Foto-legenda - O deputado reiterou que o governo Flávio Dino está muito bem avaliado na maioria dos municípios e que a oposição deve saber disso O deputado reiterou que o governo Flávio Dino está muito bem avaliado na maioria dos municípios e que a oposição deve saber disso

Publicado em

Fonte- Blog da Silvia Tereza

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) rebateu, na sessão desta terça-feira (04), críticas da oposição quanto ao resultado positivo das eleições municipais para o grupo político do governador Flávio Dino (PCdoB) no Maranhão. Na tribuna, ele voltou a fazer uma análise dos números de prefeitos eleitos de cada partido e disse que os adversários estão desesperados.

“Então, o que a oposição saudosista tenta passar, nada mais é do que o desespero de quem sentiu que nas urnas o povo do Maranhão continua sinalizando no sentido da construção de um Estado diferente”, comentou.

Segundo Othelino, o Partido Verde, praticamente, foi extinto do mapa eleitoral do Maranhão, uma sigla que teve vários prefeitos eleitos, restaram apenas sete. O PMDB, que já foi o maior partido do Maranhão, que teve 47 prefeitos eleitos em 2012, terminou com 23 nessas eleições de 2016. “Isso sem contar com os outros partidos que compuseram a base do antigo governo e que foram, de forma flagrante, rejeitados nas urnas”, frisou.

No caso de Codó, de acordo com Othelino, o candidato do PCdoB perdeu a eleição para o eleito Francisco Nagib, que é do PDT, partido hoje da base do governador Flávio Dino. “Foi uma opção política que ele fez de vir para a base do governador. Quer dizer, então, que quando a análise favorece aos interesses de vocês de querer diminuir a vitória do nosso campo político, então vocês fazem esse tipo de conto?”, indagou ao alfinetar a oposição.

Sobre o resultado da eleição em Coroatá, Othelino disse que a queda do grupo Murad  teve um efeito muito simbólico, assim como em Peritoró e Alto Alegre também, uma outra baixa da mesma força familiar. Segundo ele, caiu uma oligarquia que mandava e desmandava naquela região.

Avaliação do governo

O deputado reiterou que o governo Flávio Dino está muito bem avaliado na maioria dos municípios e que a oposição deve saber disso, pois manda fazer pesquisas. Para o deputado, se somados PCdoB, PDT, PSDB e outras siglas aliadas, pode-se ver que foi uma avassaladora vitória dos partidos do campo do governo Flávio Dino.

Othelino disse que a oposição faz agora uma leitura saudosista, de quem sabe que perdeu o mando e que não mais vai recuperar. “O povo do Maranhão fez com que o grupo, que comandava o Estado até 2014, ficasse pequeno demais, minúsculo, e algumas pessoas, alguns políticos que eram aliados de vocês optaram por esse novo campo por entender a mensagem do povo e são bem-vindos aqui. Então, fiquem, parem com esse discurso porque isso não cola, basta ver a boa avaliação do governador Flávio Dino”, finalizou.


othelino-0410

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO MARANHÃO

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DO DEPUTADO OTHELINO NETO

DATA – 04/10/2016/ www.jgmoreira.com.br

O deputado destacou que o saldo político destas eleições foi muito positivo para a base aliada do governo

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) fez, na sessão desta segunda-feira (03), um balanço positivo do resultado das eleições no Maranhão e destacou que o governador Flávio Dino (PCdoB) foi o grande vencedor deste processo. Segundo ele, a base aliada ao governo se fortaleceu em todo o Estado e o PCdoB foi o que mais elegeu gestores municipais. Foram 46 prefeitos, além de 26 vice-prefeitos.

Othelino destacou que o saldo político destas eleições foi muito positivo para a base aliada do governo. O deputado citou vitórias importantes como em Barra do Corda, onde o prefeito Eric Costa, depois de uma campanha muito alegre, foi reconhecido pela qualidade do seu mandato e o reelegeu.

Na cidade de Açailândia também foi reeleito o prefeito Juscelino Oliveira do PCdoB. Em São Bento, foi eleito o ex-prefeito Luisinho Barros com uma expressiva votação. O mesmo se repetiu com Valéria Castro, no município de Presidente Sarney, também do PCdoB. Em Vargem Grande, por exemplo, um quadro do PCdoB, Carlinhos Barros, foi eleito com 65% dos votos daquela cidade. Uma votação expressiva, deixando o adversário com cerca de um terço dos votos.

Othelino destacou ainda o município de Alcântara, onde o jovem Anderson Wilker teve 63% dos votos, disputando contra o atual prefeito Domingos Arakém, que teve apenas 16% dos votos na cidade. “Esses são alguns dos muitos exemplos de candidatos do PCdoB que foram eleitos e que muito nos alegra que tenham conseguido chegar à Prefeitura e certamente farão um bom trabalho. Mas não comemoro só as eleições, as vitorias dos candidatos do PCdoB também”, comentou.

Partidos aliados

O deputado reconheceu também a vitória de vários candidatos de partidos aliados que compõem a base de apoio ao governador Flávio Dino. O PSDB elegeu 29 prefeitos. O PDT, 28. O PSB, presidido pelo prefeito reeleito de Timon, Luciano Leitoa, elegeu 13 prefeitos. Desses, o município marcante, importante, um dos maiores do Maranhão, é o município de Timon. “Uma vitória maiúscula que atesta a grande liderança do prefeito Luciano Leito”, ressaltou.

E, em contrapartida, segundo Othelino Neto, partidos que antes mandavam no Maranhão, que historicamente faziam a grande maioria dos prefeitos, não tiveram o mesmo êxito de antes. O PMDB elegeu 47 prefeitos, em 2012, e agora conseguiu emplacar apenas 24. O Partido Verde, dos deputados Adriano Sarney e Edilázio Júnior, elegeu 20 prefeitos, em 2012, e agora apenas sete. “Isso exemplifica, de forma marcante, como a população do Maranhão está apostando neste novo caminho que foi iniciado em 2014, de um Maranhão diferente, que contemple a todos e que passa, de forma gradual, a romper com o atraso para dignificar o seu povo, deixando de condenar sua população a ter os piores indicadores sociais no Brasil”, pontuou.

Em seu pronunciamento, Othelino disse que o governador Flávio Dino receberá todos os prefeitos, independente de cor partidária, nessa nova safra que tem um perfil de mudança. “Nós do PCdoB, saímos satisfeitos desta eleição – convictos de que a responsabilidade aumenta, porque teremos muito mais quadros nos partidos aliados governando municípios – e estamos com a consciência tranquila de que a participação do governador Flávio Dino, nessas eleições, aconteceu de forma republicana, indo aos municípios enquanto cidadão, sem uso da máquina para beneficiar candidatos, acabando com a farra de convênios eleitoreiros que acontecia no passado e, assim, permitindo que a população fizesse a sua opção e escolhesse, livremente, os seus representantes”, afirmou


A jornalista Glaucione Pedrozo (ex-O Imparcial) registrou hoje (1º) um boletim de ocorrência contra o empresário Janderson Landim (na foto acima) e um de seus segurança por ameaça de morte.

O caso ocorreu em uma praça de Pinheiro, onde a profissional trabalha na campanha do médico Leonardo Sá (PCdoB) a prefeito.

Conta Pedrozo que o empresário tentava intimidar militantes comunistas dizendo-se delegado de Polícia Civil.

A jornalista, que já conhecia Landim do noticiário do Blog do Gilberto Léda (saiba mais aqui e aqui), interveio e revelou que ele era apenas um dos coordenadores de campanha do candidato Luciano Genésio (PP).

O empresário passou a agredi-la verbalmente e a fazer ameaças, ordenando que um dos seus segurança a segurasse. Ela fugiu e procurou abrigo em um carro.

Foi quando o segurança chegou, de arma em punho, apontando para sua cabeça.

A jornalista diz que passou a gritar e que muitas pessoas, ao perceberem a confusão, evitaram o pior. Ela registrou a ocorrência e foi para a casa onde está hospedada. Mas relata temor de permanecer na cidade no dia da eleição.


urna-eleitoral

O atual cenário politico e a eleição para prefeito/2016  da Baixada Maranhense  está desenhado com o favoritismo de quem realmente trabalhou uma campanha eleitoral limpa das muitas candidaturas que  domingo dia (02/10) 163.156 eleitores de 07 Municípios mais próximos de Pinheiro-Ma ( mencionados por este blog) vão às urnas escolher o prefeito e os vereadores dos municípios pelos próximos quatro anos. /ELEITORES POR MUNICÍPIO /  Pinheiro 56.338, Presidente Sarney 14.575, São Bento 24.343, São Vicente de Ferrer 15.393, Santa Helena 24.558, Peri-Mirim 11.564 e Palmeirândia 16.385, Municípios quais os cidadãos e cidadãs exercem o direito de votar.

Portanto é preciso refletir e pensar em  cada detalhe das propostas dos  candidatos . É o momento soberano da democracia. A hora de fazer a escolha de forma consciente, na escolha dos candidatos  e quem de fato e com responsabilidade poderá fazer algo pela sua cidade, pelos moradores do município inclusos a zona rural. Quão experiência e seriedade o candidato mais centrado para elaborar políticas públicas para saúde, educação, habitação, Infraestrutura, Saneamento básico, mobilidade de melhorias no transporte escolar e demais setores da administração municipal.sessenta-e-cinco

E que fique bem claro… Como representante do Executivo, o prefeito tem de administrar a cidade, controlar os recursos, planejar e concretizar obras que beneficiem a população, sobretudo, as mais carentes, que tanto tem sofrido com o abandono.

Os outros que menos fazem como costumo dizer (vereadores), por sua vez, são responsáveis por elaborar e votar projetos que não seja só de interesse dos prefeitos, fiscalizar as ações do poder Executivo (???), zelar pelo orçamento municipal com aplicação correta das verbas (???).

O MEDO E OS EFEITOS DA HERANÇA MALDITA!…

Portanto, está nas mãos de cada eleitor a responsabilidade pelos municípios mencionados na Baixada Maranhense, qualquer que seja o candidato (a) vitorioso (a) ao cargo de prefeito, entre os disputantes (supunha-se que muitos deles) já se anunciando em caráter especulativo, (novo prefeito) TERÁ O OBRIGATÓRIO DEVER de escancarar à população os  segredos da herança maldita, ora que cada prefeitura tenha trancafiados a sete chaves. Quem  vencer as eleições, caso deixe de fazê-lo está assumindo a cumplicidade de escândalos causadores de volumosos rombos aos cofres municipais das prefeituras que irão governar.

Anunciados em caráter especulativo pela população como vencedores:

++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

PINHEIRO- DISPUTA ACIRRADA- Dr. Leonardo Sá X Luciano Genésio= Vence / Dr. Leonardo Sá

SÃO BENTO- LUIZINHO BARROS X DINO PENHA = Vence / LUIZINHO BARROS

PRESIDENTE SARNEY- VALÉRIA CASTRO X DR. NETO = Empate técnico

SÃO VICENTE DE FERRER – CONCEIÇÃO  X  LELÉ AROUCHE  X  LUIS FERNANDO- Vence / CONCEIÇÃO

SANTA HELENA- DR. LOBATO  X ZEZILDO ALMEIDA = Vence DR. LOBATO

PERI-MIRIM – JOÃO FELIPE X GERALDO AMORIM = Vence / JOÃO FELIPE

PALMEIRÂNDIA – WELLINGTON MUNIZ  X JORGE GARCIA  = Empate técnico

Nota do Blog:

Tratem de tornar publico e transparente –  na primeira oportunidade do primeiro dia do primeiro mês de governo de cada um de vocês eleitos – documentos contábeis suspeitos de conterem falsificações de faturamentos e superfaturamentos em licitações presumíveis de desvios de dinheiro. Tudo isso oculto, ignorado nos cofres de uma prefeitura têm o significado de uma bomba de efeito retardado que a qualquer hora explodem  na cara de que for conivente com esse crime.

Boa Sorte!


Força Federal (Foto: Isaac Amorim/Agência MJ)

Força Federal (Foto: Isaac Amorim/Agência MJ)

 Atualizado em 30/09/2016 017h00
TSE aprova envio de força federal para eleições em 45 cidades do MA
Pedido foi apresentado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão.
Reforço foi aprovado devido a disputas entre grupos políticos locais.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou, na noite desta terça-feira (27), o envio de força federal para 45 cidades maranhenses para reforçar a segurança das eleições municipais deste ano. No começo de setembro, o TRE-MA solicitou reforço.

De acordo com o TSE, os pedidos de força federal para os municípios do Maranhão foram aceitos em razão das disputas acirradas entre grupos políticos locais – como as que ocorreram nas eleições gerais de 2010 e 2014; e nas eleições municipais de 2008 e 2012.

São Luís e São José de Ribamar não receberão tropas federais durante as eleições 2016. Nestes dois municípios, são as Polícias Federal, Militar, Civil e Corpo de Bombeiros que irão reforçar seus efetivos para garantir a segurança.
Outros municípios receberão o reforço na segurança. São elas: Amarante do Maranhão, Araioses, Água Doce do Maranhão, Arame, Bacuri, Barra do Corda, Benedito Leite, Bequimão, Bom Lugar, Buriti, Buriticupu, Bom Jesus das Selvas, Cajari, Carolina, Codó, Coelho Neto, Coroatá, Cururupu, Dom Pedro, Fernando Falcão, Guimarães, Lago da Pedra, Matinha, Olinda Nova do Maranhão, Mirador, Sucupira do Norte, Passagem Franca, Buriti Bravo, Penalva, Pinheiro, Pedro do Rosário, Presidente Sarney, Santa Helena, Turilândia, Santa Luzia, Santa Luzia do Paruá, Santa Rita, São Raimundo das Mangabeiras, Sambaíba, São Vicente Férrer, Tuntum, Tutóia, São Mateus, Monção e Chapadinha.

Do G1


224

A  última caminhada antes da eleição realizada ontem quarta feira, tarde/noite (28) confrontou as dos três candidatos a prefeito e confirmou o favoritismo de LEONARDO SÁ (PC do B) e ANA PAULA LOBATO (PDT).  Os  candidatos da “Coligação Mudando com o Maranhão” sempre mostraram melhor preparo, desde as melhores propostas de governo, sempre realistas e nunca se afugentaram dos ataques dos adversários combatendo-os com propostas  sem criar armadilhas para o eleitor e nem prometem aquilo que não poderão cumprir depois de eleitos.  O que para tanto o  eleitor está atento e quer soluções objetivas para os problemas que se apresentam no dia a dia da nossa cidade.

245

Até agora na campanha eleitoral, Leonardo Sá tem questionado  com o eleitorado dentro das suas comunidades por onde tem passado  as questões relativas a educação, saúde, infraestrutura, saneamento basico, mobilidade no transporte escolar, merenda escolar nas escolas municipais , gestão fiscal e articulação politica dentro do municipio, mostrando além de tudo a firmeza nas suas palavras e a compostura em resposta aos outros candidatos, sem ataques e ofensas pessoais.

246

Leonardo Sá tem mostrado as grandes marcas do governo Flavio Dino que apoia sua candidatura, como a implantação de obra asfáltica em Pinheiro trazida pelo Deputado Othelino Neto, o Hospital Macro Regional da Baixada, reformas das escolas publicas do estado e melhorias diversas em todos os setores da administração estadual.

242

LEONARDO SÁ  é o favorito para vencer eleições

243

Leonardo Sá e Ana Paula Lobato lideram as intenções de voto com folga. Levantamento realizado pelas  Pesquisas coloca o candidato a prefeito pelo  PC do B com larga vantagem nos percentuais de votos à frente dos seus opositores.

236

234

239

233

226


José Eliton está internado em UTI do Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol) em Goiânia Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Segundo hospital, quadro é estável, mas ele respira por aparelhos.
Candidato Zé Gomes, PM e atirador morreram; advogado ficou ferido.

O vice-governador e secretário de Segurança Pública de Goiás, José Eliton (PSDB), está internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), em Goiânia. Ele foi baleado na região do abdômen durante um atentado que matou o candidato a prefeito de Itumbiara José Gomes da Rocha (PTB). Diretor geral do Hugol, Hélio Ponciani informou que José Eliton tem estado de saúde estável e está entubado, respirando com a ajuda de aparelhos.

“Ele deu entrada na nossa UTI, ele está estável, ainda entubado e respirando com aparelhos. Ele deve passar por exames, mas cirurgia ainda não há previsão. Ele vai permanecer na UTI pelo tempo necessário”, afirmou o diretor.

A troca de tiros aconteceu durante uma carreata nesta quarta-feira (28) em Itumbiara, no sul goiano. Também morreram o cabo da PM Vanilson João Pereira, de 36 anos, e o atirador, identificado como Gilberto Ferreira do Amaral, de 53 anos, funcionário da prefeitura. Já o advogado Célio Rezende, que participava da carreata, também foi baleado e está hospitalizado.

José Eliton, novo secretário de Segurança Pública de Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)vice-governador José Eliton foi baleado em carreata em Itumbiara, Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Logo após o atentado, Eliton foi socorrido e levado para o Hospital Municipal Modesto de Carvalho, em Itumbiara. O diretor clínico da unidade, Ernani Oliveira Rodrigues, disse que secretário chegou ao local assustado, mas consciente e lúcido.

Segundo Rodrigues, o vice-governador passou por uma cirurgia exploratória no abdômen ainda em Itumbiara. “A operação foi feita para procurar alguma lesão interna, alguma hemorragia, mas não foi encontrado nada disso. Ele só teve a lesão muscular, os exames também não mostraram nenhuma bala alojada no corpo”, afirmou em entrevista ao G1.

O médico afirmou que atendeu também o candidato Zé Gomes, que chegou à unidade de saúde já com parada cardiorrespiratória. As equipes tentaram reanimar o político por cerca de uma hora, mas ele não resistiu.

“Ele teve trauma importante na região torácica e cervical, perto da clavícula. Teve uma lesão interna com muito sangramento. Ele foi entubado, medicado, mas sem sucesso. O óbito dele foi declarado às 18h44”, disse.

O diretor contou que o policial militar Vanilson João Pereira também chegou ao hospital com parada cardiorrespiratória, e as equipes tentaram reanimá-lo, mas ele teve uma hemorragia abdominal e não resistiu. O médico disse ainda que foi possível identificar que duas balas acertaram o PM na região do abdômen. O óbito dele foi declarado às 18h35.

Rodrigues pontuou que o advogado foi baleado na região da coluna, mas ainda seria analisado pelas equipes do hospital.

Homem identificado como funcionário da prefeitura de Itumbiara Gilberto Ferreira do Amaral, de 53 anos, atirou contra cabo da PM Vanilson João Pereira (caído no chão), vice governador José Eliton e candidato José Gomes durante carreata em Itumbiara Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Autor dos disparos também foi morto durante atentado (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Governo
O vice-governador, que também é secretário de Segurança Pública do estado, estava como governador em exercício, já que o governador Marconi Perillo (PSDB) viajou no último dia 19 deste mês para uma missão comercial nos Estados Unidos. Enquanto Perillo não retorna a Goiás, o presidente da Assembleia Legistaltiva, Hélio de Sousa (PSDB), será o governador em exercício.

Ainda de acordo com a assessoria, o retorno de Marconi Perillo a Goiás estava previsto para a próxima sexta-feira (30). No entanto, devido ao atentado, ele antecipou a volta e deve chegar a Goiânia na quinta-feira (29). Em seguida, concede uma entrevista coletiva sobre o caso.

Investigação
O governador destacou ainda que as Forças de Seguranças deram início à investigação para elucidar a motivação do atentado. Os comandantes das polícias Civil e Militar foram requisitados para irem imediatamente à Itumbiara a fim de acompanhar a apuração.

De acordo com o delegado regional de Itumbiara, Ricardo Chueire, os primeiros procedimentos para apurar o caso já foram realizados. “Ainda não temos a motivação. Já ouvimos testemunhas oculares, fizemos uma perícia preliminar e conseguimos imagens de câmeras de segurança”, explicou ao G1.

O ataque
Imagens mostram o tumulto e barulho de tiros no momento do atentado (veja vídeo acima). Conforme a assessoria de imprensa do Governo de Goiás, o atirador parou na frente do veículo onde Eliton e José Gomes estavam e efetuou vários disparos.

O deputado federal Jovair Arantes (PTB) também estava no veículo que foi alvo do ataque. Ele contou que o atirador estava sozinho em um carro que seguia na pista contrária à do comboio.

“Todo mundo achou que vinha pegar na mão, mostra um papel para o Zé [José Gomes]. De repente, ele sacou a pistola e começou a atirar a esmo. Graças a Deus que um segurança da responsabilidade da vice-governadoria estava presente e matou o cara”, afirmou.

Fonte G1


 
 sessao-plenaria

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO MARANHÃO

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DO DEPUTADO OTHELINO NETO

DATA – 26/09/2016 Atualizado 28/09/2016 13:25h

 Othelino repudiou também o preconceito demonstrado pela oposição ao comunismo e disse que tem orgulho de ser do Partido Comunista do Brasil

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) rebateu, na sessão desta segunda-feira (26), a oposição contra acusações ao governo Flávio Dino (PCdoB) quanto ao período eleitoral. Segundo o parlamentar, a postura dessa atual gestão é diferente e, por exemplo, a farra de convênios acabou. Ele disse que isso pode ser observado, comparando-se este ano das eleições municipais com o de 2012, para ver a diferença dos valores conveniados no final do período que a legislação permite.

“Com relação à suposta intromissão do governo nas eleições municipais, eu  fico observando, deputado Edilázio, deputado Adriano Sarney, V. Ex.ªs falando em comissão de governo, em campanhas eleitorais, até parece que vocês não viveram os tempos, que graças a Deus já passaram, onde de fato havia uma intervenção forte, marcante e, muitas vezes, ao arrepio da lei, nas eleições municipais”, alfinetou.

Rebatendo as críticas, Othelino disse que a polícia não está no interior do Estado para fazer política e sim para garantir segurança, coibindo a compra de votos, etc. “Uma força-tarefa oferecida à Justiça Eleitoral que recebeu, inclusive, essa assistência que o governo está dando, colocando as forças policiais para evitar a compra de votos e garantir a lisura do pleito. Agora é certo que essa prática da polícia atuar para coibir compra de votos ainda deve incomodar V. Exas”, disse.

Segundo Othelino, o governador Flávio Dino vai para esta campanha, nos momentos de folga, e faz questão de dizer que está como um cidadão, um líder político e ele diz isso em alto e bom som. “Poderia ele ter, por exemplo, se licenciado ou mesmo no horário de expediente estar andando o Maranhão, tem vários aliados pedindo, insistindo pela presença do governador, mas ele restringe tudo ao final do expediente, durante a semana, ou aos finais de semana. Inclusive andando sem utilizar as estruturas do Estado. É assim que se faz. No governo anterior, as farras eram generalizadas”, afirmou.

Discriminação ao PCdoB

Othelino repudiou também o preconceito demonstrado pela oposição ao comunismo e disse que tem orgulho de ser do Partido Comunista do Brasil. “Levantamos as bandeiras, historicamente, aliadas às causas populares. Agora, de outras práticas nós poderíamos até nos envergonhar, mas de sermos comunistas não. Somos com muito orgulho. E este governo, apesar de não ter um império de comunicação, permanece muito bem avaliado em todo o Estado”, disse.

Segundo o deputado, as pesquisas eleitorais realizadas também avaliam o governo Flávio Dino e temos observado que a aprovação é elevada, apesar do momento de extrema crise, onde boa parte dos governantes tem dificuldade nas relações com a população. “Por quê? Porque é um governo voltado àqueles que mais precisam. Então V. Exas ficam tentando aqui desqualificar o governo, mas parecem que não olham o que fizeram para trás”,  frisou.

Fundema e BNDES

Othelino explicou que, quando a oposição passada condenou o empréstimo ao BNDES o fez com muita convicção por discordar da forma como estava acontecendo e depois porque o governo Roseana Sarney tentou transferir aquele recurso do empréstimo para um tal Fundema, que iria manter os municípios no período vedado com a clara intenção de mudar a vontade do povo do Maranhão. “E, claro, nós não permitimos isso. Entramos com ações judiciais para evitar que o recurso fosse utilizado de forma eleitoreira”, esclareceu.

Durante o pronunciamento, o deputado disse que existe uma diferença muito marcante entre a comunicação do governo Flávio Dino e a da gestão Roseana Sarney. Segundo ele, no governo anterior, a gestão comunicava o que não existia e pagava muito mais por uma razão muito simples: saía de um bolso e entrava no mesmo bolso do outro lado. “Agora, o governo do Estado paga a veiculação, porque inclusive é necessário divulgar para que a população saiba, mas está mostrando o trabalho e, diga-se de passagem, paga hoje muito menos do que era pago no governo anterior”, afirmou.


avante-iv

Nesta quarta-feira,  28 de agosto, a partir das “16:00h”  vai acontecer a nossa  Mega Caminhada/Carreata/Motocada da Vitória, que vai fazer LEONARDO SÁ (PC do B) prefeito e ANA PAULA LOBATO (PDT) vice prefeita.

caminhada-hohe-ii

A concentração será na Praça São José , com destino ao Obelisco, onde acontecerá um grande comício. Juntos com os candidatos (as) a vereadores da nossa coligação e o nosso coordenador de campanha Deputado Othelino Neto , sairemos pelas ruas da cidade com muito amor e paz no coração, na maior manifestação de apoio a LEONARDO SÁ e ANA PAULA LOBATO- Prefeito e vice prefeita, respectivamente.

caminhada-do-dia-28


evento-hoje

Os candidatos da coligação “Mudando com o Maranhão”  LEONARDO SÁ (PC do B) e ANA PAULA LOBATO (PDT) foram  recebidos na noite de ontem (26) em Pacas, arrastando  uma  multidão durante uma caminha pelas ruas do povoado que elevou-se ao mais intenso ponto de atração para  os moradores do povoado, e o que seria uma reunião se transformou num grandioso comício, demonstrando mais uma vez  o crescimento da candidatura de ambos em todo o Município.

Esse evento que impressionou a todos, a “Grande caminhada do 65” mobilizou simpatizantes de localidades circunvizinhas que lotaram as ruas próximas a Praça principal de Pacas com muita animação (alegria geral), contagiando a todos.

evento-hoje-iii

Em seguida, acompanhados dos candidatos a vereador da região e diversos aliados políticos subiram a um palanque improvisado para agradecer a confiança das milhares de pessoas que participaram do evento, classificado por observadores políticos e a impressa como uma grande demonstração da vontade popular de construir a “Verdadeira Mudança” com Leonardo Sá, Ana Paula Lobato e a grande reforma do legislativo municipal.

Parabéns LEONARDO SÁ. Parabéns ANA PAULA LOBATO. Parabéns candidatos a vereador da coligação “MUDANDO COM O MARANHÃO” , este canal de comunicação criado em Pacas pelo bem do povo Pinheirense vem lhes dar  integro apoio nessa eleição.

AVANTE !

AMANHÃ A MEGA  CAMINHA DA VITORIA , TAMOS JUNTOS .

caminhada-do-dia-28