Pedro Henrique Santiago Ramos suspeito de estuprar a própria filha.

Foi preso na cidade Codó, um jovem de 20 anos, identificado como Pedro Henrique Santiago Ramos. suspeito de estuprar a própria filha, um bebê de apenas 1 ano e 7 meses de idade.
De acordo com informações da mãe da vítima, o suspeito teria aproveitado sua ausência para cometer o abuso contra sua própria filha no interior de sua residência.
Ela relatou que notou um sangramento nas partes intimas da criança.
A bebê foi levada para o Hospital Geral Municipal (HGM) e se encontra em observação.
Ela será submetida ao exame de violação para que seja confirmado o estupro.
A Polícia Militar informou que conseguiu localizar e prender o suspeito logo após receber a denúncia da mãe da vítima.
Ele foi encaminhado para a 4ª Delegacia de Polícia Civil de Codó para que as medidas necessárias sejam tomadas.
O Conselho Tutelar foi informado da situação e está acompanhando o caso.
Fonte:  enquantoissonomaranhão

Após assassinar a filha de 9 anos o pai se enforcou configurando tragedia na família

Uma tragédia ocorreu em Russas, no interior do Ceará. Uma ocorrência de morte decorrente de disparo de arma de fogo seguida de suicídio mobilizou equipes de resgate e policiais durante o inicio da noite.

De acordo com as informações chegadas, um professor identificado até o momento por ‘André’ matou a filha de 9 anos com um tiro e se matou em seguida.

Essa tragedia não tem sentido.

Segundo testemunhas, a arma que estaria sendo manuseada por André disparou acidentalmente contra a criança, o pai não se conformou e se enforcou devido ao sentimento de culpa.

ATENÇÃO! IMAGENS FORTES!

 

Após assassinar a filha de 9 anos o pai se enforcou configurando tragedia na família

 

Fotos: Divulgação Portal do Zacarias


Davi Sousa Bugarim de Melo tinha 26 anos e foi morto pelo pai de sua namorada em São Luís (Foto: Reprodução)

Um tenente-coronel reformado da Polícia Militar identificado como Walber Pestana da Silva atirou e matou na noite de quinta-feira (15), em São Luís, o namorado de sua filha reconhecido como Davi Sousa Bugarim de Melo.

Segundo informações da polícia, o crime aconteceu no bairro Parque dos Nobres, na capital, após o militar presenciar uma briga entre o casal e ver a vítima agredindo a sua filha. Inconformado com a situação, o tenente-coronel decidiu pegar a sua arma de fogo e disparar dois tiros contra Davi.

Davi Sousa Bugarim de Melo, que tinha 26 anos, ainda chegou a ser socorrido, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu no Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão 1), em São Luís. Após o crime, o militar fugiu do local.

G1 entrou em contato com a Secretaria de Segurança Pública (SSP) e aguarda um posicionamento do órgão sobre o caso.

Fonte: G1/MA


15/09/2017 – 09:01 – Atualizado em 15/09/2017 – 09:45 www.jgmoreira.com.br
Policiais civis prenderam em flagrante na tarde dessa quinta-feira, 14, Igor Silva dos Santos, 22 anos, suspeito de matar e enterrar o pai no quintal de casa, no município de Nossa Senhora do Socorro, Grande Aracaju, em Sergipe.

De acordo com informações da delegada Maria Zulnária, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a polícia tomou conhecimento do fato quando o irmão de Igor foi até a delegacia informar que desconfiava que o irmão teria matado o pai.

O rapaz contou que encontrou manchas de sangue na casa que levavam até o quintal, em uma área com areia remexida, e que provavelmente o corpo que lá estava pertencia ao pai.

Diante dos fatos, a equipe policial foi até a residência da família, onde encontrou Igor Silva. O suspeito conversou tranquilamente com os policiais e não impediu que a equipe entrasse na casa.

No quintal, os policiais encontraram uma cova rasa, onde estava o corpo da vítima, Angelino dos Santos, de 55 anos. O filho assumiu a autoria do crime e confessou que usou uma foice para matar o pai, com golpes no pescoço e na cabeça.

O assassinato foi motivado por uma discussão entre pai e filho. Igor, segundo a polícia, é usuário de drogas, fato que provocava as brigas entre os dois.

Igor Silva foi preso em flagrante e levado à delegacia, onde está à disposição da Justiça.

Fonte: SSP/ SE

A vítima passava pelo local quando foi agarrada pelo homem

Após tentar salvar a filha de um estupro, um homem foi morto a facadas pelo agressor, um morador em situação de rua. O caso aconteceu nessa quinta-feira (30), em Iguaba Grande, na Região dos Lagos do Rio. A vítima passava pelo local quando foi agarrada pelo homem

Ao ouvir os gritos da filha, o pai foi defender a garota e acabou sendo atingido por duas facadas, de acordo com a Polícia Militar. Conforme relatou o G1, o suspeito aparenta ter sinais de doença mental. Ele foi detido e encaminhado para a 129ª DP de Iguaba.

© Reprodução

JUSTIÇA REGIÃO DOS LAGOS HÁ 2 NOTÍCIAS AO MINUTO  

Cesar Antunes Junior cortou o pescoço dos filhos, Maria Nina e Bernardo,e se matou em seguida. / Imagens facebook

Crime ocorreu na madrugada deste domingo (5)

César Antunes Junior, de 48 anos, teria esfaqueado Maria Nina e Bernardo, de 10 e 6 anos, e se jogado do 5º andar do prédio na Freguesia zona oeste do RJ. Ele deixou uma carta direcionada à mãe das crianças

Atualizado em 06/03/16 www.jgmoreira.com.br

Rio – A Polícia Civil investiga a morte de três pessoas, sendo duas crianças, na madrugada deste domingo, na Travessa Teodomiro Pereira, na Freguesia, Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio. De acordo com testemunhas, Cesar Antunes Junior, de 48 anos, teria cortado o pescoço dos filhos, Maria Nina Magalhães Castro Antunes, de 10 anos, e Bernardo Magalhães Castro Antunes, de 6 anos, jogado os corpos pela janela do apartamento onde morava, no 5º andar do prédio, e se jogado em seguida.

A polícia encontrou uma carta deixada por Cesar. Na mensagem, direcionada à mãe das crianças, Andréa Magalhães Castro, ele debocha. “Cadê a poderosa?”. Na continuação do bilhete, ele dá a entender que brigava pela guarda dos filhos com a ex-mulher. “Não vai ficar com a guarda de nenhum dos dois e também não vai me colocar na cadeia kkkk”, escreveu.

Na carta, pai debocha da mãe das crianças. “Cadê a poderosa?”Reprodução

Policiais do 18º BPM (Freguesia) foram acionados por moradores do condomínio em frente, após ouvirem gritos e um forte barulho. Os três corpos foram encontrados já sem vida no chão, no estacionamento do prédio.

A PM isolou a área e o Corpo de Bombeiros foi chamado. A Delegacia de Homicídios da Capital inicia os trabalhos de investigação e realiza perícia no local. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML).

Condomínio na Freguesia onde ocorreu o crime. Crianças tiveram os corpos jogados do prédio Alexandre Brum / Agência O Dia
O DIA

Adolescente de 14 anos mata o pai após ser estuprada por dois anos consecutivos

662 0

O pai a estuprava há dois anos. A menor, de 14, farta da situação, o matou com um tiro de espingarda. Um exame de conjunção carnal comprovou o estupro. Para a Polícia Civil, a menina agiu em legítima defesa.

Da Redação com Informações do G1

adolescente1

O pai a estuprava há dois anos. A menor, de 14, farta da situação, o matou com um tiro de espingarda. O crime ocorreu na noite de terça (07) no Ramal da Cachoeira, zona rural de Tarauacá (AC), distante 400 km de Rio Branco.

De acordo com a Polícia Civil, um exame de conjunção carnal comprovou o estupro. Conforme o órgão, a menor agiu em legítima defesa e não deve ficar apreendida. O inquérito do caso deve ser encaminhado para a Justiça.

PUBLICIDADE

Ao chegar no local,  a PM encontrou a adolescente com a mãe. A menor confessou o crime e afirmou que era abusada desde os 12 anos. Ela relatou à polícia que estava cansada de sofrer ameaças do pai ao lado dos irmãos e da mãe.

Na noite do crime, os pais da adolescente estariam bebendo e, por volta de 23h, a mãe da menor teria ido dormir, momento em que o pai pegou uma faca, foi até o local onde a jovem estava e a obrigou a manter relações sexuais com ele. O pai teria dito ainda que se a menor não cedesse ele mataria todos da família.

A adolescente relatou à polícia que resistiu. A mãe disse que acordou para ir ao banheiro e viu o pai violentando a filha. Nesse momento, o homem teria dito que iria matar todos para que não houvesse testemunhas do abuso. Os pais iniciaram uma luta corporal, a menor pegou uma espingarda e efetuou o disparo contra o pai. O corpo do homem chegou a ser transportado por vizinhos até a zona urbana, mas ele não resistiu.

José Carlos Bezerra, presidente do Conselho Tutelar de Tarauacá, informou que a menina ainda estava prestando depoimento na delegacia, mas que já haviam tomado conhecimento do caso e aguardavam o encaminhamento dela para que tomassem as medida necessárias. “Ela vai precisar de acompanhamento psicológico e também vamos ver para onde deve ser encaminhada e como vamos dar assistência a ela”, explicou.

 

O pai a estuprava há dois anos. A menor, de 14, farta da situação, o matou com um tiro de espingarda. Um exame de conjunção carnal comprovou o estupro. Para a Polícia Civil, a menina agiu em legítima defesa.

O pai a estuprava há dois anos. A menor, de 14, farta da situação, o matou com um tiro de espingarda. O crime ocorreu na noite de terça (07) no Ramal da Cachoeira, zona rural de Tarauacá (AC), distante 400 km de Rio Branco.

De acordo com a Polícia Civil, um exame de conjunção carnal comprovou o estupro. Conforme o órgão, a menor agiu em legítima defesa e não deve ficar apreendida. O inquérito do caso deve ser encaminhado para a Justiça.

Menina que matou o pai após ser estuprada ‘faria de novo’, diz conselheiro tutelar

Adolescente prestou depoimento à polícia após o caso Foto: Polícia Militar do Acre / Divulgação
 

A adolescente de 14 anos que matou o pai, de 34, com um tiro de espingarda após ter sido estuprada contou, em depoimento à polícia, que “faria (o crime) de novo”. A morte aconteceu na noite da última terça-feira, na casa da família, no Ramal da Cachoeira, na zona rural de Tarauacá, mas somente no dia seguinte ela foi ouvida pelas autoridades. Segundo o presidente do Conselho Tutelar da região, José Carlos Bezerra, que acompanhou a oitiva, a jovem já está recebendo apoio psicológico.

— Ela está abalada, mas não chorou. Em depoimento, ela disse que faria (o crime) de novo porque já vinha sendo abusada pelo pai há vários. Ela disse que isso (os abusos) poderiam acontecer a qualquer momento (caso o pai estivesse vivo) — contou José Carlos.

Segundo o conselheiro, a jovem ficou em silêncio quando esteve no Ministério Público acompanhada da mãe. Nesta manhã, ela está sendo ouvida por uma psicologa, que deve divulgar um laudo, a partir do qual as autoridades vão decidir se a adolescente será levada para um abrigo.

O crime aconteceu por volta das 23 h. O homem teria chegado em casa alcoolizado e usou uma faca para ameaçar a filha, que foi obrigada a manter relações sexuais com ele. A menina resistiu, acordando a mãe.

A mulher iniciou uma luta com o companheiro. Nesse momento, a adolescente pegou uma espingarda com a qual atirou contra o pai.

O caso segue sendo investigado por agentes da Delegacia de Tarauacá.


Criança desapareceu após uma visita feita pelo o pai em Pernambuco (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Criança desapareceu após uma visita feita pelo o pai em Pernambuco (Foto: Reprodução/TV Mirante

Engenheiro Janderson Rodrigo é suspeito de sequestrar filha em Olinda.
Criança tem apenas um ano e nove meses e estaria em São Luís.

A polícia do Maranhão está investigando o paradeiro do engenheiro Janderson Rodrigo, de 29 anos, que estaria em São Luis, após ter sequestrado a sua própria filha na cidade de Olinda, emPernambuco.

Segundo o superintendente de Polícia Civil do Interior do Maranhão, delegado Dicival Gonçalves, o trabalho para tentar localizar a criança que tem apenas um ano e nove meses está sendo realizado em parceria com a Polícia Civil de Pernambuco.

“Em comunicação com a Polícia Civil do estado de Pernambuco nós estamos compartilhando as investigações e estamos em diligências para localizar essa menor de um ano e nove meses que teria sido sequestrada pelo o próprio pai e havia sido vista aqui no estado do Maranhão”, revelou o superintendente.

O delegado Dicival Gonçalves diz que a criança desapareceu após uma visita feita pelo o pai. Ele acrescenta que qualquer informação prestada pela a sociedade pode ajudar a localizar os dois. “Nós precisamos que a população nos ajude para que nós possamos resgatar a criança que está em poder deste pai e que teria feito uma visita à criança no dia 10 de julho e desapareceu com a criança cometendo um sequestro”.

Um mandado de busca e apreensão já foi expedido pela a Justiça de Pernambuco, conforme o superintendente de Polícia Civil do Interior do Maranhão. “Já existe busca e apreensão desta criança e foi expedido pelo o juiz da Comarca do município de Olinda no estado de Pernambuco”, finalizou.

Do G1 MA, com informações da TV Mirante

 


Polícia Civil isolou o local do crime ocorrido no Bairro de Fátima em São Luís (Foto: Luciano Melo/TV MIrante)

 

Homicídio aconteceu na tarde de ontem(27) no Bairro de Fátima, em São Luís.
Rafael Ferreira do Nascimento, pai da criança, morreu no local do crime.

Márcia CarlileDo G1 MA

Uma criança de apenas quatro anos de idade foi ferida com tiros de arma de fogo durante um homicídio ocorrido no início da tarde de quarta-feira (27) em São Luís. O crime envolveu o seu pai identificado como Rafael Ferreira do Nascimento, 24, que foi morto após ser alvejado por dois suspeitos ainda não identificados pela a polícia.

Segundo informações do delegado plantonista da Superintendência de Homicídios, Wady Nazar, a menina estava em companhia do pai em uma bicicleta quando foram surpreendidos no Bairro de Fátima, na capital, por dois suspeitos já identificados pelos policais. Eles vinham de sua residência na Vila Sá, situada entre os bairros Areinha e bairro de Fátima quando foram alvejados.

“Nós apuramos a partir de relato de populares que estavam no local do crime que tanto a vítima como a menina estavam em uma bicicleta e estavam indo para casa da avó da criança quando foram alvejados por dois suspeitos. Algumas pessoas dizem que eles estavam em uma moto e outros dizem que eles estavam em carro branco, mas isso a gente ainda vai apurar”, relatou o delegado.

Ainda conforme o delegado Wady Nazar após os disparos, Rafael Ferreira do Nascimento não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Já a sua filha foi socorrida por populares e encaminhada para o Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão 1), em São Luís, onde se submeteu a um procedimento cirúrgico e se encontra em estado estável. Os dois suspeitos fugiram logo após o crime.

“O Rafael não sobreviveu aos disparos e morreu no local. A sua filha foi socorrida e levada para o Socorrão 1. Eu já recebi informação da família dela que ela foi operada e está estável. Nós agora estamos procurando os dois suspeitos que fugiram depois do crime”, revelou Wady Nazar.

Wady Nazar diz que a perícia esteve no local e contabilizou mais de 10 tiros no corpo do pai da criança, mas ele adianta que só o laudo final poderá confirmar a precisão dos disparos. “A perícia foi no Bairro de Fátima e a equipe contabilizou por cima uns onze toros. Só que esse número correto só o laudo final poderá nos dizer”.

O delegado plantonista da Superintendência de Homicídios afirma que a polícia deverá trabalhar durante as investigações com as hipóteses de acerto de contas e briga de facções pelo o poder do tráfico de entorpecentes na região do Bairro de Fátima que, atualmente, é considerado alto.
“Nós temos, inicialmente, duas linhas de investigações para o crime que é o acerto de contas, já que a vítima já tem passagem pela a polícia pelo crime de tráfico de drogas, e briga de facções no bairro por conta da droga”, finalizou o delegado Wady Nazar.


pai

Rep.Carlos Magno 31/03/2016

“lindo e com saúde comprovada. Ótimo investimento” AFIRMOU O PAI

FILHINHO

 Site de classificados tinha anúncio de venda de bebê, em Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte (Foto: Reprodução/OLX)

Polícia Civil prendeu nesta terça-feira (29) o pai suspeito de anunciar o bebê em um site de vendas na internet. Segundo a delegada Ana Maria dos Santos, o homemde 24 anos confessou ser responsável peloanúncio e disse ter feito a postagem por brincadeira.

Apesar da alegação, a delegada afirmou que a oferta de venda da criança já se configura crime e o homem foi autuado emflagrante. A mãe do bebê afirmou aos policiais que não sabia que o marido havia feito a postagem. A mulher de 23 anos não foi presa, mas ainda é investigada.

 

oferta foi publicada no fim da tarde desta segunda-feira (28) no site de classificadosOLX“. O conteúdo foi retirado do ar por volta das 10h desta terça.

O casal é morador de Contagem e foi localizado em Ibirité ambas as cidades na Região Metropolitana. A polícia suspeita que eles tentaram fugir.

Os dois têm mais um filho biológico e cuidam de uma outra criança. A polícia afirmou que o Conselho Tutelar foi acionado e as crianças devem ficar com parentes.

De acordo com a delegada, uma investigação paralela de maus tratos contra ascrianças será realizada. Ainda segundo Ana Maria, o homem vai responder por doiscrimesoferta e venda de pessoas e exposição de crianças a constrangimento. O casal não tinha passagens anteriores pela polícia.

Anúncio – Conforme o conteúdo que podia ser acessado no site OLX, a criança temdez dias de vida e é um “homem lindo com saúde total e comprovada”. O texto doanunciante ainda diz que o bebê seria um “ótimo investimento” e que o valor da venda seria combinado posteriormente. Além de cinco fotos de uma criança, o anúncioincluía um telefone de contato.

Em nota, a OLX lamentou o ocorrido e disse que repudia esse tipo de conteúdo, que não condiz com os termos de uso da plataforma. Informou também que conta com uma equipe de atendimento dedicada a aprimorar a plataforma constantemente para manter a comunidade de usuários segura.

Ainda de acordo com a OLX, a recomendação é que, ao verificarem anúncios irregulares ou conteúdos indevidos, os usuários denunciem o conteúdo na própria plataforma ou entrem imediatamente em contato com a equipe de atendimento ao cliente para que a empresa investigue o anúncio e tome as medidas necessárias – G1.