corpo

Foto: Divulgação

O policial militar confirma o encontro de cadáver e aproveita para fotografar a vítima

O cadáver de um um homem com mordaça na boca, além dos pés e mãos amarrados, foi encontrado no começo da manhã desta quarta-feira, dentro de uma casa que está com a obra paralisada há vários meses na Comunidade Paraíso Verde, próximo ao Conjunto Viver Melhor 2, Zona Norte de Manaus.

Segundo policiais militares da 15ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o homem trajava bermuda jeans, camisa de meia e sapatilha, todos de cor azul, e foi executado depois de ser torturado, com pelo menos dois tiros na cabeça e um disparo nas costas.

Um grupo de garotos que brincava na área encontrou o cadáver e a Polícia Militar foi avisada depois que a notícia do crime circulou rapidamente entre os moradores da comunidade Paraíso Verde, que é oriunda da invasão de uma área de mata ao lado do Conjunto Viver Melhor 2.

Foi o terceiro crime de assassinato registrado naquela área de Manaus em pouco mais de 24 horas. Na terça-feria de manhã, foi encontrado decapitado o traficante “Billy”. Na noite do mesmo dia foi assassinado Fernando Nunes Vieira, 31, e nesta quarta-feira de manhã, moradores encontraram o homem amarrado na casa em construção.

A polícia investiga os crimes.

 

Fotos: Divulgação

Fonte: Portal do Zacarias.


Foto: Divulgação

O cadáver foi encontrado por moradores que chamara a polícia logo em seguida

Um homem de aparência bem jovem, que a polícia acredita ser um adolescente, foi encontrado morto por estrangulamento, dentro de uma mala no final da Rua Sena, bairro do João Paulo II, Zona Leste de Manaus.

Assim que o dia começou a clarear, por volta das 5h30 desta segunda-feira, os primeiros moradores que saíam de suas casas para trabalhar se depararam com a mala e dentro dela estava o cadáver com as pernas e os pés para o lado de fora.

A mala foi amarrada com fios elétricos, e assim que foi aberta, os policiaisi da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) e os peritos do Instituto de Criminalística (IC) também constataram muitos sinais de espancamento na vítima.

No final da rua existe uma pequena área de mata e durante a madrugada, comentaram os moradores, quase sempre alguns usuários de drogas se reúnem no local para consumir entorpecentes e bebidas alcoólicas.

O homem não foi reconhecido por ninguém que estava no local, não tinha nenhum documento de identificação pessoal e depois do exame pericial foi removido pela equipe do Instituto Médico Legal (IML).

Com informações: Portal do Zacarias


Foto: Divulgação

o cadáver tinha perfurações de tiro e de faca segundo informação da polícia

Um corpo do sexo masculino, com perfurações de bala, golpes de faca no peito, pescoço, cabeça e tórax, foi encontrado enterrado em uma cova rasa na área de mata que fica por trás do conjunto habitacional Viver Melhor, primeira etapa, no bairro de Santa Etelvina, Zona Norte de Manaus.

Os pés do homem estavam amarrados com um pedaço de corda e o corpo teria sido levado para o local, durante a madrugada, por um grupo de homens que teria chegado em uma Hilux, que saiu do local por volta das 03hs da madrugada, de acordo com relatos de alguns moradores.

Assim que a tarde começou, pessoas que moram mais próximas do local se reuniram, entraram no matagal e descobriram o corpo que estava bastante encharcado de barro, devido a forte chuva que caiu na cidade durante quase todo o período da manhã, principalmente nas Zonas Norte e Leste.

Equipes da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Perícia Técnica e Científica, Corpo de Bombeiros e uma guarnição da Polícia Militar trabalharam na área de mata de difícil aceso para a retirada do cadáver do homem desconhecido, que posteriormente foi levado para o Instituto Médico Legal IML.

 


“Marreta” teria sido torturado antes de ser alvejado e morto a tiros

O traficante de drogas identificado até o momento apenas com o apelido de “Marreta”, foi executado a tiros e seu corpo encontrado ao amanhecer desta quarta-feira, na carroceria de um carro picape D-20 que está fora de uso e abandonada na Rua Barcelos, bairro da Praça 14 de Janeiro, Zona Centro-Sul de Manaus.

Informações repassadas para a polícia no local por moradores revelaram que “Marreta” sempre esteve ligado ao tráfico de drogas, roubos e outros crimes, por isso era considerado de alta periculosidade. Como também tinha muitos inimigos tão perigosos quanto ele e estava jurado de morte, disse um morador.

As primeiras pessoas que viram o corpo de “Marreta” na carroceria do carro abandonado chamaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que enviou uma equipe mas logo veio a confirmação da morte do bandido.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) está investigando o crime.

 

ATENÇÃO! IMAGENS FORTES!

 

 


Foto: Divulgação

O corpo estava dentro de um saco e foi jogado pro três homens em um carro

Um homem morto por enforcamento e com outras marcas de violência pelo resto do corpo, com os pés e mãos amarrados, foi jogado de dentro de um carro, no final da tarde de domingo, na frente do portão de entrada da creche do Batalhão da Polícia Militar, bairro de Petrópolis, Zona Sul de Manaus, onde também está instalado o Comando Geral da PM.

O homem desconhecido tinha mais ou menos 25 anos, trajava uma calça preta e camisa de meia azul.

De acordo com um perito criminal do Departamento de Polícia Técnica e Científica (DPTC), a vítima também tinham alguns golpes de arma branca nas costas e no tórax.

Testemunhas relataram que três homens pararam o carro, abriram o porta-malas rapidamente, retiraram o corpo, jogaram no portão da creche e depois foram embora do local em alta velocidade.

Até o começo da manhã desta segunda-feira, o homem assassinado ainda não havia sido identificado.

Uma equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros investiga o caso.

 

Fotos: Divulgação  Portal do Zacarias


Foto: Divulgação

O cadáver foi visto boiando logo no começo da manhã por moradores do bairro

O corpo de um homem em adiantado estado de putrefação boiou nesta sexta-feira de manhã na Orla fluvial do bairro da Glória, por trás da Escola Paula Francinete. Moradores do local avistaram o cadáver e avisaram a polícia.

O corpo estava bastante inchado e já exalava um mau cheiro, de acordo com um soldado da equipe do Corpo de Bombeiros chamada para retirar o corpo de onde emergiu e que também fica perto da Unidade Básica de Saúde do bairro.

A vítima trajava apenas uma bermuda vermelha e pelo estado avançado de podridão em que foi encontrada, não foi possível identificar a idade, quem seria a pessoa morta e tão pouco, o perito da polícia teve condições de saber se haviam tiros ou facadas no corpo.

Uma equipe de policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) também esteve no bairro da Glória para dar início à investigação de mais este crime misterioso que tem poucos indícios e suspeitas de ter sido um afogamento, mas sim um assassinato.
Moradores que assistiram o trabalho policial no local onde o cadáver boiou chegaram a lembrar aos policiais que a orla fluvial do bairro da Glória tem sido área onde têm boiado muitos cadáveres nos últimos meses.

 

ATENÇÃO! IMAGENS FORTES! 

 

Fonte : PORTAL DO ZACARIAS Fotos: Divulgação


Por volta das 15h00 deste sábado (27), policiais militares de Nova Olinda foram informados através de um telefonema que, um cadáver havia sido achado na estrada vicinal da Quadra 03, próximo a fazenda do Deputado Hemetério Weba.

Após chegar ao local, a guarnição constatou junto a populares que a vitima tratava-se de Geovane Santana Carvalho, que teria sido vista pela ultima vez, por volta das 02h00 deste sábado em uma festa naquele interior.

O corpo foi encontrado amarrado com corda e com cortes de arma branca na região do pescoço e da boca. Em seguida, foi encontrada uma motocicleta Honda POP 100 abandonada no bairro do trator, próximo ao Ginásio Esportivo da cidade, que segundo populares pertenceria a vítima. A motocicleta foi recolhida pela Polícia Militar  e a ocorrência comunicada ao Delegado de Polícia de Plantão, Gabriel Tersi, que encontra-se na Delegacia de Polícia Civil de Santa Luzia do Paruá-MA.

Fonte/ www.acidadedeverdade.com.br


 

O ator Nelson Xavier morreu na madrugada desta hoje (10) em Uberlândia (MG).

O ator Nelson Xavier morreu na madrugada desta hoje (10) em Uberlândia (MG). Ele estava com 75 anos. A causa da morte não foi divulgada. Em 2004, o ator havia sido diagnosticado com câncer de próstata, mas no Festival de Gramado de 2014, ele anunciou que estava livre da doença.

Um comunicado público do falecimento foi feito nas redes sociais pela sua filha, Tereza Villela Xavier. “Ele virou um planeta! Estrela ela já era. Fez tudo o que quis, do jeito que quis e da sua melhor maneira possível, sempre”, escreveu.

O ator Nelson Xavier chega ao Cine Odeon para a exibição de ‘Gonzaga – De pai para filho’, de Breno Silveira (Foto: Alexandre Durão/G1)

De acordo com a filha, seu corpo será levado para o Rio de Janeiro e deverá ser cremado amanhã (11) em cemitério ainda não determinado. Além de Tereza, Nelson Xavier deixa outros três filhos e esposa, a atriz Via Negromonte.

Carreira

Nascido em São Paulo, o ator tinha uma carreira extensa na televisão, no cinema e no teatro. O início de sua trajetória cinematográfica se mistura com o Cinema Novo, um movimento criado por jovens nas décadas de 1960 e 1970 que buscavam superar a falência das grandes produtoras através da realização de filmes de menor custo e mais reflexivos, que combatiam as alienações culturais.

Entre seus trabalhos desta época estão os filmes dirigidos por Ruy Guerra, como Os deuses e os mortos, de 1970. Do mesmo diretor, ele participou também de A Queda, em 1978, trabalho que lhe rendeu o prêmio Urso de Prata no Festival de Berlim. Em 1967, Nelson Xavier atuou em O ABC do Amor, uma obra de três episódios filmados pelo brasileiro Eduardo Coutinho, pelo argentino Rodolfo Kuhn e pelo chileno Helvio Soto em seus respectivos países.

Ele integrou ainda o elenco de filmes como Dona Flor e seus Dois Maridos, dirigido em 1976 por Bruno Barreto, e Narradores de Javé, dirigido em 2003 por Eliane Caffé. Em 2010, foi protagonista da cinebiografia Chico Xavier, na qual interpretou o médium, sob a direção de Daniel Filho. Na televisão, seu último trabalho foi na novela Babilônia, em 2015. Ele também atuou em títulos como Gabriela, Pedra Sobre Pedra, Renascer, A Favorita e Senhora do Destino.

Na dramaturgia, em que deu seus primeiros passos como ator, Nelson Xavier ficou marcado por integrar o elenco de peças de diretores renomados integrantes do Teatro de Arena, um dos mais importantes grupos das décadas de 1950 e 1960, que tinha como objetivo fazer desta arte uma ferramenta de transformação social. Em 1959, subiu aos palcos em Eles Não Usam Black-tie, escrita por de Gianfrancesco Guarnieri. Também atuou em Julgamento em Novo Sol, em 1962, de autoria de Augusto Boal.

Nelson Xavier ainda poderá ser visto na telas em novo trabalho. Ele protagoniza o filme Comeback, de Erico Rassi, que retrata a história de um ex-pistoleiro aposentado que reage com violência à hostilidade do mundo que o cerca. Apresentado pela primeira vez no Festival do Rio do ano passado, o título está previsto para chegar aos cinemas brasileiros no próximo dia 25. Na semana passada, a distribuidora O2 Play Filmes divulgou o trailer do filme.


O corpo de uma mulher que morreu no Rio de Janeiro e era transportado para Santarém, no Pará, onde será velado, foi “extraviado” pela companhia aérea Latam, nesta segunda-feira (10).

Segundo os familiares Iara Otero Ferreira, de 60 anos, a princípio, a empresa que fazia o transporte disse que não sabia o que tinha acontecido com o corpo. Depois, informou ele ele tinha ido parar na Paraíba e que será transportado para Santarém nas próximas horas.

O marido de Iara, o militar Juarez Ferreira, disse ao G1 que o corpo da esposa saiu do Rio por volta das 16h e deveria chegar a Santarém às 2h50, depois de fazer uma escala em João Pessoa e outra em Brasília. Para ele, houve negligência por parte da companhia. “Os representantes daqui de Santarém não sabem nada, não sabiam informar onde o corpo estava. Agora a pouco fui informado que o corpo está na Paraíba”, afirmou.

Iara estava no Rio em tratamento médico, onde passou por cirurgia para retirada de pedras nos rins, mas não resistiu e morreu na última sexta-feira (7).

A família está em estado de choque, segundo Juarez. O militar contou que pretende acionar a Justiça para que os responsáveis sejam penalizados. “Sem palavras. Dá vontade de sair gritando e reclamando. Nossas filhas estão em estado de choque”, desabafou.

Em nota, a companhia aérea Latam Airlines Brasil informou que está apurando o caso.


1bb193df-b0f0-4950-b56a-1f09aa8e2a8f1

Uma criança russa, portadora de uma rara doença surpreendeu os médicos sobrevivendo com o coração fora da caixa torácica e os intestinos fora do abdômen.

Quando Virsaviya nasceu, os médicos informaram à sua mãe, Dari Borun, que sua filha dificilmente conseguiria sobreviver. A criança sofre de uma rara doença chamada Pentalogia de Cantrell, que faz com que os órgãos vitais tenham o desenvolvimento fora do lugar. A doença afeta 5,5 bebês a cada um milhão de nascimentos e tem gravidade variável.

 

A criança que hoje tem 6 anos, consegue viver, mas como os órgãos são protegidos apenas por uma camada de pele, um leve tombo ou baque pode ser fatal.

Além do coração e do intestinos, Virsaviya nasceu com hipertensão coronária, devido à uma transposição das veias dos pulmões.

Apesar de já ter passado por cirurgia, o problema de Virsaviya não pode ser resolvido.


%d blogueiros gostam disto: