“Marreta” teria sido torturado antes de ser alvejado e morto a tiros

O traficante de drogas identificado até o momento apenas com o apelido de “Marreta”, foi executado a tiros e seu corpo encontrado ao amanhecer desta quarta-feira, na carroceria de um carro picape D-20 que está fora de uso e abandonada na Rua Barcelos, bairro da Praça 14 de Janeiro, Zona Centro-Sul de Manaus.

Informações repassadas para a polícia no local por moradores revelaram que “Marreta” sempre esteve ligado ao tráfico de drogas, roubos e outros crimes, por isso era considerado de alta periculosidade. Como também tinha muitos inimigos tão perigosos quanto ele e estava jurado de morte, disse um morador.

As primeiras pessoas que viram o corpo de “Marreta” na carroceria do carro abandonado chamaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que enviou uma equipe mas logo veio a confirmação da morte do bandido.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) está investigando o crime.

 

ATENÇÃO! IMAGENS FORTES!