No final da tarde deste domingo (06/05) policiais do Grupo de Serviço avançado do 9º BPM prenderam Edgleyson Ray Garcia Ferreira, suspeito de atirar e matar uma criança de 7 anos na porta de casa.
O crime aconteceu na manhã deste domingo quando, segundo as informações levantadas pela Policia Militar, Edgleyson passou de bicicleta na porta da casa de Djavan Estefano Lopes e efetuou diversos disparos de arma de fogo contra a vitima. Os disparos acertaram também Pedro Matias Reis Martins (7 anos) que foi atingido no olho esquerdo. Os dois foram socorridos e encaminhados ao hospital, mas no caminho a criança não resistiu e veio a óbito.
O suspeito de efetuar os disparos fugiu porem foi identificado, a polícia militar efetuou buscas pelo bairro e no final da tarde localizou e prendeu o suspeito que encontrava-se com a arma do crime.
Segundo os policiais do GSA do 9º “desde que recebemos as informações da ocorrência deslocamos até o local a fim de levantar mais informações. O suspeito foi reconhecido como o “DELO” e recebemos informações de onde o mesmo estaria homiziado. De pronto foi feito o cerco pelas equipes do GSA do 9° BPM E DIAE 4 e logramos  êxito  na captura do mesmo após  uma frustrada tentativa de fuga pelos fundos da casa. Já  em poder  das equipes  ele assumiu autoria do homicídio  e indicou onde estaria  escondida a arma usada no crime, um novo cerco foi montado e encontrada a arma na casa de Janilson Dias Reis.
O acusado e seu comparsa foram apresentados na delegacia de homicídios juntamente com a arma do crime uma pistola calibre 9mm com 8 munições.

Polícia Civil já identificou os três assaltantes e prendeu um. O crime foi na noite desse sábado em uma casa no bairro Araçagi, em São José de Ribamar.

O delegado da Polícia Federal, Davi Farias de Aragão, 36 anos, foi assassinado, na noite desse sábado (5), por três bandidos, que invadiram a residência do policial para assaltar, segundo a Polícia Civil. O crime foi em uma casa localizada na Avenida Principal, na Praia do Meio, no bairro Araçagi, que fica no município de São José de Ribamar, na Região Metropolitana de São Luís. O delegado Davi Aragão comandava o Departamento Fazendário da Polícia Federal no Maranhão.

De acordo com o delegado Jefrey Furtado, plantonista na Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), o latrocínio (homicídio em situação de assalto) foi por volta das 23h. No local, amigos e familiares comemoravam o aniversário de cinco anos da filha da vítima.

Os assaltantes invadiram a residência aproveitando uma casa vizinha, que estava desocupada no momento. Eles pularam o muro e entraram na casa da vítima, sendo dois pelo quintal e outro pela lateral. A polícia confirmou que os três chegaram a pé até o endereço e perceberam que havia movimento na casa quando um entregador deixou uma pizza pedida pelas pessoas na reunião familiar.

“Segundo o Wanderson, eles estavam circulando atrás de uma vítima. Como eles viram um movimento no local, invadiram a residência no intuito de assaltar”, disse o delegado Jefrey Furtado.

A polícia identificou o trio responsável pelo latrocínio como Davi Costa Martins, um identificado apenas como Leandro e Wanderson de Morais Baldez. Este foi preso na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Vila Luizão, quando procurou por socorro por ter sido ferido em um dos braços por conta dos tiros, pois, pelas informações já levantadas pela Polícia Civil, houve luta corporal entre os três bandidos e o delegado. A vítima sofreu três disparos de arma de fogo no abdomên, além de facadas e mordidas pelo corpo.

Por G1 Maranhão, São Luís, MA


Equipe do Instituto Médico Legal removeu o corpo do traficante

O ex-presidiário Marison de Oliveira Mendonça, 40, foi perseguido e assassinado com cinco tiros por três homens no final da tarde de ontem, quinta-feira, 3, quando vendia droga no beco Francisco Galvão, na Avenida Ipanema, bairro Amazonino Mendes, Zona Norte de Manaus.

Os assassinos chegaram ao local em um carro Honda Civic de cor escura, de acordo com moradores do beco que testemunharam o crime e confirmaram em “off” para os policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) que a vítima vendia droga no local todas as noites.

Um dos moradores que fez o relato do que viu contou que Marison estava logo na entrada do beco e chegou a correr quando viu os três homens descerem armados do carro com pistolas nas mãos, mas o trio criminoso correu atrás dele e os disparos feitos acertaram as costas do ex-presidiário.

Policiais militares foram ao local confirmar o crime

 

Equipe do Instituto Médico Legal removeu o corpo do traficante

O traficante já estava no chão agonizando quando um dos assassinos chegou diante dele e disparou um tiro de misericórdia em sua cabeça e correu em seguida para o carro onde os comparsas já aguardavam com motor ligado e fugiram do local em disparada.

Para a polícia, não resta a menor dúvida de que a morte de Marison, que também era conhecido na área como “Marreco”, tem ligação com o tráfico de drogas. O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) e uma investigação já está em andamento na Delegacia de Homicídios e Sequestros.

ATENÇÃO! IMAGEM FORTE! 

Fotos: Divulgação
Com informações: Portal do Zacarias


Marison vendia droga no local e foi executado por três homens desconhecidos

O ex-presidiário Marison de Oliveira Mendonça, 40, foi perseguido e assassinado com cinco tiros por três homens no final da tarde de ontem, quinta-feira, 3, quando vendia droga no beco Francisco Galvão, na Avenida Ipanema, bairro Amazonino Mendes, Zona Norte de Manaus.

Os assassinos chegaram ao local em um carro Honda Civic de cor escura, de acordo com moradores do beco que testemunharam o crime e confirmaram em “off” para os policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) que a vítima vendia droga no local todas as noites.

Um dos moradores que fez o relato do que viu contou que Marison estava logo na entrada do beco e chegou a correr quando viu os três homens descerem armados do carro com pistolas nas mãos, mas o trio criminoso correu atrás dele e os disparos feitos acertaram as costas do ex-presidiário.

Policiais militares foram ao local confirmar o crime

 

Equipe do Instituto Médico Legal removeu o corpo do traficante

O traficante já estava no chão agonizando quando um dos assassinos chegou diante dele e disparou um tiro de misericórdia em sua cabeça e correu em seguida para o carro onde os comparsas já aguardavam com motor ligado e fugiram do local em disparada.

Para a polícia, não resta a menor dúvida de que a morte de Marison, que também era conhecido na área como “Marreco”, tem ligação com o tráfico de drogas. O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) e uma investigação já está em andamento na Delegacia de Homicídios e Sequestros.

ATENÇÃO! IMAGEM FORTE! 

Fotos: Divulgação Portal do Zacarias


Elton Costa de Araújo tinha 20 anos e cumpria prisão preventiva por tráfico de drogas. Ele foi encontrado em um banheiro.

Um detento da Penitenciária de Pedrinhas morreu na manhã desta quinta-feira (3) dentro da Unidade Prisional de Ressocialização de São Luís 3 (UPSL 3). Ele foi identificado como Elton Costa de Araújo, de 20 anos.

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou que já comunicou às polícias Civil e Militar a morte do interno. Ele teria sido encontrado sem lesões corporais aparentes no banheiro do banho de sol da unidade prisional, logo após o retorno dos internos para seus respectivos pavilhões.

Elton cumpria prisão preventiva em Pedrinhas por tráfico de drogas (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

Elton cumpria prisão preventiva por tráfego de drogas. A decisão foi determinada em 19 de fevereiro deste ano decorrente de um inquérito proveniente da Delegacia do Maiobão, em Paço do Lumiar. A Delegacia de Homicídios acompanha o caso.


Um homem conhecido apenas pelo apelido de “Baiacu” foi morto a tiros, no início da noite desta terça-feira, na rua Lobo D’Almada, no trecho onde esta localizada a casa de prostituição chamada Remulus Club, no Centro de Manaus.

Segundo testemunhas, “Baiacu” foi assassinado com vários tiros por dois homens que ocupavam um carro preto.

Ele era usuário de droga e costumava comprar entorpecente para prostitutas do Remulus Club.

A área é conhecida como ponto de venda de droga e prostituição.

Em um áudio que circula no WhatsApp, uma testemunha faz o seguinte relato:

“Eu havia pego o meu sobrinho na escola e estava subindo a rua do Remulus quando o carro, que estava na minha frente, parou. Dois homens saíram dos bancos dos passageiros, cada um com duas armas nas mãos.  Eles miraram no homem e começaram a atirar. O cara ainda correu, mas caiu no motel. Eles entraram no veículo e fugiram. Eu quase passo do lado deles. Quando vi eles armados, dei ré na moto”.

 

 

Fotos: Divulgação Portal do Zacarias


Dois homens não identificados executaram com pelo menos dez tiros, o traficante de drogas, Leandro da Costa Oliveira, 25, vulgo “Leandrinho”, por volta das 17h30 de ontem, sábado, 24, quando ele alugava uma casa na Rua Tomada, bairro do Parque Dez de Novembro, Zona Centro-Sul de Manaus.

O traficante saiu há poucos dias da cadeia depois de ser beneficiado com o sistema de regime semiaberto. Segundo informações da polícia o dono do imóvel que “Leandrinho” pretendia alugar estava aos seu lado no momento que os pistoleiros apareceram disparando os tiros e que ele também foi atingido com quatro tiros e encontra-se em estado grave no Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto.

Marcos “Cabeludo”, pai de “Leandrinho”

também é traficante  de drogas

O traficante de drogas seria um dos líderes das facções que atuam no bairro do Mutirão Amazonino Mendes , Zona Norte e no bairro do Tancredo Neves, Zona Leste, tendo como principal sócio, o seu pai, Antônio Marcos Pereira Capucho, o “Marcos Cabeludo”, acusado ainda de ser mandante de vários assassinatos de inimigos no tráfico.

Para a polícia não resta dúvidas que o assassinato de “Sandrinho” tratou-se de um acerto de contas entre lideranças de facções e como forma de vingança pelo fato de pai e filho serem mandantes de várias execuções, crimes pelos quais os dois já vinham respondendo na Justiça, além das acusações de tráfico de drogas.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros já está investigando o crime e os peritos do Instituto de Criminalística (IC) da Polícia Civil, recolheram todas as cápsulas dos projéteis disparados contra “Leandrinho”, comprovando que as armas usadas foram pistolas 9 milímetros, de uso exclusivo das Forças armadas e Polícia Federal.

 

Fotos: Divulgação Portal do Zacarias


Foto: Divulgação

Um dos mortos pela quadrilha teria recebido tiros de pistola 9 milímetros na cabeça

A festa de uma família e alguns amigos acabou de forma sangrenta

Três irmãos foram mortos a tiros e um quarto membro da família ficou gravemente ferido, de acordo com as primeiras informações da polícia sobre a invasão e assalto em um sítio do quilômetro 49 da rodovia AM-240, que liga o município de Presidente Figueiredo ao Distrito da Hidrelétrica de Balbina.

O crime foi praticado por uma quadrilha fortemente armada, ocupando pelo menos três carros depois de invadir o sítio onde pelo menos 20 pessoas participavam de uma festa em família na noite do último sábado e continuava durante toda a madrugada deste domingo, 18.

A polícia já está local do triplo homicídio e um investigador de plantão que ficou na sede do município informou que o quarto homem baleado, com 22 anos de idade, que seria o irmão mais novo dos outros três mortos, já foi transferido para um Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, em Manaus.

A quadrilha teria roubado telefones, celulares, dinheiro, aparelhos eletrônicos, eletrodomésticos, roupas e outros objetos de valor do sítio.

 

Há a informação de que a caminhonete de um dos irmãos assassinados durante o assalto foi levada pelos criminosos e ainda não foi encontrada.

 

A festa de uma família e alguns amigos acabou de forma sangrenta

Pelo menos oito assaltantes teriam participado da invasão, assalto e assassinatos no sítio parcitular da família, e durante o crime teriam sido disparados mais de 30 tiros, quando todos os particpantes da festa, tentando escapar da morte e do roubo, corriam para dentro da área de mata.

A equipe de plantão da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) foi informada do crime logo no começo da manhã deste domingo e viajou para Presidente Figueiredo juntamente com um perito do Instituto de Criminalística (IC) e funcionários do Instituto Médico Legal (IML).

 

No local do crime, os policiais estão fazendo um levantamento e ouvindo pessoas que estavam presentes na festa. Nomes dos três irmãos mortos a tiros e do quarto homem, que também seria um dos irmãos trazido em estado grave para Manaus, já estão sendo identificados pela equipe da polícia.

Outras equipes da Polícia Civil e da Polícia Militar estão tentanto identificar e prender os membros da quadrilha.

 

Fotos: Divulgação Portal do Zacarias


William passeava de mãos dadas com a namorada quando foi executado a tiros

O usuário de drogas Willian Garcia da Costa, 21, foi executado com dois tiros na cabeça e outros dois que atingiram o peito, quando passeava com sua namorada,por volta de 01h da madrugada desta quinta-feira, 14, na Rua Solimões, bairro de Santo Agostinho, Zona Centro-Oeste de Manaus.

Colegas de Willian, que não quiseram se identificar, revelaram que ele tinha dívidas com traficantes do bairro e como recebeu várias ameaças mas não se preocupou em resolver o problema, acabou pagando com a vida quando dois homens ocupando uma motocicleta, se aproximaram de William e praticaram o crime.

A namorada do rapaz, uma adolescente de 17 anos, saiu correndo pela rua e há infirmações de que um dos homens ainda disparou um tiro em sua direção mas não acertou e desistiu de correr atrá dela, e fugiram do local quando vários moradores começaram a abrir suas casas para ver o que estava acontecendo.

Uma equipe de primeiros socorros do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamada por um dos moradores, mas quando William Garcia foi examinado verificou-se que ele já estava morto. Cápsulas de pistola calibre 380 usadas no crime foram encontradas ao lado do corpo.

Uma investigação já foi iniciada pela equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros.

ATENÇÃO! IMAGEM FORTE! 

Foto: Divulgação:Portal do Zacarias


Um triângulo amoroso envolvendo uma mulher, seu marido e o amante dela teve desfecho sangrento e fatal no começo da manhã desta terça-feira, 13, em uma casa localizada na Rua das Pétalas, bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus.

O marido já vinha desconfiando da traição de sua mulher com um jovem vizinho, e para dar o flagrante ele simulou que saiu para o trabalho, como sempre fazia todas as manhãs, e voltou para casa depois de alguns minutos, flagrando o vizinho em cima de sua cama mantendo relações com sua mulher.

A polícia ainda não divulgou os nomes de nenhum dos envolvidos no crime passional, mas informou que o amante da mulher chegou a travar luta corporal e que ele morreu com ao menos dez facadas pelo corpo.

Segundo relato de alguns vizinhos, ainda com a faca em punho o marido traído chegou a correr atrás de sua mulher para acabar com sua vida da mesma maneira que fez com seu amante, mas ela conseguiu se esconder na casa de uma vizinha e escapou da morte.

Depois do assassinato do amante de sua mulher, o autor do crime fugiu do local.

A Delegacia de Homicídios já está investigando o assassinato.

ATENÇÃO! IMAGENS FORTES! 

 

Fotos: Divulgação: Portal do Zacarias