O fundador do PT, Luiz Eduardo Greenhalgh leu uma carta escrita por Lula, em que o ex-presidente afirmou que teve que tomar uma decisão no limite importo pela Justiça. “Haddad é nosso coordenador do programa de Governo para tirar o Brasil da crise”, ressaltou. “Eu sei que um dia a verdadeira Justiça será feita e será reconhecida minha inocência. E nesse dia eu estarei junto com o Haddad para fazer o Governo do povo e da esperança. Nós todos estaremos lá, juntos, para fazer o Brasil feliz de novo”, disse ele, na carta. “Fernando Haddad será Lula para milhões de Brasileiros”, complementou. “Até a vitória”, finalizou.
Emocionado, Haddad disse em seu pronunciamento sentir “a dor de muitos brasileiros e brasileiras que sentem a dor de não ver o presidente que escolheram subir a rampa do Palácio do Planalto” . Exaltou ainda os programas do Governo Lula. “É hora de sair para a rua de cabeça erguida e ganhar essa eleição. Vamos ganhar por Lula, pelo PT e pelos movimentos sociais.”
Haddad terá como vice Manuela D’Ávila, do PCdoB, a principal sigla aliada na coligação.

Luciano Genésio e Lucinês

Luciano Genésio e Lucinês

O ex-prefeito Filuca Mendes vai começar a andar de cabeça baixa depois da segunda derrota que seu adversário impôs hoje, dia 9.

Filuca saiu humilhado na eleição do PT e não conseguiu eleger seu ex-vice-prefeito César Soares ao comando do diretório municipal da legenda em Pinheiro.

O prefeito Luciano Genésio elegeu Lucinês como presidente do PT na cidade. Ela foi eleita com 70% dos votos contra o candidato de Filuca.

Na cidade o clima é de festa por parte dos aliados do prefeito Luciano, que vem desmontando toda estrutura política e poder do ex-prefeito no município.

Do Blog- Luis Pablo


CnCDUEaXEAYwz8n

 Durante Encontro de Tática Eleitoral do Partido dos Trabalhadores (PT) de São Luís, realizado neste domingo na Assembleia Legislativa, ficou definido o rumo político do partido para as eleições 2016 na capital.

Dentre as propostas discutidas, o Encontro versou entre a tese de candidatura própria e a possibilidade de aliança política com outros partidos. Foi deliberado, com maioria dos votos,  que o melhor caminho para o partido é coligar com o PDT e com o PCdoB.

De acordo com os delegados, dirigentes presentes e o presidente municipal da sigla, Fernando Magalhães, esta foi uma decisão acertada porque, segundo ele, o PT faz parte desta relação histórica de luta e defesa dos direitos dos trabalhadores que vem sendo implantada pelo PDT e PCdoB através das gestões municipal e estadual.

Ficou marcada, ainda, outra reunião para o dia 20 de julho, que definirá o nome do vice-prefeito, indicado pelo PT, à chapa majoritária do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, além da apresentação da listagem dos pré-candidatos a vereador pela sigla em São Luís.

Fonte /  Wallace Braga


Deputado Zé Inácio convocou a militância para o Encontro de Tática Eleitoral do PT

Deputado do PT descartou alianças com PSDB, PPS, DEM e Solidariedade, sobretudo, em São Luís. Isso quer dizer, de imediato, um NÃO a uma coligação com a pré-candidata  do PPS, deputada federal Eliziane Gama.

Deputado Zé Inácio convocou a militância para o Encontro de Tática Eleitoral do PT

Neste domingo (10),  220 delegados estarão responsáveis por definir a tática eleitoral do PT para as eleições de 2016, o que significa decidir sobre os posicionamentos que o partido tomará no Maranhão, no pleito deste ano, incluindo apoios, pré-candidaturas e tendências políticas. Desse encontro, deverá sair a decisão sobre São Luís. Nas primeiras discussões, a sigla apontou por candidatura própria e cotou os nomes do deputado estadual Zé Inácio Rodrigues e do advogado Mário Macieira para a disputa.
Segundo disse Zé Inácio na Assembleia Legislativa,  as alianças terão restrição expressa, sobretudo na capital maranhense, aos partidos que votaram contra a presidente Dilma Rousseff, ou seja pelo impeachment da petista. No caso, PSDB, PPS, DEM e Solidariedade.
O deputado deixou claro que esses partidos estão fora do arco de aliança do PT, de acordo com a resolução nacional da sigla, o que significa, de imediato, que não há chances de coligação com o grupo da pré-candidata do PPS, deputada federal Eliziane Gama, na disputa pelo comando da Prefeitura da capital.
Na sessão da última quinta-feira (07), Zé Inácio utilizou a tribuna para convocar a imprensa e militantes do PT a participarem do Encontro de Tática Eleitoral do Partido dos Trabalhadores, que ocorrerá neste domingo (10), a partir das 9 horas, no auditório Fernando Falcão, da Assembleia Legislativa.
“Em nome do nosso presidente municipal do Partido dos Trabalhadores, Fernando Magalhães, convido nossos militantes e a imprensa para que se façam presente no Encontro de Tática Eleitoral, evento de grande importância para o PT”, afirmou ao explicar que o encontro versará entre a candidatura própria e a coligação, bem como pela aliança com outros partidos do campo democrático e popular.
Candidatura em São Luís
Segundo Zé Inácio, no encontro será discutido se haverá candidatura própria ou aliança em São Luís. Caso ocorra a candidatura própria, será aberta a inscrição para qualquer filiado se inscrever e concorrer, internamente, a prefeito de São Luís.
Atualmente há dois pré-candidatos a prefeito: Zé Inácio e o advogado Mário Macieira. O primeiro possui como aliados várias lideranças do PT e forças políticas internas. Já Macieira, tem a preferência de boa parte dos advogados que militam no partido.
No dia 31 de julho será definido quem será o candidato a prefeito, bem como os candidatos a vereadores. A meta do partido é dobrar a quantidade de vereadores.
Zé Inácio também destacou as pesquisas qualitativas e  disse que a imagem do PT tem melhorado em nível local e nacional. Segundo ele, os dados mostram, inclusive, o ex-presidente Lula como um dos cabos eleitorais mais importantes em São Luís. “Isso nos motiva a caminhar para uma candidatura própria, pois a população ludovicense tem uma visão clara do golpe que ocorreu, com o qual estamos perdendo direitos sociais conquistados com muita luta pela classe trabalhadora”, disse.
Fonte/ Blog da Silvia Tereza