Governo

1ª EDIÇÃO DA SEMANA DO CONHECIMENTO MODERNO

A coordenação geral do Magistério realizou a primeira Semana do Conhecimento Moderno na escola Domingos Perdigão do Bairro de Pacas. O evento teve a participação das turmas de magistério das escolas Domingos Perdigão e Escola Municipal Inah Rêgo.

Foram 4 dias: 25, 26,26 e 28 de novembro, de muita aprendizagem com palestra e temáticas voltadas para o mundo moderno e contemporâneo educacional. Os eixos temático foram:

  • BNCC e os desafios em sala de aula;
  • As tendências pedagógicas para o século XXI;
  • As competências pedagógicas para o século XXI;
  • Educação do Século XXI: desafiando o tradicionalismo em sala de aula.

Os palestrantes Frank Alisson, Cris França, José Antonio Ferreira Freitas e Carlito Nascimento levaram um novo conceito de fazer educação no século XXI. A participação dos alunos surpreendeu todos os professores, coordenação e direção da escola.

Durante os quatros dias, foram sorteados vários livros para os alunos, além do certificado de participação que cada participante irá receber. No final do evento teve uma apresentação do cantor Ronaldo que cantou e encantou todos com suas músicas acústicas.

A coordenação do Magistério vem agradecer a Secretaria Municipal de Educação de Pinheiro pelo apoio no evento que sem dúvida ficou marcado no calendário escolar do município de Pinheiro.


Prefeitura trabalhando-Prefeito Luciano vistoriando obras

As máquinas estão em ação, os trabalhos de infraestrutura realizados pela Prefeitura de Pinheiro na zona rural estão proporcionando dignidade e bem-estar aos pinheirenses nas mais longínquas localidades do município. Trechos intrafegáveis foram recuperados, estradas que a muito estavam abandonadas agora estão sendo transformadas pela força do trabalho.

Já são 150km de vicinais recuperadas, benefício que já mudou a vida dos moradores da região do Gama e Chapada. O projeto Pró-vicinais avança e as boas mudanças vão acontecendo em Pinheiro, mesmo com a forte crise e os constantes cortes feitos pelo Governo Federal em seus repasses, o que tem dificultado o pleno funcionamento de diversos municípios. Mais o trabalho não parou e os resultados já podem ser vistos.

O plano é que o Projeto Pró-vicinais recupere um total de 320km de estradas vicinais, com a instalação de bueiros com estrutura de concreto para garantir o escoamento adequado da água, no período chuvoso, com serviço de empiçarramento que garante a compactação adequada e necessária para que haja melhor trafegabilidade e durabilidade das obras.


A previsão é que antes da chegada do inverno todo o trabalho seja concluído.
“Estamos trabalhando muito e temos pressa, apesar das dificuldades, orçamento curto não podemos parar. Sabemos que esse trabalho é de extrema importância, é esse trabalho que irá garantir que as comunidades da zona rural consigam ter boas estradas durante o inverno, queremos que os benefícios cheguem a todos. O trabalho não vai parar.” Disse Segundo secretário de infraestrutura.

Seguindo o planejamento da gestão Luciano, a zona rural de Pinheiro tem total atenção da administração municipal , além, dos trabalhos de melhorias e recuperação das estradas vicinais a Prefeitura de Pinheiro já concluiu 100% da iluminação dos povoados do município. Uma garantia de maior segurança para essas localidades e seus moradores.


 

Prefeito Luciano ao lado do Reitor da UEMA Prof. Dr. Gustavo Pereira da Costa e demais autoridades quando foi inaugura o novo Campus da UEMA

Mais uma conquista para o povo da baixada, em especial para os pinheirenses, a Universidade Estadual do Maranhão – UEMA realizará no próximo dia 29 de novembro Audiência Pública para tratar da implantação do curso de Direito no campus de Pinheiro.

O processo de implantação do Curso de Direito, bem como o de expansão do ensino superior é um pedido pessoal do prefeito Luciano ao Reitor da Universidade Dr. Gustavo Pereira da Costa e vem sendo acompanhado com muita expectativa pela população da cidade e de toda a região.

Prefeito Luciano recebendo a comitiva da UEMA e o Reitor Prof. Dr. Gustavo para tratar sobre os projetos que vão ser desenvolvidos na APA

O prefeito Luciano sempre foi um grande entusiasta e incentivador do melhoramento e expansão dos cursos profissionalizantes em Pinheiro, exemplo disso foi à doação do prédio para a instalação do Campus realizado pela prefeitura em 2018. A universidade que funcionava em um anexo de uma escola municipal, ganhou espaço adequado, amplo e exclusivo na atual gestão.

Recentemente foi realizado um termo de cessão da APA – Área de Proteção Ambiental para a UEMA, onde será desenvolvida uma serie de programas e estudos práticos na área.Paralelo a essas outras ações, o prefeito Luciano sempre cobrou da universidade a instalação do curso de Direito no campus, pedido sempre recebido com muito otimismo pelo reitor, e agora, torna-se realidade. No próximo dia 29 de novembro, no auditório do Colégio Pinheirense, acontecerá a Audiência Pública para tratar dessa finalidade, a tão aguardada instalação do curso de Direito.

PARCERIAS ENTRE PREFEITURA E UEMA

Recentemente foi realizado um termo de cessão da APA – Área de Proteção Ambiental para a UEMA, onde será desenvolvida uma serie de programas e estudos práticos na área.

Paralelo a essas outras ações, o prefeito Luciano sempre cobrou da universidade a instalação do curso de Direito no campus, pedido sempre recebido com muito otimismo pelo reitor, e agora, torna-se realidade. No próximo dia 29 de novembro, no auditório do Colégio Pinheirense, acontecerá a Audiência Pública para tratar dessa finalidade, a tão aguardada instalação do curso de Direito.


Retomada da parceria-Prefeitura x Caema

O prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio, esteve nesta quarta-feira (6) na CAEMA reunido com o diretor da CAEMA, Leonardo Medeiros, alinhando os últimos detalhes para a retomada das obras de abastecimento de água do município. Juntos anunciaram que as obras serão concluídas em junho de 2020.

“Esta ordem de serviço foi assinada ainda em 2017, que visa a Recuperação Integral do Sistema de Abastecimento de Água de Pinheiro. A CAEMA se comprometeu hoje com a retomada dessas obras que, quando concluídas beneficiarão, cerca de 20 mil pessoas por se tratar de um serviço de grande impacto para o município porque serão investidos R$ 10 MILHÕES, inclusive gerando emprego e renda no local”, destacou o prefeito Luciano.

De acordo com a CAEMA, as obras compreendem a substituição de dois conjuntos moto-bomba que darão maior vazão de água; a construção de Estação de Tratamento de Água; a substituição da adutora existente; a construção de reservatórios apoiados e elevados; a construção de casas de bombas e estação elevatória de água tratada; a construção de Adutora de água Tratada; implantação de mais de 15 quilômetros de rede de distribuição de água e quase 4 mil novas ligações domiciliares.

*CAEMA e Prefeitura de Pinheiro anunciam retomada das obras de abastecimento de água*

“Estamos sempre dialogando com o governo do estado sobre esta demanda do abastecimento de água que tem sido prioridade em nossa gestão porque é uma obra que vai atingir 4 mil domicílios, dobrando a vazão de água na cidade. Vamos gerar renda, empregos. Fruto de uma grande parceria do município com o Governo, sempre pensando na melhoria e qualidade de vida do pinheirense”, finalizou o prefeito Luciano.


Trabalhando demandas da educação

O prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio, e a deputada Dra. Thaiza Hortegal (PP) se reuniram nesta segunda-feira (4) com o secretário de estado da educação, Felipe Camarão, para tratar de várias demandas de Pinheiro e região.

Para baixada, o secretário adiantou sobre várias providências que estão em andamento, que foram apresentadas ainda para a gestora da URE de Pinheiro, Leidiane Roland, também presente na reunião com Felipe Camarão.

Tratamos da sede da URE em Pinheiro e do Centro de Ensino Lucília Moreira em Pacas, que serão prioridades para o secretário diante das condições estruturais. Ficamos muito satisfeitos pelas providências que foram tomadas no percurso da reunião e vamos continuar trabalhando para acelerar a solução dos problemas apresentados em Pinheiro, onde o secretário pode sempre contar com o apoio da prefeitura para as melhorias também na rede estadual de ensino”, destacou o prefeito Luciano.

“Ainda na região de competência da URE de Pinheiro, expomos as situações de outras escolas como em Santa Helena, também ressaltada pelo secretário Felipe como prioridade na retomada das obras ainda neste mês de novembro; e em Serrano do Maranhão que já possui recursos garantidos para a construção de um novo prédio”, complementou Leidiane Roland, gestora da URE de Pinheiro.

A deputada Dra. Thaiza Hortegal tratou também das demandas de Chapadinha e ainda apresentou detalhes do seu projeto de lei que visa melhorar a assistência aos autistas do Maranhão.

“A assistência à pessoa com o transtorno do espectro autista é uma das prioridades do meu mandato e desde o início do ano tenho articulado com a secretaria de estado da saúde e agora com a educação um trabalho mais amplo e com base em evidências para que os autistas no Maranhão recebam o mais eficaz tratamento para o TEA, que é o ABA. O secretário Felipe apoia totalmente nossa iniciativa e está impulsionado a unir forças para esta necessidade que tem sido crescente na rede de ensino também”, ressaltou Dra. Thaiza


Transporte SEGURO

Desde o início da atual gestão municipal, Pinheiro só avança na área da educação. O desafio era recuperar as estruturas dos prédios escolares que apresentavam desgastes, ameaçando a segurança de alunos, professores e colaboradores. Essa etapa foi vencida em menos de 2 (dois) anos.
Em menos de 2 (dois) anos todas as escolas municipais passaram por reformas, adequações e reestruturações, uma forma de promover a melhoria no atendimento educacional, um espaço arejado, seguro e adequado ao aprendizado.

 

A merenda escolar foi mais uma melhoria que fez a diferença, agora alunos tem cardápio montado e acompanhado por nutricionistas, o que garante as nossas crianças alimentação gostosa, saudável e nutritiva. Resultando num melhor desempenho e aprendizagem.
Outra meta traçada e alcançada foi o transporte escolar de qualidade, um salto gigantesco, da carroça, pau-de-arara e ônibus velhos, para veículos novos, modernos, com acessibilidade e segurança.
Do início da atual gestão até agora foram adquiridos 7 novos ônibus escolares, agora Pinheiro conta com um total de 14 veículos em sua frota de transporte escolar, elevando o padrão de qualidade no transporte dos nossos alunos.
Isso é trabalho, isso é respeito e compromisso.


FESTA>FESTA> ENTREGA DE TROFÉUS

TA CHEGANDO O GRANDE DIA DA COMEMORAÇÃO E A ENTREGA DOS TROFÉUS AOS CAMPEÕES DA COPA ELIZEU TANTAN “

Mais um ano para marca na vida dos nosso irmãos pinheirenses que participaram da COPA ELIZEU TANTAN, muita alegria que se estendeu todos os finais de semana durante três meses

COPA ELIZEU TANTAN é um evento realizado com a coordenação do nosso amigo Balbino, esta sendo realizado segundo ano, sempre no Povoado Tingidor, o total de 12 times sendo que cada um representando o seu Povoado vizinho do Povoado Tingidor.

Parabéns Balbino pela competência em realizar mais este evento, agora vamos comemorar, dia 28/09/2019 o dia todo de homenagens, presença do Vereador Elizeu Tantan, com distribuição de cestas básicas, sorteios de brindes pela parte da manhã para todas mães, 2 bois serrar matado para o almoço de todos os presentes, no final do dia a GRANDE FESTA com a RADIOLA FREEDOM FM, portaria liberada.

Não fique de fora, vai ser um dia de muitas alegria !!!


Região São Caetano

Na manhã desta quinta-feira (26) a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura, intensificou os serviços de recuperação das estradas vicinais da zona rural do polo São Caetano. O trabalho de recuperação das estradas vicinais tem como objetivo garantir a melhor trafegabilidade e o acesso de veículos, especialmente de serviços essenciais como transporte escolar e transportes de emergências.


O serviço compreende empiçarramento, limpeza das laterais para o escoamento da água, espelhamento das estradas e instalação de bueiros nos locais necessários. Em entrevista, o prefeito Luciano disse que os trabalhos de manutenção e recuperação das estradas rurais são indispensáveis na garantia do desenvolvimento da cidade. “Estamos trabalhando no sentido de oferecer condições para que os moradores e alunos que utilizam as estradas do interior tenham segurança e conforto para trafegarem. Sabemos que o fluxo de veículos é intenso, então, através da Secretaria de Obras, estamos trabalhando na recuperação dessas vias do município de forma acelerada no Programa Pro-Estradas Vicinais”, declarou o prefeito.
As ações de manutenção das estradas vicinais fazem parte de um programa que será contínuo do governo municipal que prevê a recuperação e empiçarramento de mais de 300 quilômetros de ruas: Pro-Estradas Vicinais.


De acordo com o Secretário de Infraestrutura, João Batista Segundo, a administração municipal está trabalhando incansavelmente para recuperar todas as estradas rurais do município neste verão. “Temos compromisso com a população pinheirense e com o prefeito de recuperar de forma durável todas as estradas dentro do cronograma estabelecido. São 300 km de estrada que requer um esforço constante para que possamos deixar tudo em boas condições de tráfego, buscando promover sempre as melhorias das condições de vida dos moradores da zona rural”, destacou o secretário.


Pesquisa divulgada ontem pelo Instituto Perfil comprovou que a maioria da população pinheirense aprova a gestão do prefeito Luciano Genésio. Segundo o levantamento, 57,9%  dos entrevistados estão satisfeitos com a atual administração, enquanto 36,2% desaprovam e outros 5,9% não souberam responder.

Por conta da crise que atinge todos os municípios, com cortes pesados de recursos do Governo Federal, houve uma queda na boa avaliação do prefeito, o que é considerado natural. Sabedora do momento, a oposição divulgou tambémuma pesquisa na qual aponta que mais de 70% dos entrevistados desaprovam a  administração do prefeito Luciano Genésio. Vale lembrar que o levantamento foi encomendado pela TV Difusora, comandada por adversários do prefeito e que foram derrotados nas eleições de 2016.

Apesar da crise e do momento difícil que os municípios passam, entre eles Pinheiro, a pesquisa revela não só a aprovação da maioria da população, mas também a confiança dos pinheirenses na gestão do prefeito Luciano Genésio.

Contradição

A prova da contradição da pesquisa da TV Difusora está justamente na boa avaliação de candidatos que têm o apoio de Luciano. Tanto o governador Flávio Dino como o deputado federal Waldir Maranhão lideram as pesquisas em Pinheiro. Waldir, por exemplo, lidera a pesquisa de intenção de votos para o Senado. Caso o prefeito estivesse realmente com 70% de desaprovação, como disse a pesquisa da oposição, o eleitor certamente não votaria em um candidato apoiado por ele.

A pesquisa foi realizada em vários bairros e zona rural de Pinheiro. Foram entrevistadas 423 pessoas entre os dias 9,10 e 11 de outubro.


Essa dívida de 1,8 milhão de empresas é referente às contribuições sociais, que também incluem a CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido). Os dados constam em documento da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) entregue à CPI da Previdência.

Os valores arrecadados por meio desses tributos vão para o orçamento da Seguridade Social –que abrange a Previdência, a saúde e a assistência social– e ajudam a financiar programas como o SUS (Sistema Único de Saúde), o seguro-desemprego e o abono salarial.

O débito referente a essas contribuições equivale a 30% de todas as dívidas de pessoas e empresas com a União, que somavam R$ 1,8 trilhão no ano passado.

Entre os 20 maiores devedores estão grandes empresas falidas, como Varig, Vasp e Transbrasil. Mas também há companhias em atividade, como Walmart, Ambev S.A. (controladora de marcas como Skol, Brahma e Antarctica), Eletropaulo, Itaucard, Raízen Combustíveis (junção da Cosan com a Shell) e Companhia Brasileira de Distribuição (dona de Pão de Açúcar, Extra, Casas Bahia e Ponto Frio).

A Procuradoria divide os débitos em dois grupos: empresas consideradas em situação regular, que incluem dívidas em negociação, parceladas, garantidas ou suspensas por decisão judicial, e aquelas em situação irregular, que estão sendo cobradas pelo órgão. Nos dois casos, as empresas constam como devedoras da dívida ativa da União.
A reportagem tentou contato com todas as empresas ativas que estão entre as 20 maiores devedoras. As oito empresas que responderam as perguntas afirmaram estar em dia com suas obrigações tributárias e dizem que questionam, administrativamente ou na Justiça, o valor e a incidência dessas contribuições sociais.
A justificativa das empresas se baseia em controvérsias jurídicas a respeito da incidência desses tributos (leia a íntegra das justificativas das empresas).
A Eletropaulo, empresa ativa que mais deve, diz que o débito de R$ 2,24 bilhões refere-se a “cobranças indevidas”, que estão sendo discutidas em processos judiciais e administrativos.

O Itaucard, quinto da lista, com dívida de R$ 1,48 bilhão, informou “que existem algumas discussões sobre recolhimento de tributos em andamento na esfera judicial e administrativa”.

Controladora da Ulbra (Universidade Luterana do Brasil), a Associação Educacional Luterana do Brasil é a sétima maior devedora, com débito de R$ 1,23 bilhão. A associação diz que ocorreram excessos nas fiscalizações e que elas estão “sendo objeto de pedidos judiciais de revisão”.

O décimo maior devedor, a Companhia Brasileira de Distribuição, que deve cerca de R$ 1,17 bilhão, diz que, “sempre que a companhia entendeu que a cobrança era indevida/inconstitucional, buscou no Judiciário seus direitos”.

Na 13ª posição, com dívida de R$ 912 milhões, a Ambev S.A. esclarece que participa de “discussões legítimas sobre a interpretação da PGFN em torno da configuração de débito, inclusive com decisões judiciais favoráveis à companhia”.

O Walmart, 18º colocado com débito de R$ 739 milhões, informou que questiona se o PIS e a Cofins devem incidir sobre bonificações. Já a Raízen Combustíveis, com R$ 700 milhões de dívida, disse que “pode eventualmente contestar alguns dos valores de tributos, apresentando garantia em todas as ações”.

O banco J.P. Morgan, 14º da lista com dívida de cerca de R$ 831 milhões, disse, após a publicação do texto, que “observa e cumpre a legislação tributária brasileira, efetuando regularmente o pagamento dos tributos devidos, dentre os quais o PIS e a Cofins, e está em dia com suas certidões de regularidade fiscal. As cobranças de tributos consideradas ilegais e indevidas estão sendo contestadas nas vias administrativa ou judicial, conforme prescrito na legislação em vigor”.

“Esclarecemos, ainda, que 97% dos débitos de PIS e de Cofins atualmente inscritos em dívida ativa foram quitados mediante adesão a programas de parcelamento em 2013 e 2014 e apenas aguardam, desde então, a sua baixa definitiva devido a trâmites burocráticos. O restante encontra-se em discussão. Não reconhecemos o valor veiculado na reportagem”, finaliza a nota