Dados foram divulgados nesta terça-feira (5) pela a SES.
Município de São Luís apresentou maior incidência com 29 casos.

05/01/2016 18h44 – Atualizado em 05/01/2016 08h44 www.jgmoreira.com.br

Do G1 MA

Aumentou o número de casos de microcefalia associado ao Zica vírus no estado do Maranhão no início do ano de 2016. Segundo os dados divulgados nesta terça-feira (5) pela a Secretaria de Estado de Saúde (SES), o Maranhão já registrou nesse ano 105 casos de bebês com microcefalia, distribuídos em 48 municípios.

O número de casos no estado aumentou em relação à última semana do mês de dezembro do ano passado, quando foram contabilizados 93 casos. Ainda conforme a atualização dos novos números, dos casos agora revelados 34 mães apresentaram sintomas do Zíca vírus em algum momento da gestação.

Dentre os municípios que tiveram maior incidência de casos de microcefalia, destacaram São Luís com 29, seguido de São José de Ribamar com 8, Buriticupu com 7 eImperatriz com seis casos registrados no estado do Maranhão.

Também foi confirmado em São José de Ribamar, situado na região metropolitana da capital, o óbito de um bebê.

Veja a íntegra da nota:
“A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que nesta terça-feira (05), no Maranhão, de acordo com o Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (Sinasc), já foram confirmados 105 casos de bebês com microcefalia em 48 municípios. Dos casos apresentados, 34 mães apresentaram sintomas do Zika Vírus em algum período da gestação. Os casos ocorreram nos municípios de Açailândia (1), Aldeia Altas (1), Amarante do Maranhão (1),Axixá (1), Barra do Corda (3), Barreirinhas (1), Buriticupu (7), Buritinara (1), Campestre (1), Carolina (1), Caxias (1), Chapadinha (1), Codó (1), Coroatá (3), Davinópolis (1), Dom Pedro (2), Esperantinópolis (1), Fortuna (1), Governador Edson Lobão (1), Grajaú (1), Humberto de Campos (1),Imperatriz (6), João Lisboa (1),  Lima Campos (1), Loreto (1), Mata Roma (1), Miranda (1),  Paço do Lumiar (1), Paraibano (2), Pedreiras (1), Pio XII (2), Presidente Dutra (2), Presidente Vargas (1), Rosário (1), Santa Inês (2), Santa Rita (1), Santo Antônio dos Lopes (1), São Domingos do Azeitão (1), São Francisco do Brejão (1), São João dos Patos (2), São José de Ribamar (8), São Luís (29), Senador La Roque (1), Timon (2), Trizidela do Vale (1), Turiaçu (1), Urbano Santos (1) e Viana (1). Dentre os casos apresentados, um óbito ocorreu em São José de Ribamar”.


EDUCAÇÃO

“EL PERSEGUIDOR“  E COORDENADOR DA CAMPANHA DE LOBINHO EM PINHEIRO.

Professores e profissionais da Educação da regional de Pinheiro estão se perguntando quem foi que ressuscitou o ex gestor regional de educação, “Mitoso” para o mundo daquilo que o governador do estado Flávio Dino disse que resgataria devolvendo a dignidade dos milhões de maranhenses e tornaria como pano de fundo do seu governo, “A  Educação”.

Alguém precisa avisar ao governador que na regional de Pinheiro estão resgatando pessoas que nunca tiveram nenhum compromisso com a educação estadual, muito pelo contrário, sempre se utilizou do cargo para locupletar a vida pessoal. Esse é o caso de “Mitoso” figurinha carimbada e supostamente acometedor de crimes com recursos públicos destinados a educação estadual. Trazido novamente ao meio educacional pelos braços do ex  prefeito Zé Arlindo e supostamente pelo   pré candidato a prefeito aliado do Zé Arlindo , sob acordo meramente politiqueiros o ex gestor que na cidade de Pinheiro e na região da baixada compreendida pelos municípios que compõem a regional ( URE), é simplesmente odiado pelos profissionais da educação.

De acordo com denuncias feitas pelos próprios gestores escolares, o ex gestor Fernando Mitoso,que perseguiu professores, desde os municipais quando Secretário de Filuca, gestores escolares,  supostamente as falácias  dizem que pedia a diretores que assinassem cheques em brancos, sob pena de os demitir, e após diversas denuncias oriundas dos seus desmandos a frente da regional, o levou a responder um processo administrativo,  e a expulsão da gestão da URE de Pinheiro, pelo então Secretario de Educação do estado Pedro Fernandes.

A classe dos profissionais da educação hoje é unanimidade em afirmar que se Mitoso voltar a ser coordenador ou assumir outro cargo de direção na URE de Pinheiro, justamente o lugar onde causou tanto mal, e tanta corrupção, sairão em passeata até o órgão e pedirão explicações a quem o teria levado pra lá. O próprio sindicato da categoria já está se mobilizando para levar a novidade até o governador Flávio Dino, já que considera esse aparecimento um desrespeito a classe que o ex gestor sempre perseguiu, apesar de ser professor.

Mitoso que estava lotado no CE Dom Ungarelli desde a sua chegada no município quando chegou aqui pelos braços do atual prefeito Filuca Mendes (PMDB), onde permaneceu até o final de Setembro do ano passado, quando de forma inesperada foi removido da folha de resumo de ponto, tomando rumo ignorado pelo gestor atual da escola.

( Ultimamente foi sabido pelo titular deste blog que “Mitoso” está em casa e responde por duas matriculas de professor estadual, e pasmem, recebendo integralmente os proventos sem trabalhar todo mês.)

Secretaria Aurea Prazeres, o governador Flávio Dino disse que a educação na sua gestão seria o carro chefe, ou seja, tudo que ele fizesse nas outras áreas, a vitrine seria sempre a educação, então, os trabalhadores da URE Pinheiro, estão envergonhado com essa ação supostamente do ex  prefeito Zé Arlindo trazendo de volta o ex gestor acusado de vários delitos a frente dessa Instituição, não querem dividir o espaço com  quem  só causou mal a educação nesta regional, perseguiu, maltratou e obrigava diretores a fazerem o que ele queria. Será que é essa a vitrine da nova educação do Maranhão?


Lidiane postou fotos ao lado da irmã e de uma amiga (Foto: Reprodução/Instagram:@lidiane_leite_)

Lidiane postou fotos ao lado da irmã e de uma amiga (Foto: Reprodução/Instagram:@lidiane_leite_)

04/01/2016 16h55 – Atualizado em 05/01/2016 02h50

G1-MA

Em uma das fotos, ex-prefeita faz propaganda de marca de calçados.
Advogado confirma que perfil e postagens são da própria Lidiane.

A ex-prefeita de Bom Jardim (MA), Lidiane Leite da Silva, de 25 anos, voltou a aparecer nas redes sociais. Acusada de desviar verbas da educação, ela ficou conhecida como “Prefeita Ostentação” depois de postar fotos ostentando luxo na internet e ficar foragida 39 dias da Polícia Federal (PF).

Nas postagens, Lidiane aparece mais discreta, ao lado de parentes e amigos. Em uma das fotos, ela aproveita para fazer a propaganda de uma marca de calçados. “EU AMO AS CLÁUDIO CARVALHO! Meus pés exigem @claudio_carvalhoo eu adoro essa marca”, diz.

O advogado de Lidiane, Sérgio Muniz, confirmou ao G1,na manhã desta segunda-feira (4), que o perfil pertence à ex-prefeita e que as imagens realmente foram postadas por ela. Segundo ele, Lidiane continua usando a tornozeleira eletrônica.

“Ela está com a tornozeleira sim. Mas, na decisão que a soltou não diz que ela tem que virar um ser antissocial, nem que tem que ficar com cabelos ou unhas sem tratamento. Ela tem a vida de uma pessoa comum com as limitações que a decisão lhe impõe”, observa.

Para o advogado, não há nada de anormal nas postagens. “Ademais, o que tem demais nisso? Dividir com suas amigas e seguidoras do Instagram seus hábitos comuns em nada difere das ações de qualquer jovem da sua idade. É comum postagens do cotidiano nas redes sociais. Lidiane tinha um bom salário como prefeita e vivia em união estável com um homem rico. Tinha condições de se vestir bem e sair para restaurantes ou frequentar eventos sociais”, explica.

Sobre a possibilidade da ex-prefeita voltar à gestão municipal, Sérgio Muniz informou que não existe nenhuma movimentação neste sentido.

Uso à internet
A decisão da Justiça Federal no Maranhão (JF-MA) que revoga a prisão preventiva Lidiane não faz qualquer menção ao uso de internet e redes sociais. A determinação prevê que a ex-prefeita seja monitorada por tornozeleira eletrônica; compareça mensalmente a juízo para justificar as atividades; seja proibida de frequentar a Prefeitura de Bom Jardim e só se ausente de São Luís mediante autorização judicial.

Denúncia do MPF
Lidiane Leite responde a processo criminal ajuizado pelo Ministério Público Federal (MPF)por desvio de verbas, fraude licitatória e associação criminosa durante gestão à frente da Prefeitura de Bom Jardim.

O G1 procurou o Ministério Público Federal (MPF) para saber como está o andamento do processo contra Lidiane Leite, mas a Assessoria de Comunicação informou que o órgão está em período de recesso e só retona às atividades no dia 7 de janeiro.

Lidiane Leite assumiu a prefeitura aos 22 anos (Foto: Arquivo pessoal)Lidiane Leite assumiu a prefeitura aos 22
anos (Foto: Arquivo pessoal)

A defesa da ex-prefeita respondeu que ela ainda não foi oficialmente chamada. “A defesa soube pela imprensa que ela [Lidiane Leite] teria sido denunciada pelo MPF, contudo, ela ainda não foi chamada oficialmente para oferecer a defesa. Assim que for chamada, ela o fará com todos os meios e recursos garantidos em lei”, disse o advogado Sérgio Muniz.

Falta em audiência
No dia 2 de dezembro de 2015, Lidiane e seus advogados faltaram a audiência referente a supostas contratações irregulares em 2013, marcada para ocorrer na sede da Justiça da Comarca de Bom Jardim.

Relembre o caso
Lidiane Leite foi presa no dia 28 de outubro, na sede da Polícia Federal, em São Luís, depois de passar 39 dias foragida após ter a prisão decretada pela PF por suspeita de irregularidades encontradas em contratos firmados com “empresas-fantasmas”. Após 11 dias encarcerada, ela foi solta pela Justiça sob a condição de uso de uma tornozeleira eletrônica.

Atualmente com 25 anos, Lidiane foi eleita por acaso. Ela vendia leite para ajudar a mãe e mudou de vida quando começou um namoro com o fazendeiro e padrinho político, Beto Rocha.

Ex-prefeita Lidiane Leite é solta em São Luís (Foto: Biné Moraes/ O Estado)Ex-prefeita Lidiane Leite é solta em São Luís
(Foto: Biné Moraes/ O Estado)

Em 2012, Rocha foi candidato a prefeito, mas teve a candidatura impugnada pela Lei da Ficha Limpa e lançou a namorada pelo PRB. Lidiane foi eleita com 50,2% dos votos válidos (9.575), frente ao principal adversário, o médico Dr. Francisco (PMDB), que obteve 48,7% (9.289).

Após a eleição, Lidiane passou a ostentar uma vida de luxo na internet. “Eu compro é que eu quiser. Gasto sim com o que eu quero. Tô nem aí pra o que achem. Beijinho no ombro pros recalcados”, comentou na internet. A conduta chamou a atenção do Ministério Público, que passou a apurar fraudes em licitações do município.

Beto Rocha chegou a ser preso pela “Operação Éden”, da PF. Ele ocupava a função de secretário de Assunto Políticos na gestão de Lidiane. Também foi detido Antônio Cezarino, ex-secretário de Agricultura. Ambos foram soltos no dia 26 de setembro, por determinação do Poder Judiciário.

 


No total foram 86 crimes cometidos por prefeitos e ex-prefeitos no Maranhão

Setenta e quatro prefeitos e ex-prefeitos foram condenados pelo Tribunal de Justiça Maranhão (TJMA), de janeiro de 2012 a dezembro de 2015, por envolvimento em algum tipo de crime no exercício do cargo.

As penas aplicadas incluem cassação de mandato, bloqueio de repasses estaduais e federais; detenção em regime aberto, convertida em prestação de serviços à comunidade; afastamento; pagamento de multa de cinco vezes o valor da remuneração; e a inabilitação ao exercício de cargo ou função pública pelo prazo de cinco anos.

Entre os crimes que levaram os prefeitos e ex-prefeitos à condenação constam atraso ou fraude na prestação de contas, lesão ao erário, desvio de verbas, falsidade ideológica, contratação de servidores sem concurso, fraude em licitações, falta de comprovação de aplicação de recursos do Fundo Municipal de Saúde (FMS), má aplicação dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB), fragmentação de despesas e dispensa irregular de licitações.

Pelo levantamento do TJMA, foram condenados, em 2012, os prefeitos Raimundo Galdino Leite (São João do Paraíso), Mercial Lima de Arruda (Grajaú), João Batista Freitas (São Vicente Férrer), Agamenon Lima Milhomem (Peritoró), Lenoílson Passos da Silva (Pedreiras), Antonio Marcos de Oliveira (Buriticupu), Lourêncio de Moraes (Governador Edison Lobão), Rivalmar Luís Gonçalves Moraes (Viana), Cleomaltina Moreira (Anapurus), Socorro Waquim (Timon), José Ribamar Rodrigues (Vitorino Freire), Manoel Mariano de Sousa, o Nenzin (Barra do Corda), João Alberto Martins Silva (Carolina), José Francisco dos Santos (Capinzal do Norte) e Ilzemar Oliveira Dutra (Santa Luzia).

Na lista constam ainda os ex-prefeitos Raimundo Nonato Jansen Veloso (Pio XII), José Reinaldo Calvet (Bacabeira), Francisco Rodrigues de Sousa (Timon) e Jomar Fernandes (Imperatriz), além de Glorismar Rosa Venâncio, a Bia Venâncio (Paço do Lumiar) e Francisco Xavier Silva Neto (Cajapió), que foram cassados por improbidade administrativa.

A relação de gestores e ex-gestores que sofreram condenação, em 2013 é formada por Francisco Xavier Silva Neto (Cajapió), Deusdedith Sampaio (Açailândia), Ademar Alves de Oliveira (Olho D’água das Cunhãs), José Vieira (Bacabal), Francisco Rodrigues de Sousa, o “Chico Leitoa” (Timon), Cláudio Vale de Arruda (Formosa de Serra Negra), Ilzemar Oliveira Dutra (Santa Luzia), Maria José Gama Alhadef (Penalva), Raimundo Nonato Jansen Veloso (Pio XII) e Francisco das Chagas Bezerra Rodrigues (Riachão).

Os condenados em 2014 são Atenir Ribeiro Marques (Alto Alegre do Pindaré), Marcos Robert Silva Costa (Matinha), Antonio Reinaldo Sousa (Passagem Franca), Raimundo Nonato Borba Sales (Cantanhede), Jomar Fernandes (Imperatriz), Manoel Albino Lopes (Altamira do Maranhão), Nerias Teixeira de Sousa (São Pedro da Água Branca), José Miranda Almeida (Brejo de Areia), Alcir Mendonça da Silva (Zé Doca), Adail Albuquerque de Sousa (Montes Altos), Glorismar Rosa Venâncio (Paço do Lumiar), Antonio de Castro Nogueira (São Domingos do Maranhão), Aluísio Holanda Lima (Olho D´Água das Cunhãs) e Francisco Alves de Holanda (João Lisboa).

Formam a lista de condenados de 2015 os prefeitos João Cândido Carvalho Neto (Magalhães de Almeida), Cleomaltina Moreira Monteles (Anapurus) e Gleide Lima Santos (Açailândia); e os ex-prefeitos Jânio de Sousa Freitas (Trizidela do Vale), Benedito Francisco da Silveira Figueiredo, o Biné Figueiredo (Codó), Francisco Rodrigues de Sousa, o Chico Leitoa (Timon), Jonatas Alves de Almeida (São Francisco do Maranhão), Tadeu Palácio (São Luís), Ilzemar Oliveira Dutra (Santa Luzia), Ivaldo Antonio Cavalcante (Rosário), José Cardoso da Silva Filho (São Domingos do Azeitão), Sebastião Fernandes Barros (São Domingos do Azeitão), José Nilton Marreiros Ferraz (Santa Luzia do Paruá), Mábenes Fonseca (Paço do Lumiar), Maria José Gama Alhadef (Penalva), Nauro Sérgio Muniz Mendes (Penalva), Manoel Albino Lopes (Altamira do Maranhão), José Miranda Almeida (Brejo de Areia), Juscelino Martins de Oliveira (Formosa da Serra Negra), Rivalmar Luis Gonçalves Moraes (Viana), Lourival de Nazaré Vieira Gama (Penalva), João Batista Freitas (São Vicente de Férrer), Ildézio Gonçalves de Oliveira (São Pedro da Água Branca), Dirce Maria Coelho Xavier Araújo (Timbiras), Carlos Gustavo Ribeiro Guimarães (Nova Iorque), Coriolano Almeida (São Bernardo), Luiz Feitosa da Silva, o Luiz do Cinema (Governador Luiz Rocha) e José Reinaldo Silva Calvet (Bacabeira).

 


brasao pinheiro

Outubro nunca será apenas rosa. O décimo mês do ano, este diferente de outros terá neste ano acrescentado por decreto instituído pelo povo a insígnia do verde esperança , passando a se chamar “OUTUBRO  VERDE ROSA “ também dedicado à luta contra o câncer ADMINISTRATIVO DO EXECUTIVO MUNICIPAL EM PINHEIRO  e outras cidades do Maranhão que desde meninas vem sofrendo de um mal cancerígeno tipo o hepatoblastoma , metastático originário do diagrama político Pinheirense. (entenda rsrsrsr)

Já que estamos todos voltados para as eleições outubro /2016, missão muito difícil de “escolher” um candidato que possa trazer benefícios concretos ao povo sempre esperançoso de um futuro melhor para a nossa cidade, na escolha de um prefeito que alivie as tetas doentias da prefeitura de Pinheiro e das cidades onde vivemos , para isso vamos  colocar a barba de molho visando numa ação de prevenção combater desde logo os males da corrupção, compra de votos e a mão amiga do toma lá da cá que são as formas mais conhecidas na política de enganação das populações no Brasil.

Lembrem-se   que após eleitos, as promessas quais muitas, tornam-se esquecidas ou vão morrer arquivadas porque o  que era algo prioritário vira algo secundário, fato que certos políticos ao chegar lá não cumprem com a ordem e leis e nem pensam no progresso esperados e prometidos à população que os elege.

No Brasil e especialmente em Pinheiro -Ma, grande parte dos políticos não se conscientizam de que foram escolhidos e eleitos para um compromisso simplesmente básico e responsável  como sejam :Dirigir com lisura expandindo melhorias por todos os setores da sua administração, as mais possíveis e desejáveis como sendo- SAÚDE, EDUCAÇÃO, SEGURANÇA, SOCIAL, ECONOMIA, INFRA-ESTRUTURA etc. Visto por todos  na concepção do eleitor e da população como num todo. Foram eleitos para estas missões. Muito embora, investidos no cargo mudam tudo a começar pelas prioridades, datas e metas a serem atingidas,tornando assim inviável no credenciamento da confiabilidade a toda conjuntura de sua administração(s)

A razão para a MUDANÇA que tanto propagam por aí é muito simples, basta que: Em parte, deveriam  se conscientizar de que foram escolhidos para um compromisso básico e responsável –

CONVENHAMOS SENHORES, 2016 PROMETE MAIS UMA VEZ !… E para quem acredita na facilidade do serei eleito, – Depoimentos, relatos e historias inspirados na confraria de alguns aliados dos candidatos na concha do já ganhou, tem que ser descartado porque para ser eleito pelo o mínimo egoísmo e orgulho de poucos, sinto o atrelamento e a desconfiança do tudo para si a cada candidato  e um  grupos  restritos.

É preciso que candidatos e aliados que tenham esse pensamento, saiba que o restante da população Pinheirense não se orgulha desse tipo de candidatura e que se eleito (s) juntamente com os representantes do Legislativo Municipal, foram eleitos para uma tarefa de suma importância, possível de ser concretizada somente através do bom senso administrativo e respeito por quem lhe instituiu no cargo(s) e que aos olhos dos eleitores possam se sentir orgulhosos realmente por serem merecedores da escolha.

E a escolhermos não percamos de vista o nosso compromisso na “VIGÍLIA”, assim devemos fazer para só então entendermos o compromisso firmado em campanhas por cada  candidato no “grande  palanque ” do aceita tudo no momento da pedida dos nossos votos.

Mas… Modéstia: Daqui para frente serei eu testemunha no momento da outorga do voto de cada cidadão ao candidato que for escolhido e que todas as ações se tornem grandiosas, maiores de qualquer titulo que os candidatos almejem. mas serei também eu ,o denunciante das más ações impetradas pelos corruptos e ou corruptores  se assim vier a acontecer..

AVANTE !!!

 

 


pOLICIA

Vítima contou à polícia que foi obrigada a usar drogas antes de ser abusada.
Caso foi registrado na delegacia especializada do bairro do Maiobão.

G1

Um caso de estupro foi registrado nas primeiras horas de 2016 no município de Paço do Lumiar (MA), Região Metropolitana de São Luís. A vítima, que não teve idade revelada, iria passar o Réveillon na orla, quando houve o crime.

Segundo consta na ocorrência nº 2/2016 da Polícia Civil do Maranhão, a vítima seguiria com a amiga, identificada apenas como Síria, para a casa da mãe. No caminho, as amigas desviaram a rota e seguiram para a casa de Síria, no Conjunto Paranã. No local, o companheiro de Síria, identificado apenas como Isaías, aguardava as duas.

A vítima contou à Polícia Civil que teria sido obrigada a usar drogas e abusada sexualmente, por volta de 1h30 da sexta-feira (1º).

O caso foi registrado na delegacia especializada do bairro do Maiobão. A vítima foi submetida a exame de corpo de delito.

Na manhã deste sábado (2), o G1 tentou localizar, sem êxito, o delegado Ricardo César Soares Garcês, que recebeu o caso, para saber sobre o andamento das investigações. A reportagem solicitou um posicionamento da Secretaria de Estado da Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA), e aguarda retorno do órgão.


PERTO DE JOÃO DE DÃO IIOntem, sexta feira 01/01/2016 por volta das 21:o0 hs,  dois homens desconhecidos que pilotavam uma moto Titan cor verde, EXECUTARAM dentro da sua própria residencia na Rua trinta de março- Centro-Pinheiro-Ma, o elemento JOSEMIAS DE JESUS ROCHA 44 anos. O mesmo foi executado  a tiros com por três disparos de arma de fogo .

Segundo as investigações da policia local os assassinos tomaram rumo ignorado após o crime, dificultando a apreensão e o reconhecimento da identificação dos dois.

Varias rondas policiais estão sendo feitas pela cidade na tentativa  de capturar os autores do assassinato mas, até o momento sem exito.

 

 


VINICIUS III

O PROFESSOR VINICIUS SOARES VEIO A ÓBITO NA MANHÃ DESTA SEXTA FEIRA DESTE DIA   (01/01/2016) VITIMADO APÓS RECEBER UMA DESCARGA ELÉTRICA AO  LIGAR UM SOM EM SUA RESIDÊNCIA LOCALIZADA NO BAIRRO SANTA LUZIA DESTA CIDADE.

AS INFORMAÇÕES REPASSADAS POR POPULARES E AMIGOS DO PROFESSOR DISSERAM AO BLOG  QUE O MESMO COMEMORAVA A VIRADA  DE ANO  COM AMIGOS E FAMILIARES NO ENZO PARK –POVOADO DE PACAS, TENDO SOFRIDO O ACIDENTE AO CHEGAR EM CASA NESTA MANHÃ.

VINICIUS SOARES  FAZIA PARTE DO CORPO DOCENTE DA ESCOLA DR. RUFINO FERNANDES DO POVOADO DE PACAS / ANEXO DO ESCOLA UNGARELLI.

O PROFESSOR  QUE ERA MUITO QUERIDO POR COLEGAS DE PROFISSÃO E ALUNOS DEIXA UM GRANDE LEGADO PELO TRABALHO QUE EXERCIA COM MUITO AMOR AO MAGISTÉRIO.

O CORPO DO PROFESSOR VINICIUS ESTÁ SENDO VELADO NA RESIDENCIA DA SUA FAMÍLIA E SERÁ SEPULTADO NESTE SÁBADO (02/01/2016)

 



 

Velório e sepultamento de Marcos foi no Cemitério Cristo Rei (Foto: Eliete Marques/ G1)

Velório e sepultamento de Marcos foi no Cemitério Cristo Rei (Foto: Eliete Marques/ G1)

31/12/2015 16h38 – Atualizado em 31/12/2015 20h10  www.jgmoreira.com.br

Marcos Porto foi enterrado nesta quinta-feira (31), em Vilhena.
Presa em flagrante, ex assumiu crime e disse: ‘queria matar alguém’.

O jovem Marcos Catanio Porto, de 26 anos, assassinado a facadas pela ex-namorada na quarta-feira (30), foi enterrado nesta quinta-feira (31) no Cemitério Cristo Rei, em Vilhena (RO). Segundo a Polícia Civil, o homicídio aconteceu na casa da vítima, no momento que iria iniciar uma relação sexual com a ex-namorada, Vania Basílio Rocha. Mauricio Jacob, amigo de Marcos, que estava na residência, relembrou o momento do crime. “Ele morreu nos meus braços. ‘Ela é louca’ foram as últimas palavras dele. Perdi um irmão”, lamenta.

 A suspeita foi presa logo depois do crime. Na delegacia, Vania concedeu entrevista e assumiu que matou o ex a facadas (ouça o áudio ao lado). “Queria matar alguém. Não me arrependo. Fiquei olhando olho no olho até ele morrer”, revela.

No velório do amigo, Mauricio contou que na quarta-feira estava na casa de Tim, como Marcos é conhecido pelos amigos e familiares. Após chegar na residência, Vania foi para o quarto com Marcos. Depois de algum tempo, Mauricio e o irmão da vítima, Alberto Catanio Porto, de 28 anos, ouviram gritos de socorro.

“Arrombamos a janela, pois a porta estava fechada. Quando entramos, ele segurava o braço dela com a faca. Arranquei a faca da mão dela e joguei longe. Ela sumiu e o Tim foi caindo para trás, falando que ela era louca”, lembra Mauricio, emocionado.

Emocionado, Mauricio diz que Marcos morreu em seus braços (Foto: Eliete Marques/ G1)Emocionado, Mauricio diz que Marcos morreu em seus braços (Foto: Eliete Marques/ G1)

Após o crime, Vania se escondeu no banheiro, onde ficou até a chegada da Polícia Militar. A mulher foi presa em flagrante por homicídio qualificado, pois usou de meios que dificultaram a defesa da vítima, Segundo a Polícia Civil.

Saudades
Com ferimentos no braço, por ter quebrado a janela, Alberto fala da saudade do irmão. “Não dá para acreditar que isso aconteceu. Na hora que vi Marcos só pensei em socorrer meu irmão. Ela terá que prestar contas com Deus. É uma cena que nunca vou esquecer. Agora fica só a saudade e as lembranças boas”, lastima.

Marcos foi esfaqueado sete vezes pela ex, segundo funerária (Foto: Arquivo Pessoal)Marcos foi esfaqueado sete vezes pela ex, segundo
funerária (Foto: Arquivo Pessoal)

Conforme a família, Marcos trabalhava como editor de vídeo, mas atualmente recebia seguro desemprego. Ele morava sozinho em uma casa e Alberto morava nos fundos, no mesmo quintal. Segundo o irmão, em 2016 eles pretendiam voltar para a cidade de Pimenta Bueno (RO), onde moram o restante dos parentes.

Conforme a funerária, que acompanhou o exame do Instituto Médico Legal (IML), Marcos foi atingido por sete facadas, inclusive uma no pescoço. À Polícia Civil, Vania disse que deu uma primeira facada no pescoço, e depois desferiu outros golpes pelo corpo da vítima.

Revolta
Além da revolta pelo crime, familiares e amigos falam com indignação acerca de uma fotografia compartilhada em redes sociais. “É uma foto dele nu, todo ensanguentado. A família ficou chocada quando a viu. Teve até sites de notícias que a publicou. Só queremos respeito e lembrar dele vivo e feliz. Vamos tomar as providências para que isso não aconteça com outras famílias”, enfatizou a cunhada da vítima, Daiani Moreira.

Na delegacia, Vania diz que levou faca na bolsa para matar ex (Foto: José Manoel/ Rede Amazônica)Na delegacia, Vania diz que levou faca na
bolsa  (Foto: José Manoel/ Rede Amazônica)

Crime
Segundo a Polícia Civil, o crime aconteceu na casa da vítima, no momento que os dois iriam iniciar uma relação sexual. Enquanto estavam deitados na cama, a jovem pegou a faca que estava escondida dentro da bolsa e golpeou Marcos em várias partes do corpo, que não resistiu aos ferimentos. Em entrevista na delegacia, na quarta-feira, Vania confessou o crime.

Na manhã desta quarta-feira, Vania ligou para Marcos alegando que queria se despedir, pois iria embora para outro estado. Ela então colocou uma faca de cozinha dentro de uma bolsa e foi para a casa da vítima, que havia aceitado receber a visita. Na casa, o casal foi para o quarto e, durante as preliminares sexuais, esfaqueou o ex-namorado.

“Eu queria matar uma pessoa só, dos três. Eu tapei o olho dele. Aí peguei a faca e meti nele. Ele reagiu e veio para cima de mim e eu fui para cima dele também. Eu enforquei ele, e aí comecei a meter [facadas] em outras partes do corpo dele. Daí ele gritou socorro e a porta estava trancada. O irmão dele quebrou a janela. Quando o irmão dele entrou ele já estava quase morrendo. Fiquei olhando olho no olho até ele morrer”, narrou.

Algemada na delegacia, Vania relatou ao G1 que planejou o crime. Segundo ela, três nomes de possíveis vítimas foram colocadas em uma lista: um amigo, um ‘ficante’ e o ex-namorado. No entanto, Marcos foi o único que pode vê-la, pois os outros rapazes estavam com a família.

Investigação
Na ocasião, o delegado Fabio Campos resumiu o depoimento de Vania. “Ela diz que sentiu vontade de matar alguém e poderia ser qualquer um dos três. Disse que não usa drogas, e que nunca fez tratamento psiquiátrico. Observamos que ela tem traços de um sociopata”, explicou Campos.

Segundo a polícia, após passar por exame de corpo de delito, Vania foi levada para o presídio feminino de Vilhena, onde está a disposição da Justiça.