São Luis

Para o deputado Wellington do Curso, o (des) governo que Flávio Dino tem prestado ao Estado é constante. O Terminal Rodoviário de São Luís nem parece o de uma capital, sendo do conhecimento de toda a população. E na noite desta terça (12) foi verificado que o teto do local pode desabar a qualquer momento, pelo rompimento de nove nós na estrutura espacial da cobertura.

Entra governo e sai governo e a Rodoviária parece mais uma estrutura amadora de um projeto que não deu certo e, que, continua ainda pior, no Governo Flávio Dino. Que é conhecido por ter a mania apenas de mascarar serviços com uma maquiagem, muitas vezes, até “borrada”.

Se o Governo do Estado e a Secretaria de Infraestrutura tapam os olhos para não diagnosticarem o perigo que milhares de usuários, passageiros e profissionais estão submetidos no Terminal Rodoviário de São Luís, o deputado Wellington alerta a todos.

“Recebemos várias denúncias de pessoas que trabalham na Rodoviária, que o teto pode desabar a qualquer momento sobre a cabeça de milhares de passageiros, devido ao rompimento de nove nós da estrutura espacial da cobertura. Mais um espaço público, com estrutura velha e sem manutenção, que pode vir ao chão a qualquer momento. Como não é realizada recuperação da estrutura, o teto está escorado com andaimes, de improviso, como mostram as imagens. A minha preocupação é porque os perigos só aumentam. E no Maranhão, existem vários prédios e obras que não passam por manutenções há anos. A exemplo de pontes e viadutos, o Castelinho e agora a Rodoviária, todos estes em alerta, pela ausência de manutenção, seja ela preventiva ou corretiva. O governo do ‘mais impostos’ não é o mesmo que tem zelo pelo bem público. Chamo atenção do governo para um imediato plano de recuperação estrutural do Terminal Rodoviário de São Luís, com urgência, antes que a ‘coisa’ pública entre em colapso”, alertou Wellington.

ASCOM – DEPUTADO ESTADUAL WELLINGTON DO CURSO.

09h – SÃO LUÍS – Carreata com Roseana Sarney (Saída da Passarela do Samba).
20h – COELHO NETO – Comício com o Deputado Soliney Silva.
ASCOM – Senador Edison Lobão.

A Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), em operação realizada na Vila Luizão na quinta-feira (15), deu cumprimento ao mandado de prisão preventiva em desfavor de Ruan Diniz Farias, 22 anos, que foi identificado em inquérito policial como um dos 04 assaltantes que efetuaram um roubo a residência situada no bairro Araçagy, no dia 24 de outubro deste ano.

Após as formalidades legais, o preso foi entregue ao sistema penitenciário, onde permanecerá à disposição da justiça.

Em ações no mesmo dia (15), a Delegacia de roubos e furtos (DRF), em operação realizada no bairro João Paulo, deu cumprimento ao mandado de prisão em desfavor de Joselias de Oliveira Costa, conhecido como “Gaguinho”, 29 anos, condenado a 09 anos de reclusão em regime fechado pelo cometimento de roubo majorado, crime esse que ocorreu no ano de 2009 no bairro João Paulo.

Após as formalidades legais, Joselias Costa foi preso e entregue ao sistema penitenciário, onde permanecerá à disposição da justiça.

Jhanyfer Carvalhos / Ascom – SSP


Centrais sindicais brasileiras protestam na manhã desta sexta-feira (10) na Avenida dos Portugueses, em São Luís, contra a reforma trabalhista que entra em vigor a partir deste sábado (11) e também contra a reforma da previdência. Após atearem fogo na via os manifestantes interditaram totalmente as duas pistas.
A manifestação causa congestionamento, e muitas pessoas caminham em busca de um transporte alternativo.
A Polícia Militar acompanha o protesto. Centrais sindicais convocaram os trabalhadores para manifestações por todo o país. Eles argumentam que as reformas ameaçam direitos.
O protesto é contra reformas do governo federal.
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou ontem (9) que foi firmado entendimento entre os líderes partidários de que a reforma da Previdência deve ser votada “o mais rápido possível”. Depois de participar de café da manhã na residência oficial da Presidência da Câmara junto com o presidente Michel Temer e lideranças da base governista, além de ministros da área política, Meirelles afirmou que sentiu hoje um nível maior de comprometimento para avançar na tramitação da proposta.
A reforma da Previdência aguarda votação do plenário da Câmara desde maio. Por se tratar de uma emenda constitucional, deve ser aprovada com o apoio de no mínimo 308 deputados do total de 513, em dois turnos de votação
Sindsep.

Em uma operação realizada na manhã desta quarta-feira (6), a Polícia Civil, por intermédio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), conseguiu prender em flagrante Arioston Oliveira Ferreira (30), suspeito de falsificar documentos com a intenção de aplicar golpes em pontos comerciais da capital.

A prisão foi coordenada por uma equipe da Polícia Civil, sendo executada na residência do suspeito, no Residencial Canaã, localizado no bairro do São Cristóvão, local este apontado por meio de denúncias onde o mesmo estaria falsificando vários documentos.

No ato de sua prisão, o preso apresentou aos policiais, um documento falso em nome de Domingos Rufino Silva. Logo em seguida, foi feito um trabalho de vistoria na residência, onde foram encontradas várias carteiras de identidades com nomes de terceiros, além de impressoras, notebook e uma pistola (.40) e seis cartuchos.

Já na sede da Seic, a polícia descobriu que Arioston já possui passagem criminal em 2010, onde se passava por um Policial Civil, e pelo crime de roubo no ano de 2008.  Após prestar seu depoimento, o preso foi recambiado para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

 ASCOM/SSP


Francileia Frazão foi presa em boca de fumo com criança.

Na manhã desta quarta-feira (19), policiais do Grupo Tático Móvel (GTM), do 9º Batalhão da Polícia Militar (9º BPM), prenderam Francileia Frazão de Araújo, após a mesma ter aceitado trocar um garoto de um ano de idade por droga, em uma boca de fumo mantida na residência dela, localizada na Rua Nossa Senhora de Santana – bairro do João de Deus. Conforme os militares, a prisão da mulher se deu por meio de informações repassadas ao Disque Denúncia, relatando que a criança havia sido usada como moeda de troca no endereço de Francileia.

De posse das informações, por volta das 10h, a guarnição se deslocou até a residência citada na denúncia e foi constatada a veracidade do fato. Em seguida, a mulher foi presa e conduzida ao 11º Distrito Policial (DP), do São Cristóvão. E, ao chegar à delegacia, houve a descoberta de que Francileia já possuía um mandado de prisão em aberto.

O garoto foi entregue ao Conselho Tutelar do São Cristóvão, e a polícia realiza buscas para descobrir os responsáveis por ele.

Fonte/ Jornal Pequeno


 

Foto e Imagem Nilson Figueiredo

Por Mauro Wagner / Ascom – SSP

Priorizando as ações da Polícia Civil no combate ao tráfico de entorpecentes, a Polícia Civil do Maranhão realizou na noite desta quinta-feira (15), a prisão de 04 pessoas envolvidas com o tráfico de drogas no Município de Raposa. A Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc), após monitoramento flagrou os criminosos com cerca de 300 kg de maconha prensada. Os entorpecentes estão avaliados em aproximadamente 500 mil reais.

A equipe da SENARC já vinha realizando um monitoramento contra o grupo, e após o serviço de reconhecimento, identificou o bando realizando o transporte de entorpecentes. Eles foram identificados como Carlos Cesar Rabelo Serra, 32 anos; Joarbson Silva Cutrim, 27 anos; Paulo Roberto dos Reis dos Santos, 24 anos e João Fernando Nascimento dos Santos, 30 anos. Os investigadores durante a ação policial flagrou dois deles nas proximidades do município de Raposa, em um veículo de cor prata. Durante a abordagem, fora encontrado no interior do veículo, 50kg da droga. As investigações prosseguiram contra os acusados, culminando na prisão de outros dois comparsas que estavam em uma residência. Durante a revista na casa, os policiais encontraram mais 250kg de maconha prensada.

Entorpecentes avaliados em 500 mil reais

O Superintendente da Senarc, o delegado Carlos Alessandro, informou, “Os entorpecentes estavam advindo de uma residência, localizada no município da Raposa. A droga encontrada no veículo estava sendo encaminhada para algum fornecedor, para ser então comercializada. Os 300 kg de maconha estão avaliados em R$ 500 mil reais, ao preço final de mercado. Quero adiantar ainda, que somente este ano na região metropolitana de São Luís, a Polícia Civil, por meio da SENARC, já apreendeu aproximadamente três toneladas de entorpecentes. No Estado do Maranhão, esse quantitativo já ultrapassa as dez toneladas de drogas apreendidas, o que com certeza, gera um prejuízo enorme para as quadrilhas que insistem em realizar o tráfico de drogas em nosso estado”, pontuou o delegado.

Já o Chefe do Departamento da Senarc na capital, o delegado Valdenor Viegas considerou, que “As ações da Senarc tem efetuado um serviço no sentido de coibir o tráfico de entorpecentes na capital. Realizamos essa grande apreensão de entorpecentes, sendo que as investigações irão dar continuidade, no sentido de identificar o restante dos envolvidos”, destacou o delegado.

Após a confirmação da prática delituosa do grupo, eles foram autuados pela prática de crime de tráfico ilícito de drogas e associação para o trafico. Após a apresentação à imprensa, o grupo foi encaminhado para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde ficarão à disposição da Justiça.

Superintendente da Senarc Delegado Carlos Alessandro fala sobre a prisão


 

Flávio Rodrigues Coelho Pereira, o Flavinho

Policiais da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) prenderam Flávio Rodrigues Coelho Pereira, o Flavinho, nesta segunda-feira (17), apontado como um dos líderes de uma facção criminosa que atua na capital maranhense. O suspeito foi detido em flagrante, no bairro Cohab, com uma pistola. 40 e uma CNH falsa.

O delegado Thiago Bardal, superintendente da Seic, informou que o preso é considerado perigoso e é o primeiro da linha de comando da facção. Ainda de acordo com o titular da Seic, a operação deflagrada teve origem a partir de investigações do departamento de combate ao crime organizado da Seic.

Flávio foi autuado em flagrante delito por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, uso de documento falso e organização criminosa, bem como foi dado cumprimento aos três mandados de prisão em aberto por homicídio, roubo e porte ilegal de arma de fogo.

 


mariana_costa

O jovem Lucas Porto, filho do proprietário do edifício Planta Tower, no Renascença, foi autuado em flagrante, à madrugada de hoje, na Delegacia de Homicídios, pelo assassinato da cunhada Mariana Costa, de 33 anos, filha do ex-deputado Sarney Neto e sobrinha-neta do ex-presidente José Sarney. O crime aconteceu à noite passada, no apartamento de Mariana, no Turu. Câmeras do prédio flagraram Lucas entrando duas vezes no condomínio e descendo pelas escadas, apressadamente.

Lucas Porto é o principal suspeito da morte de Mariana Costa. As motivações do crime ainda serão explicadas

Imagens das câmeras de segurança mostram que Lucas esteve duas vezes no prédio. Na primeira vez, deixou as filhas de Mariana. Na segunda, subiu, passou cerca de 40 minutos no apartamento dela e saiu de lá apressadamente, não pelo elevador, mas pelas escadas do prédio.

lucasporto_preso

Lucas Porto é o principal suspeito da morte de Mariana Costa. As motivações do crime ainda serão explicadas.

Lucas Porto já está em Pedrinhas segundo informações

Ao ser autuado em flagrante, Lucas apresentava escoriações nos braços.

Ele foi autuado em flagrante, submetido a exames toxicológicos e está preso na Delegacia de Homicídios.

O velório de Mariana Costa está sendo realizado na Igreja Batista do Olho D’água e o enterro está marcado para às 16h no cemitério Parque da Saudade, no Vinhais

Fonte: Da redação Jornal Pequeno/Data de publicação:


  “Sai-se muito maior de um processo quando se demonstra para a sociedade que se sabe perder”

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) voltou à tribuna, na sessão desta quinta-feira (27), para rebater e criticar estratégia eleitoreira do parlamentar Wellington do Curso que, segundo ele, para defender o novo aliado, o candidato do PMN, Eduardo Braide, trouxe para a tribuna uma denúncia infundada contra o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr, às vésperas da eleição do segundo turno. “Faltam três dias para as eleições. Sai-se muito maior de um processo quando se demonstra para a sociedade que se sabe perder. Quando o político é mau perdedor, ele sai menor do que entrou”, alfinetou.

Othelino Neto rebateu as acusações de Wellington do Curso contra Edivaldo Holanda Jr e lembrou a ele que a Justiça julgou improcedente, esta semana, uma outra denúncia infundada, envolvendo o ISEC, feita por ele, derrubando um factoide, uma estratégia de quem queria criar um clima no processo eleitoral sem necessidade. “E a decisão foi muito clara, arquivando o processo do factoide. Que essa decisão sirva de exemplo para que procurem se fundamentar melhor para não tentar criar um clima de instabilidade na campanha eleitoral”, comentou.

O deputado sugeriu a Wellington que faça a campanha do seu candidato, nas ruas, mas que não tente macular a imagem do prefeito Edivaldo Holanda Júnior que, nesses quatro anos, não sofreu uma só investigação por denúncia de corrupção. “E é por isso e por outras razões que hoje o prefeito aparece com uma liderança folgada e se avizinha de uma grande e importante vitória. Disse ontem aqui nesta tribuna e enfatizo, em nenhum momento temos o desejo ou a intenção de afirmar que a gestão do prefeito é perfeita, porque não é. Tem problemas, mas fez muito e está fazendo muito, inclusive para o incômodo dos adversários, que ficam criticando a prefeitura porque está pavimentando ruas”, disse.

Othelino apelou aos adversários para que respeitem o processo eleitoral,  a inteligência dos ludovicenses, porque não vai ser com factoides, reprisando vídeos e distribuindo na internet, que vai se conseguir ganhar a eleição. “O candidato adversário vai perder a eleição porque a população está escolhendo o caminho mais seguro, porque não está querendo improvisos, porque não está querendo aprovar na incerteza e porque o segundo turno foi muito bom para mostrar quem é um e quem é o outro”, frisou.

Segundo Othelino, Wellington fez um primeiro turno brilhante e teve uma votação expressiva, então deve respeitar os adversários e saber perder. “Haverá um vencedor e um vencido, mas em muitas eleições, mesmo quando se perde se ganha, desde que se saiba perder, aí sim pode até sair maior do processo eleitoral”, analisou.


%d blogueiros gostam disto: