Com o objetivo de oferecer uma Pascoa mais feliz às famílias carentes do RESIDENCIAL BOM VIVER , o Vereador ELIZEU DE TAN TAN (PP) promoveu a doação de dezenas cestas básicas aos moradores do Residencial.

Ao todo, 60 (SESSENTA) CESTAS BÁSICAS e SORTEIO DE BRINDES distribuídas aos moradores na manhã deste domingo (7), semana que antecede a a sexta-feira Santa. Para o Vereador, a maior retribuição recebida no Residencial Bom Viver foi ver a alegria e a felicidade de todos os contemplados. pontuou Elizeu 

Continuando…

” Agradeço a Deus por ter tido a oportunidade de poder executar essas ações e ter colaborado com essas doações como forma de fazer um pouco por essas pessoas. Fico muito feliz por levar um pouco de alegria para a vida dessas a todos. Além de doar essas cestas básicas, o meu intuito é levar um pouco de amor e carinho à todas as famílias nesta pascoa e sempre >>> É tempo de agradecermos a Deus por tudo que somos, por tudo que temos e pelo que virá . Pascoa é amor, sentimentos em nossos corações, esperança, FÉ e confiança. AMOR, FRATERNIDADE E UNIÃO. Feliz Pascoa!”  concluiu Elizeu


A prefeitura de Pinheiro, através da Secretaria Municipal de Infraestrutura, atendendo solicitação do vereador Sandro Lima (PC do B) concluiu obras de construção de sarjetas, nas ruas CELINO ARAUJO, JOSÉ ANASTÁCIO, RUA DA ESTRELA E RUA MAJOR JOSÉ GOMES, durante todo o período de construção das sarjetas, o vereador se fez presente  fiscalizando o andamento das obras e ouviu agradecimentos das famílias residentes na área onde o trabalho era desenvolvido e que muito aguardavam ser beneficiadas com os serviços agora concluídos pela prefeitura com o apoio do vereador Sandro Lima.

Perguntado por nossa reportagem sobre as obras, o vereador nos disse:“Este trabalho foi uma solicitação exclusiva que partiu do nosso gabinete, qual quero agradecer de publico ao nosso prefeito João Luciano e ao Secretário Segundo, que atenderam ao nosso pedido, que na verdade era uma demanda dos moradores dessas ruas, que agora com os trabalhos concluídos irá facilitar a vida de todos, com as sarjetas preparadas adequadamente além de meios-fios e o asfaltamento que essas ruas receberam recentemente a pedido por mim formalizado ao prefeito Luciano; estamos cumprindo o nosso papel de representante da população da nossa cidade”. pontuou o vereador.

 

 


Na sessão do dia (05/11), indicação de Nº 157/2018 do Vereador Elizeu de Tan Tan (PP) , que subscreve, formulada em consonância com as normas regimentais vigentes, após ouvido o Soberano Plenário, envia ao Dep. Federal André Fufuca (PP) solicitação objetivando que faça gestão junto a CODEVASF 8ª Regional, para a perfuração de um  poço artesiano no Povoado Juçaral, Pinheiro-Maranhão.

Ao usar a Tribuna, em suas alegações o autor da reivindicação disse : “ Nenhuma  comunidade pode viver ou evoluir sem um abastecimento adequado de água, que permita aos seus habitantes viver de modo saudável. Levando-se em conta que  o acesso à água potável possui íntima ligação com o direito à vida e com a dignidade da pessoa humana, sendo portanto inegável a importância da mesma para a nossa sobrevivência. Continuando >>>> o Vereador mostra a real necessidade e a urgência da perfuração de mais poços artesianos, não só na comunidade citada, mas também em outras que ainda não possuem esse privilegio, assim sendo; vai empreender uma luta ferrenha junto aos órgãos públicos  em busca de projetos que as beneficieis.” pontuou. Em seguimento>>>> Uma vez viabilizada a perfuração do poço, o objetivo é levar cidadania, dignidade e qualidade de vida para o trabalhador do campo com foco nas políticas da agricultura familiar e dar condições para que os pequenos produtores rurais possam permanecer no campo com a sua família a plantar seus alimentos, para subsistência e comercialização , melhorando  assim, a sua renda e a qualidade de vida do dia a dia  na zona rural”. sinalizou

www.jgmoreira.com.br


O vereador e professor Sandro Lima esteve na manhã desta quinta-feira no programa TÁ NA MÍDIA da rádio cultura FM 105,9. O matinal é apresentado pelo radialista Willian Vieira e vai ao ao ar de segunda a sexta-feira as 8hs da manhã.

O parlamentar falou dos seus projetos e da brilhante administração do PREFEITO LUCIANO GENÉSIO. 
Segundo o vereador o município está crescendo e se desenvolvendo e sabe que ainda tem muito a ser feito, porém o prefeito está trabalhando muito.
Falou ainda que é importante está parceria e quem ganha com tudo isso é a população.

“Sou professor e estou vereador, tenho inúmeros requerimentos e projetos e mais de 80% já foram atendidos isso prova que estamos ajudando a melhorar a vida das pessoas. Esse mandato não é meu e sim do povo que me elegeu, .que acreditou no meu potencial. Não estamos e nem vamos decepcionar. As críticas virão, e isso prova que a árvore é boa e dá frutos, por isso as pedras e os ataques maldosos daqueles que já nasceram derrotados.”

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé
A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé e terno

 

Não sou adepto de achincalhação, mas não imune às rodas sociais e comentários lavados na veracidade de fatos e ocorrências quais sejam suas naturezas. Assim tive conhecimento do “furo”. Enquanto muitos duvidam eu já “vejo”  diferente.

E encerrando as “rasgações de seda” nada mais me intriga diante de fatos oriundos da denuncia que poderá cassar o Vereador Beto de Ribão. O nobre edil diz que é perseguição politica, aliás o Dr. Leonardo fez a mesma alegação quando acusado pelo Beto de Ribão que dizia que a cassação do Leonardo era legitima.  “OS DOIS LADOS DA MESMA MOEDA TEM LADO DIFERENTE” Aqui se faz, aqui se paga. Isso não é perseguição e nem ameaça , é a lei do retorno.

Veja o que irá acontecer na sessão que vai analisar e votar o pedido de cassação do vereador Beto de Ribão:

Vereador Beto de Ribao toma ciência da denuncia de cassação do.mandato de Vereador…

O advogado Dr William Ribeiro, explanou ontem 27/02,  na tribuna da câmara sobre o rito que deve seguir a casa a cerca da denuncia que poderá culminar em cassação do mandato do  Edil Beto de Ribao por CRIME DE RESPONSABILIDADE, pelo fato do mesmo supostamente receber  proventos de um Órgão Público Federal e da Câmara Municipal de vereadores, de forma irregular sem compatibilidade de horário.

De acordo com o edil, ele tem todas as provas que poderão inocenta-lo da denúncia de cassação do seu mandato.
Beto de Ribao, será julgado pelo. Plenário da Câmara, mas terá a mesa da casa como preletora de todo processo até o relatório final.
Depois de todo trâmite da ampla defesa executado pelos membros da mesa, esta formulará um relatório final pra ser submetido ao plenário pra dar o veredito final.


Vereador está sendo acusado de acúmulo de cargos públicos

A Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Pinheiro recebeu e leu em plenário na manhã desta terça-feira (06), o processo de cassação contra o vereador Carlos Alberto Soares Reis (PSD).

O pedido foi assinado pelo ex-vereador Enésio Vitorino Ribeiro, presidente do PDT/Pinheiro. O processo se origina pela ilegalidade que supostamente o vereador Beto de Ribão vem cometendo ao acumular cargos públicos com incompatibilidade de horários.

Beto de Ribão acumula o cargo na área da saúde – antiga Sucam, hoje Fundação Nacional de Saúde – FUNASA, onde é efetivo, juntamente ao de Vereador, fato que é claramente proibido pela constituição de 88, veja:

O QUE DIZ A LEI:

Tendo por objetivo a garantia de uma eficaz prestação dos serviços públicos à sociedade e a busca por melhor qualificação e comprometimento por parte dos agentes públicos, o constituinte estabeleceu, no art. 37, inciso XVI, da Carta Magna, como regra geral, a vedação ao acúmulo de cargos públicos.

Contudo, nas alíneas subsequentes, foram estabelecidas algumas exceções a tal regra geral, de modo que deverá ser admitida a acumulação naqueles casos exaustivamente arrolados na Constituição.

XVI – é vedada a acumulação remunerada de cargos públicos, exceto, quando houver compatibilidade de horários, observado em qualquer caso o disposto no inciso XI:

a) a de dois cargos de professor;

b) a de um cargo de professor com outro técnico ou científico;

c) a de dois cargos ou empregos privativos de profissionais de saúde, com profissões regulamentadas;


Vereador de Pinheiro acumula cargos no serviço público

Havidos 24 de março de 2015 o Blog Antonio Martins divulgava matéria que envolvia o vereador Leonardo Sá (PDT) por ter  acumulando salários no serviço público. Considerando o subsídio de vereador— de R$ ….. [fora verba indenizatória e demais benefícios] — e a remuneração de médico perito do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) — de R$ ….. —, Dr. Leonardo, como é mais conhecido, estaria recebendo dos cofres públicos, quase R$ ….mil mensais, que incluía os cargos no executivo federal e na Câmara de Pinheiro.

Como é sabido e de conformidade com a Lei, é vedado o exercício simultâneo de mandato eletivo de Vereador por parte de servidor público que acumule ilicitamente dois cargos públicos, ainda que haja compatibilidade de horários.

Desta vez quem incorre na  suposta ilicitude do acumulo de cargos é o Vereador BETO DE RIBÃO, o dito cujo que por denuncia do ex-prefeito Filuca Mendes, condenava o  ex-vereador Leonardo Sá. VEJA O VÍDEO.

Posted by Jgmoreira Moreira on Tuesday, January 30, 2018

 

O QUE DIZ A LEI:

Tendo por objetivo a garantia de uma eficaz prestação dos serviços públicos à sociedade e a busca por melhor qualificação e comprometimento por parte dos agentes públicos, o constituinte estabeleceu, no art. 37, inciso XVI, da Carta Magna, como regra geral, a vedação ao acúmulo de cargos públicos.

Contudo, nas alíneas subsequentes, foram estabelecidas algumas exceções a tal regra geral, de modo que deverá ser admitida a acumulação naqueles casos exaustivamente arrolados na Constituição.

XVI – é vedada a acumulação remunerada de cargos públicos, exceto, quando houver compatibilidade de horários, observado em qualquer caso o disposto no inciso XI:

a) a de dois cargos de professor;

b) a de um cargo de professor com outro técnico ou científico;

c) a de dois cargos ou empregos privativos de profissionais de saúde, com profissões regulamentadas;

Note-se que, por expressa previsão do inciso XVII do mesmo art. 37, a proibição de acumular estende-se a empregos e funções e abrange autarquias, fundações, empresas públicas, sociedades de economia mista, suas subsidiárias, e sociedades controladas, direta ou indiretamente, pelo poder público.

A denúncia sobre a compatibilização de carga horária do “Dr. Leonardo” foi apresentada à Justiça pelo prefeito Filadelfo Mendes Neto, o Filuca (PMDB), no mês de julho de 2012.

A irregularidade ocasionou a abertura de uma ação penal no Tribunal Regional Federal da 1ª Região contra o parlamentar pinheirense.

INVESTIGADO NA CÂMARA
A Câmara Municipal do Pinheiro instalou uma comissão para apurar as denúncias sobre as irregularidades cometidas pelo vereador Leonardo Sá. Um edital convocando chegou a ser publicado no Diário Oficial do Estado. Ainda essa semana o blog vai trazer detalhes sobre o assunto.

O QUE DIZ A LEGISLAÇÃO?
O artigo 37 da Constituição Federal, inciso 16, diz que é vedada a acumulação remunerada de cargos públicos, exceto a de dois cargos de professor, com outro técnico ou científico, ou empregos de profissionais da saúde.

De acordo com o texto, a proibição estende-se a empregos e funções em autarquias, fundações, empresas públicas, sociedades de economia mista, suas subsidiárias, e sociedades controladas, direta ou indiretamente, pelo poder público.

E AGORA José … Diz pra BETO DE RIBÃO.


Por volta das 19h30 desta segunda-feira (27) o vereador Gentil Cantanhede (PSL), de 52 anos, tentou o suicídio por meio de enforcamento. A tentativa de suicídio aconteceu em sua residencia, localizada no bairro Sulina. Segundo informações de uma fonte do Blog, o parlamentar foi encontrado por familiares em um cômodo da casa e conseguiram a tempo evitar a tragédia
Gentil está exercendo seu 1º mandato de vereador na Câmara Municipal de Caxias. Ele foi eleito em outubro do ano passado com 1.079 votos na coligação “Juntos por uma Caxias melhor” que apoiava a candidatura do ex-prefeito Léo Coutinho à reeleição.
O vereador é uma pessoa bem relacionada e é membro da bancada de situação do prefeito Fábio Gentil.
Assim que souberam da noticia, alguns vereadores se deslocaram até a residencia do vereador Gentil. O parlamentar passa bem no momento. Decepção com a politica foi o motivo que levou o edil a tentar o suicídio.

 

Kedson foi encontrado morto na manhã desta sexta-feira (25), nas proximidades do povoado Bacabeira, a 44 km do centro da Cidade

Terceiro vereador mais votado na eleição do ano passado no município de governador Nunes Freire, a 180 km da capital maranhense, Antônio Kledison Rodrigues Costa, o Kedson, do PPS, foi encontrado morto na manhã desta sexta-feira (25) nas proximidades do povoado Bacabeira, a 44 km do centro da Cidade.

O corpo do parlamentar foi percebido por populares às oito horas, com sinais de perfurações de arma branca.

Kedson, enfermeiro de profissão, se elegeu na base do ex-prefeito Marcel Curió, com 516 votos, no entanto, meses atrás passou para a base do prefeito Indalecio (PT).

O vereador tinha fechado semanas atrás compromisso individual de apoiar o deputado Josimar de Maranhãozinho (PR) para deputado federal e sua esposa, ex-prefeita de Centro do Guilherme, Detinha, para estadual.

Até o momento não há suspeita sobre quem teria cometido o assassinato. A polícia também ainda não se pronunciou.

Paulo Lopes foi morto em março de 2014; Esmilton Pereira em agosto do ano passado.

Com a morte de Kedson, soma-se outros dois homicídios de vereadores na mesma cidade em um período de pouco mais de três anos.

O primeiro caso aconteceu no dia 10 de março de 2014, Paulo Lopes Sales (PT), 36 anos, foi encontrado com várias fraturas no crânio, por suposto espancamento, na BR-316, entre Governador Nunes Freire e Maracaçumé. O fato aconteceu no dia 1º de março, Paulo foi levado para o hospital e morreu nove dias após.

O segundo vereador morto em Nunes Freire foi Esmilton Pereira dos Santos, de 45 anos, no dia 23 de agosto do ano passado. O parlamentar de quarto mandato foi atingido com tiros ao chegar em casa na zona rural do município.

Fonte: Blog do Domingos Costa


Em São Vicente Ferrer, cidade distante 157 KM de São Luis capital do Estado -Ma,  por volta das 16h00  desta (terça-feira)  1º /08, conforme ocorrência, no Hospital Municipal Antonio Santos Jacinto, o vereador Manoel da Anunciação Rocha (PIN) (MANOEL ROCHA), chegou ao extremo da falta de respeito  invadiu as salas médicas atrapalhando um atendimento de urgência que estava sendo realizado pelo médico Dr. Davi, e diante da sua insatisfação por ter escutado que deveria aguardar alguns minutos  para ser atendido, o Vereador Manoel Rocha ROMPEU O LACRE DA INSENSATEZ e passou a agredir moralmente o médico (Dr. Davi) com palavras de baixo calão além de interromper os trabalhos do médico gritando que não era moleque e que queria a todo custo um atendimento preferencial para o seu caso.
O vereador Manoel Rocha desde que que chegou na unidade de saúde, exigia atendimento imediato e por isso ficou incontrolavelmente perturbado e agressivo. Agitado, gritava e esmurrava a parede da Unidade de Saúde, em dado momento o vereador num ato covarde começou a desencadear palavrões colocando em polvorosa, pacientes, funcionários outros,  médicos e enfermeiras que ali se encontravam.

Pasmem os senhores que o vereador chegou ao extremo da falta de respeito, da falta de ética e da moralidade publica , tentando covardemente após agressão verbal, agredir também  fisicamente o médico Dr. Davi , ação não conclusa pelo fato da interferência das pessoas que se encontravam  no recinto do hospital no momento da ação colérica do vereador agressor. “Infelizmente temos que lamentar que em menos do que esperávamos o vereador mostrou o seu lado agressivo, seu lado autoritário  e ditador que vive em consonância com a truculência e a irracionalidade além do  descontrole emocional  que com certeza é a marca da carga genética registrada advinda dos seus ancestrais” . Assim se reportava as pessoas que assistiram a triste cena perpetrada pelo vereador.

Pior do que uma ação condenatória por falta de decoro parlamentar que culmina com a cassação de mandato (que seria a pena desse vereador) é a dor de saber que parte da população   de São Vicente Ferrer, delegou poderes legislativos que está nas mãos de uma pessoa que não tem respeito pelo próximo,  não sela com dignidade os seus compromissos como legislador , acha que todos são subalternos  e ainda se esquece que está  vereador porque o povo o colocou e que da mesma forma como colocou pode também tira-lo . Eis a nossa indignação pela forma de como esse vereador vem tratando as pessoas de bem.  Da forma que ele fez com o Dr. Davi, mostrou e patenteou a incapacidade mental de que não tem condições de representar um povo tão digno como é o povo Vicentino, haja visto suas atitudes destemperadas.

Ainda nesta semana o medico deverá registrar um Boletim de Ocorrência Policial contra o Vereador.