Elizeu Santana foi preso quando tentava fugir do Hospital onde sua mulher veio a óbito

A dona de casa Ivone Costa dos Santos, 44, foi assassinada com um tiro de revólver calibre 38 que atingiu seu rosto, na noite de ontem, quarta-feira, 6.

O tiro foi disparado pelo marido de Ivone durante uma discussão entre eles na casa do casal localizada na Rua Seringal, bairro do Mauazinho, Zona Leste de Manaus.

O autor do crime identificado como Elizeu Santana Pereira, 46, foi preso na portaria do Hospital e Pronto-Socorro Dr. João Lúcio.

Depois de espancar e atirar em Ivone Costa o marido jogou a arma no quintal da casa, chamou um táxi e correu com ela para o HPS onde a dona de casa faleceu na sala de operação.

O sargento PM Aminos e o soldado J. Bonfim efetuaram a prisão de Elizeu no momento em que ele se preparava para fugir do HPS.

Ivone Costa foi morto com um tiro no rosto 

Chorando e se dizendo arrependido Elizeu foi autuado em flagrante delito na DEHS

O assassino soube que a mulher havia falecido na sala de operações e correu para o lado de fota do Hospital e Pronto-Socorro Dr. João Lúcio onde chamou um mototáxi e estava se preparando par fugir do local.

Os policiais militares apresentaram Elizeu Santana na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Ele confessou que sempre sentiu muito ciúme da mulher, que tinha ingerido bebida alcoólica antes de chegar em casa e que acabou agredindo e matando Ivone.

O corpo de Ivone foi removido para o necrotério do HPS e levado para o Instituto Médico Legal (IML).

Depois de chorar diante dos policiais se dizendo arrependido do crime que cometeu Elizeu foi autuado em flagrante delito pelo delegado titular Paulo Martins.