Projeto de Lei do Vereador Sandro Lima (PCdoB) dispõe sobre a criação do programa “Prata da Casa” que estabelece a obrigatoriedade de disponibilização de oportunidades para a apresentação de grupos, bandas, cantores ou instrumentistas locais na abertura de eventos musicais que contem financiamento público municipal na cidade de Pinheiro.

Segundo o autor do projeto, a valorização de artistas locais é uma forma de reconhecimento e engrandecimento da cultural de nossa cidade e uma clara oportunidade de divulgação de seus trabalhos, uma vez que o projeto prevê a abertura de shows de maior vulto e estrutura de maior público.

A valorização dos talentos, a oferta de oportunidades e a disponibilização de cultura são, neste contexto, tarefas demasiadamente simples, ao alcance de todos os envolvidos, sem que existam justos motivos para não serem elementos de uma transformação no cenário cultural do município.

O PL já virou lei após a sanção do Prefeito João Luciano que se mostrou muito sensibilizado ao projeto, e após os trâmites legais da casa legislativa, onde também nao enfrentou objeções, a Lei Municipal entrou em vigor como mais uma ferramenta de valorização desses importada artistas que fazem verdadeiramente a cultura de nosso município.


 

Um grande passo para a realização da obra mais importante e mais desejada por todos os pinheirenses, já foi dado.

No dia de ,19 de fevereiro (ONTEM) a prefeitura de Pinheiro, por meio do prefeito Luciano Genésio, se reuniu com os feirantes do Mercado Municipal Tobias Cordeiro, a feira grande, na reunião foi tratado as diretrizes que conduzirão a reforma ou melhor reconstrução do novo mercado.

O Mercado será construído em etapas, são três galpões,de início o primeiro galpão receberá as devidas construções, de forma que os feirantes sejas menos prejudicados e a população possa ganhar um serviço de qualidade e higiene.

Vale destacar e lembrar que essa feira é desejo antigo de todos os pinheirenses, visto que a mesma foi destaque, de forma negativa, pelo Jornal Nacional da Rede Globo. A repercussão foi tão negativa que a apelidaram de “feira dos urubus”.

Hoje vemos o empenho e principalmente o desejo do prefeito Luciano em entregar essa feira nova e com boas condições para aqueles que dela usam para tirar seus sustentos e de suas respectivas famílias.
“A construção do Novo Mercado Municipal é o meu principal compromisso para a produção de nosso município. Onde poderemos oferecer um produto de qualidade a população. 
Vamos continuar trabalhando.” enfatizou o prefeito de Pinheiro-MA, Luciano Genésio.


Foto: Divulgação

O corpo da mulher foi encontrado por um mototaxista no início da madrugada

No começo da madrugada desta segunda-feira (19), uma mulher de 20 anos aproximadamente foi encontrada morta e jogada à margem da pista, na avenida Solimões, Conjunto Atílio Andreazza, bairro Japíim, Zona Sul de Manaus.

A perícia confirmou que a mulher desconhecida foi assassinada com 16 tiros de pistola calibre 380, sendo quinze disparados nas costas e um projétil na cabeça da vítima.

Um mototaxista, que não quis se identificar, foi o primeiro a encontrar o cadáver e assustado, comunicou aos policiais millitars da 3ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) que faziam patrulhamento na área.

Uma equipe de socorro do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também foi acionada porque ainda havia chance da mulher estar viva mas sua morte foi confirmada ainda no local do crime.

Até o início da manhã de hoje, o corpo continuava sem identificação na sede do Instituto Médico Legal (IML). Uma bolsa pequena estava perto do corpo, mas dentro só havia um telefone celular, sem qualquer tipo de documento.

O assassinato misterioso e violento com muitos tiros disparados contra a mulher vai ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

ATENÇÃO!IMAGENS FORTES! 

 

 

 

 

VEJA VÍDEO!

Fonte: Portal do Zacarias


A Prefeitura de São Bento, através da Secretaria Municipal de Educação realizou a 2ª Conferência Municipal de Educação 2018, nesta sexta-feira(16).

A Prefeitura de São Bento, através da Secretaria Municipal de Educação realizou a 2ª Conferência Municipal de Educação 2018, nesta sexta-feira(16).

O evento foi voltado à sociedade civil e a educadores, com a proposta de debater políticas públicas educacionais.

Nesta conferência, a gente determina tudo que se quer dentro dos eixos para a melhoria da Educação” garantiu Cita Moniz, secretária de Educação.

Segundo o vereador, Henrique Vale, eventos como esse, engrandecem o município de São Bento. “Ao final teremos metas que serão trabalhas, sempre buscando uma educação melhor para os munícipes”, garantiu o vereador.

“Apesar de todas a dificuldades, nós estamos realizando a conferência com todo apoio do prefeito municipal, Luizinho Barros”. Finalizou a secretária. Cita Moniz


Visando discutir uma de suas prioridades que é a educação, a Prefeitura de São Bento, por meio da Secretaria de Educação, promoveu, na última sexta-feira, 16 , a  2ª Conferência Municipal de Educação na cidade.

O evento  teve como tema central ” POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS ” e foi voltado à sociedade civil e a educadores, com a proposta de debater as  políticas públicas educacionais do Município.

Entre os participantes estavam, o Prefeito Municipal Luizinho Barros, a Secretária de Educação, Cita Moniz, Professores, Diretores de Centros educacionais, entre outros.

Na oportunidade, a Secretaria Cita Moniz  explicou que esta  2ª Conferência Municipal de Educação   é de suma importância para o município, uma vez que proporciona conhecimento para os que participam desse trabalho, para a melhoria da qualidade de ensino publico .

 


Após tentar tumultuar e atrapalhar as eleições do sindicato dos pescadores e pescadoras de Pinheiro, o deputado Fernando Furtado (PCdoB) entrou com uma ação em São Luís para tentar derrubar a votação legítima que aconteceu no dia 4 de fevereiro.

O Mandado de Segurança de Fernando foi indeferido pelos três desembargadores que apreciaram o processo; de acordo com a decisão abaixo anexada nenhum dos argumentos usados pela defesa do deputado possuem sustentação e todo o processo de afastamento de Fernando e votação para nova presidência seguiram os trâmites legais.

O deputado que já perdeu na justiça por comportamento homofóbico e racista, recentemente está com seu nome envolvido num suposto atentado a residência da atual presidente do Sindicato, a Sra Fabrícia Lorena Melo Durans.

Fabrícia teve sua casa invadida enquanto se encontrava fora de sua residência juntamente com seu esposo dias após as eleições em Pinheiro, o que não foi roubado foi danificado pelos meliantes; a polícia investiga o caso.

Ainda no dia das eleições para o novo presidente do sindicato dos pescadores de Pinheiro, o deputado que estava cercado por seguranças, ameaçou uma jornalista que estava no exercício de suas funções cobrindo a votação; quando a jornalista tentou fotografá-lo, Fernando disse que colocaria a profissional “no pau”.


Davi Sousa Bugarim de Melo tinha 26 anos e foi morto pelo pai de sua namorada em São Luís (Foto: Reprodução)

Um tenente-coronel reformado da Polícia Militar identificado como Walber Pestana da Silva atirou e matou na noite de quinta-feira (15), em São Luís, o namorado de sua filha reconhecido como Davi Sousa Bugarim de Melo.

Segundo informações da polícia, o crime aconteceu no bairro Parque dos Nobres, na capital, após o militar presenciar uma briga entre o casal e ver a vítima agredindo a sua filha. Inconformado com a situação, o tenente-coronel decidiu pegar a sua arma de fogo e disparar dois tiros contra Davi.

Davi Sousa Bugarim de Melo, que tinha 26 anos, ainda chegou a ser socorrido, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu no Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão 1), em São Luís. Após o crime, o militar fugiu do local.

G1 entrou em contato com a Secretaria de Segurança Pública (SSP) e aguarda um posicionamento do órgão sobre o caso.

Fonte: G1/MA


presidente Michel Temer decidiu no início da madrugada desta sexta-feira, 16, decretar intervenção na segurança pública do Rio de Janeiro. O Exército passará a ter responsabilidade sobre as polícias, os bombeiros e a área de inteligência do Estado, inclusive com poder de prisão de seus membros. O interventor será o general Walter Braga Neto. Na prática, o oficial vai substituir o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (MDB), na área de segurança. A decisão do governo federal contou com o aval de Pezão.

Pela Constituição, cabe ao presidente do Congresso, Eunício Oliveira (MDB-CE), convocar sessão para que as duas Casas Legislativas aprovem ou rejeitem a intervenção em dez dias. O decreto, que será publicado ainda nesta sexta-feira, tem validade imediata.

Enquanto a intervenção vigorar, não pode haver alteração na Constituição. Ou seja, nenhuma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) pode ser aprovada. É o caso da reforma da Previdência, que começa a ser discutida na segunda-feira pela Câmara. Uma ideia é decretar a intervenção e suspender seus efeitos apenas por um dia, para a votação das mudanças nas regras da aposentadoria.

A decisão pela intervenção foi tomada em uma reunião tensa no Palácio da Alvorada, com a presença de ministros e parlamentares. No mesmo encontro, Temer bateu o martelo sobre a decisão de criar o Ministério da Segurança Pública. A proposta partiu do presidente do Senado. Não se trata de uma ideia nova, mas ela foi desengavetada agora pelo Palácio do Planalto na tentativa de emplacar uma agenda popular, a sete meses e meio das eleições.

Pesquisas encomendadas pelo Planalto mostram que a segurança é uma das principais preocupações da população, ao lado da saúde. Na avaliação de auxiliares de Temer, as iniciativas de decretar a intervenção na segurança pública do Rio e de criar um ministério para cuidar da área passam a imagem de que o governo federal não está inerte e age para enfrentar o problema, embora a competência no setor seja dos Estados.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), precisou ser convencido da decisão pela intervenção. O deputado se queixou de que não foi convidado a participar de reuniões sobre a crise na segurança desde o início da crise e demonstrou irritação com o ministro da Justiça, Torquato Jardim. Inicialmente contra a intervenção no Rio, o deputado foi avisado de que seria responsabilizado publicamente pela crise na segurança do Estado, e acabou cedendo. Durante o encontro, a situação vivida no Rio foi comparada a uma “guerra civil”.

A intervenção é prevista no artigo 34 da Constituição, segundo o qual “a União não intervirá nos Estados nem no Distrito Federal, exceto para manter a integridade nacional”. O artigo 60, parágrafo primeiro, diz que “a Constituição não poderá ser emendada na vigência de intervenção federal, de estado de defesa ou de estado de sítio”.


Recordes de público e atrações de renome nacionais marcaram o maior evento da baixada maranhense.

Logo na sexta-feira deu pra sentir que 2018 seria diferenciado, “o gigante acordou” disse o coordenador do departamento de Cultura Rodrigo Brasil; a praça José Sarney ficou lotada como há anos não se via.

No sábado e domingo o público mostrou porque Pinheiro é o destino favorito dos foliões: O CARNAVAL DIA!

Os circuitos BABADO DA FOLIA E PINICÃO arrastaram milhares de brincantes que se organizaram pelas ruas em volta das praças Matriz e São Benedito que ficaram pequenas para o maior público já visto na cidade.

Chicabana foi a “cereja do bolo” no sábado a noite; a banda foi aclamada em 2017 e surpreendeu este ano; um show pra cima, dançante e empolgante no estilo Chicabana de fazer carnaval.

No domingo a banda Forró Sacode consagrou sua volta aos palcos de Pinheiro; Tony Guerra com seu estilo irreverente passou uns anos alimentando a saudade do público pinheirense mas voltou pra ficar.

O que dizer da segunda de carnaval!? Para o público foi simplesmente “o melhor show de Solange Almeida em Pinheiro”; a ex vocalista do Aviões do Forró prometeu que o público pegaria o sol com as mãos e cumpriu!

No carnaval do amanhecer, Solange Almeida relembrou seus maiores sucessos e a importância que a cidade maranhense tem na carreira dela e de Xandy; Pinheiro foi a primeira cidade que a Banda Aviões do Forró tocou fora do Ceará há 17 anos.

Os blocos foram protagonistas dos últimos dias de folia; em sua segunda edição, o bloco Canelas Cinzentas arrastou mais de 15 mil brincantes ao som de Igor Oliveira e Mayara Lins em cima do trio. O bloco das Patifas mostrou porque é um dos maiores do nordeste; muita irreverência e criatividade marcaram o maior bloco do Brasil em que os homens se vestem de mulher.

O último dia não poderia deixar a desejar! Jonas Esticado, a atração mais aguardada deste ano, encerrou o Carnaval de Uma Nova História; o cantor que mais cresce no Brasil subiu ao palco principal na praça Sarney para fechar com chave de ouro e deixar o público com gosto de quero mais.

Quando assumiu a gestão da cidade em 2017 o prefeito de Pinheiro Luciano Genésio conseguiu o feito de resgatar o carnaval da cidade que estava esquecido e disse que aquele ano seria de reconstrução; após muito trabalho e desafios Luciano declarou que 2018 seria de CONSTRUÇÃO.

“O carnaval de Pinheiro é referência de uma festa que é genuína nossa, dos brasileiros; O CARNAVAL DE UMA NOVA HISTÓRIA é o início de um ano que consolidará a construção de uma nova história de nossa cidade”. Disse o prefeito de Pinheiro.

Passaram pelos palcos de Pinheiro os artistas Gerrard Lima, Bruno Shinoda, Hannah Vanessa,Andson Mendonça, Mayara Lins, Thiago Melony, Igor Oliveira, o DJ Junior Bulacha e as bandas Sedução Elétrica, Esfregue Dance, Prakatum e banda Reprise.

 


Foto: Divulgação

Iago saiu de casa para morrer logo em seguida nas mãos de dois homens desconhecidos

Dois homens ocupando uma motocicleta de cor preta e placa não identificada foram os autores dos tiros de pistola que mataram o entregador de gás Iago da Silva Aquino, 24, conhecido como “Louro”.

O assassinato foi registrado pela Delegacia de Homicídios no último domingo à noite, na frente de sua casa na Rua Noêmia Cordeiro, Comunidade Novo Reino, bairro Gilberto Mestrinho, Zona Leste de Manaus.

Os criminosos dispararam ao menos cinco tiros contra a cabeça e o peito de Iago, que morreu no local.

 

Uma cena comovente do episódio sangrento foi quando sua mãe correu para cima do filho e ficou abraçada com ele até a polícia chegar ao local.

 

Rua ficou repleta de moradores depois da notícia do crime

Ela e outros familiares não souberam dizer o motivo do homicídio.

Uma das testemunhas do crime disse aos policiais que os dois homens já haviam passado várias vezes na rua e quando Iago finalmente saiu de casa foram em sua direção para matá-lo.

 

O perito do Instituto de Criminalística (IC) confirmou que os tiros que mataram Iago Aquino foram disparados de pistolas calibres 9 milímetros e 380, armas com alto poder de fogo e são muito usadas em crimes com estas mesmas características.

O corpo do entregador de gás foi removido do local pelo Instituto Médico Legal (IML).

 

ATENÇÃO! IMAGEM FORTE!

 

 

 

Fotos: Divulgação