muita manifestação e se ela sair daqui nós vamos queimar a delegacia”, disse.

Ainda conforme o professor Leonardo Ferreira, o delegado de Centro do Guilherme teria pedido a população o prazo de até às 17h desta terça-feira (14) para solucionar o problema. “O delegado pediu que a gente esperasse até às cinco da tarde para resolver a situação”, finalizou.

Populares vigiam delegacia de Centro do Guilherme para impedir transferência de detenta  (Foto: Leonardo Ferreira)Populares vigiam delegacia de Centro do Guilherme, MA (Foto: Leonardo Ferreira)

 


 

operario-soterrado-1024x576Enquanto trabalhava, o operário Ronivaldo Gomes Costa morreu, nesta terça-feira (14), na obra de ampliação do sistema de esgotamento sanitário no bairro Areinha, em São Luís, realizada pela Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema).

Segundo testemunhas, a vítima trabalhava na instalação de dutos quando o asfalto cedeu e o soterrou. Os operários usaram uma retro escavadeira para removê-lo dos escombros, mas ele não resistiu e morreu no local.

Equipes do Instituto Médico Legal (IML) e do Instituto de Criminalística (Icrim) realizaram a remoção do corpo.

Caema vai instalar procedimento investigativo para apurar causas do acidente

A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) lamenta, profundamente, o falecimento do Sr. Ronivaldo Gomes Costa, funcionário da empresa ARTEC, responsável pelas obras de ampliação do sistema de esgotamento sanitário de São Luís, ocorrido nesta terça-feira (14), após trágico acidente no bairro da Areinha.

A empresa responsável pelos serviços informou à Caema que todos os seus empregados estavam utilizando equipamentos de proteção individual (EPIs), inclusive o trabalhador vitimado.

A Caema informa, ainda, que tomará todas as providências legais cabíveis, inclusive a instauração de procedimento de investigação para apurar as causas do acidente.

Neste momento, a empresa ARTEC, com o acompanhamento da Caema, presta toda a assistência aos familiares da vítima.

– See more at: http://silviatereza.com.br


maranhao

Governo promove audiências para tratar de segurança pública nos municípios

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), está promovendo audiências nos municípios maranhenses com o objetivo de conhecer a realidade de perto, ouvir as queixas e planejar ações efetivas para a área de segurança pública em cada cidade. Vários desses encontros foram realizados no primeiro semestre deste ano e outros estão previstos para acontecer até o fim ano.

O secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, afirmou que o Governo do Estado está investindo na parceria com a comunidade para o bom desempenho das polícias e o bem-estar da sociedade. “O relacionamento com a população é fundamental para o exercício da atividade policial. É a mais efetiva maneira de reduzir índices de criminalidade, conforme metodologia internacional que vem sendo adota nas academias nacionais”.

Nas audiências são traçadas ações de combate à criminalidade a serem adotadas na região em que o diálogo é realizado. Jefferson Portela solicita que a população participe da iniciativa. “O trabalho de captura e identificação do marginal é mais eficiente com a troca de informação entre a polícia e o cidadão. A população não deve se afastar das polícias”.

O secretário de Segurança destacou o compromisso e a seriedade dos policiais na luta contra a marginalidade e a redução dos índices de criminalidade em todo o Maranhão. “Os policiais estão dispostos a garantir a tranquilidade do maranhense. A população tem que ter o sistema de segurança como aliado. O Governo do Estado trabalha para que a população de São Luís e do interior do mantenha contato permanente com seus organismos policiais, preservando aquilo que precisa ser preservado, para não expor ninguém”, afirmou Jefferson Portela.


Os senadores Fernando Collor de Mello (PTB-AL) e Ciro Nogueira (PI), presidente nacional do PP

Os senadores Fernando Collor de Mello (PTB-AL) e Ciro Nogueira (PP-PI) foram alvos de nova fase da Operação Lava Jato, deflagrada nesta terça-feira (14).

A BR Distribuidora, uma subsidiária da Petrobras, também foi alvo da operação.

A Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão nas residências de Collor em Brasília e em Alagoas. Os policiais também foram à TV Gazeta,afiliada da TV Globo no Estado nordestino, que pertence à família de Collor; ele é um dos principais acionistas.

O ex-presidente foi citado na delação premiada do doleiro Alberto Youssef como um dos beneficiários do esquema de corrupção na Petrobras. Ele também foi citado pelo dono da UTC, Ricardo Pessoa, em seu depoimento à Justiça.

Outro citado por Pessoa foi Ciro Nogueira, que é presidente nacional do PP.

O empreiteiro afirma ter pago R$ 20 milhões a Collor entre 2010 e 2012 em troca da influência do senador em negócios com a BR Distribuidora e R$ 2 milhões a Nogueira. O senador do PP também foi citado pelo ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa em delação premiada.

Segundo a Folha apurou, os policiais foram à distribuidora da Petrobras atrás de documentos que possam ligar a companhia de distribuição a casos de corrupção delatados pelo doleiro Youssef e outros presos da Lava Jato.

A PF também esteve em um escritório ligado ao deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) em Recife. O ex-ministro Mário Negromonte, à época no PP e hoje conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia, foi um dos alvos da operação da PF no Estado.

O senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) também foi atingido.

Ao todo, a polícia cumpre nesta terça 53 mandados de busca e apreensão expedidos pelos ministros do Supremo Tribunal Federal Teori Zawascki, Celso de Mello e Ricardo Lewandowski, referentes a seis processos instaurados a partir de provas obtidas na Operação Lava Jato. Não há prisões previstas.


Câncer de boca afeta 30 mil pessoas anualmente nos EUA (Foto: Julia Freeman-Woolpert / stock.xchng)

Câncer de boca afetou mais de 15 mil pessoas: 

Dados mundiais são de revisão de estudos feita por médica brasileira.
Infecção por HPV aumenta risco de câncer de boca.

Mariana LenharoDo G1, em São Paulo

O perfil dos pacientes com câncer de boca mudou nos últimos anos. A doença, que antes tinha uma incidência maior entre homens mais velhos, principalmente por causa do consumo de álcool e cigarro, agora está acometendo homens mais jovens, com idade entre 30 e 44 anos. Entre as mulheres, a doença também tem aumentado, especialmente nessa faixa etária.

O motivo, segundo especialistas, é a maior exposição ao sexo oral sem proteção. O vírus HPV, transmitido por contato sexual, aumenta o risco da doença.

A conclusão foi de uma revisão de estudos coordenada pela médica epidemiologista Maria Paula Curado, do A.C.Camargo Cancer Center. A revisão incluiu dados de estudos feitos em vários países.

Ela explica que, embora a população mundial esteja envelhecendo – e o câncer de boca seja uma doença associada a pessoas com mais de 50 anos – existe uma tendência de aumento da doença em pessoas mais jovens.

A incidência entre homens de 30 a 44 anos aumentou de 4 para 10 casos a cada 100 mil na comparação entre as décadas de 1991 a 2000 e de 2001 a 2010, segundo a revisão. Entre as mulheres de 30 a 44 anos, a incidência subiu de 2 para 5 casos a cada 100 mil no mesmo período. Maria Paula apresentou o trabalho no Congresso Mundial da Academia Internacional de Câncer Oral (IAOO), em São Paulo, nesta quinta-feira (9).

Sexo oral desprotegido
Segundo a pesquisadora, muitos casos de câncer de boca têm três causas possíveis de se prevenir: consumo de álcool, cigarro e infecção pelo vírus HPV. “A maioria dos tumores de boca estão relacionados a hábitos de vida de risco. A estratégia de prevenção é modificar isso.”

Maria Paula observa que, muitas vezes, as pessoas esquecem que é preciso se proteger também no sexo oral usando preservativo, seja na versão masculina ou feminina. “O sexo oral, se é feito sem cuidado, pode resultar em uma infecção por HPV, que aumenta os riscos do câncer”, diz.

Câncer perigoso
O câncer de boca pode ser perigoso e, dependendo da fase em que é diagnosticado, a chance de sobreviver pode ser de 50%. Os primeiros sintomas muitas vezes passam despercebidos, pois se parecem com uma afta. “Por isso é muito importante fazer exame clínico na cavidade oral. Um clínico geral ou um dentista podem identificar esses sinais ao examinarem a boca.”

Segundo estimativa do Instituto Nacional de Câncer (Inca), eram esperados 4.010 casos de câncer na cavidade oral entre mulheres em 2014 e 11.280 casos entre homens.