Foto: Divulgação

Mary Lúcia ficou com o rosto bastante machucado depois da agressão praticada pelo vizinho

A dona de casa Mary Lucia da Silva Ribeiro foi agredida de forma covarde por um vizinho, que não teve o nome divulgado nas informações obtidas através de grupos de Whatsapp.

Ela sofreu escoriações no rosto e foi atendida no Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, onde também compareceram para prestar solidariedade a apoio feminino representantes do Fórum de Mulheres de Manaus.

Segundo informações, não foi a primeira agressão praticada contra Mary Lúcia pelo mesmo vizinho, que já responde a um processo na Justiça, no entanto, ele continua impune.

 

O valentão teve coragem de agredir pela segunda vez

uma senhora de idade avançada e franzina (Foto: Divulgação)

Para as representantes do Fórum de Mulheres, essa impunidade que no momento permite que o vizinho da dona de casa agredida se mantenha em liberdade, ao que tudo indica aumentou sua arrogância, sua covardia e sua violência.

O grupo de mulheres que foi acompanhar o caso de Mary Lúcia tem informações que o agressor também já responde por crime de estupro.

A dona de casa agredida recebeu curativos nos seus ferimentos e do hospital foi conduzida à Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher (DECCM), onde fez exame de corpo de delito e mais um inquérito foi instaurado contra o agressor.


Uma ação coordenada pela Polícia Civil da cidade de Araioses com apoio da Polícia Militar, resultou na manhã desta terça-feira (30) no cumprimento ao mandado de prisão preventiva de Elisabete Marques do Nascimento (45), suspeita comandar o tráfico de drogas na região do baixo Parnaíba maranhense.

Segundo o delegado Raphael Reis, a presa teria assumido controle do tráfico de entorpecentes nos municípios de Água Doce do Maranhão, Tutóia e Araioses, logo após a prisão do seu marido, identificado como Valgleides Feitosa da Silva, preso em fevereiro de 2017 durante a “operação Madson”.

Ainda de acordo com o delegado, desde então, Elisabete começou a ser investigada pela Polícia Civil no intuito encontrar vestígios de sua conduta criminosa, tendo êxito nas investigações. A prisão de Elisabete foi executada pelo setor de inteligência da SEAP e do 12º Distrito Policial de São Luís, no momento em que a mesma pretendia fazer uma visita ao marido, que se encontra preso no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Anselmo Oliveira – ASCOM/SSP 


A prisão foi novamente requerida pela Polícia ao Poder Judiciário em razão do surgimento de novas provas no curso de investigações complementares no caso da morte do ex prefeito, ocorrido em dezembro de 2017 ,que apontam que o ex vaqueiro da vítima mentiu para a polícia quando disse que não esteve em Barra do Corda na manhã do crime.
Segundo testemunhas ouvidas nessas investigações complementares, “LUIZÃO” não só esteve nesta cidade minutos antes do crime como também foi visto conversando com MARIANO FILHO, o “JÚNIOR DO Nenzin”. Com as novas revelações, a polícia acredita na hipótese que “Luizão” tenha agido em coautoria com “JUNIOR” no assassinato que vitimou “Nenzin”.
A Polícia aguarda a conclusão dos últimos laudos perícias e ainda mais algumas oitiva para poder fazer a reconstituição do crime e fechamento dos Autos Complementares desse inquérito policial.

Foto: Divulgação

Lucas Maquiné pode ser mais uma vítima do acerto de contas entre traficantes de drogas

Lucas Maquiné, 18, é o nome do homem executado a tiros ontem, segunda-feira, 29, no beco da Estanave, Rua do Porto, bairro da Compensa 2, Zona Oeste de Manaus.

A polícia fez a identificação oficial da vítima somente nesta terça-feira de manhã, quando membros da família, munidos de documentos, compareceram ao Instituto Médico Legal (IML) e na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

O assassinato aconteceu por volta das 22h, quando Lucas Maquiné estava em pé na saída do beco e dois homens chegaram em uma motocicleta para matá-lo.

O homem da garupa desceu com a pistola na mão e, de acordo com as testemunhas, ele disparou seis tiros contra Lucas, que morreu no mesmo local onde ele vendia drogas todas as noites para os usuários do bairro.

O corpo de Lucas Maquiné foi liberado do IML para os familiares pela manhã e um inquérito policial já está em andamento na DEHS para investigação do crime.

 

Fonte : Portal do Zacarias


Foto: Divulgação

Luis Fernando manteve em cárcere ´privado e torturou sua mulher no bairro da Compensa

Policiais da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM) cumpriram ontem, sábado, 27, o mandado de prisao do acusado de estupro, cárcere privado e tortura Luís Fernando Monteiro de Araújo, 20.

No mês de novembro do ano passado, em sua casa no bairro da Compensa 2, Zona Oeste de Manaus, ele trancou sua mulher no quarto, a espancou e, após despi-la, queimou as partes íntimas dela usando um insqueiro.

De acordo com informações da delegada titular da DECCM, Deborah Mafra, Luís Fernando também queimou os pés, braços e os seios e com uma faca de cozinha cortou os cabelos e rapou a cabeça de sua mulher.

 

O acusado foi preso e recolhido ao presídio (Foto: Divulgação)

A jovem de 20 anos ficou com os pés e as mãos amarrados e ainda teve o corpo todo arranhado pelo seu companheiro, que usou como arma um garfo para produzir os ferimentos na vítima.

Luís Fernando estava escondido na zona rural de um município vizinho de Manaus desde novembro quando praticou.


Ambulante também foi acusado de outros estupros na família (Foto: Divulgação)

Foto: Divulgação

O vendedor ambulante chega preso na Deapca para ser apresentado à imprensa

Depois de ser acusado de estuprar sua sobrinha de apenas 7 anos, um vendedor ambulante foi preso por uma guarnição da polícia, ontem, quarta-feira, 24, no bairro de Santa Etelvina, na Zona Norte de Manaus.

De acordo com informação da delegada titular da Delegacia Especializada em Apoio e Proteção à Criança e ao Adolescente (Deapca), o crime aconteceu na casa da família do acusado, de 41 anos, no bairro do Jorge Teixeira II. A delegada disse também que logo depois que o vendedor ambulante foi denunciado pela sobrinha estuprada, sua irmã e mãe da menina ameaçou denunciá-lo à polícia e ele foi se esconder na casa de sua propriedade no bairro onde foi preso.

Consta no inquérito policial instaurado na Deapca que o estupro teria acontecido quando a menina saiu do seu banho e o tio a botou no colo alegando que iria vestir sua roupa e pentear seus cabelos.

A criança contou que o tio aproveitou que ela estava sentada em seu colo, enrolada apenas em uma toalha, e introduziu o dedo em suas partes íntimas, parando somente quando ala começou a chorar sentindo dores. Para complicar ainda mais a situação criminal do vendedor ambulante, outras sobrinhas dele, que hoje em dia já são adolescentes, disseram que também foram vítimas de abusos sexuais praticados quando eram crianças.

 

A criança fez exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal e o estupro foi confirmado no laudo de conjunção carnal. O vendedor ambulante foi recolhido à cadeia na tarde desta quinta-feira, 25, e vai responder por estupro de vulnerável.

Veja vídeo:

Deixe seu comentário


Foto: Divulgação

Ronaldo Rego teria dado “calote” no traficante e foi executado em sua banda de venda de frutas

O vendedor de frutas Ronaldo Rego Fonseca, 26, foi assassinado com um tiro de revólver na cabeça por volta de 1h de hoje, quinta-feira, 25, dentro da barraca onde trabalhava, na Rua Francisco Orellana, bairro do Dom Pedro I, Zona Centro-Oeste de Manaus.

Dois homens que participaram do assassinato foram presos em flagrante quando fugiam do local em uma motocicleta Honda Titan, preta, placa fria, com restrição de roubo, segundo policiais de plantão no 10º Distrito Intergrado de Polícia (DIP), onde a dupla foi apresentada.

A motivação do crime, pelo que ficou evidenciado num primeiro momento, indica que o vendedor de frutas devia uma quantia em dinheiro da compra de drogas de um traficante, e com não quitou o débito foi marcado para morrer e pagou com a própria vida.

 

Os dois homens acusados de matar o vendedor de frutas

 

Revólver calibre 38 usado na execução de Ronaldo Rego

 

Motocicleta usada no crime era roubada 

Testemunhas do crime contaram aos policiais que Ronaldo Rego estava dentro da sua barraca de venda de frutas, em mais um dia de trabalho, quando os motoqueiros chegaram ao local e numa frieza inacreditável um deles segurou o rapaz, botou ele de joelhos e o outro disparou o tiro fatal.

Os assassinos fugiram na moto na direção da Estrada da Ponta Negra, mas uma guarnição da 10ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), localizou e deu voz de prisão aos dois homens que foram autuados em flagrante no 10º DIP por crime de homicídio.

 

Os assassinos:

 

 


Na manhã de ontem ( sexta-feira, 19,) o promotor de justiça da cidade de Pinheiro, Frederico Bianchini, esteve visitando o hospital Nossa Senhora das Mercês, materno infantil.

Acompanhado do diretor Lourendir, percorreu até alguns setores como às enfermarias, à cozinha e principalmente à sala onde irá funcionar o programa “Alô Bebê”.  Reconhecendo a relevância do trabalho realizado no hospital.
O diretor Lourendir por sua vez, demonstrou satisfação ao receber o promotor, que esteve certificando e acompanhando de perto os serviços da casa de saúde.

O promotor parabenizou o avanço que o hospital está tendo e aprovou a evolução, ao comparar a situação de hoje com a da gestão passada e diz que pretende visitar novamente na inauguração das novas reformas.


“Eu vim na antiga gestão e realmente estava com alguns problemas, enfim, é nítido o avanço, a melhora que o hospital teve e isso é uma felicidade para o ministério público, ver que a saúde de Pinheiro, sobretudo, o hospital infantil está evoluindo, que a ideia do ministério público é essa, sempre ver os direitos sociais concretizados […] o diretor Lourendir está de parabéns.”


O período chuvoso não é desculpa para o prefeito Luciano parar os trabalhos, muito pelo contrário, a ordem é tapar os buracos da cidade sempre que a chuva não atrapalhar.

Os trabalhos de recuperação das ruas foram iniciados nesta semana e os primeiros trechos a receber a operação com massa asfáltica foi o entorno da praça São Benedito que, inclusive, será palco do segundo pré-carnaval de Pinheiro.

Já na semana que vem a rua que liga a antiga Copisa a feira municipal será toda recuperada; todas as principais ruas do centro da cidade receberão os serviços de recuperação.

Toda a operação é um trabalho de iniciativa da prefeitura com verba própria.

A reforma da pracinha da rodoviária também já está bem avançada e mais informações serão divulgadas no próximo post.


“Bacurau” deu azar na investida criminosa e apanhou bastante de populares

O ladão apanhou bastante e sequer

conseguia ficar de pé (Foto: Divulgação)

O “couro” de um ladrão de celular esquentou bastante com a surra que ele pegou ontem, quarta-feira, 17, depois de ser flagrado assaltando uma jovem em uma parada de ônibus do igarapé do Passarinho, Bairro da Terra Nova, Zona Norte de Manaus.

A vítima gritou por socorro e um grupo de homens que bebia em um bar perto do local do assalto correu atrás do ladrão.

Quando ele foi agarrado, a peia começou e durou cerca de uma hora, sem que adiantassem os apelos do criminoso identificado com o apelido de “Bacurau”.

A jovem atacada pelo marginal disse que estava no ponto de ônibus sozinha e primeiramente ele se aproximou e perguntou as horas. Logo em seguida apontou uma faca para ela e avisou que se ela gritasse ou tentasse correr iria matá-la ali mesmo.

Diante da ameaçada, a jovem ficou calada e entregou o telefone celular, mas assim que o bandido se afastou ela correu para perto do bar gritando por socorro.

A vítima apontou o ladrão que já estava em fuga e depois de sua captura foi agredido com socos, murros e pauladas.