O presidiário do regime semiaberto Helinton Alves Nogueira, de 27 anos, foi morto com mais de 15 tiros, na noite desta terça-feira (10), na rua 1º de Julho, no bairro da Glória, Zona Oeste de Manaus.

Segundo policiais da 5ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), testemunhas relataram que Helinton, que usava tornozeleira eletrônica do sistema prisional do Estado, foi morto por homens que estavam em um Fiat Uno, cuja placa ninguém anotou.

De acordo com as testemunhas, “Chuck”, como Helinton era conhecido, foi assassinado quando caminhava na rua 1º de Julho.

Os tiros causaram pânico e correria entre moradores. “Chuck” usava tornozeleira eletrônica quando foi morto

 

“Chuck” com familiares

Perita examina o corpo de “Chuck” (Fotos: Divulgação)