Após o fim de um relacionamento, um alemão pôs a leilão no site eBay metade de todos os bens do antigo casal.

“Obrigado por esses 12 belos anos, Laura”, escreveu o homem, identificado apenas como D.

O lance inicial de cada item foi estabelecido em 1 euro.

O jornal “Metro” brincou com a situação e disse que o homem por trás do leilão pode ter uma boa carreira no mundo da arte.

Imagens: Reprodução/eBay

O alemão postou um vídeo mostrando como partiu alguns objetos:


ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO MARANHÃO

DATA – 18/06/2015

OTHELINO PARA GUTO 

* Parlamentar apresentou também indicação para que a Ponte José Sarney passe a se chamar, oficialmente, Ponte do São Francisco

  Othelino lembrou que o deputado Edilázio Júnior (PV) já havia suscitado essa discussão ao protocolar uma indicação no sentido de dar o nome do radialista falecido, Herberth Fontenelle, ao estádio Castelão

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) apresentou requerimento, junto à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, que sugere a instalação de uma Comissão Especial para fazer um levantamento de todos os bens públicos do Estado, que têm nome de pessoas vivas, com o objetivo de cumprir a Lei que proíbe esse tipo de homenagem a personalidades que ainda estão entre nós, independente de serem adversários ou aliados. O parlamentar protocolou também indicação para que a Ponte José Sarney passe a se chamar, oficialmente, Ponte do São Francisco, como já é, popularmente, conhecida.

Além do requerimento, o deputado apresentou também uma indicação ao governo do Estado, que visa transformar a Ponte José Sarney, oficialmente, em Ponte do São Francisco. “Na verdade, vamos só estar oficializando a forma como já é conhecida aquela via, além do que vai corrigir uma ilegalidade, que é o fato de ter o nome do ex-senador José Sarney que está vivo. Faço questão de explicar para que não passe a ideia de que seja perseguição”, esclareceu.

 

Segundo o requerimento, a Comissão Especial seria composta por sete membros para fazer um levantamento de todos os bens públicos do Maranhão que ainda tenham nomes de pessoas vivas. O parlamentar disse que, além de a Constituição Federal proibir a colocação de nomes de personalidades, que ainda estão entre nós, em órgãos públicos, já há jurisprudência nesse sentido proibindo e considerando ilegais os atos que realizaram essas homenagens.

Othelino lembrou que o deputado Edilázio Júnior (PV) já havia suscitado essa discussão ao protocolar uma indicação no sentido de dar o nome do radialista falecido, Herberth Fontenelle, ao estádio Castelão. “Inclusive eu próprio concordei com a homenagem que ele quer fazer. Dissemos eu e ele que não era nenhum demérito ao ex-governador João Castelo, que tem as suas qualidades, deixou marcas importantes como governador deste Estado, mas era no sentido de estabelecer a legalidade e fazer valer a lei”, explicou.


GRUPO LEOARDO  II

Vereadores João Moraes, Enezio, Selma, governador Flávio Dino, deputado Othelino e o ex-prefeito Zé Arlindo, estarão no palanque de Leonardo em 2016. 

Pessoas próximas do ex-prefeito ZÉ ARLINDO confidenciaram, ao titular deste do blog, que só neste mês o ex-prefeito, esteve por três vezes reunido com o pré-candidato a prefeito de Pinheiro, com apoio do governo do estado Leonardo Sá.Pondo fim aos boatos propagados nas redes sociais, por entusiastas de uma suposta chapa compostas pelo ex-prefeito da cidade de Pinheiro, Zé Arlindo, e o suplente de deputado estadual Luciano Genésio, o ex-prefeito descarta qualquer possibilidade de repetir a chapa de 2012 e ainda mais invertida, e reitera apoio à pré-candidatura do vereador e primeiro suplente de deputado federal Leonardo Sá, a prefeito de Pinheiro nas eleições do ano que vem.

Em um desses encontros, Zé Arlindo teria afirmado que não recorreria ao mesmo erro cometido em 2012, onde num acordo politico, entregou nas mãos dos Genésios, uma das pastas mais importantes de uma administração. Teria afirmado ainda o ex-prefeito, que a união com os Genésios em 2012, foi “o fim da picada” onde o caos se instalou na Saúde, pasta comanda por Graça Mendes, mãe de Luciano.

Arlindo até hoje lamenta a união em 2012, e afirma que foi prejudicial a sua administração, e foi fator principal de sua não reeleição e relembrou com indignação que mais de 200 mil reais, foram pagos por Graça Mendes, indevidamente e sem autorização sua, a empresa Copa Cabana Construções relembre (aqui). Fato que levou o próprio ex-prefeito registrar um B.O  contra sua ex-secretária e formalizou denuncia.

O ex-prefeito afirma aos seus confidentes, que participará sim do processo eleitoral de 2016 em Pinheiro, mas no palanque do Dr. Leonardo Sá,  pondo fim a boataria propagada por desavisados.


Assltantes santa helena II

Assaltantes dos correios de Santa Helena tombam em confronto com a Policia.

Totalmente armados, Três homens assaltaram na tarde desta quarta-feira (17) a agência dos correios da cidade de Santa Helena. A policia foi acionado,  entraram em confronto com os assaltanes, na troca de tiros os bandidos empreenderam fugan sentido da cidade vizinha de Turilândia,.

Na perseguição / novo confrono nova troca de tiros , onde dois bandidos levaram a pior (Tombaram) . O terceiro homem adentrou o mato está sendo caçado pela policia.

Um dos assaltantes é do municipio de Pinheiro-Ma

Mais detalhes sobre o assalto ainda hoje no Blog

 

 


18/06/2015 08h34 – Atualizado em 18/06/2015 09h16 www.jgmoreira.com.br

Famílias abandonaram as casas por causa da ameaça de traficantes.
Moradores pediram apoio da polícia para deixar as casas em segurança.

Do G1 MA

Moradores do bairro do Coroadinho, um dos mais violentos de São Luís, foram obrigados a abandonar as casas por causa da ameaça de traficantes. Pelo menos 50 famílias já deixaram os imóveis.

Os moradores pediram apoio da polícia para fazer a mudança em segurança. O reforço policial veio depois que moradores denunciaram que estavam sendo expulsos por criminosos que comandam o tráfico na região.

Moradores são expulsos por traficantes no Coroadinho, em São Luís (MA) (Foto: Reprodução / TV Mirante)Famílias usaram carros e caminhões para retirar
pertences (Foto: Reprodução / TV Mirante)

As famílias usaram carros e caminhões para retirar seus pertences. Teve família que recorreu às carroças. Baldes e caixa d´água foram improvisados para levar roupas e comida. Algumas casas já foram colocadas à venda.

Fotos feitas pela polícia mostram bandidos armados monitorando o movimento no bairro. Segundo a Polícia Militar do Maranhão (PM-MA), esta semana um comerciante foi assassinado por traficantes só porque conversou com policiais.

“O silêncio é nosso maior inimigo. Porque se nós tivermos o apoio da comunidade fazendo as denúncias anônimas fidedignas que nós possamos correr atrás e termos o resultado positivo, obviamente a comunidade vai ter muito mais tranquilidade”, disse o major Gehringer Ferreira.

Os moradores que ficaram estão assustados. “Nós estamos com medo, mas o que a gente pode fazer? A gente não tem lugar para ir… Protegendo nós, só Deus”, disse um dos moradores que não quis se identificar.


17/06/2015 15h59 – Atualizado em 18/06/2015 08h05

Polícia de Balsas se preocupa com aumento de armas clandestinas

Mais de 50 armas de fogo já foram apreendidas na cidade.
Maioria das armas utilizadas em assaltos são clandestinas.

Do G1 MA, 

A grande quantidade de armas clandestinas usadas em assaltos tem preocupado as autoridades de segurança em Balsas, a 810 km de São Luís. Segundo informações da Polícia Militar do município maranhense, já foram apreendidas nesse ano, até o momento, mais de 50 armas de fogo.

A Polícia acrescenta ainda que a maioria das armas não possui nenhum registro e estão em poder de adolescentes ou jovens de no máximo 25 anos de idade. Os policiais afirmam que
essas armas clandestinas, geralmente, são usadas na prática de assaltos.

Ainda de acordo com a própria Polícia, a circulação de armas clandestinas na cidade  de Balsas também teria relação com o tráfico de drogas. Nesse caso, as armas estariam servindo como moeda de troca. Segundo o comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar de Balsas, o tenente-coronel Juarez Medeiros, várias operações estão sendo intensificadas a fim de diminuir o número de circulação de armas consideradas clandestinas.

“Só para se ter uma ideia nós já conseguimos aumentar em 30 por cento a apreensão de armas em relação ao mesmo período do ano passado. Esse trabalho que está sendo feito também está tendo ajuda da população que tem nos ajudando ligando para o 190, denunciando aquelas pessoas que estão possuindo armas. A Polícia Militar tem chegado de imediato, principalmente pelo esquadrão de motos e recuperado essa grande quantidade de armas aqui na cidade”, explicou.


BANDIDOS MOTO TAXISTASEis aí sociedade. Postos os miseráveis, réus confessos do assassinato do moto taxista Riba, assassinado por volta das 16; 00 horas de ontem na Vila Zé Arlindo.

 

O serviço de inteligência da Policia, prendeu na tarde desta quarta-feira (17) dois suspeitos de terem assassinado o  moto taxista.  O sem camisa chama-se CÔCO  outro ERICK-Marginais Pinheirenses.

 

Os dois monstros de índoles demoníacas, frios, atrozes e calculistas alimentados por drogas queimadas pelo fogo do inferno tal qual seus corpos também haverão de arder nas mesmas chamas.

 

E ainda há quem diga que esses monstros não mereçam a pena de morte, por se tratar de uma punição extrema, degradante e desumana.( E eles são humanos ?…) Seria que para o dois a pena de morte violaria o direito à vida?

 

Seria a pena de morte uma forma de punição violenta para quem violenta o seu semelhante com requintes de  crueldade da maneira de como agiram esses filhos do demônio no caso do moto taxista.

 

Perdão senhores leitores- Não consigo encontrar uma forma de punição para esses monstros a não ser: Eletrocussãomoto taxista iii, enforcamento, câmara de gás, decapitação, apedrejamento ou injeção letal se nem mesmo neste país as autoridades não institui prisão perpetua

 


Após a explosão, um princípio de incêndio ameaçou as acasas próximas à agência (Foto: Portal iDifusora)

Uma agência bancária no município de Bequimão foi explodida por bandidos na madrugada de hoje. Os moradores acordaram assustados com o barulho e ainda ajudaram a polícia a conter as chamas que ameaçavam alcançar outras casas próximas à agência.

Os suspeitos que estavam em duas motos e um carro fugiram com o dinheiro. A polícia não conseguiu encontrar os bandidos.

Publicidade

 

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) destacou, na sessão desta quarta-feira (17), a realização dos festejos juninos em São Luís, de forma unificada em uma parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura, e a ação de recuperação asfáltica em vários pontos da cidade. “Isso é o fim da sabotagem à capital maranhense. O governador Flávio Dino é visto, constantemente, saindo da Prefeitura e caminhando até o Palácio dos Leões ou vice-versa”, registrou o parlamentar.

 

Segundo Othelino Neto, a Prefeitura de São Luís passou muitos anos sendo sabotada de forma vil e politiqueira, “simplesmente porque o prefeito Edivaldo Júnior não aceitou curvar-se ao mandonismo do grupo que governava ou desgovernava o Maranhão até o final do ano passado”. Para o deputado, é de suma importância para a capital esse trabalho conjunto entre governo e município.

 

O deputado ressaltou, durante o pronunciamento, que quem ganha com essa parceria é a população. “Os beneficiados com essas obras serão os mais de um milhão de habitantes de São Luís que precisam da Prefeitura, do governo do Estado e do governo federal trabalhando juntos por esta cidade”, reforçou.

 

Othelino disse que, desta vez, o Maranhão tem um governador,  de  1º de  janeiro para  cá,  que  de fato está preocupado  com São  Luís. Segundo relatou o deputado, antes  uma cidade  de  dez  mil habitantes recebia  milhões  do governo do  Estado, mas  a Prefeitura  da capital  não poderia ter o mesmo.  “Qual o pecado  do prefeito  Edivaldo Holanda Júnior? Não foi lá baixar  a cabeça  para  a política  do então governo.  Então,  realmente  é um novo momento que  o Estado vive hoje”, frisou.

 

Anos difíceis

 

Em aparte, o deputado estadual Edivaldo Holanda (PTC) referendou o pronunciamento de Othelino e reiterou que o prefeito da capital passou dois anos difíceis, sendo discriminado pelo governo Roseana Sarney, e que hoje está em um novo momento. “A alegria, a expectativa quanto à eleição do governador Flávio Dino, em São Luís, deu-se porque a cidade sabia que ele iria estender a mão a essa capital e ao prefeito jovem, que tanto foi discriminado. Então, o povo festeja hoje esse apoio, essa parceria entre governo do Estado e da Prefeitura de São Luís”, afirmou.

 

Othelino destacou ainda que, não só as obras de pavimentação, mas as intervenções de mobilidade urbana, as avenidas interbairros que vão facilitar e diminuir o problema dos congestionamentos, as parcerias que se estendem à rede pública de saúde fazem a capital viver um novo momento. “O ex-senador Sarney, num artigo, afirmou que São Luís entrou no mês de junho mais triste. Eu vejo diferente. Acho que a cidade vive um momento ainda com muitos problemas, mas começam a surgir parcerias de forma articulada com o governo para que a população possa ter mais intervenções do poder público”, comentou.

Sobre o os artigos de José Sarney, Othelino disse que o ex-senador não conseguiu entender que a porta de saída foi aberta e permanece numa postura que, na verdade, conspira contra a própria militância política dele de mais de 50 anos. “Mas, até para não atentar contra a sua longa e importante carreira política, ele deveria ter compreendido o recado das urnas, da sociedade, ir para casa, virar um observador da política, participar como um cidadão e não como um político rancoroso que perdeu o mando e agora fica distribuindo palavras cheias de ódio no seu jornal”, afirmou.