Há muitas controvérsias nos motivos que poderiam ter levado a garota a cometer o suicídio. A Polícia isolou a a área para prosseguir as investigações.

As primeiras informações deram conta que a garota trabalhava como babá no condomínio, o que logo foi descartado.

Só este ano, esse já é o segundo suicídio cometido no condomínio Brisas, em São Luís.

Em março, o professor de Comunicação da Universidade Federal do Maranhão (Ufma), Nilson Amorim, também se jogou de um andar do Brisas. Ele sofria de depressão.

Esse post foi publicado em 22/06/2016
Fonte: BLOG DA SILVIA TEREZA

010

Nesta segunda-feira (20/6), a onça Juma, que participou da solenidade do revezamento da Tocha Olímpica no Centro de Instrução de Guerra na Selva (Cigs), foi morta após fugir da área do zoológico.

A informação repassada através de nota oficial do Comando Militar da Amazônia (CMA) confirmou que o abate do animal aconteceu no final da manhã, após a solenidade da Tocha Olímpica.

Segundo a nota, o animal escapou do centro e apesar de ter sido atingido por tranquilizantes, tentou atacar um militar. Foi disparado um tiro de pistola por medida de segurança. Juma não resistiu e morreu no local.

O acidente ocorreu durante uma transição de jaula. O CMA informou ainda que a onça escapou no momento em que o Zoológico estava fechado para visitas. O CIGS já determinou abertura de processo administrativo para apurar os fatos.


TCE VI

A partir desta quarta-feira ( 22.07), os servidores do Tribunal de Contas do Estado (TCE), vão iniciar a paralisação gradativa de seus atividades no órgão, pelo não atendimento da presidência às  reivindicações da categoria. O presidente do Sindicato dos servidores do tribunal,Marcelo Martins informa que a paralisação desta quarta-feira, vai ocorrer das 10h ao meio-dia, em todos os setores.

As reivindicações apresentadas pelo Sindicato são : demissão imediata dos funcionários fantasmas; a implantação da revisão salarial anual de 10,67% e do plano de cargos e carreiras.

tce

Cerca de 30 funcionários fantasmas compõe o quadro funcional do TCE, segundo levantamento preliminar do Sindicato, a  existência deles é um dos fatores que impedem a revisão salarial dos concursados. Marcelo Martins afirma que o valor do salário de um funcionário fantasma é possível conceder a revisão salarial a dois servidores concursados do órgão.

O caso dos funcionários fantasmas ganhou repercussão nacional, quando o jornal Folha de São Paulo, publicou que o filho do presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), Thiago Augusto Azevedo Maranhão Cardoso, exercia Medicina em São Paulo e concomitantemente trabalhava por meio de uma função comissionada no TCE, de expediente diário, em São Luís.

O salário do filho do deputado, o médico Thiago Augusto Azevedo Maranhão Cardoso, segundo o Portal de Transparência do TCE-MA é de R$ 6.529,85.  O Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA) o exonerou no dia 9, deste mês. O presidente do Sindicato dos Servidores do TCE acompanha junto ao Ministério Público Estadual a apuração deste e de outros casos de funcionários fantasmas que possam existir no órgão.

 

 

 

 


Boi 16

SÃO BENTO-MA.  O bumba meu boi Tradição de São Bento, Patrimônio Cultural dos Sambentuenses, Instituição Filantrópica de Utilidade Publica, que reúne manifestações culturais tendo o boi como centro do universo místico-religioso, reconhecidamente como a expressão maior da nossa cultura sempre a ganhar força regional com raízes definitivas em nosso solo São Bento, sempre foi a cara da felicidade de um povo  num parque de festejo  junino .

Boi 15 (1)

Tudo seria belo se não fosse trágico ter que falar do desrespeito de um Secretário de Cultura Municipal, que brinca em apagar o Patrimônio cultural imaterial de um povo (ou patrimônio cultural intangível) que é a pura concepção cultural que abrange as expressões culturais e tradições que esse povo preserva em respeito da sua ancestralidade, para gerações futuras que irão entender: os saberes, as modalidades, os modos de fazer, as formas de expressão, celebrações, lendas, musicas, festas e danças populares, costumes e outras tradições que passam longe da visão de um zé orelha de prefeitura  dotado do preconceito e incompetência cultural.

174

Ao invés de valorizar, fomentar e incentivar a questão cultural em nosso município, na cidade e na zona rural, o senhor Dr. Herus cultura  secretário municipal, deixa de fora da programação dos festejos juninos no Arraial principal da cidade na Praça Carlos Reis o Boi Tradição de São Bento.

176

Detalhamento dessa ação descabida que deixou frustrados diretores e brincantes do Boi Tradição que se prepararam com gastos financeiros desde o inicio do ano na confecção de suas fantasias e adereços, frustrou  também grande parte da população com tal decisão que segundo afirmou  o pseudo secretário de  cultura em telefone aos  diretores da agremiação do Boi Tradição que é um problema politico qual supomos  criado pelo grupo que administra a cidade e também promove outra agremiação folclórica denominada de Boi Mimoso que pertence à família Dias do Vice-Prefeito Isaac Filho.

Boi 17

O que poderia ser visto e consagrado às vistas de turistas que visitam nossa cidade, passou a ser choro comovente de uma dança do folclore popular  com personagens humanos e fantasias de um fantástico mundo cultural  que gira em torno de uma lenda sobre a morte e ressurreição de um boi a cada ano que essa brincadeira se apresenta ao publico, em terreiros e parques folclóricos do  Brasil, diferente de São Bento que passa a ser visto como cultura de competitividade politica partidária pelas ações nefastas perdendo seu brilho e o  folguedo  tradicional, típico da nossa  região  baixada maranhense e  nordeste do Brasil, tentando por motivos torpes na expressão da palavra e indecente por um cara de pau que quer   acabar com uma das mais expressivas manifestações culturais da nossa querida terra São Bento.

Boi 3

Repudio a forasteiro é crime mas… Os meus conterrâneos são meus advogados a me absolver da condenação por te falar que você não está apto para a  função que  exerce e por ser leigo de conhecimento das nossas tradições culturais.

Herus cultura ” PODES TE  TRANSFORMAR EM CATIRINA MAS A LINGA DESSE BOI VOCÊ NÃO COME NEM PRESENTEIA A TEUS AMOS”

Ai Catirina poupa esse boi,
Ai Catirina poupa esse boi.
Que quer crescer

Meu boi é prenda da cidade

233

.

Boi 8

Boi 10

 

 

 


 

Carteira-de-Trabalho

 

 

 

 

 

20/06/2016 08h10 – Atualizado em 20/06/2016 14h41

Motivo é problema no sistema do Ministério do Trabalho e Emprego.
Órgão alerta sobre mudanças com relação às documentações necessárias.

Do G1

Até a próxima quinta-feira (23), a emissão de Carteiras de Trabalho e Previdência Social (CTPS) estará suspensa no Maranhão, em agências do Sine e do Viva Cidadão, devido a problemas no sistema do Ministério do Trabalho, Emprego e Previdência. A informação é da Secretaria de Estado do Trabalho e da Economia Solidária (Setres) e da Superintendência Regional do Ministério do Trabalho no Maranhão.

A Setres alerta sobre as mudanças com relação às documentações necessárias para a solicitação do serviço. Agora, o o usuário deve comparecer portando os seguintes documentos: identidade, CPF, comprovante de residência e comprovante de estado civil (certidão de nascimento ou casamento).

A Secretaria MUnicipal de Trânsito e Transportes de São Luís informou que o serviço de cartão do idoso já foi normalizado.


dino franca

IPVA SÃO BENTO

 A População de São Bento-Ma tem sido assolada por fortes  indícios de corrupção e desvio de recursos públicos por parte dos representantes do poder executivo que poderão a partir de então se  tornar  alvo de investigações pelas  várias instâncias fiscalizadoras, inclusive em  CPI’s da Câmara Municipal se assim se dispuserem a investigar o lastro de corrupção e os desvios de recursos públicos pertencentes ao municipio. Causa-nos espanto o volume de atitudes suspeitas e novas informações que tomamos conhecimento cotidianamente, fato que merece rápida resposta por parte deste MP. Saber como o dinheiro público está sendo utilizado e em favor de quem está sendo gasto, acompanhar as prestações de contas públicas e denunciar aos órgãos competentes as suspeitas de ilicitudes são formas de se exercer a cidadania.

Com este intuito, pudemos observar numa petição enviada pelos filhos da terra São Bento ao Excelentíssimo Sr. Promotor de Justiça da Comarca  Dr. Celso Coutinho, um histórico descrito como segue:

D E N Ú N C I A – BOMBA EM SÃO BENTO – MA.

IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA – LAVAGEM DE DINHEIRO.
FORMAÇÃO DE QUADRILHA. PREFEITO ATUAL DR. CARRINHO por meio do FUNDO MUNICIPAL DA SECRETARIA DE SAÚDE DESTE MUNICÍPIO.

– Me explique se isto não se enquadra nas denuncias acima:
Compra de uma ambulância Marca Fiat / D NKS – AMBULÂNCIA
utilizando uma Empresa desta cidade com seu CNPJ, de uma Revendedora T. A. FERREIRA RAPOSO -EPP. de Santa Inês – MA.

IPVA IV
Porque esta ambulância foi comprada em uma empresa particular mais a Nota Fiscal foi emitida em nome do Fundo Municipal da Secretaria Municipal de Saúde?
Como prova temos o IPVA que não foi pago no seu devido tempo,
só depois que esses dias o advogado desta empresa de São Bento, deu o arrocho, e foi pago.

IPVA II
Mais no cadastro da Secretaria da Fazenda consta como sendo proprietário o empresário desta cidade. O que não se compatibiliza com Nota Fiscal emitida. Conforme se ver acima nas imagens.
O nome do empresário foi ocultado para preservar sua idoneidade.
VALOR DE COMPRA: R$ 130.000,00.

NOTA DO BLOG:

Isto posto, requeremos uma profunda fiscalização na compra dessa ambulância,   firmados entre a Prefeitura Municipal de São Bento e a empresa responsável pela venda da mesma para elucidação do objeto contratado e sua liquidação por parte de contratante e contratados em se primar pelos princípios da moralidade administrativa Municipal.

Por justiça e respeito à lei esperamos a acolhida da presente representação, enquanto testemunhamos a Vossa Excelência o nosso apreço.
www.jgmoreira.com.br

BANDIDO NA PEDRA II

Ontem (16/05) por volta de 12 horas da manhã uma equipe da Polícia Militar de Pinheiro que voltava de uma diligência no povoado Pedrinha dos Fugaças foi surpreendido por duas estudantes do IFMA – Instituto Federal do Maranhão, bastante abaladas informaram a guarnição que haviam sido assaltadas instantes antes da passagem da polícia pelo local, por dois indivíduos em uma moto cinza de placa NWS- 9902, imediatamente o Comandante da equipe informou a guarnição do Bairro de Pacas, visto que os assaltantes seguiram o sentido do bairro, para ficarem de prontidão, por azar dos assaltantes que “bateram” de frente com a viatura já no trabalho de busca.

BANDIDO NA PEDRA

Os acusados empreenderam fuga sendo interceptados próximo ao Povoado Segredo em Pacas. Um dos acusados identificado como Lucas Vinicius Barros Nascimento, 18 anos, tentou correr mais foi preso e não ofereceu resistência à prisão, no entanto o segundo envolvido e velho conhecido da Polícia Ronielson Araújo, vulgo “Roni da Bubalina” entrou no mato efetuando disparos contra a Viatura de PACAS.

Foi feito uma mega operação onde três viaturas cercaram o local com o intuito de prender o último acusado, no entanto no segundo confronto o acusado efetuou mais disparos na direção dos Policiais. No segundo confronto o acusado foi alvejado, a guarnição ainda chamou a ambulância e o acusado foi socorrido pela equipe do Corpo de Bombeiros mas não resistiu ao ferimento.

Com os acusados foram encontrados 01 Revólver Cal. 38/Numeração suprimida com 3 Munições deflagradas e 1 intacta, 1 Celular Samsung Gran Prime Duos Branco de uma das vítimas, 01 Motocicleta Honda Fan com Placa Clonada NWS-9902 e chassi n° 9C2KC1680BR307698 com chaves, 01 capacete de motocicleta preto e 01 Bolsa Carteira.

Fonte Blog a Horadaverdade/www.jgmoreira.com.br

foto Sarney 6

O Globo – O ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado disse em delação premiada que o ex-senador José Sarney (PMDB-AP) recebeu propina de contratos da Transpetro durante nove anos, no valor total de R$ 18,5 milhões. Desse montante, R$ 16 milhões foram recebidos em espécie. O dinheiro está inserido na propina total repassada pela Transpetro ao PMDB, que somou mais de R$ 100 milhões ao longo dos anos.

Machado disse que conheceu Sarney na década de 1980 e que, no início de 2006, o ex-senador o procurou reclamando de “dificuldades para manter sua base política no Amapá e no Maranhão”. O pedido foi de ajuda financeira para contornar o problema. “O contexto evidenciava que Sarney esperava que o depoente, na qualidade de dirigente de empresa estatal, solicitasse propinas de empresas que tinham contratos com a Transpetro e as repassasse”, diz a delação.

O primeiro repasse de propina a Sarney foi realizado em 2006, no valor de R$ 500 mil. A princípio, o dinheiro era repassado sem periodicidade certa. A partir de 2008, as parcelas eram pagas anualmente. Os repasses perduraram até agosto de 2014. O dinheiro era transferido ora como doações oficiais ao PMDB, com recomendação expressa de repasse a Sarney; ora em entregas em espécie. A origem dos recursos eram as empresas com contrato com a Transpetro, que são investigadas na Lava-Jato.

“Durante a gestão do depoente na Transpetro, foram repassados ao PMDB, segundo se recorda, pouco mais de R$ 100 milhões de reais, cuja origem eram propinas pagas por empresas contratadas; que, desse valor, R$ 18.500.000,00 foram repassados a Sarney”, disse Machado. O delator explicou que, do dinheiro pago ao ex-senador, R$ 2,25 milhão eram doações oficiais de empreiteiras. A Camargo Corrêa contribuiu com R$ 1,250 milhão em três doações efetuadas entre 2010 e 2012. A Queiroz Galvão contribuiu com R$ 1 milhão.

O depoente disse que, em geral, as doações eram feitas ao Diretório Nacional PMDB e também ao diretório do partido no Maranhão. Por vezes, o dinheiro era também encaminhado a Sarney por meio de outro partido. Os demais valores foram pagos em espécie.

Trechos da delação premiada

Sarney propina

sarney propina

sarney propina 2


18-02-2016 Jose Sarney Filho, Acompanhamento as Acaes Referentes a Epidemia de Zika Virus e a Microcefalia. Foto: Divulgacao ***DIREITOS RESERVADOS. NÃO PUBLICAR SEM AUTORIZAÇÃO DO DETENTOR DOS DIREITOS AUTORAIS E DE IMAGEM***

O acordo de delação premiada de Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro, relacionou mais um ministro do governo Michel Temer. Uma planilha com valores e datas produzida por Machado e entregue à PGR aponta que o filho do ex-presidente da República José Sarney, Sarney Filho, atual ministro do Meio Ambiente, recebeu R$ 400 mil como “vantagens ilícitas em doações oficiais” no ano de 2010.

Naquele ano, Sarney Filho foi candidato a deputado federal pelo PV (Partido Verde) do Maranhão. Segundo a prestação de contas entregue à Justiça Eleitoral em 2010, a direção estadual do PV no Maranhão recebeu R$ 1 milhão em doações durante a disputa eleitoral. Desse total, R$ 400 mil vieram da empreiteira Camargo Corrêa e R$ 135 mil da construtora Queiroz Galvão.

Na planilha entregue por Machado, o valor de R$ 400 mil ligados a Sarney Filho aparece ao lado da sigla “CC”, provável referência à Camargo Corrêa. Há na planilha outros valores ligados a José Sarney e à sigla “QG”, suposta referência à empreiteira Queiroz Galvão.

Nos depoimentos que prestou na delação premiada, Machado não citou o nome do atual ministro do Meio Ambiente, mas a planilha entregue por ele inclui o nome de Sarney Filho. O papel descreveria a forma pela qual Machado distribuiu ao ex-presidente Sarney um total de R$ 18 milhões em “vantagens ilícitas” entre 2006 e 2014. Nesse período, Machado presidia a Transpetro, subsidiária da Petrobras.

Machado assim descreveu sua relação com José Sarney e a decisão de começar a pagar: “Conheço Sarney desde 1982, quando ele foi candidato a vice-presidente da República. No ano de 2006, fui procurado por ele, que relatou suas dificuldades em manter sua base política no Amapá e Maranhão, e pediu ajuda. Eu disse que ia examinar e ver o que poderia ser feito. Definimos então um pagamento anual para a sua sustentação política.

Esse pagamento se deu mediante doações oficiais e não oficiais, realizadas por meio de pagamento de vantagens ilícitas pelas empresas que possuíam contratos com a Transpetro. Os pagamentos foram realizados até o ano de 2014″.

Segundo o delator, esses valores foram pagos em doações oficiais ou em espécie, com dinheiro providenciado por empresas que tinham contratos com a Transpetro. (Folha de SP)


BURACO DE FEIRA II

 

 

 

 

 

 

 

Por volta das 07h00 desta terça feira 14/06  presenciei em uma das ruas que circunda a feira Municipal de Pinheiro um movimento de revolta dos moradores que ali residem , falando na organização de uma manifestação que a qualquer momento poderá ter seus efeitos voltados para o bloqueio das ruas da dita fedida feira QUE TAMBÉM É DOTADA DA MAIOR PORCARIA JÁ VISTA NUMA CIDADE,essa será a  forma de protesto pela falta de melhores na pavimentação das ruas  que dão acesso a mesma.

BURACO III

Os manifestantes estão a montar um telão com áudio e vídeo no qual o filho do prefeito filuca Mendes (PMDB) deputado federal mentiroso se comprometeu também desde 2012 que iria construir a nova Feira Municipal e até agora… O de sempre… PROMESSAS VAZIAS .

Na conversa os manifestantes dizem que irão também bloquear todas as atividades comerciais na feira  que só vão liberar as atividades  depois de uma conversa in loco com o prefeito do Município. Será que ele vai lá ?…


%d blogueiros gostam disto: