“Peixe” era acusado de traficar drogas no bairro onde morava há muitos anos

O traficante de drogas Roberto Santos da Costa, 33, conhecido como “Peixe”, foi executado com sete tiros de pistola calibre 9 milímetros na noite desta quarta-feira, quando comercializava porções de entorpecentes na Rua Ituarana, no bairro Amazonino Mendes, conhecido como Mutirão, Zona Norte de Manaus.

Três homens desconhecidos chegaram ao local em um carro Gol, preto, placa não identificada, e abordaram “Peixe”, que ainda tentou correr, sabendo que o trio estava ali para executá-lo, mas não deu tempo e o traficante foi assassinado friamente, de acordo com as testemunhas.

Moradores da rua ainda telefonaram para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, mas de nada adiantou porque a morte de Roberto foi instantânea com tiros que atingiram sua cabeça, peito, costas no tórax, como foi confirmado por peritos do Instituto de Criminalística.

 

Os autores do crime deixaram o local logo em seguida. Uma equipe de patrulhamento da 6ª Companhia Interativa Comunitária tentou localizar os assassinos mas não aconteceu nenhuma prisão.

 

O corpo do traficante foi retirado do local do crime pela equipe do IML. O crime está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros.