Foto: Divulgação

O mecânico foi executado com dois tiros na cabeça por um ciclista desconhecido

Policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) continuam atrás de um homem identificado apenas como “Robinho” que disparou dois tiros à queima-roupa e matou o mecânico de autos Adaias Alves de Souza, 39, na noite desta quarta-feira, na Rua F da Comunidade de Santa Inês, bairro do Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus.

O acusado estava em uma bicicleta e seguiu Adaias até a esquina da rua onde sacou o revólver da cintura, discutiu rapidamente com o mecânico e atirou em sua cabeça, provocando-lhe a morte instantânea.

Uma dívida de agiotagem ou que seria ligada à comercialização de drogas orienta a investigação que a equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequetros (DEHS) está seguindo para descobrir a motivação do assassinato, segundo comentários dos policiais que atuam neste caso.

Há informações de que o homem que atirou e matou o mecânico de autos Adaias Alves, trabalha cobrando dívidas para traficantes e agiotas no bairro do Jorge Teixeira e que seria considerado uma pessoa bastante violenta.

O tenente PM Rozival Batista, da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), foi o primeiro a chegar ao local comandando uma guarnição e fez uma “varredura” na área, mas não conseguiu localizar o acusado.

Com informações: Portal do Zacarias