“Mucura” foi assassinado quando se embalava em uma rede dentro de sua casa

Mais um assassinato que pode estar ligado ao tráfico de drogas foi registrado pela polícia. Desta vez o crime aconteceu na Rua Cravinho, bairro Jorge Teixeira 2, Zona Leste de Manaus.

A vítima foi o ex-presidiário Marlon de Oliveira Simas, 26, vulgo “Mucura”, que foi executado com cinco tiros.

O ex-presidiário se embalava em uma rede em sua casa quando um homem  invadiu o imóvel e efetuou os disparos que atingiram a cabeça, o abdome e o braço direito que provocaram a morte instantânea.

A mulher de “Mucura”, que não quis se identificar, confirmou que ele era traficante e que havia saído da cadeia no mês de março deste ano depois de ser beneficiado pelo regime semiaberto do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj).

Um vizinho ajudou equipe do IML na remoção do corpo de dentro da casa

Já existiam ameaças de morte e o ex-presidiário teria contado isso para sua mulher, mas permanecia traficando drogas no bairro e o que menos acreditava, ao que tudo indica, é que os inimigos teriam a coragem de invadir sua casa para executá-lo.

O homem que fez os disparos que mataram Marlon “Mucura” correu para fora, subiu na garupa de uma motocicleta pilotada por um comparsa e saíram do local em alta velocidade, contaram testemunhas.

Uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) fez a remoção do corpo. Um perito do Instituto de Criminalística juntou as cápsulas dos projéteis de pistola calibre 9 milimetros que estavam no chão da casa. Uma investigação foi iniciada pela equipe da Delegacia de Homicídios.

ATENÇÃO! IMAGEM FORTE! 

Foto: Divulgação Portal do Zacarias