Segurança

 

Na rápida aprovação dos integrantes da Agência Nacional de Mineração no Senado Federal.

O senador Edison Lobão, em reunião nesta quarta-feira (8) com o ministro de Minas e Energia Moreira Franco, o deputado federal Cléber Verde e representantes dos garimpeiros do Maranhão, se comprometeu a trabalhar no Senado Federal para a rápida aprovação dos integrantes da Agência Nacional de Mineração. A instalação desse órgão é essencial para que os garimpeiros consigam saber onde buscar os seus direitos.

“Estou me comprometendo com o ministro Moreira Franco e com os garimpeiros do Maranhão a trabalhar intensamente para a rápida aprovação dos integrantes da Agência Nacional de Mineração e então a sua instalação. É isto que vamos fazer. Em benefício dos garimpeiros do Maranhão e do Brasil”, declarou Lobão.

O ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, afirmou que a instalação da agência é fundamental para que todos tenham os direitos garantidos.

“O senador Edison Lobão nos trouxe mineradores do Maranhão que há muito tempo trabalham na área, mas que não tem os seus direitos devidamente respeitados. Exatamente para compatibilizar os direitos de todos, criou-se uma agência reguladora e um novo código de mineração. É necessário que tenhamos a agência reguladora instalada. Para isso, o senador Lobão, que é uma grande liderança no Senado Federal, se comprometeu com os mineradores do Maranhão a trabalhar no senado para que a agência de mineração possa começar a funcionar e dar segurança jurídica a todos”, finalizou o ministro.

ASCOM – Senador Edison Lobão.


A Prefeitura de São Bento firmou convênio com a Secretaria de Segurança Pública do governo do Estado do Maranhão nesta terça-feira dia 05/06, quando o prefeito Luizinho Barros assinou, um termo de cooperação técnica para apoiar os trabalhos da Guarda Municipal. Através desse convênio a gestão municipal poderá providenciar funcionários, abastecer viaturas e realizar trabalhos de estruturação e manutenção da guarnição.

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas

A gestão também disponibilizará uma viatura para otimizar o trabalho da GCM e consequentemente garantir mais segurança do patrimônio público, da comunidade e no trânsito.


A cidade de São Bento-MA está prestes a receber o novo complexo de segurança pública do Estado do Maranhão.
Através do esforço do Prefeito LUIZINHO BARROS e do presidente da Assembleia Legislativa Deputado Othelino Neto, será entregue em data a definir o complexo de segurança pública onde serão inauguradas modernas instalações para a POLÍCIA MILITAR e para a POLÍCIA CIVIL.

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé e área internaO Tenente Coronel Joselito Mendes da Assembléia Legislativa fez uma visita às instalações e verificou a possibilidade de em breve São Bento ser a SEDE de um Batalhão da Polícia Militar, onde seriam beneficiados as cidades de São Bento, Peri Mirim, Penalva, Palmeirândia, São Vicente de Ferrer, Cajapió e Olinda Nova.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas em péO Tenente Coronel Mendes,afirmou que:”Estamos muito felizes com a implantação do novo complexo de Segurança Pública, hoje São Bento está estrategicamente localizada para no futuro ser implantado o batalhão de São Bento que irá beneficiar 8 (oito) municípios, com o apoio do Deputado Othelino Neto e do Governador Flávio Dino em breve teremos uma baixada muito mais segura onde poderemos desfrutar da tranquilidade pública e paz social.”

A imagem pode conter: pessoas sentadas e área interna

Com informações /fotos:

Zeus Padaratz 

 

O 10º Batalhão de Polícia Militar na cidade de Pinheiro segue ganhando reforço para a continuidade da queda nos índices de criminalidade. Na tarde desta quarta(11), em solenidade realizada na capital, o Governador Flávio Dino fez a entrega ao Prefeito Luciano de duas motocicletas destinadas para a Polícia Militar, através da parceria Prefeitura de Pinheiro e Governo do Estado. As motocicletas são adequadas ao policiamento de rua e possibilitam maior agilidade e resposta às demandas da população. Os veículos garantem ainda mais rapidez na captura de suspeitos e o melhor acesso a áreas de ocorrência dos crimes.
Para o Prefeito de Luciano, a aquisição dessas motocicletas irá contribuir na prevenção e diminuição dos crimes, pois as motos podem fazer o cerco aos bandidos com mais agilidade, criando assim um sistema de segurança mais eficiente.

 Com informações: Site Prefeitura/Pinheiro-Ma

Em uma operação realizada na tarde da última quinta-feira (31), a Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da 6ª Delegacia Regional de Viana e 7ª Delegacia Regional de Santa Inês, com apoio da Polícia Militar, conseguiram prender Gilberto Souza do Nascimento, Francisco Barbosa e Eduardo de Jesus Silva Mendes, suspeitos de integrar uma rede criminosa especialista em furtar cargas dos trens da empresa VALE.

As prisões foram executadas no Povoado Acoque, na cidade de Vitória do Mearim, isso porque o trio estava sendo investigado pelas autoridades policiais sob a suspeita de compor um bando criminoso que furtava sacas de grãos dos trens da empresa na ferrovia que corta a região da baixada maranhense.

Com o bando a polícia conseguiu recuperar 320 sacas de 60 quilos de milho, além de apreender motocicletas e um caminhão que era utilizado para transportar a mercadoria roubada. Os três presos devem responder pelos crimes de furto e receptação.

 

  Atualizado: www.jgmoreira.com.br


Arma apreendida pela polícia após o crime (Foto: Divulgação/PM)

Autor dos disparos contra segurança do show (Foto: Divulgação/PM)

Nilo Vitório Saraiva Pontes, de 36 anos, trabalhava de segurança no show ‘Garota White’, no Hotel Pestana, quando foi morto por disparos de arma de fogo, na noite desse sábado, no Calhau, em São Luís. O autor do homicídio, segundo a polícia é Lucelmo Farias Gomes, de 31

anos, que já tinha três mandados de prisão pelo mesmo tipo de crime. Ele já foi encaminhado para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

As investigações são conduzidas pela Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP) e de acordo com o delegado de plantão Leonardo Carvalho, o motivo do homicídio foi por conta de uma mulher identificada como Eliene Pereira Sousa, de 34 anos, ter sido expulsa do ambiente por ser suspeita de furtar pessoas no show.

Uma das vítimas foi quem a segurou até a chegada da segurança do evento. Quando Nilo Pontes chegou, conduziu a suspeita de furto para fora da festa. Momento em que ele foi surpreendido pelos tiros.

“Sobre os furtos, não podemos confirmar, pois a vítima não compareceu à delegacia e não encontramos objetos do furto. Mas em decorrência do segurança ter levado essa mulher para fora do show, o companheiro dela, que estava armado com um revólver calibre 38, ao ver o segurança segurando-a, ele pegou a arma e efetuou os disparos”, disse o delegado.

Depois disso, Lucelmo tentou fugir em um táxi. A Polícia Militar agiu rapidamente e conseguiu localizar o veículo. Na abordagem, os policiais encontraram Lucelmo na companhia de duas mulheres. Além de Eliene Pereira Sousa, que foi expulsa do evento e deu causa ao homicídio, estava no carro também Ana Patrícia Silva de Sousa, de 29 anos, que tinha mandado de prisão por conta de furtos em outra ocasião. Ele deveria estar sendo monitorada por tornozeleira eletrônica, mas retirou a ferramenta por conta própria. Sobre Eliene, a polícia confirma que ela já foi detida outras vezes por furto. Na delegacia, Lucelmo apresentou identidade falsa, mas a manobra foi descoberta pelos policiais. A arma do crime foi encontrada debaixo do tapete do táxi com duas, das seis balas, deflagradas.

Com Informações do G1 Maranhão, São Luís, MA. / SSP-Ma


malas

Do João Filho

A tarde desta quinta-feira (01), foi de tristeza e muita angústia nas ruas da cidade histórica de Alcântara, onde estudantes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) e do Centro de Ensino Professor Aquiles Batista Vieira (CEAB), protestaram pedindo justiça após a polícia prender dois estupradores que violentaram a adolescente T.L.M.S de 15 anos.

Segundo relatos da menor, os Crápulas levaram a garota para o matagal, e a violentaram sexualmente na tarde desta quarta-feira (31/08) quando a adolescente se dirigia para a escola onde estuda. Após cometerem o crime, os bandidos libertaram a menina sobre ameaças, caso ela contasse para seus familiares.p1

Mesmo bastante machucada, a garota chegou em sua casa e contou tudo a seus pais que imediatamente procuraram a polícia e registraram o Boletim de Ocorrência (BO). A polícia saiu à procura das “Almas Sebosas” e somente hoje (01) pela manhã conseguiu colocar as mãos nos bandidos.

Os criminosos são velhos conhecidos da polícia em Alcântara e foram identificados como Raimundo Nonato Neres Diniz conhecido como Nonato e Hyala Leitão, conhecido por Hyala que confessaram a autoria do crime. Os malacos foram presos pelos soldados Geovânio e Menezes do 10ºBPM da 4ª Companhia da PM de Alcântara. Os dois foram autuados e devem receber passaporte para passar umas férias no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde devem fazer o teste do boi pelos integrantes da cela.

MANIFESTAÇÃO NA CIDADEp2

Durante a tarde desta quinta-feira (01), estudantes, professores e pais de alunos, saíram às ruas de Alcântara pedindo mais segurança para a cidade, e que a justiça seja feita punindo os dois estupradores. Grande maioria dos manifestantes chorou ao falar da situação que aconteceu com a jovem, que ficou ontem das 13 às 17 horas em poder dos bandidos. Alô secretário de Segurança do Estado, Jeferson Portela. Larga suas campanhas eleitorais no interior e venha cuidar de sua pasta, que eleição para prefeito não te pertence…


ADOLESCENTE

26/06/2016 20h03 – Atualizado em 27/06/2016 07h52
GCM mata menino de 11 anos em perseguição na Zona Leste de SP
Prefeitura informou que guardas envolvidos no caso foram afastados.
Conselho Estadual de Direitos Humanos vai acompanhar investigação.
Carro onde um menino de 11 anos foi morto por guardas civis metropolitanos
Carro onde um menino de 11 anos foi morto por guardas civis metropolitanos
Um menino de 11 anos foi morto por guardas civis metropolitanos na manhã deste domingo (26), em Guaianazes, na Zona Leste de São Paulo, durante uma perseguição. Segundo informações do Conselho Estadual de Direitos Humanos (Condepe), o menor estava em um carro na região. Ele estaria com outros dois rapazes no veículo, mas eles conseguiram fugir. A criança estava no banco de trás.

Adolescente II

Carro onde um menino de 11 anos foi morto por guardas civis metropolitanos (Foto: Ariel de Castro/Arquivo Pessoal)
O caso foi registrado no 49º Distrito Policial (São Mateus) e o inquérito foi instaurado pelo Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), de acordo com informações do Condepe.
Em nota, a Prefeitura Municipal de São Paulo informou que a Secretaria de Segurança Urbana “imediatamente ordenou apuração rigorosa do ocorrido e afastamento dos agentes da Guarda Civil Metropolitana envolvidos, até que se esclareçam os fatos”. A pasta, no entanto, não informou quantos guardas foram afastados.
O advogado Ariel de Castro Alves, membro do Condepe, vai acompanhar o caso. “Se houve afastamento de guardas há indícios de que ocorreu homicídio. O motoqueiro, possivelmente um vigilante noturno, que tinha acionado os guardas não foi encontrado. Não tem testemunha de que essas pessoas estavam assaltando.”
Para ele, o caso foi registrado como homicídio culposo (quando não há intenção de matar). “A hipótese de homicídio doloso deve ser considerada, já que nenhum tiro atingiu a lataria ou os pneus do carro. E sim o tiro foi efetuado em direção à cabeça das pessoas que estavam sendo perseguidas, atingindo a criança de 11 anos”, disse Castro.
O advogado informou que não há confirmação, até o fechamento desta reportagem, de que o carro tivesse sido furtado ou roubado.
A Secretaria da Segurança Pública de São Paulo foi procurada pelo G1 para falar sobre o caso, mas ainda não retornou os contatos.

Fonte/Glauco Araújo
Do G1 São Paulo


DINO -ACOES-SEGURANCA-500x281

www.ma.gov.br/

O governador Flávio Dino pronunciou-se na manhã desta sexta-feira (20) sobre os episódios de incêndios criminosos a ônibus registrados em São Luís. Ele garantiu que o sistema de segurança do Governo está totalmente mobilizado para garantir a paz e evitar qualquer tipo de ocorrência, especialmente no período da noite. “Nós estamos neste momento com a cidade em absoluta normalidade porque há essa mobilização. E nós estamos prontos exatamente a continuar aquilo que temos feito”, destacou.

O Governador convocou dirigentes do sistema de segurança pública e penitenciária ainda na madrugada, e imediatamente providências foram tomadas no que se refere à identificação dos mandantes da determinação criminosa. Foto: Karlos Geromy/Secap

O Governador convocou dirigentes do sistema de segurança pública e penitenciária ainda na madrugada, e imediatamente providências foram tomadas no que se refere à identificação dos mandantes da determinação criminosa. Foto: Karlos Geromy/Secap

Flávio Dino reuniu com dirigentes do sistema de segurança pública e penitenciária ainda na madrugada, e imediatamente providências foram tomadas no que se refere à identificação dos mandantes da determinação criminosa. “Eu quero pedir à população muito especialmente, que não leve em conta boatos, mensagens falsas, porque essa é uma estratégia, inclusive desses grupos criminosos, quando eles buscam criar uma instabilidade na ordem pública eles se utilizam muito especialmente do WhatsApp”, enfatizou.

De acordo com Flávio Dino, o Governo está com todo o efetivo da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, com engajamento da Guarda Municipal, com a colaboração determinada pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior. “Quero garantir a população que vamos vencer essa etapa, e que a cultura da paz vai vencer, que as pessoas de bem podem ter a tranquilidade que nós vamos, progressivamente, com a autoridade da lei, garantir que essas organizações criminosas deixem de atuar como infelizmente vem atuando há muitos anos no Maranhão”, ressaltou.

O governador reiterou também que o Governo tem uma atuação clara e determinada de enfrentamento ao poder das organizações criminosas, tanto que não se registrava uma ocorrência desse tipo há 17 meses. “Nosso Governo está tomando todas as medidas para retomar a autoridade do Estado sobre o sistema penitenciário e garantir paz nas ruas no que se refere a esse tipo de ocorrência”, explicou.

Ele esclareceu, ainda, que o comando para os ataques foi emitido por uma das gangues que comandam o Maranhão há décadas, mas que houve uma atuação imediata do sistema policial, frustrando outras ocorrências e culminando na prisão em flagrante de pessoas portando instrumentos que foram usados na prática de crimes, alguns destes, inclusive, já haviam participado, ainda no governo passado, em 2013 e 2014, deste tipo de ataque. “Aproximadamente são oito presidiários, integrantes de uma facção, envolvidos diretamente nesta ocorrência”, informou.

Avanços na segurança

O governador Flávio Dino citou também os esforços que vem sendo realizados para recuperar a autoridade do Estado na área da segurança pública. Ele realçou as ações para garantir maior eficácia, como a incorporação de 1500 novos policiais, novas viaturas e novas armas, além da organização do sistema penitenciário. “Nós, muito recentemente, tivemos o fato histórico de um ano sem nenhum homicídio no sistema penitenciário. Isso mostra exatamente que nós estamos recuperando a autoridade do estado que estava degradada”, frisou.


três-assassinados-em-esperantinópolis-1024x576

images (4)

 

O crime foi por volta das 20h30. Os três trafegavam em uma motocicleta Honda CG, de cor azul, quando foram surpreendidos

HOMICÍDIO

 – 07h28 Atualizado 20/03/2016

A cidade de Esperantinópoles está chocada com um triplo homicídio que aconteceu, na noite da última quinta-feira (17). As vítima forma um homem, uma mulher e o filho dela, mortos a tiros, entre os povoados Bela Vista e Centro do Meio.
O crime foi por volta das 20h30. Os três trafegavam em uma motocicleta Honda CG, de cor azul, quando foram surpreendidos por pessoas, ainda não identificadas, que realizaram a execução com vários disparos de arma de fogo.
Manoel Alves Sousa, de 42 anos, levou seis tiros; a cunhada, identificada apenas como Antônia, de 34 anos, foi alvejada com três tiros, e o filho Caíque, de nove anos, também, morreu com três disparos. Há a suspeita de que os homens queriam matar apenas Manoel Alves, mas acabaram matando a cunhada e o sobrinho dele também.
A Polícia Militar esteve no local, mas, até o momento, não há pistas dos suspeito

%d blogueiros gostam disto: