Política

Em mais uma fase da Operação Lava Jato, a Polícia Federal cumpre nesta terça-feira (15) mandados de busca e apreensão na residência oficial do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e dos ministros Celso Pansera (Ciência e Tecnologia) e Henrique Eduardo Alves (Turismo), ambos do PMDB.

Fábio Cleto, aliado de Cunha que ocupava uma das vice-presidências da Caixa Econômica Federal até a semana passada, também foi alvo de busca, em São Paulo. Ele é um dos principais operadores do presidente da Câmara.

Houve buscas também na na diretoria-geral da Câmara, órgão responsável por fechar contratos e ordenar despesas.

A ação da PF ainda atinge o deputado Aníbal Gomes (PMDB-CE), apontado como interlocutor do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), nos desvios da Petrobras, do senador e ex-ministro Edison Lobão (PMDB-MA), que é investigado no Supremo Tribunal Federal pela Lava Jato, de Sergio Machado, ex-presidente da Transpetro, e em endereços ligados ao senador Fernando Bezerra Coelho (PSB), em Pernambuco.

Bezerra Coelho é ex-ministro da Integração.

Com Cunha, ministros e parlamentares na mira, a operação da PF atingiu em cheio o PMDB. Embora não seja alvo direto de um mandado de busca, o presidente do Senado também é objeto desta operação. Um dos inquéritos investigados nesta fase é o dele.

A operação atinge pessoas com foro privilegiado ou ligadas a eles.

Em julho, depois de a Polícia Federal ter realizado ações de busca e apreensãona residência de três senadores investigados na Lava Jato, Cunha fez uma provocação ao dizer que a corporação pode ir à sua casa “a hora que quiser”.

Na ocasião, questionado sobre o que pensava da ação da PF e se temia que sua casa fosse alvo de uma das operações, Cunha respondeu: “Eu não sei o que eles querem comigo, mas a porta da minha casa está aberta. Vão a hora que quiser. Eu acordo às 6h. Que não cheguem antes das 6h para não me acordar”.

PROTEÇÃO DE PROVAS

Segundo a PF, as buscas ocorrem em endereços funcionais de investigados, sedes de empresas, escritórios de advocacia e órgãos públicos com o objetivo de “evitar que provas importantes sejam destruídas pelos investigados”.

Ainda segundo a PF, também foi autorizada apreensão de bens “que possivelmente foram adquiridos pela prática criminosa”.

Além de Brasília, mandados de busca e apreensão contra Cunha, que é alvo em dois inquéritos por suspeita de ligação com o esquema de corrupção da Petrobras, são cumpridos em todos os endereços dele no Rio de Janeiro.

Celso Pansera é alvo de busca em Duque de Caxias (RJ), e Henrique Eduardo Alves, no Rio Grande do Norte.

CASAS CERCADAS

A residência de Cunha –ele mora na Península dos Ministros, onde fica a residência oficial da presidência da Câmara– amanheceu cercada por diversas viaturas policiais.

O movimento está sendo acompanhado pelo advogado Alexandre de Souza, filho do ex-procurador-geral da República. A ação foi pedida pela Procuradoria-Geral da República e teve aval do ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki.

As casas dos congressistas em Brasília também estão cercadas.

Não há, ao menos por ora, prisões na etapa atual da operação, chamada Catilinárias.

O nome da operação é referência a uma série de discursos proferidos pelo cônsul romano Cícero por volta de 63 a.C. contra o senador Catilina, acusado de tentar derrubar a República.

CUNHA

O presidente da Câmara é acusado de ser beneficiado de desvios da Petrobras. Segundo dois delatores, ele teria recebido US$ 5 milhões em propina de contratos de navios-sondas e também de um negócio fechado pela Petrobras na África que teriam abastecido contas no exterior mantidas pelo peemedebista e familiares na Suíça.

Cunha foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República ao Supremo Tribunal Federal pelo suposto recebimento de propina ligada a desvios na Petrobras há cerca de quatro meses, mas o STF ainda não decidiu se acolhe ou não as denúncias.

Sem o acolhimento, Cunha não é réu, somente investigado.

Há algumas explicações para a demora no STF. A primeira e mais determinante é que no Supremo há uma tradição, prevista no Regimento Interno do tribunal, de que o ministro relator do inquérito abra prazo de 15 dias para manifestação do político antes de decidir sobre a denúncia.

Ao prazo concedido à resposta prévia somam-se iniciativas tomadas pela defesa do parlamentar no STF. Seus advogados solicitaram, por exemplo, que o tribunal concedesse um prazo em dobro para a manifestação prévia, de 15 para 30 dias.

Como Teori recusou a ampliação, teve que submeter o pedido ao plenário do STF, gerando mais demora. Em setembro, a maioria dos ministros contrariou o relator e decidiu pelo dobro do prazo.

A terceira explicação para a demora se deve à própria Procuradoria. Mais de dois meses após a denúncia, o órgão fez um aditamento, dizendo que Cunha também se beneficiara indevidamente de voos de táxi aéreo como pagamento de propina. Assim, a defesa conseguiu mais prazo para a defesa prévia, com prazo novamente dobrado.

A Procuradoria já manifestou preocupação sobre o andamento do inquérito. A respeito de um pedido da defesa de Cunha para ter acesso à íntegra de documentos usados como prova, o procurador-geral da República em exercício, Eugênio Aragão, pediu a Teori que indefira pedidos “de natureza manifestamente protelatória”.

OUTRO LADO

Um dos advogados criminalistas de Eduardo Cunha, Davi Evangelista Machado, que foi à casa do parlamentar em Brasília nesta terça-feira (15), disse que só vai se manifestar após a defesa ter pleno conhecimento dos motivos da ação da PF.

O delegado responsável pela busca e apreensão na casa do deputado autorizou a entrada no imóvel de apenas um dos advogados de Cunha, Alexandre Souza.


BARRA DO CORDA 3 -HOJE

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO MARANHÃO

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DO DEPUTADO OTHELINO NETO

DATA: 14/12/2015  Atualizado 21 : 19 h www.jgmoreira.com.br

 HOMENS TRABALHANDO I

 O deputado Othelino Neto ao lado do governador Flávio Dino, do prefeito Eric Costa, de secretários e de lideranças políticas, durante o anúncio de obras em Barra do Corda

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) acompanhou, nesta segunda-feira (14), a agenda do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), em Barra do Corda. Na área da Infraestrutura, foram anunciados 5 km de asfalto na cidade e as obras de pavimentação na MA-012, que liga o município a São Raimundo Doca Bezerra. Em fase de licitação, a estrada beneficiará toda a população da região Central do Estado. 

HOMENS TRABALHANDO II
Em Barra do Corda, o governador participou, ainda, da inauguração da Ponte do Juá, sobre o Rio Mearim. O município ganhará também um Centro de Especialidades Médicas.

Ao lado do governador e do prefeito de Barra do Corda, Eric Costa (PCdoB), o deputado ressaltou a importância das obras para o Município. “O governador está levando pavimentação a todo o Maranhão através do programa Mais Asfalto. E estamos só no início. A obra de pavimentação da MA permitirá mais opção de deslocamento e vai gerar mais desenvolvimento”, disse.

HOMENS TRABALHANDO III

O prefeito de Barra do Corda comemorou as melhorias que chegam com o programa “Mais Asfalto” e com a construção da MA-012 no município e destacou a importância da parceria com o governo do Estado. “É um governo focado no desenvolvimento dos municípios. Nossa gestão e o povo de Barra do Corda só temos a agradecer pela chegada de mais asfalto, de um Centro de Especialidades Médicas e da construção da MA-012”, frisou.

Saúde

A Campanha de Enfrentamento ao mosquito Aedes Aegypti foi lançada nesta segunda-feira (14) no município de Barra do Corda, no mesmo dia em que o governador anunciou a construção do primeiro Centro de Especialidades Médicas do Maranhão.

“Todos os dias trabalhamos pelo bem-estar das pessoas, priorizando a atenção básica e os mecanismos para garantir o bom atendimento na saúde para todos os maranhenses”, disse Flávio Dino.

 

O governo do Estado entregou também, cinco novos veículos para a aplicação de inseticida Ultra Baixo Volume (UBV), tradicionalmente conhecido como ‘Fumacê’. Os inseticidas e larvicidas distribuídos em 14 bairros englobam 858 quarteirões, protegendo mais de 30 mil casas só na sede da cidade.

 


LULA

O filho de Lula prestou depoimento e é alvo de um novo inquérito que investiga sua relação com a empresa de lobby

INQUÉRITO

11/12/2015 – 18h31, Atualizdo 12/12/2015 10:00h www.jgmoreira.com.br

Correio Braziliense
A Polícia Federal expediu mandado para que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja intimado a prestar depoimento na Operação Zelotes. O mandado 6262 é do dia 3 de dezembro e define o comparecimento de Lula na próxima quinta-feira (17/12) na sede da Polícia Federal em Brasília.
Lula assinou as medidas provisórias 471/2009 e 512/2010, que estão sob suspeita de terem sido compradas por esquema de corrupção que envolve lobistas e montadoras de veículos que se beneficiaram de prorrogação de incentivos fiscais definidas por essas normas.
O filho mais novo de Lula, Luís Claudio Lula da Silva, recebeu R$ 2,5 milhões da Marcondes & Mautoni, consultoria contratada pelas montadoras para fazer o lobby pelas MPs. Os sócios da consultoria, Mauro e Cristina Marcondes, estão presos pela PF e já foram denunciados. O esquema de compras da MP foi revelado pelo jornal O Estado de S.Paulo em série de reportagens.
O filho de Lula prestou depoimento e é alvo de um novo inquérito que investiga sua relação com a empresa de lobby. Perícia da PF identificou que o trabalho que Luís Claudio diz ter prestado para a Mautoni se resume a cópia de material produzido na internet, em especial o site Wikipedia.
O ex-ministro Gilberto Carvalho também é alvo das investigações sobre a suposta compra de MPs na época em que ele era chefe de gabinete de Lula. E-mails indicam relação de proximidade do ex-ministro com Mauro Marcondes.
Luís Claudio e Gilberto Carvalho negam que tenham envolvimento no esquema de compra de MPs.

FOTO DA FEIRA

Feira Municipal

Sem uma frente de obras, vários milhões camuflados num suposto caixa 2  o prefeito de Pinheiro Ma- Filuca Mendes(PMDB) , vai tentar reconstruir a partir de 2016 parcerias que estreitamento  evolutivo entre o Executivo, Legislativo e população foram afetados e até momento não conseguiu  retomar o protagonismo  político alcançado em anos anteriores.   

Depois de um início conturbado e  uma retomada de poder ocasionada pelo vacilo do seu antecessor na eleição 2012. O prefeito Filuca Dragão Corujita iniciou o terceiro mandato, em 2013, com dificuldades na relação á Câmara Municipal e a população.

Exceto a queda de receita, mas deixando que a precarização nos serviços de limpeza fosse mudado e caído no cenário do ridículo, como podemos observar na foto anexa, tudo isso nos faz ficar a mercê do sem saber aonde realmente foram parar os recursos da mobilidade urbana, meio ambiente, urbanização, Cultura, Saúde, Segurança, Assistência Social, Esporte e Lazer e habitação.

FEIRA FILUCA

Foram Milhões de reais propiciados pela União, Estado e renda própria da Prefeitura. Na continuação a popularidade do Prefeito vai caindo à medida que a população não vê uma obra terminada e inaugurada em toda a área da cidade ou zona rural.

Parou o recapeamento de ruas, a cidade às escuras em pleno mês natalino e também deixou de colocar em dias a coleta de lixo.

Sem ativismo político que poderia impulsionar sua reeleição e dos seus vereadores, pode-se dizer agora que o Corujita foi à lona por nocaute, fato que se espelha  ao do seu antecessor que lhe devolveu de presente uma reeleição..

Ao meu ver se…Em três (03) anos de mandato Filuca não fez absolutamente nada, será muito difícil  a partir de 2016 ano de eleição, retomar as rédeas da sua administração o que vale lembrar pelo simples fato em duas dimensões, disputar a sua reeleição confrontando-se com duas feras nos votos do cenário político de Pinheiro, de um lado já conhecido Luciano Genésio (Suplente de Deputado Estadual, hoje componente da sigla partidária PSDB. Do outro lado, o Medico Dr. Leonardo Sá, Cidadão Pinheirense, Vereador por dois mandatos e em ascensão política com amplas chances de se eleger Prefeito dado aos interesses do PC do B, e seu  projeto político para o Maranhão do futuro.

A confirmação das candidaturas de Leonardo Sá e Luciano Genésio, vista em síntese política obstacularia a reeleição de Filuca Dragão Corujita e refletirá também nos seus candidatos para a Câmara Municipal de Pinheiro.

Em tudo se prevalecer o diálogo entre os candidatos Leonardo Sá, Luciano Genésio e o Governo do Estado, veremos que o eleitorado Pinheirense sensível a necessidade de mudança, enterrará os problemas que afetam a nossa população, nas inúmeras valas já existentes ao longo do tempo cavadas pelo tempo do descaso e as valas cavadas pelas doidas e atuais ações do Corujita.

Por isso espero que os pre-candidatos aliados do Governo Estadual dialoguem  e busquem politicas publicas que beneficiem nossos munícipes e que o degelo de Pinheiro possa acontecer pela boa vontade do vitorioso da eleição/2016 (Leonardo Sá ou Luciano Genésio) e a partir daí se dará uma guinada na reconstrução das obras paradas, em tudo em todas as ações municipais  sem introduzir na gestão tensão violenta ou forçada de engôdos e articulações ardilosas para cima da população.

O meu discurso não é enaltecer A ou B. Estou primando pela necessidade da união entre os entes,  pré-candidatos municipal Leonardo Sá e Luciano Genésio.

Portanto que os aliados de Leonardo Sá e Luciano Genésio, não usem a distensão burlesca para por fogo que possa refletir na disputa eleitoral que inviabilize a vitoria do povo Pinheirense.

 


Vereador transportava 3,5 kg de crack, segundo a Senarc-MA (Foto: Divulgação / Senarc-MA)

11/12/2015 11h39 – Atualizado em 11/12/2015 11h59

Lenon de Jesus se elegeu em 2012, em Apicum-Açu (MA).

Uma operação realizada pela Superintendência de Investigações ao Narcotráfico (Senarc) prendeu na manhã desta sexta-feira (11) o vereador de Apicum-Açu (MA) – a 527 km de distância da capital maranhense, São Luís –, Lenon de Jesus Ferreira Castro, por suspeita de tráfico de drogas. A informação foi confirmada ao G1 pelo delegado geral de Polícia Civil do Maranhão, Augusto Barros.

Segundo a polícia, ele levaria a droga apreendida – 3,5 kg de crack – para a região da Baixada Maranhense, quando foi interceptado, no Centro de São Luís. Ele embarcaria em uma van para o interior do Estado. Aos policiais da Senarc, o vereador alegou que não sabia o conteúdo da caixa que transportava, só sabia a quem entregar o pacote.

Lenon de Jesus se elegeu por média (4,93% dos votos válidos), com 411 votos, em 2012 pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), pela coligação Unidos Para Mudar 3, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).


MICROCEFALIA

Com 36 casos registrados até o momento, o Maranhão é o estado do Nordeste com o menor número de casos confirmados de microcefalia. Os dados foram atualizados pelo Ministério da Saúde (MS) e Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão (SES).

Segundo o Ministério da Saúde, Pernambuco segue liderando o número de casos, com 804 registros. Em seguida vem Paraíba (316), Bahia (180), Rio Grande do Norte (106), Sergipe (96), Alagoas (81), Ceará (40). Piauí registra 36 casos.

Ainda de acordo com os dados do MS, os casos de microcefalia, proliferados a partir da região Nordeste somam 1.761 registros em 422 municípios espalhados por 13 estados e Distrito Federal.

Na quarta-feira (9), o governador do Maranhão, Flávio Dino, anunciou ações do Governo do Estado para combater o mosquito transmissor da Zika Vírus, Dengue e Chinkungunya.

“Precisamos trabalhar juntos. Além dos pequenos cuidados entre as famílias, precisamos colaborar com os agentes de endemias e de saúde, deixando-os entrar na nossa casa. Isso é muito sério, o mosquito pode matar. Juntos, vamos vencer esse desafio”, destacou o governador.

A SES reforçou as medidas para combater o mosquito. O secretário de Estado de Saúde, Marcos Pacheco, ressaltou a importância do Plano Estadual para combate as doenças relacionadas ao Aedes aegypt.

“O Governo do Estado está articulando um plano com participação da sociedade, prefeitos, gestores municipais e secretários de outras pastas, uma vez que a ação envolve infraestrutura, saneamento, distribuição de água e erradicação de lixões. Trata-se de um trabalho intersetorial, que deve ter a participação de todos”, afirmou Marcos Pacheco.

Para a SES é preciso ampliar o monitoramento para combater a proliferação do mosquito Aedes aegypt. “Trata-se de uma guerra sem trégua contra o mosquito transmissor dessas doenças. O governo vai intensificar o trabalho de prevenção. Estamos reivindicando junto ao Ministério da Saúde que agentes do controle de endemias e agentes comunitários de saúde, tenham algum tipo de gratificação e incentivo para que seja potencializado esse trabalho fundamental de combate ao mosquito”, ressaltou o secretário.

Casos diagnosticados

A neuropediatra Tertuliana Mota, da equipe técnica da Secretaria de Saúde, explicou a importância de tratamento adequado para os casos diagnosticados de microcefalia no Maranhão. “Crianças diagnosticadas devem ser encaminhadas para estimulação inicial, já que nem tudo em neurologia se trata com medicação. A base do tratamento é estimulação e fisioterapia, para que a criança consiga desenvolver o cérebro da melhor maneira possível”, informou.


CONFUSÃO

 

 

Certo leitor me questionou no verbo intransitivo o significado da palavra degenerar, e aí diante de um conceito insofismável, mas que derrapa num solo escorregadio da premida credibilidade que ameaça a sobrevivência das alas partidárias em Pinheiro-Ma, permitindo que os blogs nas suas linhas editoriais e de acordo com seus interesses e exigências regulamentadas quedam-se cada vez mais não pela força do consenso, mas na verdade pela imposição do contraditório.    E quanto mais me esforço para não ceder e mostrar a indignação… Eu simplesmente respondi:  Juntam-se mais ainda no atrofiar e no esbardalhado  vaticinar da degenerescência ética da união partidária ,para no advinha do quem é quem, cabeça de chapa de uma eleição.

7 de dezembro às 22:07 · 

ELEIÇÃO 2016: UNIÃO DA OPOSIÇÃO EM TORNO DA PRÉ-CANDIDATURA A PREFEITO DE LUCIANO GENÉSIO.

Luciano Genésio, será candidato único a prefeito de Pinheiro pela aliança de oposição e terá o apoio do Governador Flávio Dino, e terá como vice o medico Leonardo Sá segundo informações palacianas.

“Tenho um objetivo na vida que é ver Pinheiro diferente deste que temos hojé. Um objetivo de anos e por isso sempre fiz gestos para que isso fosse possível”, disse Luciano Genesio.

Luciano Genésio, esta conseguindo unificar a oposição pinheirense em torno de sua pré-candidatura, disse que mais um passo foi dado rumo a vitória nas eleições a prefeito em 2016, e que a união da oposição é o caminho mais garantido para esse resultado.

LL

Rivelino Marcel com Othelino Nova Alves Neto e outras 9 pessoas.

7 de dezembro às 16:45 ·

Leonardo Sá, Médico de profissão e de uma família bem conceituada e de formação em medicina, e vereador eleito na última eleição municipal como o mais votado entre os quinze parlamentares pinheirenses, Leonardo Sarmento Pires de Sá, com residência fixa em Pinheiro a mais de dez anos sempre prestando seus relevantes serviços tanto na área de saúde como em outras áreas como um bom político requer, Leonardo tem mantido uma postura firme em oposição aos desmandos administrativos dessa atual gestão. Pelo excelente trabalho que vem fazendo a frente do hospital regional Dr Jackson Lago, hoje Sá coza de um incontestável prestígio perante a população de Pinheiro e de toda a região como também do governo do estado.

Leonardo (PCdoB) prefeito e Luciano (PSDB) vice: talvez fosse a dupla perfeita para vencer em Pinheiro na eleição 2016. E talvez fosse hoje de suma importância para derrotar nas urnas o prefeito sarneysista Filuca Mendes(PMDB).

luciano

Podemos até dizer que eles têm em comum além do sangue opositor, a proximidade com o Palácio dos Leões, ambos possuem prestígio com o governador Flávio Dino. E juntos, podem realizar muito pelo povo que tanto precisa.

Não precisa de nenhum gênio da lâmpada para saber que ”cada eleição é uma eleição” já diz um velho clichê. O leitor do blog pode fazer a indagação: Mas porque Sá tem que ser o candidato a prefeito e não o contrário? Simples! Basta observar a história política de Pinheiro; os resultados das últimas eleições Leonardo já conseguiu dois mandatos eletivos enquanto Luciano só conseguiu até hoje um rosário de derrotas.

Enquanto a oposição o chama de forasteiro, é forasteiro assim como padre Risso um forasteiro que aqui chegou para trabalhar em missão, Leonardo Sarmento de Sá vem trabalhando sua missão que é proporcionar liberdade e melhores dias aos pinheirenses.
Agora se for para fazer paradoxo de eleição não vamos muito longe, vamos para a de 2014, governador do PCdoB e o vice PSDB, é só repetir a dose e te segura curugito.

 

2016, e que a união da oposição é o caminho mais garantido para esse resultado.



Othelino Neto acompanha entrega de novas tecnologias para a Segurança Pública

Glaucione Pedrozo/ Agência Assembleia

Foi a partir do dia  (07/12/2015), que o Maranhão passou a contar  com mais tecnologia para investigar crimes de lavagem de dinheiro e mais tecnologia, também, na comunicação policial. O anúncio foi feito pelo governador Flávio Dino (PCdoB) e pelo secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, durante solenidade ocorrida na sede da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão.

O presidente da Assembleia em exercício, deputado Othelino Neto (PCdoB), acompanhou toda a cerimônia e ressaltou a importância da iniciativa para o Maranhão. “É um momento importante, o estado está adotando novas tecnologias no sentido de combate à corrupção. A Assembleia dá todo apoio e se vê muito estimulada nesse momento de combate à corrupção no Maranhão”, afirmou.

Othelino lembrou, ainda, que medidas como essa visam reduzir os índices de criminalidade. “O estado tem esse compromisso reforçado pelo governador, no tocante de reduzir os índices de criminalidade. Esse é mais um passo importante que está sendo dado pelo Executivo”, disse.

O governador Flávio Dino destacou a importância do anúncio. “Hoje duas conquistas importantes: o laboratório de tecnologia para o combate aos crimes financeiros, chamados crimes do colarinho branco, e também o sistema de radiocomunicação. Investimos R$ 8 milhões nos rádios, exatamente para que a Polícia tenha mais eficiência, mais agilidade e consiga, com isso, vencer essas estatísticas criminais, que no Brasil todo constituem um grande desafio”, lembrou.

Na oportunidade, Flávio Dino falou dos avanços na área de Segurança Pública em todo o estado. “Passo a passo estamos modernizando nosso Sistema de Segurança. Somente nesse mês de dezembro, teremos a incorporação de novos 1500 policiais. Realizamos milhares de promoções, aprovamos uma nova política salarial e estamos investindo em modernização dos equipamentos. Teremos, em breve, também, novas viaturas”.

TECNOLOGIAS

O Laboratório de Tecnologia contra a Lavagem de Dinheiro é produto de um convênio com a Secretaria Nacional de Justiça. A proposta do novo recurso é a de cruzar, automaticamente, as movimentações bancárias suspeitas de serem fruto de lavagem de dinheiro. O secretário de Segurança informou que os policiais foram capacitados com cursos no Ministério da Justiça para operarem, com excelência, os equipamentos do Laboratório.

Jefferson Portela afirmou que as investigações com o novo equipamento do Laboratório irão iniciar a partir de hoje. Portela declarou que o instrumento irá dar agilidade aos procedimentos. “Na área de investigação contra o crime organizado o governador está inaugurando hoje o Laboratório de Combate à Lavagem de Dinheiro. É um instrumento que substitui o trabalho manual feito pelos nossos policiais para fazer o cruzamento dessa movimentação socialmente conhecida como lavagem de dinheiro”, explicou.

No total, o governo entregou mais de 700 rádios digitais criptografados APCO 25, com transmissão de voz e dados, que proporcionam mais segurança na informação e, também, precisão de monitoramento das viaturas e policiais que utilizarem a tecnologia. “Vamos substituir uma comunicação que corre riscos de funcionamento de operadora por uma comunicação instantânea, viatura-viatura, homem-a-homem. Acompanhamos o deslocamento do policial que porta o rádio, como da própria viatura. Podemos, inclusive, por meio desse rádio digital checar o percurso da viatura durante todo o dia”, disse Portela.

 


BURROS ESPERTOS

“Nem o mel nem a cabaça” Ao que parece existe sempre um terrorista de esquerda dentro do conceituado grupo politico de duas caras, deixando-se levar pelo causador do terror “o contumaz dragão” que vem vomitando as mais fedidas e porcas ações administrativas que o Maranhão tem presenciado nas ultimas décadas.

(“Ponha o boné quem for o seu dono”)

Esse cidadão que se diz político sempre foi e sempre será um trapalhão de esquerda, que se diz modernizado, deixando de ser personagem fiel de um grupo, passando a ser um profissional da venda antecipada dos votos de uma população de eleitores inconscientes, se destingindo dos outros dinossauros da política a espera de cumprir ordens e entregar o ouro que lhe custa caro pelo debito que lhe promove a desconfiança vista por todas as populações, quer eleitorais ou sociais propriamente ditas.

Do outro lado, Fifi com um passado e presente regidos e disciplinados pelo dinheiro, pelos resquícios da viuvez sarneyista, o que fez e  faz o que  lhes dá na telha, embora amadurecido, nunca deixou de povoar o gosto com a rudez, como sendo sua ideologia esposada pela ignorância de supostas compras de votos e troca de favores dos eleitores menos esclarecidos dentro e fora do contexto político na  participação de cada eleição que é disputada pelo atual administrador Filuca Mendes (PMDB)

Para quem conhece um pouco da nossa historia política e considerando o atual quadro eleitoral desde já montado como uma farsa provida por um lado da falsa ex- oposição, pode desde já ter observado os nossos frágeis grupos indo para o brejo, caminhando celeremente para deixar o reino da fantasia rumo ao palco ingrato  que é provido pela insensatez da falta de união dos grupos Genésios X Leonardo Sá, fato que leva o eleitorado a subentender num só pensamento a falta de esforço para um consenso entre os grupos.

E é no laboratório de propaganda  que os grupos criam uma falsa eleição que poderá acabar num vasto canal de tristeza para ambos os lados, pondo além do mais a população pinheirense a sangrar no vai da valsa do sonho da mudança e ponto final…Com isso os grupos transforma um pleito de mais de 50 mil eleitores num gigantesco plebiscito ao se indagarem sim ou não ao “dragão” ou ficarmos na dubiedade do para sempre ?

Essa tal oposição que queria ver também filuca  sangrar, o deixa permanecer do modo que está, pondo os grupos a se esvair sem poder salvar a pele, a jugular e o pescoço oferecendo à população a assistir um filme, envergonhadamente pelas traições partidárias do pula, pra cá pula pra lá, pedindo desculpas e alegar que não estava na cesta predileta do governo do Maranhão, portando-se de maneira a esconder o pretenso candidato governo Dino.

Com as debandadas, observo nos bastidores da política eleição 2016 a dura luta entre os três grupos PC do B, PSDB e PMDB, hoje elites na ocupação da área eleitoral, na luta incessante pelo poder que é o mais brioso troféu para o partido vencedor.

E no pragmatismo eleitoral o que será que esses grupos pensam em relação à sociedade?

Será realmente que  eleição é tudo ?

Ou sabem,  do interessa que vem depois?…

É ai que a porca torce o rabo e a vaca pode ir pro brejo…

Invés de uma eleição que venha a contribuir para o bem estar do povo , ela poderá se tornar cruel e os grupos sem vez nem voz, não poderão dividir com todos, os benefícios sociais a que têm direitos, pondo o governo municipal atual a cevar por mais quatros (04)anos a arvore frutifica* (*Prefeitura) Sabendo-se que a continuação de filuca Mendes(PMDB) poderá representar pra todos nós a mais cruel realidade do sofrimento em todas as suas ações.

E NÃO ME DIGA QUE VOCÊ AINDA QUER ASSISTIR ESSE ESPETÁCULO …


Bloco Tradicional Os Fenomenais, campeão do grupo B de 2015. (Foto: Divulgação/AMBC)Bloco Tradicional Os Fenomenais, campeão do grupo B de 2015. (Foto: Divulgação/AMBC)

07/12/2015 18h38 -Do G1 Ma. Atualizado em 07/12/2015 19h07 www.jgmoreira.com.br

Secretário Felipe Camarão anunciou medida em entrevista ao G1.
Pré-carnaval começa no dia 31 de dezembro, na noite de Réveillon.

Secretário de Cultura do Maranhão Felipe Camarão (Foto: Zeca Soares/G1)Secretário de Cultura do Maranhão Felipe
Camarão (Foto: Zeca Soares/G1)

O carnaval realizado durante o dia voltará às ruas de São Luís em 2016, segundo o secretário de Cultura do Estado do Maranhão, Felipe Camarão. Em entrevista concedida aoG1, nesta segunda-feira (7), ele afirmou que já foram definidas as diretrizes para a temporada 2016 do Carnaval no Estado.

O secretário acredita que a estratégia reforça a tradição maranhense de brincar nas ruas e se sujar de amido de milho.

“[Queremos] Atrair o que o maranhense é acostumado a fazer, pelo menos a geração mais antiga, que quer apresentar isso pros seus filhos hoje, quer aquele carnaval de marchinha, de blocos tradiconais, um carnaval mais tradicional, de dia, familiar, seguro, em que as atrações comecem cedo e terminem cedo, aproveitando o dia e a tarde, pra que as pessoas possam brincar com a Maizena na rua, com segurança”, explica.

Segundo Camarão, a medida vem a calhar no atual momento de crise econômica, em que as pessoas estão focadas em reduzir gastos. “Esse fator de crise nos atrai a esse modelo, de tá pensando em fazer um carnaval barato pras pessoas, que não precisa gastar muito. A gente vai precisar de muita organização apenas e de garantir a seguranças das pessoas”, diz.

Cortejo de carnaval na rua, em 2015, em São Luís (Foto: Douglas Jr / O Estado)Cortejo de carnaval na rua, em 2015, em São Luís (Foto: Douglas Jr / O Estado)

Discussão
De acordo com o secretário, já foi realizada uma reunião para apresentar o projeto aos representantes dos grupos folclóricos que atualmente participam do carnaval maranhense. Ele afirma que a secretaria está aberta a propostas novas e que será lançado um edital para definir de forma democrática as atrações.

“Já tivemos uma reunião com todas escolas de samba, blocos tradicionais e as brincadeiras que já participam do carnaval e pré-carnaval. Teve muito boa aceitação. Alguns ficaram reticentes, descrentes com a mudança, com a reorganização, mas o nosso modelo será uniforme para todo Estado. É um modelo de carnaval de dia, de rua, tradicional e, claro, que vai respeitar as particularidades de cada região”, explica Camarão.

Pré-carnaval no Réveillon
A pré-temporada começa no dia 31 de dezembro, na noite de Réveillon, quando haverá o “grito de carnaval” das escolas de samba e dos blocos tradicionais.

“Nás vamos fazer um Réveillon temático este ano, de quatro dias, sendo que um dia vai ser pro reggae, um dia pro samba, um dia pra música popular, mas a noite do Réveillon vai ser o grito de carnaval para as escolas de samba e blocos tradicionais”, explica.

Os planejamentos dos trajetos e da estrutura utilizada estão sendo planejados com a Secretaria Municipal de Cultura, a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e SMTT.

“O que está faltando amarrar são os trajetos e a estrutura para fazer a divulgação, para fazer o casamento de um trajeto bom para o público, com acessibilidade, para chegar aos locais com tranquilidade e, ao mesmo tempo, que tenha segurança no local e que sejam atrativos”, observa.

“O nosso público-alvo é a família, pra que as crianças possam ir, pra que a mídia possa fazer a cobertura e não concorrer com o horário dos desfiles das escolas de samba, nem o daqui da capital, que é à noite e de madrugada”, conclui.


%d blogueiros gostam disto: