Missa campal-Pe_ Lourenço

Foi magnífica a festa de abertura dos 60 anos, que os são-bentuenses (Gabriel, Joelson, Daniel, Antonio, Fernando, Wellington, Raimundinho, Elvis, Rosângela, Eusélia e comunidades cristãs) prepararam para os padres piamartinos, na localidade Galileia, no município de São Bento, ontem, 23/12/2016. O roteiro do evento contou com romaria, café da manhã, Missa em Ação de Graça, homenagens aos piamartinos (especialmente, ao padre Lourenço Franzoni), almoço, testemunhos de amizade e ações do Padre Lourenço (o único dos pioneiros piamartinos, que ainda vive entre nós). No dia 23 de dezembro de 1957, pousa no campo de aviação, deste solo são-bentuense, uma pequena aeronave trazendo os primeiros religiosos da Congregação “Sagrada Família de Nazaré” – pertencente ao padre italiano JOÃO BATISTA PIAMARTA, canonizado pelo papa Bento XVI, no dia 21 de outubro de 2012.
Foram eles os padres: FELICE PISTONI, LOURENÇO FRANZONI, LUIS REBUFINI e o irmão religioso LUIGI PAOLETTI. Padre Felice Pistoni – dos piamartinos, ele foi o primeiro vigário paroquial de São Bento. Em 1964, foi transferido para Fortaleza, onde tornou-se vigário da Paróquia N.S. de Nazaré e também diretor da Escola Profissional Padre João Piamarta. Faleceu na África no ano de 1994. Padre Lourenço Franzoni – Em 1962 participa da inauguração da nova Casa Missionária em Fortaleza-CE. Em 1966, retorna para São Bento e torna-se o novo vigário da Paróquia da cidade, presidente da Escola Paroquial e Diretor da Escola Padre João Piamarta.
Atualmente, está afastado das atividades por força superior e vive na Galileia – localidade de São Bento. Luis Rebuffini – Viajou para Fortaleza em 1960, onde realizou grandes feitos como o Centro Educacional “Padre João Piamarta”, e o Complexo Assistencial e outros. Padre ficou conhecido pelo trabalho de educação voltado às crianças e adolescentes carentes. Por problemas de saúde retornou à Itália, onde faleceu no ano neste ano (2016). Luis Paoletti – religioso piamartino, consagrado ao serviço de Deus e da Igreja, pela Congregação do padre João Batista Piamarta. Viveu por longos anos, a sua missão como colaborador na paróquia de São Bento. Mais tarde, foi transferido para as cidades de Ramilândia, União da Vitória e Ponta Grossa, no Estado do Paraná. Em 1995, retornou para São Bento, onde, acometido por uma enfermidade faleceu no ano de 2007.
Relevantes serviços sociais, os padres piamartinos realizaram em prol da sociedade são-bentoenses. Com construção de ESCOLAS e OFICINAS (carpintaria e mecânica etc.), esses missionários transformaram a vida de muitos alunos que se dedicaram à vida profissional. Fizeram das “Terras da Conceição” que receberam como doação dos herdeiros da Família Matos, um lugar de prosperidade para os lavradores que se encontravam sem orientação agrícola naquele setor. Além das obras importantíssimas desses piamartinos, este blog ressalta a belíssima obra social o RECANTO DA PAZ – uma Instituição que acolhe crianças e jovens com deficiência física ou mental, educando-as para que convivam da melhor forma possível com suas limitações e não se sintam excluídos da sociedade. Essa obra louvável do padre LOURENÇO FRANZONI, está se perpetuando com as bênçãos de Deus. Essas ações não substituíram as atividades religiosas dos piamartinos, porque foram frutos da prática do Evangelho de Jesus Cristo, que eles implantaram em São Bento.
Não faltou o anúncio da Boa Nova de Jesus Cristo aos são-bentuenses, as orientações para a vida cristã e da boa convivência em comunidade. Com o lema “Pietas et labor” (Piedade e trabalho), esses missionários piamartinos procuram levar a Palavra de Deus, não só através da leitura, mas da práticas de ações benéficas ao físico e ao espírito das pessoas que se deixam ser tocadas pelo amor de Jesus Cristo. Além da homenagem de reconhecimento do trabalho do padre Lourenço, que continua pedindo a bênção de Deus sobre este povo, as lembranças do Padre Davi Togni, falecido em 2012, se mostraram presentes no evento.
Informações: Blog do Prof. Domingos

Foto destaca a primeira prefeitura de São Bento-Ma e a casa do antigo o comercio de Jorge Miguel Soares

Quem tem lembrança, tem saudade. Pode não ser de um momento específico, mas de alguma coisa sente. Ou viveu uma infância que sempre volta à mente, ou conheceu alguém especial que se perdeu pelos caminhos da vida.( Blog.)

Não leve muito tempo sem retornar a São Bento, Maranhão, pois este personagem da história  pode ser você amanhã.Texto: (Ronaldo Gonçalves.)

Depois de tanto tempo sei qual é a rua, só não sei onde é a casa onde nasci.

Bato na porta e vejo pela janela e digo!! Acho que é aqui, pois reconheço o retrato amarelado na parede quando ainda era criança.

A família quase não o reconhece, porém os traços já dizem é nosso irmão que partiu a muitos anos.

Busco nas lembranças os amigos que deixei e vejo que todos partiram para outras cidades na busca de uma vida melhor.

Tento encontrar na minha rua a casa daquela que foi um dia o meu grande amor e vejo as ruínas e a calçada que resistiu ao tempo. O meu pensamento recria emoções neste momento e chego a sentir o seu perfume e sua doce voz.

A vida longe de sua terra natal lhe proporcionou certo esquecimento dos parentes e amigos que ainda residem na cidade. O tio José com a voz fraca e a visão curta pegou na minha mão e me disse você filho de quem? Uma lágrima corre em meu rosto ao ver aquele tio tão brincalhão na época de jovem hoje não me reconhece mais.

Titia quanto tempo a gente não se ver, mais acredite eu me lembro sempre de você e não esqueço aqueles tempos em que vivia correndo no seu quintal!! Olha o pilão e digo continua inteiro!! Logo sinto o cheiro do café vindo do fundo da cozinha e minha tia me dizendo vou matar uma galinha do terreiro para você almoçar comigo.

Andando pelas ruas e tentando adivinhar quem são esses novos rostos, me deparo com um amigo o filho do João de Ligeiro. Dei-lhe um bom dia! Ele baixinho, retribuiu bom dia!! Ele me reconheceu e falamos tantas coisas do passado de nossas farras quando o Clube Pingo de Ouro, ainda era perto da casa de seu Constantino, de nossas ceias com Dudu Mangão, tocando as serenatas que sempre terminavam na porta de seu Zé Brenha.

Aquela rede branca armada no canto do quarto onde minha mãe dormia e contava histórias até o meu adormecer seu olhar me iluminava a noite inteira.

Fico a pensar levei anos construindo uma história lá fora e quase apaguei a minha na cidade onde nasci

A vida é viver no presente, pois no passado podemos ser esquecidos pela nossa ausência.

Texto : Ronaldo Gonçalves-Escritor Sambentuense-Ma.


FESTA>FESTA> ENTREGA DE TROFÉUS

TA CHEGANDO O GRANDE DIA DA COMEMORAÇÃO E A ENTREGA DOS TROFÉUS AOS CAMPEÕES DA COPA ELIZEU TANTAN “

Mais um ano para marca na vida dos nosso irmãos pinheirenses que participaram da COPA ELIZEU TANTAN, muita alegria que se estendeu todos os finais de semana durante três meses

COPA ELIZEU TANTAN é um evento realizado com a coordenação do nosso amigo Balbino, esta sendo realizado segundo ano, sempre no Povoado Tingidor, o total de 12 times sendo que cada um representando o seu Povoado vizinho do Povoado Tingidor.

Parabéns Balbino pela competência em realizar mais este evento, agora vamos comemorar, dia 28/09/2019 o dia todo de homenagens, presença do Vereador Elizeu Tantan, com distribuição de cestas básicas, sorteios de brindes pela parte da manhã para todas mães, 2 bois serrar matado para o almoço de todos os presentes, no final do dia a GRANDE FESTA com a RADIOLA FREEDOM FM, portaria liberada.

Não fique de fora, vai ser um dia de muitas alegria !!!


Igreja do Remedinho

A Festa do Remedinho!!
Vamos contar um pouco deste festejo religioso.

Localizada no Bairro de Outra Banda, conhecida pelo tradicional festejo do remedinho, que acontece sempre no último final de semana de outubro, pois este ano em virtude das eleições será do dia 13 a 21 de Outubro.
Este festejo me trás boas recordações, pois foi neste bairro que estudei e morei por vários anos.
Mesmo com o passar dos tempos, me recordo que ao se aproximar o mês de outubro o meu bairro ficava agitado, as famílias do seu Procópio e Seu Manesinho de Margarida, se uniam com outras famílias para enfeitarem o largo da praça com bandeirinhas. O seu Euclides (pirotécnico) já testava os seus foguetes, cujas varinhas caim sempre em nosso quintal. Quando voltava da escola, via muitos pedreiros e pintores trabalhando nas casas.
O Clube do Pingo de Ouro, já estava todo pintado e os paredões de som eram montados e ao testar a aparelhagem tremia o balcão do bar e o sorriso no rosto do proprietário João do Sangue.
As famílias do bairro que alimentaram porcos, patos e galinhas durante todo ano, estavam felizes pois seus filhos e amigos iam chegar para os festejos.
No primeiro dia de festa ao pisar no degrau da praça me encantava com tantas luzes e bandeirinhas sopradas pelo vento e as radiolas tocavam todos os ritmos da época. Os bares eram bastante movimentados, mais um entre todos me deixou saudade, o do seu João Pacheco amigo do meu pai.
A igreja não cabiam tantos devotos, que mesmo do lado de fora cantavam com entusiasmo, o hino de Nossa Senhora dos Remédios “ Ô virgem dos Remédios sobre nós cantai, orai, para que ela nos mostre o caminho fico arrepiado só de lembrar daqueles tempos.
Na sexta-feira da semana da festa, os nosso conterrâneos e amigos que residiam na capital, São Luis e outros estados, começavam a chegar na cidade, ao que passavam em nossa porta a minha mãe que sempre esperava por algum dos seus filhos, perguntava fulano meu filho não veio neste ônibus ou na lancha?
As festas de espalhavam por toda cidade, no casino em outro bairro, contribuía com os festejos trazendo bandas da capital, Banda Nova Geração, Banda Tropical, Banda os Magnatas e tantas outras.
As costureiras, manicures e salões de beleza já não tinham mais espaço para novos clientes. Chegado o grande dia o largo da praça parecia um formigueiro de tanta gente, as mesas já não cabiam tantas garrafas vazias. As doceiras carregavam suas caixas cheias de doces no formato de corações e suspiros. Os jogadores das caipiras tentavam a sorte grande, os camelos vendiam de tudo um pouco.
No domingo a tarde uma girândola de fogos anunciava a procissão, e em respeito a Nossa Senhora dos Remédios, os donos de bares desligavam o som e paravam de vender bebidas.
Os devotos disputavam quem ia carregar a Nossa Senhora dos Remédios na procissão, a nossa rainha parecia ter vida própria ilustrada em sua face uma alegria com seus filhos. Eu via tanta alegria no rosto de todos e uma lágrima que descia do rosto da minha mãe que lembrava da minha avó que se foi.
Na minha casa eram tantos primos e amigos que vieram da capital São Luis conhecer os festejos. Bem vindos foram, bem vindos serão!

( Texto) Ronaldo Gonçalves. Escritor São-bentonse


aluno-magistério

Magistério

O Estágio dos alunos de magistério promovido pela Prefeitura Municipal de Pinheiro que tem como foco a “regência da aula”… [  ]

O Estágio dos alunos de magistério promovido pela Prefeitura Municipal de Pinheiro que tem como foco a “regência da aula” está acontecendo na Escola Municipal Domingos Perdigão no Bairro de Pacas, orientado pela professora Vânia Maria Rodrigues Pimenta.

O estágio é etapa fundamental para a formação dos novos professores e tem como objetivo colocar em práticas todos os conhecimentos adquirido durante o curso de magistério.

O mesmo teve como primeira etapa “observação “, e o segundo momento foi a “regência “. O estágio está previsto pra encerrar em novembro com 100% de aproveitamento. A coordenação parabeniza todos os envolvidos, alunos, professores, orientadores, direção de escola e demais parceiros.

 


Discernimento: O dom da poesia mora na alma da poetisa Gabriela .

A estudante GABRIELA FERREIRA PAIXÃO, de 11 anos e que estuda da Escola Municipal UE MARIA PAIVA ABREU, Pinheiro-Ma, é uma das centenas de  alunos (a)  selecionados para disputar a etapa estadual versão/2019 da 6ª Olimpíada de Língua Portuguesa. O concurso de redação é realizado em todo território brasileiro e escolhe os melhores textos produzidos por alunos de escola pública.

Com a proposta de escrever sobre o tema “Pinheiro, terra querida” no gênero poesia, a aluna produziu um poema que descreve a beleza impar da “Princesa da Baixada”. Segundo a autora Grabriela o poema é inspiração do dom da poesia que já nasce na alma.

O texto foi escolhido como o melhor de Pinheiro-Ma e venceu no gênero poesia, como melhor redação do municipio da Baixada Maranhense. A aluna está participando e recebendo elogios mil, por esse maravilhoso trabalho aos olhos dos mestres da literatura, pela também  senhora Diretora da Escola Claudete da Conceição Marinho Muniz, Coordenadora Emanoela Thayna Azevedo e sua professora de Língua Portuguesa, Osielma de Jesus França Moreira, e mais dos seus coleguinhas da UE. 

A poetisa Gabriela, se reportou ao ser questionada sobre a produção da poesia  “Pinheiro, terra querida” >>> “a leitura foi a principal ajuda para produzir o texto relativo ao que a poesia descreve sobre nossa Pinheiro. Não imaginei que pudesse ter essa repercussão, que é descrever o que a alma inspira, na minha idade já me vejo encantada com a beleza da nossa terra. A professora Osielma de Jesus França Moreira foi fundamental para que eu pudesse colocar, no papel, meu olhar e a impressão que tive ao ficar observando detalhadamente os encantos e belezas  de tudo que aqui existe”, falou a estudante Gabriela

QUE VENHA A ETAPA FEDERAL

www.jgmoreira.com.br/ Jornalista Reg.Nº 0001396 SRTE-MA.

Cedeira Nº18

Acedemia Pinheirense de Letras, Artes e Ciências(APLAC)


Posse do Secretário Adjunto- Paulo Ricardo

O Prefeito Luciano deu posse da Secretaria Adjunta de Esporte, Cultura e Juventude na manhã desta quarta-feira (24) ao jovem Paulo Ricardo que vem somar junto à gestão. A atual administração tem valorizado a cultura e o esporte do município além de promover o turismo e a discussão de políticas de juventude.

O JOVEM PAULO RICARDO ASSUME A SECRETARIA ADJUNTA DE ESPORTE, CULTURA, JUVENTUDE E TURISMO DE PINHEIRO.

A pasta liderada por Filemon Guterres tem seu time reforçado para trabalhar ainda mais; o novo adjunto soma-se ao Chefe do Departamento de Cultura, Rodrigo Brasil, e ao Eduardo Rodrigues que responde pelo setor de Juventude.

Paulo Ricardo é morador do bairro de Pacas e participou do último pleito eleitoral tendo recebido 589 votos nas eleições de 2016 para vereador.

A determinação do Prefeito Luciano é dar continuidade ao trabalho que já vinha sendo desenvolvido e ampliar a atuação da Secretaria.


O Festival das Quadrilhas escolares marcou a segunda noite do São João da tradição em São Bento.
Confira o resumo da noite de sábado e um trecho de cada apresentação. O resultado do concurso será divulgado no dia 30 de junho.

FESTIVAL DE QUADRILHAS ESCOLARES … FAÇA A SUA TORCIDA E VENHA CONFERIR A GRANDE FINAL DIA 30 NO ARRAIAL DO SÃO JOÃO DA TRADIÇÃO.

SÁBADO DE SÃO JOÃO 2018 EM SÃO BENTO

O Festival das Quadrilhas escolares marcou a segunda noite do São João da tradição em São Bento. Confira o resumo da noite de sábado e um trecho de cada apresentação. O resultado do concurso será divulgado no dia 30 de junho.

Posted by Prefeitura Municipal de São Bento on Sunday, June 24, 2018


JGMOREIRA MOREIRA·TERÇA, 8 DE MARÇO DE 2016
1685 leituras

MAIS UM DIA SE VAI a noite caiu e eu em profundo silencio, observo o espaço vazio. Viajo pelo imponente espaço escuro da tristeza, busco no infinito ao menos uma estrela, um respingo sequer de uma única luz que me faça encontrar você. ESSA ESCURIDÃO DE TRISTEZA, sem luz de luar é puramente o foco da melancolia que me faz viajar pelos caminhos do mundo esquecido que traçastes para a minha vida .
SÃO DIAS CONTADO… O ontem, hoje e o amanhã serão iguais contados na casa onde a felicidade nunca existiu.
Os ventos começam a soprar frios. Desgrudo-me da janela visionária do nada, adentro a casa, busco o meu quarto e vejo tua imagem no criado mudo que te agrega, volto a falar com tua imagem que me escuta, mas… Não divide as palavras comigo.
A MINHA SOLIDÃO é o único elo existente entre nós. Ela marca a minha vida talvez pela sua falta de coragem em não assumir o nosso amor.
Lá fora um temporal, uma chuva começa a cair, busco a cama que com o tempo perdeu também esfriou… Perdeu o seu calor…
O CALOR do teu corpo era o meu aconchego nas noites frias de inverno, teu peito o meu travesseiro onde recostava a minha face para poder sonhar acordado, meus olhos semi-abertos… Salientes a espiar teus seios em que a minha boca em ímpetos desejos filava sem intenção de devolver.
SONHAR ACORDADO… Meus olhos pesaram, o sono chega. O temporal lá fora cai, torrencial chuva, ventos fortes, frios dobram o meu corpo Inerte, pensamentos soltos, ociosos , olhos de áqüeos chorados, nas e noites pelas tormentas …
TORMENTAS, TORRENTES DA PAIXÃO que, embeveciam a minh’alma coração e corpo… Pelo simples prazer de fazer-me sofrer.
SOFRER PELA IRREAL atitude do teu coração, pelo fim do que o tempo prescreveu entre nós e cair no próprio desuso da verdade vendo morrer a esperança que a cruel desilusão criou dentro de mim e deixou como lembrança a melopeia solitária na cama do nosso quarto.
NA CAMA DO NOSSO QUARTO, sobraram os lençóis ainda com teu cheiro e o perfume do travesseiro que inebriava os meus sentidos na mais profunda mentira que um coração pode aceitar !

1.685 pessoas alcançadas


(Crédito foto: Reprodução)

SOM MARANHENSE! ‘A NOITE’ É O NOVO SUCESSO DE FERNANDO ATALLAIA

O cantor, compositor, músico, poeta, jornalista, produtor crítico cultural Fernando Atallaia lançou no estado seu mais novo sucesso A Noite. Balada que já vem fazendo a cabeça dos apreciadores da boa música do Maranhão. Fernando é autor de mais de 400 canções nos mais variados ritmos e estilos.
A Noite já pode ser ouvida e vista no canal da B Music do Brasil no Youtube. O disco do artista sai nas lojas especializadas de todo o País em dezembro.
Atallaia é o Editor –Chefe do conceituado blog de notícias Agência de Notícias Baluarte,
Abaixo você fica com A Noite de Fernando Atallaia: