A prefeita de São Vicente Ferrer, Conceição Castro, assinará  ordem de serviço para a construção de  poços artesianos nesta quinta-feira, 11 de janeiro/2018

Prefeita ao lado governador Flávio Dino e de Marcelo Tavares

A construção dos poços atenderá tanto a sede como a zona rural de São Vicente Ferrer e serão perfurados em Ponta de Paulo, Santa Rosa, Rita de Cassia, Angelim,  Casa Grande e Tapuia. Na oportunidade, Marcelo Tavares também deve anunciar o início de outras obras no município, via Governo do Estado.

O evento acontecerá na próxima quinta-feira, 11 de janeiro, (AMANHÃ) a partir das 10 horas da manhã, na escola ‘Tia Ducarmo’, no bairro Rita de Cássia. A prefeita, Conceição Castro, convida todos os vicentinos para este momento de assinatura e início das obras que atenderão milhares de pessoas na cidade.

As obras de perfuração dos poços atingirão a profundidade de 300 metros e ficarão sob a responsabilidade da CAEMA que executará os serviços.  As maquinas chegarão em São Vicente Ferrer nesta quarta-feira 10/01.

Com informações: Portal do Baixadeiro.


O Governo do Maranhão iniciou esta semana, no município de São Vicente Ferrer, as obras de construção dos canais projetados pelo Programa Diques da Produção. A ação tem como objetivo combater a salinização dos campos naturais inundáveis da Baixada Maranhense e implantar grandes canais que permitirão armazenar água doce, de extrema importância para o desenvolvimento de projetos nas áreas da piscicultura, agricultura e pecuária.
Em São Vicente, a construção está sendo em parceria com a Prefeitura Municipal, onde a prefeita Conceição Castro levou a demanda do povoado e está sendo construído no povoado Chega Tudo, zona rural de São Vicente Ferrer. O projeto destinado a essas quatro localidades contempla, no total, a construção 4.800 metros de canais para armazenamento de água doce, sendo 1.200 metros para cada uma das comunidades beneficiadas.
O Programa Diques da Produção contempla intervenções nos 35 municípios da Baixada Maranhense, entre eles estão também Matinha, Pinheiro, Cedral, São João Batista, Cajari, Conceição do Lago Açu, Guimarães, Monção, Alcântara, Apicum-Açu, Penalva, Bacuri, São Bento, Viana, Igarapé do Meio, São Vicente de Férrer, Cururupu, Bequimão, entre outros.
O programa trabalhará na construção de duas modalidades de retenção da água doce: canais e barragens – que poderão ser usadas para irrigação e para impedir a entrada de água salgada nos igarapés, e, com isso, proteger os mananciais de água doce das regiões e outros ecossistemas. Além da função de armazenamento de água, poderão ser utilizadas como hidrovia interligando as pequenas propriedades.
Também consta como um dos pilares do Programa Diques da Produção a oferta de Assistência Técnica e Extensão Rural, para implantação de projetos de geração de renda à população das comunidades beneficiadas pela ação.
 Fonte/ Portal Baixadeiro