Divulgado retrato falado de suspeito de tentativa de estupro em São Luís (Foto: Divulgação / SSPMA)Retrato falado contou com depoimentos de vítima
e testemunhas (Foto: Divulgação / SSPMA)

19/01/2016 09h20 – Atualizado em 19/01/2016 16h20

Três retratos do mesmo suspeito foram feitos e divulgados pela Polícia.
Ataque aconteceu no dia 13 de janeiro no bairro do Cohatrac.

Do G1 MA

A polícia divulgou na noite desta segunda-feira (19) três retratos falados do homem suspeito de tentar estuprar uma criança no bairro Cohatrac, em São Luís. O homem descrito pela vítima é moreno, aparenta ter 25 anos e aproximadamente 1,75m de altura. Os retratos falados, que parecem fotos, foram feitos com base no depoimento da menor e de outras testemunhas.

Além das características físicas dele coincidirem nos depoimentos (tatuagens, marcas de brincos, altura e cor da pele), a bicicleta usada é do mesmo modelo e cor. Imagens da câmera de vídeo monitoramento não possuíam qualidade suficiente para identificar o suspeito. O ataque aconteceu quando a vítima estava indo comprar um galeto na última quarta-feira (13).

Segundo a polícia, a jovem foi encontrada no começo da noite do mesmo dia no bairro Cohabiano depois que uma mulher a reconheceu de anúncios divulgados pela família nas redes sociais. A jovem foi submetida a exames O resultado dos laudos que comprovam se a criança sofreu algum tipo de abuso sexual ainda não foi divulgado.

O delegado Arthur José Benazzi afirmou que esse homem que aparece nas imagens seria mesmo o autor do crime e revelou que a polícia já tem uma linha de investigação, inclusive com a informação da profissão e o bairro onde ele supostamente mora.

Qualquer informação sobre o paradeiro do suspeito pode ser repassada ao Disque Denúncia pelos telefones (98) 3223-5800 (capital) / (98) 0300-313-5800; pelo e-mail disquedenuncia@gmail.com; ou pelo whatsapp 99224-8660. O anonimato é garantido.

Divulgado retrato falado de suspeito de tentativa de estupro em São Luís (Foto: Divulgação / SSPMA)Três retratos falados do suspeito foram divulgados na tentativa de solucionar crime (Foto:SSPMA)

 


 

BARCO II

“ABRA TEU CORAÇÃO”

Quando meu coração se entrega
Minha veia poética esvai-se na dor
Flameja a cada momento
O coração aos gritos frenéticos
Fala de amor, emoção e sentimento
Ah!… Solidão.

O peito agoniza, mas não quer calar
Tenta libertar o que existe…
O que teima o coração em guardar…
O que a poesia não mostra, mas em mim persiste:
A sinfonia orquestrada na dor!

“Abra teu coração”
Baixe o som da tua orquestra
Entoe com a magia que tens…
Uma simples canção de amor
Uma simples poesia, que não fale em solidão.

(Solidão é um mal que não deve caber dentro de nós)

( Do: Livro Divagantes…) JGmoreira


Governador do Maranhão recebeu jornalistas no Palácio dos Leões (Foto: César Hipólito/TV Mirante)

Governador do Maranhão recebeu jornalistas no Palácio dos Leões (Foto: César Hipólito/TV Mirante)

18/01/2016 14h42 – Atualizado em 18/01/2016 20h44

Governador recebeu jornalistas para café da manhã no Palácio dos Leões.
Estão previstos R$ 100 mi em cortes; Cultura vai absorver o Turismo.

Do G1 MA

O governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB) afirmou, nesta segunda-feira (18), em um café da manhã com jornalistas no Palácio dos Leões, em São Luís, que o Estado vai ter que cortar gastos e contingenciar custeios públicos em 2016.

Dino detalhou que vai cortar R$ 100 milhões em contratos de prestação de serviços com empresas terceirizadas, além de decretar o contingenciamento de 30% na execução orçamentária dos órgãos públicos. Ele adiantou que as pastas de Educação e Saúde não serão atingidas.

“A arrecadação está gravemente constrangida pela recessão econômica. Nós tivemos uma redução de 17% no Fundo de Participação dos Estados, então, temos que tomar as medidas necessárias para garantir a continuidade do equilíbrio fiscal do Maranhão”, justifica.

“O corte é corte mesmo, não volta nunca mais. O contingenciamento é uma retenção. Na medida em que a economia brasileira melhore, esses 30% de contingenciamento de custeio podem, naturalmente, ser liberados”, acrescenta.

O governador disse que também pesa aos cofres estaduais a dívida externa do Maranhão contraída junto ao Bank of America no passado. A próxima parcela, com pagamento previsto para sexta-feira (22), custa R$ 178 milhões.

Governador Flávio Dino, durante café da manhã com jornalistas (Foto: César Hipólito/TV Mirante)Governador Flávio Dino, durante café da manhã
com jornalistas (Foto: César Hipólito/TV Mirante)

“Nós temos uma parcela da nossa dívida indexada ao dólar, são parcelas semestrais. Eu paguei a do dia 20 de janeiro, paguei a de 20 de julho. A parcela que me custou R$ 120 milhões no ano passado, vai me custar agora R$ 178 milhões. Eu tenho que produzir um excedente de R$ 178 milhões para pagar essa parcela agora, então, essas razões fazem com que eu tenha que adotar essas medidas”, argumenta.

Secretarias
Dino anunciou também a fusão da Secretaria de Cultura com a de Turismo, que terá como secretário Diego Galdino, atual secretário-adjunto de Cultura, e como superintendente, Delma Andrade, atual secretária de Turismo.

“Algumas secretarias serão fundidas justamente nessa busca de corte de gastos. A Secretaria de Cultura vai absorver a Secretaria de Turismo e nós teremos mais duas ou três fusões, exatamente nessa busca”, avisa.

Segurança
Questionado sobre possíveis cortes na segurança, Dino respondeu que haverá redução de “custeio”, mas não de “investimento”. “No que se refere a custeio a resposta é sim, no que se refere a investimento a resposta é não, ou seja, os investimentos na segurança não serão atingidos por cortes. Ao contrário, nós teremos investimentos como aquisição de 300 viaturas e eu já autorizei a compra de armamentos, que não posso revelar porque envolve tática policial”, garantiu.

O governador também admitiu o crescimento histórico de crimes no Estado. “Nós sabemos que há, de fato, uma trajetória de crescimento de crimes no nosso Estado. Pra vocês terem uma ideia, em dez anos, nós tivemos o crescimento de homicídios na ordem de 330%. É preciso olhar historicamente o problema”, observa.


TRANSPARENCIA

 

Cidades que não atenderem às exigências da LFR em relação aos portais da transparência também serão incluídas nas matrizes de risco para fiscalização e auditoria

O presidente do TCE, Jorge Pavão, recebe do chefe da CGU/MA, Francisco Moreira, o levantamento sobre portais da transparência, observado por Caldas Furtado (vice-presidente da corte), Wellington Silva (coordenador da CGU) e Washington Luiz (ouvidor do TCE)

Os gestores municipais que fiquem atentos. Com base nos trabalhos de avaliação dos portais da transparência realizados em parceria pelo Tribunal de Contas do Estado, Controladoria Geral da União (regional MA) e o Ministério Público do Estado, o presidente do TCE/MA, conselheiro Jorge Pavão, determinou ao setor competente que faça constar, a título de informação, nas certidões emitidas pela corte de contas para a celebração de convênios, entre outros, o descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) relativo à transparência.

A falta de alimentação dos portais da transparência enseja na proibição aos municípios de receber transferências estaduais ou federais, voluntárias e legais. Por sua vez, a falta de regulamentação do acesso à informação em âmbito municipal e a inexistência de Serviços de Informação ao Cidadão (SIC´s) constitui crime de responsabilidade do agente público.

“Entendemos que a inclusão do quesito transparência dos municípios nas certidões emitidas pelo tribunal será mais uma ferramenta em favor da sociedade, que anseia pela boa destinação dos recursos públicos e tem o direito de estar bem informada sobre como estão sendo aplicadas essas verbas pelos gestores municipais”, pontua Jorge Pavão.

O levantamento minucioso, realizado nas 217 cidades maranhenses em atenção aos artigos 48, 48-A e 73-B da LRF, constatou que 180 municípios, ou 82% do total, não cumprem os requisitos previstos e alimentam os seus portais da transparência na forma da legislação. Nesse sentido, considerando se tratar de informações oriundas de fiscalizações de órgãos integrantes da rede de controle, o TCE também fará a inclusão, a partir de agora, desses municípios nas matrizes de risco para fiscalização e auditoria.

Na decisão do TCE/MA, consta ainda que se oficie a secretaria de Estado da Transparência e a Casa Civil do do Governo do Estado sobre o resultado da apuração, para que sejam adotadas as medidas cabíveis no que diz respeito ao repasse de transferências voluntárias e legais, bem como o Ministério Público Estadual, para que adote as medidas pertinentes na sua esfera de competência


Augusto Carneiro Gomes morreu ao bater em poste de iluminação pública (Foto: Flora Dolores / O Estado)

Augusto Carneiro Gomes morreu ao bater em poste de iluminação pública (Foto: Flora Dolores / O Estado)

17/01/2016 16h09 – Atualizado em 18/01/2016 04h09

Vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local.
Acidente aconteceu no começo da tarde deste domingo (17).

Do G1 MA

Um motociclista morreu após colidir contra um poste de iluminação pública, no começo da tarde deste domingo (17), na Avenida Ana Jansen, em São Luís. A vítima, José Augusto Carneiro Gomes, morreu no local do acidente.

De acordo com agentes da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT), a vítima seguia sentido Ponta da Areia – São Francisco, quando perdeu o controle do veículo, subiu no canteiro central e colidiu contra o poste. A moto, modelo Honda Bros, de placa OXV-1640, parou depois de 100 metros, quando bateu em outro poste.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e constatou que o jovem não resistiu aos graves ferimentos e morreu no local.

Ainda segundo a SMTT, o corpo só vai ser retirado do local do acidente depois de periciado pelo Instituto de Criminalística (Icrim). O trânsito ficou lento na região e muitos curiosos e familiares da vítima aguardam a chegada dos peritos.

A moto, modelo Honda Bros, de placa OXV-1640, parou a 100 metros, após colidir com outro poste.  (Foto: Flora Dolores / O Estado)A moto parou a 100 metros, após colidir com outro poste. (Foto: Flora Dolores / O Estado)

 

Familiares da vítima disseram que o motorista derrubou o flanelinha do ônibus em São Luís (Foto: Biaman Prado / O Estado)

Familiares da vítima acusaram o motorista de derrubar Ivonaldo do ônibus (Foto: Biaman Prado / O Estado)

17/01/2016 20h41 – Atualizado em 18/01/2016 03h46

Acidente aconteceu no fim da tarde deste domingo (17) no Renascença.
Ivonaldo Rodrigues bateu a cabeça em um poste e caiu do veículo.

Um homem morreu após cair de ônibus depois de tentar ‘surfar’ na porta do veículo na Avenida Colares Moreira, em São Luís. A vítima, identificada como Ivonaldo Rodrigues, de 23 anos, morreu no local. Motorista do veiculo fugiu do local após população tentar linchá-lo.

Segundo testemunhas, Ivonaldo era guardador de carros no bairro Renascença e teria se desequilibrado do coletivo, que faz a linha ‘Altos do Calhau’, depois de bater a cabeça em um poste.
O motorista do coletivo chegou a parar para prestar socorro ao guardador de carros, mas acabou fugindo depois que algumas pessoas começaram a apedrejar o veículo.

Equipe do Instituto Médico Legal fazendo a remoção do corpo do flanelinha que caiu de ônibus em São Luís (Foto: Reprodução/TV Mirante)Equipe do IML fazendo a remoção do corpo de Ivonaldo Rodrigues (Foto: Reprodução/TV Mirante)

A Polícia Militar foi acionada e impediu que o veículo fosse destruído. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e constatou que o jovem não resistiu aos graves ferimentos e morreu no local. O corpo foi retirado do local pelo Instituto Médico Legal (IML).

Os familiares da vítima não quiseram se pronunciar sobre o acidente, mas disseram que o motorista causou o acidente de propósito. O “surf” é uma prática comum em diferentes bairros da capital maranhense, segundo afirmou o tenente Reinaldo do 8º Batalhão da Polícia Militar do Maranhão.

Guardador de carros bateu a cabeça em poste, enquanto 'surfava' em ônibus de São Luís (Foto: Biaman Prado / O Estado)Guardador de carros bateu a cabeça em poste, enquanto ‘surfava’ em ônibus (Foto: Biaman Prado / O Estado)

 


 

JASMIM II

AMANTES EM SEGREDO

 

Quero te amar como ninguém ainda te amou;

Quero teu corpo só meu, quero ter você sem fim;

Quero você como se fosse um pedaço de mim;

Quero amar-te até desconhecer no tempo / a razão;

 

Quero descobrir em ti o que ninguém encontrou;

Divagar contigo por entre flores do jardim;

Colhendo as mais perfumadas que o jasmim;

Para que então descubra quem por ti se apaixonou.

 

Quando te vejo:

Imagino alguém que completaria meu ego;

(um corpo febril, desejo incontido / sexo a bel-prazer)

Meu conteudismo insaciável, musa, ninfa… / Você!

 

E se não me amas por medo

Guarda de mim este secreto / desejo:

Seremos sempre amantes a viver em segredo!

(jgmoreira)


Suspeitos de assalto a banco presos no Maranhão (Foto: Alessandra Rodrigues/Mirante AM)

MSuspeitos Luís Alberto, 29; Wellyson, 22; e José Maria, 55 (Foto: Alessandra Rodrigues/Mirante A)

17/01/2016 11 h 08 – Atualizado em 17/01/2016 18 h 09

Filho de ex-vereador é preso suspeito de assalto a banco no Maranhão

Operação da polícia desarticulou grupo suspeito de assaltar banco em Icatu.
Ao todo, três foram presos e dois mortos em confronto com a polícia.

Do G1 MA

Dois suspeitos foram mortos e outros três, presos, durante operação das polícias Civil e Militar realizada no sábado (16), próximo a Rosário, no Maranhão. Foram detidos Luís Alberto Freitas Alves, de 29 anos, que seria filho do ex-vereador Adalberto Rocha Alves, o “Dako”; José Maria Marques Cantanhede, 55; e Wellyson de Sousa Santos, 22. Os dois suspeitos mortos ainda não foram identificados. O grupo é suspeito do assalto à agência do Bradesco ocorrido na terça-feira (12), em Icatu (MA).

Quadrilha usava mapa para transitar pelo Estado (Foto: Alessandra Rodrigues/Mirante AM)Quadrilha usava mapa para transitar pelo Estado
(Foto: Alessandra Rodrigues/Mirante AM)

O delegado Tiago Bardal disse, em entrevista coletiva neste domingo (17), que o assalto a bancos tem sido um dos meios utilizados pelos políticos para o financiamento de campanhas eleitorais no Estado.

“A gente vem batendo na mesma tecla. Infelizmente, em ano eleitoral cresce o roubo a banco. No Maranhão, teve, no ano passado, um combate forte à agiotagem, que era um meio que eles procuravam para lançar campanha, assim como o tráfico [de drogas]. O outro é o assalto a banco. Como no tráfico já foram apreendidas duas toneladas de drogas recentemente, o investimento no assalto a bancos tá sendo usados por eles agora”, explica Bardal.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP-MA), após o assalto, foram montadas barreiras policiais na região. Um caminhão não teria obedecido à ordem de parada e iniciou troca de tiros, ocasião na qual foram presos José Maria e Luís Alberto, que auxiliava os assaltantes na fuga, segundo o delegado Tiago Bardal.

Na manhã de sábado, uma equipe da Polícia Civil abordou um veículo suspeito em Morros. Ao perceber a presença policial, o grupo tentou fugir por uma estrada vicinal, mas o carro teria atolado na areia.

Dois conseguiram fugir e Wellyson Santos foi preso. A polícia continuou em busca dos foragidos, quando houve troca de tiros e os dois suspeitos acabaram mortos.

Nas diligências, foram apreendidos uma metralhadora ponto 45, uma escopeta calibre 12, uma pistola ponto 40 de uso da Polícia Militar do Piauí e grande quantidade em dinheiro, provavelmente proveniente do roubo ao banco.

Os presos foram levados para a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), emSão Luís, onde foram aututados por roubo qualificado e associação criminosa e, depois, encaminhados para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, na capital.


 

Orçamento é aprovado na Câmara de Vereadores com emendas propostas pela oposição poderá ser desmontado

Com as minhas escusas… Mas onde o suposto sabujo e a subserviência tem lugares definidos e murais que não falam por si ou por outrem, o Edital nº 001/2016 da Câmara Municipal de Pinheiro que notifica os senhores vereadores, mediante ATO DA MESA DIRETORA 001/2016 que diz ter acolhido Parecer jurídico, ANULANDO a APROVAÇÃO DAS  EMENDAS MODIFICATIVAS Nºs 002/2015 da Comissão de Finanças e Orçamentos e a 003/2015 do Vereador ÉNESIO RIBEIRO  ambas do Projeto de Lei nº 005/2015, do Executivo que estima a Receita e fixa Despesa do Município de Pinheiro para o exercício de 2016,  APROVADA EM SESSÃO ORDINÁRIA anteriormente COM EMENDAS da BANCADA OPOSIONISTA ao governo Filuca Mendes na data de 22/12/12, (VINTE E DOIS DE DEZEMBRO DO ANO DE DOIS MIL E QUINZE)

Agora Senhores leitores: Numa AÇÃO ALUCINATÓRIA o Prefeito Filuca Mendes (PMDB),segundo se apresenta a situação atual ,supostamente obrigou o Presidente da Câmara , o Vereador Jaelson, a MARCAR nova Sessão de formatada nos termos EXTRA ORDINÁRIA  e de emergência hoje 17/01/2016 às 11 hs , para tentar anular a VOTAÇÃO do Orçamento feito sob medida que modificou o pensamento intencional do  Executivo,numa suposta descarga orçamentária nas próximas eleições.

PASMEM : Com tudo e por parte do plenário da Cãmara Municipal, as EMENDAS aprovadas anteriormente pelo Plenário e que dispunham de alocações orçamentárias para que as Secretarias remanejassem os valores para seus setores como sejam: RECUPERAÇÃO DA FEIRA MUNICIPAL, CONSTRUÇÃO DO MATADOURO MUNICIPL, REATIVAÇÃO DO CENTRO DOS IDOSOS, AUMENTO DOS VALORES EM DINHEIRO PARA CUSTEAR DESPESAS  COM TRATAMENTO DE  DOENTES, fora do Domicilio Pinheiro,TRANSPORTE E ESTADIAS DE PACIENTES QUE FAZEM HEMODIALISE na Capital do Estado (São Luis-Ma) portanto realocando assim o valor estimado em CR$ 5.000,000,00 (Cinco Milhões Reais) que deixou o prefeito Filuca Mendes alucinado não aceitando a aprovação das EMENDAS apresentadas pelo Vereador ENÉSIO e aprovadas pelo Plenário da Câmara.

Nessa mesmice da corrente do vicio o prefeito acima citado tenta mais uma vez desmoralizar a Mesa Diretora da Câmara o que leva para o estaleiro a vida política do Presidente Jaelson.

As emendas são devidamente legais e foram aprovadas pela maioria que reconheceu as necessidades do Município e votaram favorável sem correções.

“Mostramos responsabilidade aos vereadores, estamos para fiscalizar, ver os erros, consertá-los e gostaria de dizer que não deviriam mudar Orçamento nenhum, salvo os que voltarem atrás e por conta do SABUJO E SUBSERVIÊNCIA votem por alterações no Orçamento levará a Câmara à desmoralização e deixará nossos edis em debito com a população do nosso Município.

ISSO É VERGONHOSO!


Prédio que deverá ser reformado

                                           Prédio que deverá ser reformado

Uma decisão liminar, assinada pelo juiz Douglas Lima da Guia, determina que um prédio histórico onde já funcionou a Prefeitura de Cururupu seja restaurado. O juiz, titular da comarca, destacou na decisão que as obras sejam iniciadas em até trinta dias, sob pena de multa. O prédio encontra-se atualmente desocupado em razão do comprovado risco de desmoronamento. O réu da ação é o Município de Cururupu.

Douglas da Guia ressaltou que o prédio em questão é muito antigo, que faz parte da história de Cururupu. “A edificação encontra-se em estado deplorável, conforme demonstram as fotos e o parecer do Corpo de Bombeiros anexados aos autos, ameaçando a integridade física dos transeuntes que circulam por lá. Para piorar, a área não dispõe de nenhum tipo de isolamento ou mesmo interdição”, cita o magistrado na liminar. Caso o Município não cumpra com as determinações da decisão liminar, deverá pagar multa diária no valor de R$ 1.000,00 (mil reais).

Assegura a decisão: “O Município terá que interditar o prédio, no prazo de 10 dias, colocando sinalização e tapumes no entorno do imóvel; alertar a população sobre os riscos na rádio local, conscientizando do perigo de circulação no entorno do imóvel; adotar, no prazo de 30 dias, as medidas pertinentes a iniciar o procedimento administrativo para manutenção e conservação do prédio público, com prazo de 60 dias para conclusão”.

“Tendo em vista a atitude do requerido em não tomar as devidas providências de reforma e restauração do prédio público da antiga sede oficial da Prefeitura Municipal de Cururupu, mesmo com o parecer oficial comprovando a deterioração e periculosidade para os transeuntes e pessoas que entrarem no imóvel, cabe ao Poder Judiciário, quando acionado, compeli-la ao cumprimento de sua obrigação, pois a sua omissão e ineficiência acarretam lesão ou ameaça a direitos, os quais não podem ser excluídas da apreciação do Poder Judiciário, conforme prescreve o art. 5, inciso XXXV, da Constituição da República”, observou o juiz na decisão.

Publicidade

%d blogueiros gostam disto: