Auditores da Controladoria-Geral da União (CGU) identificaram que empresários recebiam salários por meio da folha de pagamento do Fundeb de Pinheiro.

A relação é do período de 2015 a 2016, época em que a Prefeitura era comandada por Filuca Mendes.

De acordo com o relatório obtido pelo Blog , foram incluídos nas folhas de pagamento pessoas sem a devida comprovação que estavam atuando exclusivamente na educação básica, além disso, há evidências de que os nomes relacionados abaixo são proprietários e/ou sócios gerentes de empresas; que não foram declarados na base de dados da RAIS (Relação Anual de Informações Sociais), do Ministério do Trabalho e ainda estão inscritos em Programas Sociais do Governo Federal, como o Bolsa Família e Registro Geral da Pesca.

De um total de 40 profissionais, 23 foram incluídos nas Folhas de Pagamento do Fundeb de forma irregular.

Com informações: Blog do Neto Ferreira


Na manhã deste domingo dia 22/10/17 no centro cultural José Sarney
Pinheirenses de diversos seguimentos estiveram reunidos para debater sobre o aumento do preço do gás e como a população pode cobrar das autoridades uma providência. Uma vez que já ficou provado que o preço praticado em Pinheiro é fechado entre as ( 6 )distribuidoras.

Hoje o botijão e vendido a R$ 80, reais em Pinheiro. Enquanto que em cidades vizinhas o preço é bem mais em conta, cerca de R $ 15, 00 reais mais barato. E quando a comparação é feita com a capital São Luís a diferença chega até R$ 25,00.

A cooperativa do gás de Pinheiro movimento que surgiu no meio desta semana em Pinheiro, vem ganhando força e mais adeptos.
Obrigando inclusive as distribuidoras a lançarem uma nota de esclarecimento que não diz muita coisa.
Por exemplo: O PORQUE DA DIFERENÇA GRITANTE DO PREÇO DE PINHEIRO PARA OUTRAS CIDADES.
O Procon já se mobilizou e estará cobrando nesta segunda das empresas explicações.


Empresários da Baixada Maranhense e do Litoral Ocidental participarão das palestras promovidas pelo Sebrae em parceria com a OAB, CDL e as Associações Comerciais dos municípios.
O Diretor Superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, em cumprimento de agenda institucional da região da Baixada Maranhense na última sexta-feira (28), acompanhado da gerente regional do Sebrae em Pinheiro, Graça Fernandes e do gestor de projetos, Breno Soeiro, esteve reunido com empresários locais e com os presidentes da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Wanderley Pinheiro e da Associação Comercial e Industrial de Pinheiro, Lauro Cordeiro, para tratar sobre os novos focos da atuação do Sebrae na região, pautados nas necessidades do empresariado local. A reunião ocorreu no auditório da regional do Sebrae em Pinheiro.

Durante o encontro, foram discutidos temas importantes para o desenvolvimento da região e elencados os principais pontos onde o Sebrae pode intensificar sua atuação junto ao empresariado local, como forma de contribuir ainda mais para a melhor condução de seus negócios.

Dentre os assuntos apontados pelo grupo, surgiu a necessidade de maior esclarecimento sobre a nova legislação trabalhista, a partir da recente reforma da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), que impacta diretamente na relação trabalhadores e empresários.

Nesse sentido, como agenda de compromisso, o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, anunciou a realização de um ciclo de palestras em parceria com a OAB Maranhão, a CDL e as Associações Comerciais que irão tratar sobre a reforma trabalhista, as novas regras da terceirização e suas implicações nas relações de trabalho.

De acordo com João Martins, o ciclo de palestras sobre o tema será realizado em todas as unidades regionais do Sebrae no estado. As palestras terão início já no mês de agosto e seguirão um cronograma que será anunciado nos próximos dias.

“O objetivo principal desse ciclo de palestras é dirimir quaisquer dúvidas sobre a nova lei trabalhista e da terceirização, deixando claras as mudanças que ocorreram e como elas irão afetar a vida dos funcionários e dos empresários.Isso também faz parte do papel do Sebrae, enquanto orientador do empreendedor, uma vez que irá impactar diretamente nas relações de trabalho dentro da empresa”, afirmou Martins.

OUTROS TEMAS
Além da nova legislação trabalhista, outros temas foram apresentados pelo grupo como necessidade local. A capacitação gerencial dos filhos de empresários, para sucessão dentro dos negócios familiares e a importância do cooperativismo de crédito para o desenvolvimento econômico da Baixada e Litoral Ocidental, foram alguns deles.
Presente na reunião, o empresário Antônio Albuquerque, que está há 39 anos no mercado, atuando no segmento de móveis, eletrodomésticos e materiais de construção, considera indispensável a preocupação em preparar os seus filhos para dar continuidade aos negócios da família.

“Quando fundamos uma empresa ela se torna a materialidade de um sonho, e claro, ninguém gostar de ver aquilo que construiu ao longo de muitos anos de trabalho desmoronando. Para empresas familiares como a minha, é fundamental que a sucessão seja trabalhada para que o negócio tenha continuidade. Aproveito para parabenizar o Sebrae pelo trabalho que vem desenvolvendo na região da baixada e me colocar à disposição para contribuir com o que for possível”,  afirmou Albuquerque.

Para João Martins, esse momento de ouvir dos empresários aquilo que eles esperam da atuação do Sebrae, é algo fundamental. “A partir daí, podemos oferecer nossos produtos e serviços de maneira mais eficaz e o melhor, atendendo as necessidades dos nossos maiores clientes”, complementou João Martins.

A gerente regional do Sebrae em Pinheiro, Graça Fernandes, considera o momento como mais um passo para na construção de uma relação de confiança do empresários locais para com o trabalho do Sebrae na região, o que é fundamental para melhor atuação. “Precisamos da confiança do empresariado para desenvolver um bom trabalho na região e mostrar que estamos junto com eles para somar, isso fortalece nossa parceria e extremante necessário. O Sebrae é a casa do empresário e estamos sempre de portas abertas para auxiliar da melhor maneira possível”, enfatizou Fernandes.

Lucas Santos
Unidade de Marketing e Comunicação
Regional do SEBRAE em Pinheiro – Ma
Contatos: (98) 98177-0022 / (99) 98132-4707


 

Se a economia vai bem e a demanda no mercado é grande, ser vendedor pode parecer uma tarefa fácil e possível para qualquer pessoa. Por outro lado, quando o momento é de economia retraída e clientes mais criteriosos, descobrimos o verdadeiro profissional de vendas.

Atento ao momento de retração que a economia nacional vive o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Maranhão (Sebrae) está promovendo com o apoio da Prefeitura Municipal de Pinheiro, CDL e Associação Comercial e Industrial a palestra inédita Como Vender Mais em Momentos de Grandes Desafios, com o Show Man das Vendas no Brasil, Ciro Bottini.

São mais de vinte e cinco anos no ar ao vivo,oito mil dias,quarenta mil horas vendendo produtos na TV.Centenas de metas alcançadas com sucesso e milhões de fãs e consumidores fiéis! Ciro é Pioneiro em seu segmento e cada vez mais um mestre em encantar clientes.

A palestra será voltada para empresários de diversos segmentos e seus colaboradores, com o objetivo de estimular as vendas nesse período de dificuldades da economia. Empresários atendidos pelos diversos projetos do Sebrae em Pinheiro irão ter a possibilidade de participar.

Serão trabalhadas técnicas de como lidar com clientes pouco receptivos, como colocar em prática todo o poder de persuasão dos participantes,técnicas de propaganda, como desenvolver um olhar diferente para os desafios do cliente, como destacar a sua marca num mundo cada vez mais cheio de concorrentes.

A palestra acontece nesta quinta-feira, dia 13 de Julho, a partir das 19 horas no auditório da Igreja Batista de Pinheiro no centro.


othelino presidencia

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO MARANHÃO

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DO DEPUTADO OTHELINO NETO

DATA – 17/05/2016

 

 Na tribuna, Othelino disse que fez questão de ler o editorial do Jornal Pequeno para enfatizar esse momento histórico

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) repercutiu, na sessão desta terça-feira (17), novamente, a histórica licitação do transporte público que está ocorrendo em São Luís, apesar dos empresários terem tentado bloquear o certame na Justiça. O parlamentar leu um trecho do editorial do Jornal Pequeno para enfatizar a importância dessa concorrência, deste momento na história de São Luís, em especial para cerca de 700 mil usuários do sistema de transporte público.

O jornal diz que “um fato histórico se pronunciou em São Luís, nos últimos dias, e com ele carregou definitivamente para a história desta capital o prefeito Edivaldo Holanda Júnior”. Segundo o matutino, trata-se da licitação dos transportes públicos, o que alguns parecem encarar como medida corriqueira da administração, mas que, para o caso de São Luís e de muitas cidades do Nordeste, reúne décadas de aspirações, projeções e reivindicações engolidas a seco pela população.

“É um ato administrativo que, antes de tudo, precisou reunir coragem, determinação e, principalmente, vocação política transparente e honesta do prefeito para o aporte de grandes decisões no atendimento das demandas sociais do povo. O mundo capitalista conhece as dificuldades e reticências quando se trata de combater monopólios assentados em qualquer cidade, em qualquer país”, diz um trecho do editorial.

Segundo o jornal, não se trata de nenhum exagero de retórica dizer que a pressão dos empresários reduziu o sistema de transporte em São Luís a um vergonhoso padrão de qualidade, quando esta licitação finalmente chegar à fase de apresentação e análise de propostas. “Estamos vencendo décadas de uma concessão precária operada com olho exclusivamente nos lucros e nenhuma preocupação com a dignidade dos usuários e contribuintes”, frisa o matutino.

Na tribuna, Othelino disse que fez questão de ler o editorial do Jornal Pequeno para enfatizar esse momento histórico onde a população de São Luís ganha e onde os arrogantes empresários dos transportes públicos de São Luís tentaram barrar, em via judicial, de forma absurda, a licitação do transporte. “Mas não conseguiram. A licitação está ocorrendo e, em pouco tempo, estará concluída e aí a população de São Luís vai poder ser mais bem servida, utilizar um serviço de transporte público de qualidade. O prefeito Edivaldo merece  os nossos cumprimentos por não se render e por fazer ir para frente este certame”, finalizou.


OTHELINO HOJE

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO MARANHÃO

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DO DEPUTADO OTHELINO NETO

DATA – 11/05/2016

 

Othelino critica empresários que ingressaram na Justiça contra licitação do transporte público 

  Othelino Neto: Os empresários querem impor que a população de São Luís continue usando, indefinidamente, ônibus sem a menor condição de carregar pessoas com dignidade

 

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) fez um discurso duro, na sessão desta quarta-feira (11), criticando as empresas que entraram com ações, pedindo liminar para evitar que, nesta quinta-feira (12), aconteça o certame que vai permitir a oxigenação, a melhora do sistema de transporte público da cidade de São Luís. “Alguns empresários, com a finalidade de manter os seus lucros, estão tentando evitar que cerca de 700 mil usuários tenham serviço de melhor qualidade”, denunciou o parlamentar.

Segundo Othelino Neto, os empresários querem impor que a população de São Luís continue usando, indefinidamente, ônibus sem a menor condição de carregar pessoas com dignidade. “Pasmem, mas os empresários de ônibus, alguns, com raríssimas exceções, se é que existem, querem isto, querem impor isso à cidade e ainda buscar via Poder Judiciário e, pior, além de fazerem essa tentativa de violência contra os ludovicenses, eles ainda estão constrangendo a Justiça, porque têm a ousadia de anunciar, antes de protocolar ação, que vão conseguir as liminares para suspender o certame que está marcado para amanhã, no auditório da Fiema”, comentou.

O deputado criticou os empresários por estarem querendo antecipar uma decisão judicial, além de exporem a população a ônibus que se parecem com verdadeiras “latas velhas”. “Querem agora antecipar a decisão judicial, como se pudessem antever, como se tivessem bola de cristal para saber quem tem razão e que algum magistrado iria dar razão a essas solicitações que nada têm de legal, elas têm apenas o objetivo específico de manter essa situação que não serve para a população de São Luís”, afirmou.

Manobras

Othelino disse que vai acompanhar de perto, denunciando essas manobras, porque a população de São Luís toda precisa saber que os empresários estão tentando conspirar para impor a permanência dessa situação aos usuários do transporte público em São Luís.

“Confio que a Justiça vai apreciar essas ações com o devido cuidado e, naturalmente, se posicionar dentro daquilo que estabelecem as leis. E reitero aqui que vejo com satisfação essa postura determinada do prefeito Edivaldo Holanda Júnior de não ceder às pressões, de ousar e enfrentar este grupo poderoso de empresários que diz ter poder para tudo, para demover políticos de fazer essa licitação. Dizem ter poder de influenciar no Judiciário, embora tenhamos convicção de que não têm”, enfatizou.

Othelino reiterou, na tribuna, que o prefeito Edivaldo Holanda Júnior enfrenta esses empresários para fazer valer os interesses maiores da população de São Luís e que todo o Maranhão, em especial todo o povo de São Luís, vai saber, inclusive, quem são os empresários que estão atentando contra a população de São Luís. “Nós vamos citá-los aqui na tribuna, nominalmente, nos meios de comunicação para que o povo saiba quem são aqueles que atentam contra a sua soberania, contra o seu direito de consumidor e contra o direito sagrado de ir e vir com dignidade”, finalizou o deputado.