Natanaelson,Motorista que causo a morte do menino Alexandre

Por volta das 22:30 hs de ontem (13, o instrutor de uma auto escola de nome Natanaelson Diniz Pinheiro, de 28 anos , residente na Rua José Vitorino Pinheiro  N° 98, Bairro Mutirão, São Bento –MA conduzido e o veículo Volkswagen UP Take MA-2014/2015 de cor branca, placa: OXQ-5504. O mesmo ao ser abordado pela policia apresentava  sintomas de embriaguez, motivo qual o  que levou a perder a direção do veiculo que dirigia ocasionando o acidente que provocou a morte do menino Alexandry Neto Reis da Silva de apenas 04 anos. O acidente aconteceu na Rua Newton Bello, Próximo a Rodoviária no bairro Aeroporto

Menino Alexandry atropelado e morto no acidente

A Guarnição da Policia Militar recebeu denúncia via telefone sobre o ocorrido, se deslocando até o local e comprovando a veracidade da informação, do acidente.
Segundo a PM,  Natanaelson Diniz Pinheiro estava dirigindo o veículo sob efeito de álcool perdeu o controle do carro provocando o acidente atingindo a vítima que estava sobre a calçada, a qual veio a óbito a caminho do hospital, populares estavam ameaçando de linchar o acusado, foi realizada a condução do mesmo até a Delegacia Regional de Pinheiro para que sejam tomadas as devidas providências sem lesões corporais.
Com informações Portal do Baixadeiro.

MILAGRE!…  Não há outra explicação. Você vai concordar comigo após ver o vídeo no final desta postagem e saber que as duas crianças atropeladas – uma de 3 e outra de 13 anos – sequer sofreram alguma fratura.

O atropelamento ocorreu ontem à tarde na Bola da Suframa, Zona Sul de Manaus.

O motorista parou e prestou socorro ao menino e à menina, que foram encaminhados para o Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo e para o Hospital Joãozinho, respectivamente. Ambos na Zona Leste.

Veja o momento em que os dois foram atropelados:

ATENÇÃO! IMAGENS FORTES!

Por Matheus Sampaio, editor do PORTAL DO ZACARIAS

                                      Jamesson morreu na hora e Manuela Lúcia está em coma 

O comerciante Otaviano da Silva Matos está sendo acusado de entregar a direção do carro Nissan Sentra, preto, placa PHA-4855, para uma jovem inabilitada que acabou provocando um acidente grave e fatal no dia 2 deste mês, ao atropelar um casal na Avenida Oscar Borel (antiga São Pedro), bairro da Compensa, Zona Oeste de Manaus.

No acidente morreu na hora o proprietário da Empresa JL, Jamesson de Melo Leite, e ficou gravemente ferida a sua eposa Manuela Lúcia dos Santos Amazonas, que está grávida e encontra-se em coma no Hospital e Pronto-Socorro Dr. João Lúcio Pereira.

A família das vítimas está revoltada, pede justiça e também denuncia a omissão de Otaviano Matos, que até a presente data não prestou nenhum tipo de ajuda financeira ou apoio moral, agindo, no entendimento de todos, como se nada tivesse acontecido.

 

Otaviano não prestou nenhuma ajuda à

vítima em coma até agora (Fotos: Divulgação)

Como agravante do duplo atropelamento que resultou na morte de uma pessoa e ferimentos gravíssimos na outra vítima, os denunciantes afirmam que Otaviano Matos estava ensinando a dirigir uma jovem identificada como Jaíza Freitas.

O carro trafegava pela contramão da avenida, como mostra o vídeo abaixo. Testemunhas revelaram que depois do acidente, Otaviano Matos tentou assumir a autoria do atropelamento trocando de lugar com a jovem que estava ao volante aprendendo a dirigir.

O carro está em nome de Ronilson Bezerra Batista, mas no veículo atropelador estavam somente Otaviano e a jovem, que, segundo ainda as pessoas que assistiram ao acidente, entrou em desespero quando viu Jamesson Melo já sem vida na pista.

Gravações feitas por uma câmera de segurança instalada na Avenida Oscar Borel mostra o carro na contramão momentos antes do acidente.

 Com informações: Portal do Zacarias

O acidente foi registrado por volta das 15h00 deste domingo (01/04) no povoado Eldorado (zona rural de Araguanã, distante 25 quilômetros da sede).
Segundo relatos de testemunhas que viram o momento da colisão, Adriana da Conceição (27 anos) cruzou a estrada no exato momento em que o ônibus escolar transitava pelo local, a vítima teria se atirado na frente do ônibus, com a surpresa, o condutor não teve tempo para qualquer reação emergencial. Segundo informações já confirmadas a mulher que veio a óbito no acidente, sofria de distúrbios mentais e estaria alcoolizada.
Duas testemunhas se apresentaram voluntariamente ressaltando a inocência do motorista no ocorrido, que apesar de não ter culpa preliminar no acidente, se evadiu do local com receio de ser linchado por populares.
Fonte /  AcidadedeVerdade

 

 

 


29/10/2015 07h21 – Atualizado em 29/10/2015 10h22 www.jgmoreira.com.br

Acidente aconteceu enquanto caminhoneiro fazia manobra com o veículo.
Mãe da criança só percebeu a ausência da filha quando escutou gritos na rua.

Rafaella MendesDo G1 Santos

Durante manobra caminhoneiro atropelou criança em Itanhaém (Foto: G1)Caminhoneiro atropelou criança durante manobra em Itanhaém, no litoral de São Paulo (Foto: G1)

Uma criança de um ano e três meses morreu após ser atropelada por um caminhão nesta quarta-feira (28), no bairro Balneário Tupi, em Itanhaém, no litoral de São Paulo.

Menina morreu no local do acidente em Itanhaém, SP (Foto: G1)Menina morreu no local do acidente (Foto: G1)

O caso aconteceu na Rua Iemanjá quando o motorista de um caminhão estava monobrando o veículo. Neste momento, a criança passou por trás do caminhão engatinhando. Sem conseguir ver a menina, o condutor deu a marcha à ré e acabou atropelando a criança.

Após ouvir gritos das pessoas que estavam passando pelo local, o motorista freou o veículo e só então notou o que havia ocorrido. Segundo informações da Polícia Civil, a mãe, que tem 20 anos, estava na cozinha distraída com suas atividades e não percebeu que a menina havia saído de casa.

Ainda de acordo com a polícia, a mãe afirmou em depoimento que sentiu falta da filha ao mesmo tempo em que escutou os gritos na rua. Ao sair da residência, ela encontrou a menina caída no chão.

Em depoimento, o motorista relatou que estava no bairro para fazer uma entrega de móveis, mas o cliente não estava no local. De acordo com a polícia, foi neste momento que o acidente ocorreu.

A ocorrência foi encaminhada para o 2º Distrito Policial da cidade, onde o caso é investigado.