Polícia Civil procura terceiro envolvido em crimes contra crianças. Imagens ajudam polícia no caso.

Dois homens suspeitos de pedofilia são presos em Barra do Corda   (Foto: Reprodução/ TV Mirante)

Francisco da Conceição Sousa de 38 anos e Mizael Rocha de Oliveira de 34 anos foram presos pela Polícia Civil na cidade de Barra do Corda, distante 341 km de São Luís, por crimes de pedofilia e estupro de vulnerável. A polícia chegou aos suspeitos depois que uma vítima contou como eles agiam. Os dois trabalhavam em locais ligados a crianças e adolescentes.

“O Francisco se passava por professor de uma escola daqui de Barra do Corda, mas, na verdade, ele ainda está cursando o ensino médio e trabalha na manutenção de computadores e substituía alguns professores quando estavam ausentes. Esse contato dentro dessa escola facilitava o assédio aos jovens estudantes. Já o Mizael, embora trabalhasse no comércio daqui, fazia parte de uma escolinha de futebol e dessa forma tinha amplo acesso para aliciar crianças e adolescentes”, disse Renilto Ferreira, delegado de Barra do Corda.

Segundo a polícia, os dois homens confessaram os crimes e tiveram prisão temporária decretada pela justiça. Agora as investigações seguem no sentido de identificar uma terceira pessoa que aparece em um vídeo tendo relações sexuais com uma criança que tem entre 10 e 12 anos de idade.

“Esse indivíduo já está com sua prisão decretada pela justiça a nosso pedido e nós contamos com a ajuda da população para localizá-lo”, concluiu o delegado.

Por G1 MA, Barra do Corda, MA

 


Dando continuidade às ações de combate ao tráfico de drogas na região metropolitana, a Polícia Civil, por intermédio da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico – Senarc, prendeu, na noite da última segunda-feira (19), Marcio Aurélio Marques Silva, (42 anos), conhecido por MARCINHO e Antônio José De Sousa (36 anos), conhecido por GALEGO, pelos crimes de tráfico ilícito de drogas, associação para o tráfico, posse ilegal de arma de fogo de uso permitido.

A ação policial ocorreu em decorrência de investigação, dando conta que os conduzidos estavam armazenando e comercializando entorpecentes nas suas residências, localizadas na São Sebastião, Jota Câmara, São José de Ribamar e na rua 10, bairro São Cristóvão, São Luís.  Com o suspeito “MARCINHO”, foram apreendidos 08 (oito) tabletes de CRACK, bem como 5 (cinco) munições cal. 38, e demais apetrechos utilizados no tráfico de drogas. Em continuidade às diligências policiais, equipes da Senarc conseguiram efetuar a prisão de Antônio Jose, com o qual foram arrecadados 04 (quatro) tabletes de crack, 02 (dois) tabletes de pasta base de cocaína, 04 (quatro) pacotes de tamanhos variados e 02 (dois) recipientes contendo COCAÍNA, além de um revólver, marca rossi, calibre 38, com uma munição do mesmo calibre, uma pistola, cal. 22 e 81 munições cal. 22, bem como diversos apetrechos utilizados para preparar e embalar o material entorpecente. Ademais, foram aprendidos os seguintes veículos:

  1. a) Ranger, placa KHI 9941/PE;
  2. b) máquina agrícola tipo trator;
  3. c) corsa branco, placa NXD 2836 e
  4. d) veículo ssangyong actyon, placa nwz 5644, todos de propriedade de galego.

Ressalta-se que, GALEGO responde a vários processos criminais, tendo sido preso em 2008, pela Polícia Federal, com 300Kg de maconha, além de responder processo por tráfico de drogas no Pará e responder por pratica de crimes de receptação de veículos roubados na Comarca de São Luís/MA. Após os trabalhos policiais, todos foram encaminhados à sede da Senarc, onde foram autuados em flagrante delito pela prática dos crimes de tráfico de drogas e associação ao tráfico, bem como posse ilegal de arma de fogo de uso permitido. Após adoção dos procedimentos legais e de praxe, os conduzidos foram encaminhados ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde ficarão à disposição do Poder Judiciário.

Por: Ascom SSP


A polícia vai investigar o caso e averiguar como eles conseguiram furar a segurança.

No último domingo (17), dois homens foram presos no município de Caxias, suspeitos de tentar fraudar as provas do concurso da Polícia Militar do Maranhão.

O coronel Rui, que é do Comando de Policiamento de Área 4, em Caxias, contou que os suspeitos, do Estado de Pernambuco, estavam com celular recebendo gabarito de uma terceira pessoa via mensagens. A ação foi verificada pelos fiscais do certame que acionaram policiais militares.

A prisão foi efetuada no campus da Universidade Estadual do Maranhão (Uema) em Caxias. A polícia vai investigar o caso e averiguar como eles conseguiram furar a segurança.

 Da redação JP: José Linhares Jr.Data de publicação: 

rosario_

Foi preso, na manhã de ontem terça-feira (11), Valdimir Sousa, conhecido como “Cabeludo”.

Foi preso, na manhã desta terça-feira (11), Valdimir Sousa, conhecido como “Cabeludo”, apontado como o autor do estupro contra duas crianças, de 9 e 11 anos. A Delegacia Especializada da Mulher de Rosário, coordenada pela delegada Natália F. M. P. Leite, deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva em desfavor do suspeito, na “Operação Criança Segura”.

cabeludo

Valdimir Sousa, conhecido como “Cabeludo”

Natália Leite comentou, no que diz respeito ao caso, que Valdimir “Cabeludo” seria vizinho das vítimas, que eram atraídas pelo criminoso à sua residência, onde, provavelmente, ocorriam os abusos sexuais. Capturado, ele foi encaminhado à Delegacia Regional de Rosário, permanecendo, nesse sentido, à disposição da Justiça.

Fonte: Nelson Melo/Rosário