Segurança

 

O 10º Batalhão de Polícia Militar na cidade de Pinheiro segue ganhando reforço para a continuidade da queda nos índices de criminalidade. Na tarde desta quarta(11), em solenidade realizada na capital, o Governador Flávio Dino fez a entrega ao Prefeito Luciano de duas motocicletas destinadas para a Polícia Militar, através da parceria Prefeitura de Pinheiro e Governo do Estado. As motocicletas são adequadas ao policiamento de rua e possibilitam maior agilidade e resposta às demandas da população. Os veículos garantem ainda mais rapidez na captura de suspeitos e o melhor acesso a áreas de ocorrência dos crimes.
Para o Prefeito de Luciano, a aquisição dessas motocicletas irá contribuir na prevenção e diminuição dos crimes, pois as motos podem fazer o cerco aos bandidos com mais agilidade, criando assim um sistema de segurança mais eficiente.

 Com informações: Site Prefeitura/Pinheiro-Ma

Em uma operação realizada na tarde da última quinta-feira (31), a Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da 6ª Delegacia Regional de Viana e 7ª Delegacia Regional de Santa Inês, com apoio da Polícia Militar, conseguiram prender Gilberto Souza do Nascimento, Francisco Barbosa e Eduardo de Jesus Silva Mendes, suspeitos de integrar uma rede criminosa especialista em furtar cargas dos trens da empresa VALE.

As prisões foram executadas no Povoado Acoque, na cidade de Vitória do Mearim, isso porque o trio estava sendo investigado pelas autoridades policiais sob a suspeita de compor um bando criminoso que furtava sacas de grãos dos trens da empresa na ferrovia que corta a região da baixada maranhense.

Com o bando a polícia conseguiu recuperar 320 sacas de 60 quilos de milho, além de apreender motocicletas e um caminhão que era utilizado para transportar a mercadoria roubada. Os três presos devem responder pelos crimes de furto e receptação.

 

  Atualizado: www.jgmoreira.com.br


Arma apreendida pela polícia após o crime (Foto: Divulgação/PM)

Autor dos disparos contra segurança do show (Foto: Divulgação/PM)

Nilo Vitório Saraiva Pontes, de 36 anos, trabalhava de segurança no show ‘Garota White’, no Hotel Pestana, quando foi morto por disparos de arma de fogo, na noite desse sábado, no Calhau, em São Luís. O autor do homicídio, segundo a polícia é Lucelmo Farias Gomes, de 31

anos, que já tinha três mandados de prisão pelo mesmo tipo de crime. Ele já foi encaminhado para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

As investigações são conduzidas pela Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP) e de acordo com o delegado de plantão Leonardo Carvalho, o motivo do homicídio foi por conta de uma mulher identificada como Eliene Pereira Sousa, de 34 anos, ter sido expulsa do ambiente por ser suspeita de furtar pessoas no show.

Uma das vítimas foi quem a segurou até a chegada da segurança do evento. Quando Nilo Pontes chegou, conduziu a suspeita de furto para fora da festa. Momento em que ele foi surpreendido pelos tiros.

“Sobre os furtos, não podemos confirmar, pois a vítima não compareceu à delegacia e não encontramos objetos do furto. Mas em decorrência do segurança ter levado essa mulher para fora do show, o companheiro dela, que estava armado com um revólver calibre 38, ao ver o segurança segurando-a, ele pegou a arma e efetuou os disparos”, disse o delegado.

Depois disso, Lucelmo tentou fugir em um táxi. A Polícia Militar agiu rapidamente e conseguiu localizar o veículo. Na abordagem, os policiais encontraram Lucelmo na companhia de duas mulheres. Além de Eliene Pereira Sousa, que foi expulsa do evento e deu causa ao homicídio, estava no carro também Ana Patrícia Silva de Sousa, de 29 anos, que tinha mandado de prisão por conta de furtos em outra ocasião. Ele deveria estar sendo monitorada por tornozeleira eletrônica, mas retirou a ferramenta por conta própria. Sobre Eliene, a polícia confirma que ela já foi detida outras vezes por furto. Na delegacia, Lucelmo apresentou identidade falsa, mas a manobra foi descoberta pelos policiais. A arma do crime foi encontrada debaixo do tapete do táxi com duas, das seis balas, deflagradas.

Com Informações do G1 Maranhão, São Luís, MA. / SSP-Ma


malas

Do João Filho

A tarde desta quinta-feira (01), foi de tristeza e muita angústia nas ruas da cidade histórica de Alcântara, onde estudantes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) e do Centro de Ensino Professor Aquiles Batista Vieira (CEAB), protestaram pedindo justiça após a polícia prender dois estupradores que violentaram a adolescente T.L.M.S de 15 anos.

Segundo relatos da menor, os Crápulas levaram a garota para o matagal, e a violentaram sexualmente na tarde desta quarta-feira (31/08) quando a adolescente se dirigia para a escola onde estuda. Após cometerem o crime, os bandidos libertaram a menina sobre ameaças, caso ela contasse para seus familiares.p1

Mesmo bastante machucada, a garota chegou em sua casa e contou tudo a seus pais que imediatamente procuraram a polícia e registraram o Boletim de Ocorrência (BO). A polícia saiu à procura das “Almas Sebosas” e somente hoje (01) pela manhã conseguiu colocar as mãos nos bandidos.

Os criminosos são velhos conhecidos da polícia em Alcântara e foram identificados como Raimundo Nonato Neres Diniz conhecido como Nonato e Hyala Leitão, conhecido por Hyala que confessaram a autoria do crime. Os malacos foram presos pelos soldados Geovânio e Menezes do 10ºBPM da 4ª Companhia da PM de Alcântara. Os dois foram autuados e devem receber passaporte para passar umas férias no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde devem fazer o teste do boi pelos integrantes da cela.

MANIFESTAÇÃO NA CIDADEp2

Durante a tarde desta quinta-feira (01), estudantes, professores e pais de alunos, saíram às ruas de Alcântara pedindo mais segurança para a cidade, e que a justiça seja feita punindo os dois estupradores. Grande maioria dos manifestantes chorou ao falar da situação que aconteceu com a jovem, que ficou ontem das 13 às 17 horas em poder dos bandidos. Alô secretário de Segurança do Estado, Jeferson Portela. Larga suas campanhas eleitorais no interior e venha cuidar de sua pasta, que eleição para prefeito não te pertence…


ADOLESCENTE

26/06/2016 20h03 – Atualizado em 27/06/2016 07h52
GCM mata menino de 11 anos em perseguição na Zona Leste de SP
Prefeitura informou que guardas envolvidos no caso foram afastados.
Conselho Estadual de Direitos Humanos vai acompanhar investigação.
Carro onde um menino de 11 anos foi morto por guardas civis metropolitanos
Carro onde um menino de 11 anos foi morto por guardas civis metropolitanos
Um menino de 11 anos foi morto por guardas civis metropolitanos na manhã deste domingo (26), em Guaianazes, na Zona Leste de São Paulo, durante uma perseguição. Segundo informações do Conselho Estadual de Direitos Humanos (Condepe), o menor estava em um carro na região. Ele estaria com outros dois rapazes no veículo, mas eles conseguiram fugir. A criança estava no banco de trás.

Adolescente II

Carro onde um menino de 11 anos foi morto por guardas civis metropolitanos (Foto: Ariel de Castro/Arquivo Pessoal)
O caso foi registrado no 49º Distrito Policial (São Mateus) e o inquérito foi instaurado pelo Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), de acordo com informações do Condepe.
Em nota, a Prefeitura Municipal de São Paulo informou que a Secretaria de Segurança Urbana “imediatamente ordenou apuração rigorosa do ocorrido e afastamento dos agentes da Guarda Civil Metropolitana envolvidos, até que se esclareçam os fatos”. A pasta, no entanto, não informou quantos guardas foram afastados.
O advogado Ariel de Castro Alves, membro do Condepe, vai acompanhar o caso. “Se houve afastamento de guardas há indícios de que ocorreu homicídio. O motoqueiro, possivelmente um vigilante noturno, que tinha acionado os guardas não foi encontrado. Não tem testemunha de que essas pessoas estavam assaltando.”
Para ele, o caso foi registrado como homicídio culposo (quando não há intenção de matar). “A hipótese de homicídio doloso deve ser considerada, já que nenhum tiro atingiu a lataria ou os pneus do carro. E sim o tiro foi efetuado em direção à cabeça das pessoas que estavam sendo perseguidas, atingindo a criança de 11 anos”, disse Castro.
O advogado informou que não há confirmação, até o fechamento desta reportagem, de que o carro tivesse sido furtado ou roubado.
A Secretaria da Segurança Pública de São Paulo foi procurada pelo G1 para falar sobre o caso, mas ainda não retornou os contatos.

Fonte/Glauco Araújo
Do G1 São Paulo


DINO -ACOES-SEGURANCA-500x281

www.ma.gov.br/

O governador Flávio Dino pronunciou-se na manhã desta sexta-feira (20) sobre os episódios de incêndios criminosos a ônibus registrados em São Luís. Ele garantiu que o sistema de segurança do Governo está totalmente mobilizado para garantir a paz e evitar qualquer tipo de ocorrência, especialmente no período da noite. “Nós estamos neste momento com a cidade em absoluta normalidade porque há essa mobilização. E nós estamos prontos exatamente a continuar aquilo que temos feito”, destacou.

O Governador convocou dirigentes do sistema de segurança pública e penitenciária ainda na madrugada, e imediatamente providências foram tomadas no que se refere à identificação dos mandantes da determinação criminosa. Foto: Karlos Geromy/Secap

O Governador convocou dirigentes do sistema de segurança pública e penitenciária ainda na madrugada, e imediatamente providências foram tomadas no que se refere à identificação dos mandantes da determinação criminosa. Foto: Karlos Geromy/Secap

Flávio Dino reuniu com dirigentes do sistema de segurança pública e penitenciária ainda na madrugada, e imediatamente providências foram tomadas no que se refere à identificação dos mandantes da determinação criminosa. “Eu quero pedir à população muito especialmente, que não leve em conta boatos, mensagens falsas, porque essa é uma estratégia, inclusive desses grupos criminosos, quando eles buscam criar uma instabilidade na ordem pública eles se utilizam muito especialmente do WhatsApp”, enfatizou.

De acordo com Flávio Dino, o Governo está com todo o efetivo da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, com engajamento da Guarda Municipal, com a colaboração determinada pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior. “Quero garantir a população que vamos vencer essa etapa, e que a cultura da paz vai vencer, que as pessoas de bem podem ter a tranquilidade que nós vamos, progressivamente, com a autoridade da lei, garantir que essas organizações criminosas deixem de atuar como infelizmente vem atuando há muitos anos no Maranhão”, ressaltou.

O governador reiterou também que o Governo tem uma atuação clara e determinada de enfrentamento ao poder das organizações criminosas, tanto que não se registrava uma ocorrência desse tipo há 17 meses. “Nosso Governo está tomando todas as medidas para retomar a autoridade do Estado sobre o sistema penitenciário e garantir paz nas ruas no que se refere a esse tipo de ocorrência”, explicou.

Ele esclareceu, ainda, que o comando para os ataques foi emitido por uma das gangues que comandam o Maranhão há décadas, mas que houve uma atuação imediata do sistema policial, frustrando outras ocorrências e culminando na prisão em flagrante de pessoas portando instrumentos que foram usados na prática de crimes, alguns destes, inclusive, já haviam participado, ainda no governo passado, em 2013 e 2014, deste tipo de ataque. “Aproximadamente são oito presidiários, integrantes de uma facção, envolvidos diretamente nesta ocorrência”, informou.

Avanços na segurança

O governador Flávio Dino citou também os esforços que vem sendo realizados para recuperar a autoridade do Estado na área da segurança pública. Ele realçou as ações para garantir maior eficácia, como a incorporação de 1500 novos policiais, novas viaturas e novas armas, além da organização do sistema penitenciário. “Nós, muito recentemente, tivemos o fato histórico de um ano sem nenhum homicídio no sistema penitenciário. Isso mostra exatamente que nós estamos recuperando a autoridade do estado que estava degradada”, frisou.


três-assassinados-em-esperantinópolis-1024x576

images (4)

 

O crime foi por volta das 20h30. Os três trafegavam em uma motocicleta Honda CG, de cor azul, quando foram surpreendidos

HOMICÍDIO

 – 07h28 Atualizado 20/03/2016

A cidade de Esperantinópoles está chocada com um triplo homicídio que aconteceu, na noite da última quinta-feira (17). As vítima forma um homem, uma mulher e o filho dela, mortos a tiros, entre os povoados Bela Vista e Centro do Meio.
O crime foi por volta das 20h30. Os três trafegavam em uma motocicleta Honda CG, de cor azul, quando foram surpreendidos por pessoas, ainda não identificadas, que realizaram a execução com vários disparos de arma de fogo.
Manoel Alves Sousa, de 42 anos, levou seis tiros; a cunhada, identificada apenas como Antônia, de 34 anos, foi alvejada com três tiros, e o filho Caíque, de nove anos, também, morreu com três disparos. Há a suspeita de que os homens queriam matar apenas Manoel Alves, mas acabaram matando a cunhada e o sobrinho dele também.
A Polícia Militar esteve no local, mas, até o momento, não há pistas dos suspeito

Lula foi empossado como ministro da Casa Civil

Folha

suspensao nomeacao

Uma decisão da Justiça Federal de Brasília determinou, nesta quinta-feira (17), a suspensão do ato de nomeação do ex-presidente Lula como ministro da Casa Civil do governo Dilma Rousseff.

A decisão é provisória (liminar) e foi assinada pelo juiz da 4ª. Vara Federal, Itagiba Catta Preta Neto, que entendeu que há suspeita de cometimento do crime de responsabilidade por parte de Dilma. O juiz acolheu uma ação popular movida pelo advogado Enio Meregali Júnior.

A nomeação foi publicada em edição extra do “Diário Oficial da União” às 19h de quarta, mesmo dia em que o petista aceitou assumir a pasta, após encontro com a presidente Dilma Rousseff no Palácio do Alvorada.

“A posse e exercício no cargo podem ensejar intervenção, indevida e odiosa, na atividade policial e do Ministério Público e mesmo no exercício do Poder Judiciário pelo senhor Luiz Inácio Lula da Silva”, diz o juiz. “Ato presidencial que, ao menos em tese, é de intervenção do Poder Executivo, no exercício do Poder Judiciário. Ato que obsta ou é destinado a obstar o seu [do Judiciário] livre exercício”, completou.

Para Catta Preta Neto, “ao menos, em tese, repita-se, pode indicar o cometimento ou tentativa de crime de responsabilidade”.

RECURSO

O advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, informou que o governo federal irá recorrer ainda nesta quinta da decisão que suspendeu a posse.

Segundo ele a iniciativa não tem amparo legal, porque outro magistrado já estaria cuidando do processo. “Estamos tomando o conhecimento da situação para poder recorrer ainda hoje”, disse o ministro à Folha.

AÇÃO DO PSB

Em outra frente, o PSB entrou, nesta quinta-feira (17), uma ação no STF (Supremo Tribunal Federal) pedindo que seja declarada inconstitucional a nomeação do ex-presidente Lula para o comando da Casa Civil do governo Dilma Rousseff.

O partido argumenta que a presidente Dilma Rousseff usou o cargo para manipular o foro de investigação de Lula, com objetivo de tirar as apurações envolvendo o petista das mãos do juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato no Paraná, e trazer para o STF. O PSB pede que, se não for anulada a nomeação, o STF pelo menos mantenha com Moro os processos sobre Lula.

Esse post foi publicado em 17/03/2016 às 13h49 www.jgmoreira.com.br

NOVO OTHELINOASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO MARANHÃO

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DO DEPUTADO OTHELINO NETO

DATA – 16/02/2016

  O deputado disse ainda que os indicadores de criminalidade estão diminuindo no Maranhão se forem comparados dezembro de 2015 com dezembro de 2014

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) destacou, na sessão desta terça-feira (16), os investimentos que o governo do Estado tem feito em Segurança Pública no Maranhão. Ele lamentou o recente fato ocorrido, durante assalto em Colinas, mas disse que é necessário reconhecer todos os esforços e medidas adotadas pela atual administração no combate à criminalidade.

“Independente de lado político, de ser oposição ou governo, todos nós, claro, lamentamos o ocorrido em Colinas. Nós só não podemos deixar de reconhecer os investimentos que o governo do Estado tem feito em Segurança Pública. Nunca se fez tantos investimentos nesta área como agora”, frisou o vice-presidente da Assembleia Legislativa.

Segundo Othelino Neto, Já foi noticiado, amplamente, na imprensa que o governo do Estado está adquirindo 300 viaturas policiais. De acordo com o deputado, dessas 300, 81 já foram distribuídas entre viaturas para a Polícia Civil e Polícia Militar.

“Outras não foram entregues ainda à PM porque a fábrica ainda não enviou, mas o governo já fez todo o procedimento burocrático para efetivar a compra, além da contratação de 1.500 policiais, da aquisição de armamentos e também de novas tecnologias para o combate à criminalidade. Então, desta forma, o governo do Estado está mostrando objetivamente, concretamente, o compromisso com a Segurança Pública”, informou.

O deputado disse ainda que os indicadores de criminalidade estão diminuindo no Maranhão se forem comparados dezembro de 2015 com dezembro de 2014. Segundo ele, esses índices precisam reduzir ainda muito mais, mas o governo tem adotados medidas neste sentido.

“Só quem não quer ver, não percebe os investimentos que estão sendo feitos e, principalmente, a sensação de Segurança que as pessoas já sentem nas ruas por conta da contratação de policiais, da aquisição de viaturas e de armamentos. Na grande São Luís, por exemplo, é notório o avanço, a quantidade de policiais e de viaturas. Nós passamos nas rotatórias e em, praticamente, todas há a presença da polícia”, afirmou.

Othelino registrou também a dinâmica do novo comandante da Polícia Militar, o coronel Frederico Pereira, que tem demonstrado ser, além de eficiente, um policial operacional e também receptivo no sentido de discutir a Segurança Pública não só com quem é da área, mas também com políticos que, muitas vezes, dão boas sugestões e colaborações para que as ações possam acontecer.

“A criminalidade  e a violência existem como um fenômeno social nacional, mas aqui no Maranhão, apesar das dificuldades financeiras, das dívidas herdadas, o governo do Estado tem agido, de forma muito objetiva e dura, para combater a criminalidade, tendo inclusive conseguido fazer várias prisões dos mais diversos tipos de criminosos e, em particular, de quadrilhas de assalto a banco”, finalizou.


ALCANTARA II

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO MARANHÃO

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DO DEPUTADO OTHELINO

DATA – 16/12/2015 / Atualizado www.jgmoreira.com.br

O parlamentar garantiu que, além de  levar as demandas ao governador e secretários estaduais,  irá dispor emendas ao Orçamento 2016 para o município

Os deputados Othelino Neto (PCdoB) e Wellington do Curso (PPS) receberam, na Assembleia Legislativa do Maranhão, nesta quarta-feira (16), uma comissão do Movimento Em Defesa de Alcântara que foi à Casa denunciar a precariedade da administração do prefeito Domingos Araken (PT) nas áreas da Saúde, Educação, Segurança, etc. Na oportunidade, o parlamentar do PCdoB disse que apresentará emendas ao orçamento 2016, direcionadas a Alcântara, e levará as demandas cabíveis ao governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

“Vamos levar alguns casos ao  governador. O governo tem o programa Escola Digna para combater, por exemplo, a questão dos colégios sem estrutura ou de taipa. Flávio Dino não vai resolver todos os problemas do Maranhão de uma só vez,  mas está levando programas importantes como o “Mais Asfalto”, o Bolsa Família, etc a todo o Maranhão. Ele não resolve atraso de salários que é atribuição do prefeito,  mas vamos ver outras coisas como transporte escolar, etc”, disse Othelino Neto durante a reunião com a comissão dos moradores de Alcântara.

 

EMENDAS 1

Segundo Othelino, o prefeito parece que esqueceu de administrar a  cidade. O parlamentar garantiu que, além de  levar as demandas ao governador e secretários estaduais,  irá dispor emendas ao Orçamento 2016 para o município,  visando à construção de escolas, melhorias na saúde, etc . “Acho que essa soma de esforços para amenizar o sofrimento do povo é importante  nesse  momento de dificuldade por que passa o Brasil. Não podemos nunca perder a esperança”, disse.

Antes da reunião, o deputado foi à tribuna e destacou as reivindicações apresentadas pelo grupo, como melhorias na Educação, Saúde, nas condições de trabalho, criação do Plano de Cargos e Carreiras, tratamento respeitoso aos servidores públicos, etc. Segundo Othelino, o prefeito foi eleito numa grande expectativa, com uma votação expressiva, e trata com frieza aos problemas graves que acontecem no município.

“O prefeito parece que não enxerga o que está acontecendo. A população está padecendo por ter feito, infelizmente, uma escolha ruim. Graças a Deus, ano que vem o povo vai ter a oportunidade de fazer uma nova escolha e mudar a forma de administrar a cidade de Alcântara”, comentou Othelino Neto ao lamentar a omissão e a forma desrespeitosa, a falta de cuidado do prefeito Araken com a cidade.

Administração caótica

Durante a reunião, a presidente do Sindicato dos Servidores de Alcântara, Rosiclea Araújo, agradeceu a atenção dos deputados e ressaltou que a cidade foi abandonada pela administração municipal que é apática e não tem ações básicas nas áreas de Saúde,  Educação,  etc. Segundo ela, na  escola José Sarney,  alunos estão em prédio que não tem a mínima condição,  falta transporte escolar, etc. “Prefeitura está prejudicando a população.  O povo está sendo ignorado”, disse.

Já a professora Marcelina Serrão disse que o movimento representa o povo do Maranhão, pedindo providências para os problemas graves nas áreas da Saúde,  Educação,  Segurança. “Não há atendimento básico,  campanhas não acontecem. Profissionais não têm condições de trabalho.  Índices de doenças, como Hanseníase e câncer de mama, têm crescido muito”, denunciou.

O agente administrativo Valdir Campelo, que faz parte do movimento,  disse que Alcântara não pode mais permanecer no atraso com uma  saúde tão caótica. Presentes também à reunião os vereadores Biné,  Ivan e Ribinha.


%d blogueiros gostam disto: