A Prefeitura de São Bento, por intermédio da Comissão
de Processo Seletivo, TORNA PÚBLICO para conhecimento dos interessados, o RESULTADO PRELIMINAR DA PROVA DE TÍTULOS realizada em 04/04/2018.

Acesse o link abaixo👇👇👇
http://saobento.ma.gov.br/editais

 4/13/18 9:01 PM
Descrição

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO – SEMED, O RESULTADO PRELIMINAR DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA O PROVIMENTO DE VAGAS:
PROFESSORES E MONITORES DO ENSINO FUNDAMENTAL 1º AO 5ºANO E 6º AO 9º ANO.

Fonte:

Acesse: http://saobento.ma.gov.br/editais



08/10/2015 21h25 – Atualizado em 08/10/2015 21h32

maranhao

Inscrições serão abertas no dia 20 de outubro e vão até 4 de novembro.
São oferecidas 120 vagas efetivas e 40 para cadastro de reserva.

Foi lançado nesta quinta-feira (8) o edital do seletivo público pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH). Os profissionais da saúde vão ter a disposição 120 vagas efetivas e 48 para cadastro de reserva.

As inscrições serão abertas às 10h do dia 20 de outubro e encerradas às 23h59 do dia 04 de novembro, por meio do endereço eletrônico www.fsadu.org.br/concursos ewww.sousandrade.org.br/concursos de forma exclusiva via Internet, com taxa de inscrição no valor de R$ 80.

As provas objetivas serão realizadas no dia 22 de novembro deste ano com divulgação do resultado até o dia 14 de dezembro. O curso de formação será de 05 de janeiro de 2016 a 20 de fevereiro com divulgação do resultado em 24 de fevereiro.

Das vagas
Todas as vagas do certame são para profissionais de nível superior, com carga horária de trabalho para todas as funções de 40 horas semanais, em regime de dedicação exclusiva, das 08 às 12h e das 14 às 18h. Clicando aqui você vê o quadro de vagas da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares disponibilizadas.

Os profissionais da saúde aprovados vão atuar no fortalecimento e efetivação da atenção primária em saúde, nos municípios definidos pelo Comitê Gestor do Plano ‘Mais IDH’, mediante as normas e condições estabelecidas no Edital.

O processo seletivo será coordenado pela EMSERH e realizado pela Fundação Sousândrade de Apoio ao Desenvolvimento da UFMA (FSADU), com supervisão da Comissão do Processo Seletivo Público instituída pela Portaria n°


Governador Flávio Dino lança Programa de Compras para produtos da Agricultura e anuncia seletivo para técnicos
Na abertura do Seminário de Inspeção Sanitária e Políticas de Comercialização na Agricultura Familiar, o governador anunciou o processo seletivo de 160 novos cargos técnicos para o Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma) e Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp), preparando para o concurso público. Ao valorizar os recursos humanos das instituições ligadas à Agricultura, o Governo dá os primeiros passos para a assistência técnica com o objetivo de potencializar a produção local.
O conhecimento e a comercialização são os eixos que têm norteado as políticas da Agricultura Familiar no Maranhão. Na abertura do Seminário, o secretário de Agricultura Familiar, Adelmo Soares, destacou a importância do fortalecimento de ações do governo federal interligadas às ações do governo estadual. Ao criar o Programa Estadual de Compras, o Executivo Estadual fortalece os programas federais já existentes como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae).
A reconstrução do sistema de apoio à produção no Maranhão passa pela valorização da produção dos agricultores locais com o incentivo às certificações sanitárias e organização dos produtores em cooperativas. Ao disponibilizar conhecimento e recursos financeiros aos pequenos agricultores, o Governo do Estado fortalece a política de valorização do abastecimento local para as escolas, cozinhas comunitárias e restaurantes populares vinculados ao Estado.
Programa de Compra da Agricultura Familiar
Com o objetivo de valorizar a produção local e dar melhores condições aos pequenos agricultores do Maranhão, o governo do Estado oficalizou o Programa de Compra da Agricultura Familiar (Procaf), que será encaminhado à Assembleia Legislativa para aprovação dos parlamentares.
A maranhense Jéssica Matos, 30 anos, o esposo e seus cinco filhos que vivem da Agricultura Familiar no bairro Talita, no município da Raposa, será uma das beneficiadas. “Esse programa é um incentivo pra fortalecer ainda mais a nossa atividade, estamos felizes porque agora não vamos mais precisar lutar para vender nossos produtos na feira, já teremos venda garantida”, disse ela.
O programa estadual prevê que sejam feitas compras governamentais direto com os agricultores, em vez de comprar todos os produtos de outros estados. Depois de aprovado pela Assembleia, o Governo do Estado comprará 30% dos produtos da Agricultura Familiar para o abastecimento de presídios, hospitais, escolas e outras instituições ligadas ao Executivo Estadual.
Ao colocar a produção no centro das políticas de desenvolvimento econômico do Estado, o governador Flávio Dino fortalece ações que visam uma melhor distribuição das riquezas e uma maior igualdade no Maranhão. “Investir em Agricultura Familiar é o caminho sustentável, duradouro, estratégico para assegurar qualidade de vida aos maranhenses. A produção é o caminho pelo qual nós podemos compensar a dificuldade econômica transitória do nosso país”, disse o governador.
Estiveram presentes os secretários estaduais Adelmo Soares (Agricultura), Marcelo Tavares (Casa Civil), o deputado estadual Paulo Neto, os secretários municipais Fátima Ribeiro (Segurança Alimentar), Geraldo Castro (Educação), o delegado do Ministério Agrário, Vicente Mesquita, a superintendente da Companhia Nacional de Abastecimento, Dulcileide de Jesus, o presidente da Agerp, Fortunato Macedo, o presidente da Aged, Sebastião Anchieta, a representante do Banco do Nordeste, Maria Raquel Pinheiro e produtores, representantes sindicais e dos movimentos dos agricultores do Maranhão.