Sistema de monitoramento sendo iniciado em Pinheiro

A Prefeitura de Pinheiro, através da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte – SMTT, está realizando a instalação da Central de Monitoramento Eletrônico de Trânsito no município. A princípio serão 12 (doze) novas câmeras instaladas na avenida principal, rodoviária antiga e na rodoviária nova.

O sistema tem o objetivo de monitorar a movimentação dessas vias, coibir a ação de criminosos na prática de furtos e roubos e identificar infrações de trânsito.
Os condutores terão 90 dias para educação e adequação à Central de Monitoramento Eletrônico de Trânsito.

“As câmeras tem alta qualidade de imagem, alcançam 1500 metros de captação e tem abrangência de 360º graus. O monitoramento será frequente no modo 24/7, a central contará com 6 telas simultâneas e capacidade de armazenamento de imagem por 30 dias.”
Humberto Henrique – Engenheiro Eletricista.

SISTEMA DE MONITORAMENTO COMEÇA A SER INSTALADO EM PINHEIRO

“O novo e mais moderno sistema de monitoramento que está sendo implantado em Pinheiro, faz parte de um pacote de ações que visam tornar a cidade mais segura. Tornamos as vias e bairros mais iluminados, agora estamos ampliando e modernizando o vídeo monitoramento que já existe no município e promovendo mais segurança no trânsito. A expectativa é uma redução considerável no número de roubos, furtos e irregularidades no trânsito.” Prefeito Luciano.


O antes e o depois do Materno Infantil

O Prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio, concedeu entrevista ao comunicador Welligton Sérgio na Rádio Pinheiro FM nesta quarta-feira (12); entre os muitos assuntos abordados, o gestor falou sobre o desenvolvimento econômico que Pinheiro vive atualmente e divulgou alguns dados.

Luciano informou à população pinheirense que desde o dia primeiro de janeiro de 2017 até a presente data, mais de 720 novas empresas foram abertas no município, 77 só em 2019.

Questionado sobre os recentes bloqueios de recursos, o prefeito declarou: “os desafios são grandes, mas nossos pés estão no chão visando sempre a transparência e principalmente o compromisso com o funcionalismo público e com o povo pinheirense; nossa folha está em dia e trabalhamos para manter a estabilidade e o desenvolvimento da nossa cidade.”

PREFEITO LUCIANO FALA DO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E BLOQUEIO DE RECURSOS EM PINHEIRO

Mesmo em meio à crise política que está gerando cortes e bloqueios nos orçamentos, o Prefeito falou de ações importantes realizadas em pouco mais de 2 anos, como a reforma de 80% das escolas municipais, mais de 10 mil consultas com especialistas por mês no Centro de Especialidades Médicas, o atendimento de mais de 40 municípios no Hospital Regional mesmo sendo pactuado com apenas 17 e do Selo UNICEF concedido a Maternidade e Hospital Infantil pela implantação do projeto pioneiro no estado, Alô Bebê.


Presidente da Câmara-Elizeu de Tan Tan (PP)

O Presidente  Câmara de Vereadores de Pinheiro-Ma, ELIZEU DE TAN TAN, antecipou o pagamento da primeira parcela do décimo-terceiro salário dos servidores da Casa, inclusos além dos efetivos  os contratados e comissionados. A gratificação foi liberada nesta quarta-feira (12)

Presidente da Câmara Municipal de Pinheiro-Ma, antecipa 1ª parcela do 13º salário dos servidores, efetivos, contratados e comissionados.

Para o Presidente da Câmara, Elizeu, “a antecipação serve para valorizar o trabalho do servidor, e só foi possível devido a economia feita na gestão. Sempre em bom tempo fazemos economia na gastão. Com essas ações e atitudes ilibadas , o dinheiro público é respeitado,  valorizamos o trabalho dos servidores e consequentemente adiantamos a primeira parcela do décimo terceiro, qual servirá também para aquecer a economia local, principalmente no período festivo do São João que dura até o fim do mês/junho.”  enfatizou o vereador presidente da Câmara.


Covardia

Pense num sujeito covarde, é esse aí que aparece no vídeo esmurrando, chutando e arrastando uma indefesa mulher, enquanto a filha da vítima, sem poder parar a agressão, limita-se a ameaçá-lo, inclusive de morte.

Que triste! Triste e revoltante.

Como tem homem covarde nesse mundo!

Onde aconteceu a covardia? O leitor que enviou o vídeo não soube dizer.

Sem mais informações, portanto.

ATENÇÃO! IMAGENS FORTES!

[: 

Foto: Reprodução


Assassina cruel

Olhe bem para esta mulher na foto. Sabe o que ela fez com o filho de 9 anos, esse garotinho ao lado dela? Deu 12 facadas nele e depois o esquartejou ainda vivo. VEJA VÍDEOS

Foto: Reprodução Portal do Zacarias

O resultado do laudo cadavérico detalha a crueldade com que Rhuan Maycon da Silva Castro, 9 anos, foi assassinado em Samambaia, no Distrito Federal.

De acordo com a Polícia Civil, o menino levou 12 facadas, sendo uma no peito enquanto dormia. Assustada, a vítima ainda se levantou e ficou ajoelhada ao lado da cama. Em seguida, levou mais 11 golpes desferidos por Rosana Auri da Silva Cândido, 27 anos, sua própria mãe, no dia 31 de maio.

O laudo apontou ainda que, quando a cabeça de Rhuan foi arrancada, os sinais vitais do menino ainda estavam presentes. Segundo a PCDF, enquanto a mãe começava a esquartejar o corpo, a companheira dela, Kacyla Priscyla Santiago Damasceno, 28, acendia a churrasqueira. Ela teria segurado o garoto durante o esfaqueamento.

A mãe e a companheira dela, Kacyla Pryscila Santiago Damasceno Pessoa,também teve participação no crime (Foto: Divulgação PC / DF)

A ideia das criminosas, segundo o delegado adjunto da 26ª DP (Samambaia), Guilherme Melo, era assar as partes do corpo, fazendo com que a carne se desprendesse dos ossos. As mulheres chegaram a comprar um martelo com a intenção de triturar os ossos do menino.

De acordo com o médico-legista Christopher Diego Beraldi Martins, a mãe retirou toda a pele do rosto da criança, que seria colocada na churrasqueira e jogada em um vaso sanitário. Para tornar o corpo ainda mais irreconhecível, a própria mãe também tentou retirar, com a faca, os globos oculares de Rhuan.

Rhuan Maicon foi encontrado esquartejado dentro de mala em rua do DF (Foto: Arquivo da família)

Após tentar assar tórax, cabeça, pernas e braços, as mulheres desistiram ao perceberem que a carne não desprendia dos ossos como elas esperavam. Resolveram então dividir as partes do corpo em duas mochilas infantis. Uma delas foi jogada em um bueiro da Quadra 425 de Samambaia.

VEJA O QUE AS DUAS DIZEM

SOBRE O BÁRBARO CRIME:

 

 


“São João do Meu Torrão”

A cada ano um desafio de superação, a prefeitura de São Bento está finalizando o cronograma de apresentações e o plano de decoração da praça Carlos Reis para o São João 2019, será de 21 a 29 de junho com o “São João do Meu Torrão”.

Serão mais de 40 grupos folclóricos que se apresentarão no palco dos festejos são-bentuenses: Tambores de Crioula, Boi de presidente Juscelino, Boi Novilho Branco, Boi de São Simão, Novilho dos Lençóis, Dança Cigana Gipsy, Dança Indígena Caxinawá e boi de Belém, são algumas das atrações já confirmadas.

O MELHOR SÃO JOÃO DA BAIXADA MARANHENSE SERÁ EM SÃO BENTO, O SÃO JOÃO DO MEU TORRÃO

Dentre muitas atrações de fora da cidade e até do estado, as brincadeiras tradicionais locais terão seu espaço para brilhar. Neste ano será realizado o 2º festival de quadrilhas Escolares, o concurso em que as escolas municipais concorrem com suas respectivas quadrilhas juninas, o que promete dar um toque especial a festança.
De 21 a 29 de Junho a partir das 19 horas na praça Carlos Reis você está convidado a se divertir no SÃO JOÃO DO MEU TORRÃO.

Informações: Site oficial Prefeitura de São Bento-MA


Demandas  /Parcerias

O Prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio, a Deputada Estadual Dra. Thaiza e o Secretário de Comunicação e Articulação Política do Maranhão, Rodrigo Lago, se reuniram nesta terça-feira (11) para tratar das demandas e de novas parcerias para o município de Pinheiro.

No encontro a Dra Thaiza tratou também da destinação de suas emendas para a cidade de Pinheiro.

PREFEITO LUCIANO, DRA THAIZA E GOVERNO DO ESTADO JUNTOS EM MAIS PARCERIAS POR PINHEIRO

“Estamos cada vez mais unidos e fortes pela baixada; a cada reunião saímos mais fortalecidos sobre o trabalho que município e estado estão realizando em Pinheiro. Já temos uma escola digna entregue no município e o Farol da Educação restaurado através dessa boa relação com o Governo. O Secretário Rodrigo Lago e a Deputada Dra. Thaiza estão sempre atentos e receptivos as nossas demandadas; a população da baixada só tem a agradecer pelo retorno da confiança depositada nessa gestão.” Prefeito Luciano


O procurador federal em Curitiba Deltan Dallagnol e o ministro da Justiça, Sergio Moro 

Não se pode desconsiderar gravidade dos fatos, diz entidade, que pede investigação plena, imparcial e isenta sobre possível promiscuidade em ações penais

Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) aprovou por unanimidade nesta segunda-feira, 10, recomendar o afastamento temporário de suas funções do ministro da Justiça, Sergio Moro, do coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol, e dos demais procuradores da República citados em diálogos revelados por uma série de reportagens do site The Intercept Brasil.

O afastamento ocorreria até o encerramento das investigações. Em nota, o conselho federal da entidade defende “investigação plena, imparcial e isenta”, diante da “gravidade dos fatos” e do que chama de “possível relação de promiscuidade” na condução de ações penais no âmbito da operação.

OAB recomenda afastamento temporário de Moro e Deltan

A entidade também afirma ter ficado “perplexa” não só pelo conteúdo das conversas gravadas, “que ameaçam caros alicerces do Estado democrático de Direito”, mas também pelo fato de autoridades públicas supostamente terem sido hackeadas, “com grave risco à segurança institucional”.

Para a OAB, a eventual investigação do caso deve preservar a independência e imparcialidade do Poder Judiciário, a liberdade de imprensa e a prerrogativa Constitucional de sigilo da fonte. “Tudo como forma de garantir a solidez dos pilares democráticos da República.”

Mensagens atribuídas a Moro e Dallagnol, divulgadas pelo site neste domingo, 9, mostram que ambos trocavam colaborações enquanto integravam a força-tarefa da Lava Jato.

Veja a íntegra da nota da OAB:

“O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e o Colégio de Presidentes de Seccionais, por deliberação unânime, manifestam perplexidade e preocupação com os fatos recentemente noticiados pela mídia, envolvendo procuradores da República e um ex-magistrado, tanto pelo fato de autoridades públicas supostamente terem sido “hackeadas”, com grave risco à segurança institucional, quanto pelo conteúdo das conversas veiculadas, que ameaçam caros alicerces do Estado Democrático de Direito.

É preciso, antes de tudo, prudência. A íntegra dos documentos deve ser analisada para que, somente após o devido processo legal – com todo o plexo de direitos fundamentais que lhe é inerente –, seja formado juízo definitivo de valor.

Não se pode desconsiderar, contudo, a gravidade dos fatos, o que demanda investigação plena, imparcial e isenta, na medida em que estes envolvem membros do Ministério Público Federal, ex-membro do Poder Judiciário e a possível relação de promiscuidade na condução de ações penais no âmbito da operação Lava Jato. Este quadro recomenda que os envolvidos peçam afastamento dos cargos públicos que ocupam, especialmente para que as investigações corram sem qualquer suspeita.

A independência e imparcialidade do Poder Judiciário sempre foram valores defendidos e perseguidos por esta instituição, que, de igual modo, zela pela liberdade de imprensa e sua prerrogativa constitucional de sigilo da fonte, tudo como forma de garantir a solidez dos pilares democráticos da República.

(José Cruz/Marcelo Camargo/Agência Brasil)


 

O procurador Deltan Dallagnol e o ministro Sérgio Moro em evento  Foto: Hélvio Romero/Estadão

Investigações vão apurar ataques contra celulares de procuradores e do então juiz; mensagens indicam suposta colaboração entre Moro e coordenador da Lava Jato

BRASÍLIA – A Polícia Federal instaurou há cerca de um mês um inquérito para investigar ataques feitos por hackers aos celulares de procuradores da República que atuam nas forças-tarefas da Lava Jato em Curitiba, no Rio e em São Paulo, segundo apurou o Estado com uma fonte a par da investigação. Há 4 dias, outro inquérito foi aberto para apurar ataques ao celular do ministro da Justiça, Sérgio Moro.

No domingo, o site The Intercept Brasil divulgou o suposto conteúdo de mensagens trocadas pelo então juiz federal Sergio Moro e por integrantes do Ministério Público Federal, como o procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa em Curitiba.

As conversas mostrariam que Moro teria orientado investigações da Lava Jato por meio de mensagens trocadas no aplicativo Telegram. O site afirmou que recebeu de fonte anônima o material. O The Intercept tem entre seus fundadores Glenn Greenwald, americano radicado no Brasil que é um dos autores da reportagem. De acordo com o site, há conversas escritas e gravadas nas quais Moro sugeriu mudança da ordem de fases da Lava Jato, além de dar conselhos, fornecer pistas e antecipar uma decisão a Dallagnol.

Os hackers miraram especialmente mensagens trocadas por meio do Telegram. As vítimas, que não haviam acionado a verificação em duas etapas, recurso que adiciona camada adicional de segurança às mensagens, tiveram suas conversas violadas pelos criminosos, segundo fonte a par da investigação.

Os procuradores notificaram a Polícia Federal após um deles desconfiar de mensagem recebida por meio do aplicativo. O ataque em massa foi descoberto e começou a ser apurado pela PF.

Um investigador que conversou com o Estado sob reserva diz que somente as vítimas do ataque poderão confirmar se o conteúdo das mensagens é verdadeiro. Isso porque é muito comum que hackers incluam passagens falsas no meio de conversas “roubadas” das vítimas.

Um integrante da cúpula do Ministério Público Federal, que falou ao Estado sob reserva, disse que foi “imprudente” o uso do Telegram e não das vias oficiais, já que há uma rede oficial e segura do MPF para esse fim. O ministro Marco Aurélio de Mello, do Supremo Tribunal Federal, disse que esse tipo de comunicação não deveria ocorrer por aplicativos.

“A troca de mensagens entre juiz e Estado acusador tem de ser no processo, com absoluta publicidade. A internet é sempre perigosa”, disse ao Estado. Ele não quis comentar, porém, o teor das conversas e eventual repercussão em casos em andamento.

A força-tarefa da Lava Jato em Curitiba afirmou, em nota divulgada na noite deste domingo, que “não sabe exatamente ainda a extensão da invasão”, mas que “possivelmente” foram copiados “documentos e dados sobre estratégias e investigações em andamento e sobre rotinas pessoais e de segurança” dos integrantes do grupo e de suas famílias.

Disse ainda antecipar que os criminosos tentem usar o material roubado para constranger os integrantes da força-tarefa, falseando o conteúdo das conversas. “Uma vez ultrapassados todos os limites de respeito às instituições e às autoridades constituídas na República, é de se esperar que a atividade criminosa continue e avance para deturpar fatos, apresentar fatos retirados de contexto, falsificar integral ou parcialmente informações e disseminar ‘fake news’.”

Segundo a nota, os procuradores têm “tranquilidade” de que as mensagens “refletem atividade desenvolvida com pleno respeito à legalidade e de forma técnica e imparcial” e que não irão “se dobrar à invasão imoral e ilegal, à extorsão ou à tentativa de expor e deturpar suas vidas pessoais e profissionais”.

Também por meio de nota, Sergio Moro afirmou que, nas mensagens em que é citado, “não se vislumbra qualquer anormalidade ou direcionamento da atuação enquanto magistrado”. O ministro da Justiça disse lamentar “a falta de indicação de fonte de pessoa responsável pela invasão criminosa de celulares de procuradores” e o “sensacionalismo das matérias, que ignoram o gigantesco esquema de corrupção revelado pela Operação Lava Jato”.

Preocupação

Os ataques de hackers vêm sendo recorrentes e já eram motivo de preocupação dentro do MPF. Em maio, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, determinou instauração de procedimento administrativo para acompanhar a apuração de tentativas de ataques cibernéticos a membros do MPF. Dodge determinou ainda que a Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação da PGR adotasse providências para diagnosticar eventuais ataques e resolver o problema. À época, ela considerou os ataques graves e afirmou que eles poderiam comprometer diversas apurações em curso.

No final de abril, o ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, informou que seu celular havia sido “clonado ou hackeado”. O relator do processo da Lava Jato no Tribunal Regional Federal da 2.ª Região, Abel Gomes, também foi alvo de hacker, como mostrou a Coluna do Estadão no sábado.

Na semana passada, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, teve seu celular pessoal clonado. Ele cancelou a linha e determinou a abertura de investigações. O ministro desconfiou de uma ligação recebida por ele e, logo em seguida, bloqueou a linha. Procurados pela reportagem, a Polícia Federal, a Procuradoria-geral da República e Palácio do Planalto não comentaram.


Iolanda em reunião na Colonia

Presidenta da Colonia dos Pescadores de Pedro do Rasário IOLANDA SERRA, na manhã deste domingo (09) mobilizou a classe em uma mega reunião de Audiência Publica  para falar da reforma da Previdência e assuntos concernentes ao seguro defeso dos afiliados da Colonia. O objetivo, de acordo com a líder sindical, essa mobilização da categoria foi para rever e analisar pontos positivos e negativos e a importância da reforma  / previdência que está sendo aprovada no Congresso Nacional.

A audiência contou com vários palestrantes, mobilizando servidores públicos, trabalhadores rurais principalmente da agricultura familiar e pescadores do municipio de Pedro do Rosário, cidade distante 360 KM da capital do estado São Luis. Essa é mais uma audiência pública que sinaliza e busca a conscientização sobre a medida provisória 871 . Uma ementa que Institui o Programa Especial para Análise de Benefícios com Indícios de Irregularidade, o Programa de Revisão de Benefícios por Incapacidade, o Bônus de Desempenho Institucional por Análise de Benefícios com Indícios de Irregularidade do Monitoramento Operacional de Benefícios e o Bônus de Desempenho Institucional por Perícia Médica em Benefícios por Incapacidade, e dá outras providências.

Em sua fala aos presentes na audiência, Iolanda Serra afirmou que não é contra a Reforma da Previdência mas sim, contra a maneira de como está sendo aprovada e, comentou: “Essa Reforma atinge na integra a classe mais pobre, os direitos estão lesados, sucumbidos por esse leão faminto que está querendo nos devorar, temos que amordaçar esse felino para não devorar impiedosamente os mais carentes> aqueles que sobrevivem do mísero salario minimo”, Lamentável, assim comentou >>> continua…Precisamos fortalecer nossas bases para termos vitoria nessa luta,  Estamos unidos por essa luta” finalizou