Em uma demonstração de força politica e prestigio o prefeito de Pinheiro-Ma, Luciano Genésio(PP) apresentou seus candidatos que estão em busca de vagas para cargos eletivos  na eleições deste ano.

Em EVENTO que de inicio lotou a Praça São José, onde mais de dez mil pessoas  em caminhada , percorreu  ruas da cidade com destino à Praça do Centenário culminando com um grande comício, que contou com a presença de diversas autoridades e aliados  do grupo politico do prefeito; a exemplo de ´presidentes de Sindicatos, Associações Comunitárias, do presidente da Câmara Elizeu de Tan Tan e demais vereadores da base.

O prefeito apresentou para Governador-FLAVIO DINO,Deputada Estadual- DRª THAYZA, Senadores- WEVERTON e ZÉ REINALDO, Deputado Federal- ANDRÉ FUFUCA. Com este importante apoio, os candidatos terão maioria significativa de votos no município, é o que se presume .

“O prefeito Luciano destacou a sua gratidão pelos amigos e aliados políticos, que demostraram apoio às candidaturas, participando deste GRANDIOSO EVENTO, afirmando que caminharemos juntos, trabalhando pela população com comprometimento e verdade”. ressaltou .

 


Em evento realizado  com proximamente 1.500 Pinheirenses na noite desta quinta-feira (30) no Centro Recreativo da Colonia dos Pescadores de Pinheiro, foi lançado O PROJETO ALIANÇA CHAPA FECHADA capitaneada pelo prefeito Luciano Genésio, em apoio às candidatura da  Drª THAYZA HORTEGAL e aliados para as eleições /2018.

Com isso, Luciano não só declara apoio como também anunciou que fará campanha para o Ex-Presidente Lula(13) Governador Flavio Dino (65) Senadores José Reinaldo (455) e Weverton Rocha (123), Deputado Federal André Fufuca (PP) e Drª THAYZA HORTEGAL(PP) para Deputada Estadual.O anuncio foi feito ontem durante a Reunião com Lideranças e amigos, onde afirmou que vai se engajar no processo eleitoral e pedir votos para os seus candidatos.

Falando a nossa reportagem Luciano, disse:

“Analisei o quadro político atual do Maranhão / Brasil e optei por aqueles em quem confio e acredito serem os mais preparados para  buscar benefícios para Pinheiro e apoiar a nossa região. Estarei trabalhando na expectativa de elegê-los”, disse. 

OS NOSSOS CANDIDATOS SÃO:

Dep. Fed: @andre_fufuca 
Dep. Est: @thaizahortegal
Senador: @ze.reinaldo
Senador:@wevertonsenador123
Governador: @flaviodino65
Presidente: @lula13 @ Pinheiro, Maranhao, Brazil

Assessoria de Comunicação/ www.jgmoreira.com.br- Jornalista Registro nº0001396 SRTE-MA

 


 

Figurando como uma das principais lideranças jovens da política do Maranhão, o prefeito do município de Pinheiro, Luciano Genésio (Avante) declarou apoio público às pré-candidaturas dos médicos André Fufuca (PP) e Thaíza Hortegal (sem partido) para os cargos de deputado federal e deputada estadual, respectivamente.

Tentando renovar o mandato, André Fufuca disse ter ficado extremamente satisfeito com o apoio do prefeito pinheirense.

“Trata-se de uma grande liderança jovem, que realiza um grande trabalho em Pinheiro. Trabalho, este, que tornou-se referência para todas as regiões do estado”, disse o parlamentar.

Primeira-dama de Pinheiro, Thaíza executa um importante trabalho social no município e conta com vários apoios importantes, como é o caso do seu pai, o também médico e vice-prefeito de Chapadinha, Talvane Hortegal.

De acordo com ela, sua pré-candidatura à Assembleia Legislativa também vem sendo estimulada por outros segmentos da sociedade, que defendem uma renovação nos quadros da política maranhense.

 


urna-eleitoral

O atual cenário politico e a eleição para prefeito/2016  da Baixada Maranhense  está desenhado com o favoritismo de quem realmente trabalhou uma campanha eleitoral limpa das muitas candidaturas que  domingo dia (02/10) 163.156 eleitores de 07 Municípios mais próximos de Pinheiro-Ma ( mencionados por este blog) vão às urnas escolher o prefeito e os vereadores dos municípios pelos próximos quatro anos. /ELEITORES POR MUNICÍPIO /  Pinheiro 56.338, Presidente Sarney 14.575, São Bento 24.343, São Vicente de Ferrer 15.393, Santa Helena 24.558, Peri-Mirim 11.564 e Palmeirândia 16.385, Municípios quais os cidadãos e cidadãs exercem o direito de votar.

Portanto é preciso refletir e pensar em  cada detalhe das propostas dos  candidatos . É o momento soberano da democracia. A hora de fazer a escolha de forma consciente, na escolha dos candidatos  e quem de fato e com responsabilidade poderá fazer algo pela sua cidade, pelos moradores do município inclusos a zona rural. Quão experiência e seriedade o candidato mais centrado para elaborar políticas públicas para saúde, educação, habitação, Infraestrutura, Saneamento básico, mobilidade de melhorias no transporte escolar e demais setores da administração municipal.sessenta-e-cinco

E que fique bem claro… Como representante do Executivo, o prefeito tem de administrar a cidade, controlar os recursos, planejar e concretizar obras que beneficiem a população, sobretudo, as mais carentes, que tanto tem sofrido com o abandono.

Os outros que menos fazem como costumo dizer (vereadores), por sua vez, são responsáveis por elaborar e votar projetos que não seja só de interesse dos prefeitos, fiscalizar as ações do poder Executivo (???), zelar pelo orçamento municipal com aplicação correta das verbas (???).

O MEDO E OS EFEITOS DA HERANÇA MALDITA!…

Portanto, está nas mãos de cada eleitor a responsabilidade pelos municípios mencionados na Baixada Maranhense, qualquer que seja o candidato (a) vitorioso (a) ao cargo de prefeito, entre os disputantes (supunha-se que muitos deles) já se anunciando em caráter especulativo, (novo prefeito) TERÁ O OBRIGATÓRIO DEVER de escancarar à população os  segredos da herança maldita, ora que cada prefeitura tenha trancafiados a sete chaves. Quem  vencer as eleições, caso deixe de fazê-lo está assumindo a cumplicidade de escândalos causadores de volumosos rombos aos cofres municipais das prefeituras que irão governar.

Anunciados em caráter especulativo pela população como vencedores:

++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

PINHEIRO- DISPUTA ACIRRADA- Dr. Leonardo Sá X Luciano Genésio= Vence / Dr. Leonardo Sá

SÃO BENTO- LUIZINHO BARROS X DINO PENHA = Vence / LUIZINHO BARROS

PRESIDENTE SARNEY- VALÉRIA CASTRO X DR. NETO = Empate técnico

SÃO VICENTE DE FERRER – CONCEIÇÃO  X  LELÉ AROUCHE  X  LUIS FERNANDO- Vence / CONCEIÇÃO

SANTA HELENA- DR. LOBATO  X ZEZILDO ALMEIDA = Vence DR. LOBATO

PERI-MIRIM – JOÃO FELIPE X GERALDO AMORIM = Vence / JOÃO FELIPE

PALMEIRÂNDIA – WELLINGTON MUNIZ  X JORGE GARCIA  = Empate técnico

Nota do Blog:

Tratem de tornar publico e transparente –  na primeira oportunidade do primeiro dia do primeiro mês de governo de cada um de vocês eleitos – documentos contábeis suspeitos de conterem falsificações de faturamentos e superfaturamentos em licitações presumíveis de desvios de dinheiro. Tudo isso oculto, ignorado nos cofres de uma prefeitura têm o significado de uma bomba de efeito retardado que a qualquer hora explodem  na cara de que for conivente com esse crime.

Boa Sorte!


224

A  última caminhada antes da eleição realizada ontem quarta feira, tarde/noite (28) confrontou as dos três candidatos a prefeito e confirmou o favoritismo de LEONARDO SÁ (PC do B) e ANA PAULA LOBATO (PDT).  Os  candidatos da “Coligação Mudando com o Maranhão” sempre mostraram melhor preparo, desde as melhores propostas de governo, sempre realistas e nunca se afugentaram dos ataques dos adversários combatendo-os com propostas  sem criar armadilhas para o eleitor e nem prometem aquilo que não poderão cumprir depois de eleitos.  O que para tanto o  eleitor está atento e quer soluções objetivas para os problemas que se apresentam no dia a dia da nossa cidade.

245

Até agora na campanha eleitoral, Leonardo Sá tem questionado  com o eleitorado dentro das suas comunidades por onde tem passado  as questões relativas a educação, saúde, infraestrutura, saneamento basico, mobilidade no transporte escolar, merenda escolar nas escolas municipais , gestão fiscal e articulação politica dentro do municipio, mostrando além de tudo a firmeza nas suas palavras e a compostura em resposta aos outros candidatos, sem ataques e ofensas pessoais.

246

Leonardo Sá tem mostrado as grandes marcas do governo Flavio Dino que apoia sua candidatura, como a implantação de obra asfáltica em Pinheiro trazida pelo Deputado Othelino Neto, o Hospital Macro Regional da Baixada, reformas das escolas publicas do estado e melhorias diversas em todos os setores da administração estadual.

242

LEONARDO SÁ  é o favorito para vencer eleições

243

Leonardo Sá e Ana Paula Lobato lideram as intenções de voto com folga. Levantamento realizado pelas  Pesquisas coloca o candidato a prefeito pelo  PC do B com larga vantagem nos percentuais de votos à frente dos seus opositores.

236

234

239

233

226


José Eliton está internado em UTI do Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol) em Goiânia Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Segundo hospital, quadro é estável, mas ele respira por aparelhos.
Candidato Zé Gomes, PM e atirador morreram; advogado ficou ferido.

O vice-governador e secretário de Segurança Pública de Goiás, José Eliton (PSDB), está internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), em Goiânia. Ele foi baleado na região do abdômen durante um atentado que matou o candidato a prefeito de Itumbiara José Gomes da Rocha (PTB). Diretor geral do Hugol, Hélio Ponciani informou que José Eliton tem estado de saúde estável e está entubado, respirando com a ajuda de aparelhos.

“Ele deu entrada na nossa UTI, ele está estável, ainda entubado e respirando com aparelhos. Ele deve passar por exames, mas cirurgia ainda não há previsão. Ele vai permanecer na UTI pelo tempo necessário”, afirmou o diretor.

A troca de tiros aconteceu durante uma carreata nesta quarta-feira (28) em Itumbiara, no sul goiano. Também morreram o cabo da PM Vanilson João Pereira, de 36 anos, e o atirador, identificado como Gilberto Ferreira do Amaral, de 53 anos, funcionário da prefeitura. Já o advogado Célio Rezende, que participava da carreata, também foi baleado e está hospitalizado.

José Eliton, novo secretário de Segurança Pública de Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)vice-governador José Eliton foi baleado em carreata em Itumbiara, Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Logo após o atentado, Eliton foi socorrido e levado para o Hospital Municipal Modesto de Carvalho, em Itumbiara. O diretor clínico da unidade, Ernani Oliveira Rodrigues, disse que secretário chegou ao local assustado, mas consciente e lúcido.

Segundo Rodrigues, o vice-governador passou por uma cirurgia exploratória no abdômen ainda em Itumbiara. “A operação foi feita para procurar alguma lesão interna, alguma hemorragia, mas não foi encontrado nada disso. Ele só teve a lesão muscular, os exames também não mostraram nenhuma bala alojada no corpo”, afirmou em entrevista ao G1.

O médico afirmou que atendeu também o candidato Zé Gomes, que chegou à unidade de saúde já com parada cardiorrespiratória. As equipes tentaram reanimar o político por cerca de uma hora, mas ele não resistiu.

“Ele teve trauma importante na região torácica e cervical, perto da clavícula. Teve uma lesão interna com muito sangramento. Ele foi entubado, medicado, mas sem sucesso. O óbito dele foi declarado às 18h44”, disse.

O diretor contou que o policial militar Vanilson João Pereira também chegou ao hospital com parada cardiorrespiratória, e as equipes tentaram reanimá-lo, mas ele teve uma hemorragia abdominal e não resistiu. O médico disse ainda que foi possível identificar que duas balas acertaram o PM na região do abdômen. O óbito dele foi declarado às 18h35.

Rodrigues pontuou que o advogado foi baleado na região da coluna, mas ainda seria analisado pelas equipes do hospital.

Homem identificado como funcionário da prefeitura de Itumbiara Gilberto Ferreira do Amaral, de 53 anos, atirou contra cabo da PM Vanilson João Pereira (caído no chão), vice governador José Eliton e candidato José Gomes durante carreata em Itumbiara Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Autor dos disparos também foi morto durante atentado (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Governo
O vice-governador, que também é secretário de Segurança Pública do estado, estava como governador em exercício, já que o governador Marconi Perillo (PSDB) viajou no último dia 19 deste mês para uma missão comercial nos Estados Unidos. Enquanto Perillo não retorna a Goiás, o presidente da Assembleia Legistaltiva, Hélio de Sousa (PSDB), será o governador em exercício.

Ainda de acordo com a assessoria, o retorno de Marconi Perillo a Goiás estava previsto para a próxima sexta-feira (30). No entanto, devido ao atentado, ele antecipou a volta e deve chegar a Goiânia na quinta-feira (29). Em seguida, concede uma entrevista coletiva sobre o caso.

Investigação
O governador destacou ainda que as Forças de Seguranças deram início à investigação para elucidar a motivação do atentado. Os comandantes das polícias Civil e Militar foram requisitados para irem imediatamente à Itumbiara a fim de acompanhar a apuração.

De acordo com o delegado regional de Itumbiara, Ricardo Chueire, os primeiros procedimentos para apurar o caso já foram realizados. “Ainda não temos a motivação. Já ouvimos testemunhas oculares, fizemos uma perícia preliminar e conseguimos imagens de câmeras de segurança”, explicou ao G1.

O ataque
Imagens mostram o tumulto e barulho de tiros no momento do atentado (veja vídeo acima). Conforme a assessoria de imprensa do Governo de Goiás, o atirador parou na frente do veículo onde Eliton e José Gomes estavam e efetuou vários disparos.

O deputado federal Jovair Arantes (PTB) também estava no veículo que foi alvo do ataque. Ele contou que o atirador estava sozinho em um carro que seguia na pista contrária à do comboio.

“Todo mundo achou que vinha pegar na mão, mostra um papel para o Zé [José Gomes]. De repente, ele sacou a pistola e começou a atirar a esmo. Graças a Deus que um segurança da responsabilidade da vice-governadoria estava presente e matou o cara”, afirmou.

Fonte G1


riba-do-bom-viver-024

RIBA DO BOM VIVER ARRASTOU MULTIDÃO PARA O COMÍCIO DA SUA COLIGAÇÃO “MUDANDO COM O MARANHÃO” NO POVOADO BOM VIVER.

Concentração foi no Povoado Ponta Branca e percorreu  as principais vias de acesso da localidade até o ponto final da caminhada na Praça do Bom Viver local do grande comício .

 

 


 

urna-eleitoral

Vazou ontem o print de um grupo do WHATSAPP, com uma mensagem explicita de alguns supostos e ainda desconhecidos cabos eleitorais da coligação do candidato 15 (PMDB) sobre uma possível. compra de votos a moradores dos Povoados Bom Viver, Gama, Ponta Branca, conforme descrito no print abaixo.

Como é sabido compra de votos é crime eleitoral e causa cassação e ilegibilidade.

marize

Veja o que diz o TSE sobre o Tema:

A captação ilícita de sufrágio (compra de votos) é ilícito eleitoral punido com a cassação do registro ou do diploma do candidato e multa, de acordo com o artigo 41-A da Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997), e inelegibilidade por oito anos, segundo a alínea ‘j’ de dispositivo do artigo 1º da Lei Complementar nº 64/90 (Lei de Inelegibilidades), com as mudanças feitas pela Lei da Ficha Limpa (LC nº 135/2010).

O ilícito de compra de votos está tipificado no artigo 41-A da Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997). Segundo o artigo, constitui captação de sufrágio o candidato doar, oferecer, prometer ou entregar, ao eleitor, com o fim de obter-lhe o voto, bem ou vantagem pessoal de qualquer natureza, inclusive emprego ou função pública, desde o registro da candidatura até o dia da eleição, inclusive, sob pena de multa de mil a cinquenta mil Ufir, e cassação do registro ou do diploma. Além da Lei das Eleições, o Código Eleitoral (Lei nº 4.737/1965) tipifica como crime a compra de votos (artigo 299). Prevê pena de prisão de até quatro anos para aqueles que oferecem ou prometem alguma quantia ou bens em troca de votos, mas também para o eleitor que receber ou solicitar dinheiro ou qualquer outra vantagem, para si ou para outra pessoa (artigo 299).

Já a alínea ‘j’ do inciso I do artigo 1º da LC 64/90 (alterada pela LC 135/2010 – Lei da Ficha Limpa) afirma que são inelegíveis, pelo prazo de oito anos a contar da eleição, os condenados, em decisão transitada em julgado ou proferida por órgão colegiado da Justiça Eleitoral, por corrupção eleitoral, por captação ilícita de sufrágio (compra de votos), por doação, arrecadação ou gastos ilícitos de recursos de campanha ou por conduta vedada aos agentes públicos em campanhas eleitorais que impliquem cassação do registro ou do diploma.

A Justiça Eleitoral pune com muito rigor, conforme a lei, quem tenta influenciar a vontade do eleitor com a prática de compra de votos. Isto porque, pela legislação, o direito do cidadão ao voto livre, consciente e soberano é um bem juridicamente tutelado, devendo quem comete o ilícito sofrer as sanções que a lei estipula.

No entanto, a jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já fixou alguns pontos sobre a questão. Para o TSE, para alguém ser condenado por compra de votos não é necessário verificar a potencialidade da conduta (comprar um voto já é crime); é preciso que haja provas robustas e firmes contra o acusado para condená-lo; e para caracterizar o crime é indispensável a prova de participação direta ou indireta dos acusados, permitindo-se até que esta seja na forma de explícita anuência dos denunciados em relação à conduta praticada, não bastando, para configurar o ilícito, o proveito eleitoral que com os fatos tenham obtido, ou a presunção de que desses tivessem ciência.

A Lei nº 12.034/2009 (minirreforma eleitoral) incluiu no artigo 41-A da Lei das Eleições não ser necessário o pedido expresso de voto para caracterizar o crime. Diz o parágrafo primeiro do artigo: “para a caracterização da conduta ilícita, é desnecessário o pedido explícito de votos, bastando a evidência do dolo, consistente no especial fim de agir”.

Ou seja, para caracterizar a compra de votos é preciso que ocorram, de modo simultâneo, os seguintes requisitos: prática de uma das condutas previstas no artigo 41-A da Lei nº 9.504/1997; fim específico de obter o voto do eleitor; e participação ou anuência do candidato beneficiário na prática do ato.

“O eleitor deve procurar a Justiça Eleitoral e, principalmente, o Ministério Público Eleitoral (MPE), o promotor eleitoral da localidade, levar os fatos, as suspeitas, fazer uma declaração formal e pedir que o promotor investigue. Ele com certeza fará isso”, afirma João Fernando Carvalho, especialista em Direito Eleitoral.

Segundo ele, é importante também esse “movimento de cidadania, esse movimento do eleitor individual para combater esse grande mal que assola a democracia brasileira, que é a corrupção”.

A representação denunciando alguém por compra de votos pode ser ajuizada a partir do pedido de registro da candidatura até a data da diplomação.


CAMINHDA III

Depois da estupeficada idiotice publicada hoje pela manha num blog da capital do estado apontando a retirada  da candidatura de prefeito do Medico Leonardo Sá (PC do B) em favor de Luciano Genésio também candidato a prefeito pelo  (PP), alegando DESLAVADA MENTIRA  que Luciano vem pontuando nas pesquisas internas e que o Palácio do Leões estaria  articulando e/ou cogitado a retirada da candidatura do médico, a reação do grupo do PC do B em Pinheiro enojou e reagiu de forma veemente contra mais um factóide criado a troco de migalhas.

O grupo do PC do B em Pinheiro repudia a invenção da matéria  e a conduta do candidato Luciano por ter aceito o Blog vir até aqui a um site eletrônico de homens e mulheres bons e virtuosos, e de uma terra que sofre até hoje por desmandos de administrações * espalhar mentiras contra a verdade que é somente uma: “LEONARDO SÁ E ANA PAULA LOBATO são os candidatos do governo do estado e  que o nosso amado povo Pinheirense aclama e são bem recebido nos lugares por onde passam. Essa noticia é mais uma encenação de blog compactuada  com os adversários de Leonardo para desestabilizar a sua candidatura. É mais um factóide produzido por marketing de jornalismo mequetrefes.”Isso é bomba de papel”, fora isso não há verdades.

caminhada-amanha

Continuamos nossa caminhada rumo a vitoria. Não nos preocupemos com matérias sujas. Repudiamos mentiras,  nosso lema é criado de verdadeiros luminares.

AVANTE ! Amanhã temos caminhada .

 


Divulgação
Foto: Beto Pituxa (PDT), atual prefeito de Matinha, e seu adversário, Eldo Jorge (PCdoB)

Beto Pituxa (PDT) e Eldo Jorge (PCdoB), únicos candidatos do município, tiveram suas candidaturas indeferidas hoje pelo TRE

Os dois candidatos ao cargo de prefeito do município de Matinha, Beto Pituxa (PDT), e Eldo Jorge (PCdoB), tiveram suas candidaturas indeferidas hoje, por unanimidade, pela corte do TRE-MA. Todos os desembargadores seguiram o voto do relator, Raimundo Barros.
Beto Pituxa tem condenação confirmada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), por improbidade administrativa. Enquanto Eldo Jorge, uma multa em processo de compra de voto. Com a decisão, e faltando apenas 20 dias para as eleições, a cidade maranhense está sem nenhum candidato concorrente para a disputa.
Foram julgados ao todo até agora, 121 processos, dos quais 47 tratavam de recursos de registros de candidaturas e 74, sobre transferência de domicílios e filiação partidária.
O calendário eleitoral prevê que a data em que todos os pedidos de registro de candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador, inclusive os impugnados e os respectivos recursos deviam ser julgados pelas instâncias ordinárias e publicadas as decisões até hoje(12).