O aposentado foi conduzido à Delegacia de Polícia e autuado em flagrante por estupro de vulnerável

O aposentado Antônio José Almeida da Silva, 64, foi preso em flagrante delito depois de estuprar uma menina com 12 anos de idade, no município de Humaitá, distante 697 quilômetros de Manaus em linha reta.

A vítima foi encontrada embaixo de uma cama quando a polícia chegou ao local para averiguar uma denúncia anônima acompanhada de uma representante do Conselho Tutelar.

O crime foi praticado no último sábado, 14, na casa do aposentado e ao ser interrogada, a menina confirmou que tinha acabado de manter relações sexuais com Antônio José.

Os policiais fizeram uma revista geral no quarto do aposentado e encontraram preservativos usados e outros indícios de que ele realmente estuprou a menor de idade.

A mãe foi buscar a filha na delegacia depois de ser informada acerca do estupro (Foto: Divulgação) 

De acordo com a representante do Conselho Tutelar, que preferiu não divulgar seu nome para a imprensa, foi recebida uma denúncia anônima informando que Antônio José estava com uma garota em sua casa.

 A conselheira solicitou apoio dos policiais militares e quando bateram na porta da casa do aposentado, ele chegou a afirmar que estava sozinho, mas foi realizada a revista e a garota foi encontrada embaixo da cama.

Diante dos fatos o aposentado foi conduzido à Delegacia Interativa de Polícia do município de Humaitá e vai responder por crime de estupro de vulnerável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *