A Câmara Municipal de Pinheiro-Ma, esteve reunida na manhã desta quinta-feira, (06/02), com representantes das polícias Militar e Civil para debater a Segurança Pública no nosso Município.  A reunião ocorreu no salão nobre da Câmara Municipal e contou com as presenças do Comandante do 10° Batalhão de Policia Militar, o Tenente-Coronel Robson Cláudio Martins Silva, dos delegados, autoridades civis, militares e eclesiásticas. 

O Comandante do 10º  BPM-Pinheiro, destacou as dificuldades que enfrenta para assegurar a segurança pública de toda a população Pinheirense e Baixada Maranhense e, destacou também como meta que é necessário um trabalho de combate às drogas e enfrentamento ao crime no Município que tem crescido nos últimos anos.

Por outro lado, o Presidente da Câmara Municipal destacou que a Câmara Municipal e o executivo  não tem medido esforços para garantir apoio a polícia militar e a guarda municipal naquilo que for possível, mas que precisa da ação mais efetiva das polícias.

O Presidente da Câmara, Vereador Elizeu Rodrigues Furtado (Elizeu de Tantan) idealizador da reunião, destacou que é necessário todos os Cidadãos e representantes da Sociedade possam dar as mãos para o enfrentamento aos atos violentos e a criminalidade em geral. No entanto também, será preciso criar uma linha de comunicação direta ( Um canal de comunicação onde as pessoas possam fazer com que as denuncias cheguem de forma concreta e que o cidadão (ã), lesados as formalizem junto às autoridades policiais.) O Vereador ainda pediu ao Comando do 10º BPM-Pinheiro, que sejam intensificadas rondas e abordagens.

Num clamor geral dos edis que se fizeram presentes na reunião, os quais consideram e pedem que seja feito um trabalho informativo e educativo junto a população, para que a mesma colabore com as policiais nessa luta em combate a criminalidade por meio de denúncias anônimas, quias seus nomes serão mantidos em completo sigilo.  

Considerada como positiva propondo medidas necessárias à melhoria da prevenção e proteção da sociedade Pinheirense nos seus mais diversos segmentos, foi sugerido o acompanhamento e a implementação de cooperação entre a Guarda Civil Municipal (GCM) e as corporações policiais Civil e Militar, dentre outras atribuições; com fins especiais de implementar fortemente a politica de segurança em nosso Município. 


Missa campal-Pe_ Lourenço

Foi magnífica a festa de abertura dos 60 anos, que os são-bentuenses (Gabriel, Joelson, Daniel, Antonio, Fernando, Wellington, Raimundinho, Elvis, Rosângela, Eusélia e comunidades cristãs) prepararam para os padres piamartinos, na localidade Galileia, no município de São Bento, ontem, 23/12/2016. O roteiro do evento contou com romaria, café da manhã, Missa em Ação de Graça, homenagens aos piamartinos (especialmente, ao padre Lourenço Franzoni), almoço, testemunhos de amizade e ações do Padre Lourenço (o único dos pioneiros piamartinos, que ainda vive entre nós). No dia 23 de dezembro de 1957, pousa no campo de aviação, deste solo são-bentuense, uma pequena aeronave trazendo os primeiros religiosos da Congregação “Sagrada Família de Nazaré” – pertencente ao padre italiano JOÃO BATISTA PIAMARTA, canonizado pelo papa Bento XVI, no dia 21 de outubro de 2012.
Foram eles os padres: FELICE PISTONI, LOURENÇO FRANZONI, LUIS REBUFINI e o irmão religioso LUIGI PAOLETTI. Padre Felice Pistoni – dos piamartinos, ele foi o primeiro vigário paroquial de São Bento. Em 1964, foi transferido para Fortaleza, onde tornou-se vigário da Paróquia N.S. de Nazaré e também diretor da Escola Profissional Padre João Piamarta. Faleceu na África no ano de 1994. Padre Lourenço Franzoni – Em 1962 participa da inauguração da nova Casa Missionária em Fortaleza-CE. Em 1966, retorna para São Bento e torna-se o novo vigário da Paróquia da cidade, presidente da Escola Paroquial e Diretor da Escola Padre João Piamarta.
Atualmente, está afastado das atividades por força superior e vive na Galileia – localidade de São Bento. Luis Rebuffini – Viajou para Fortaleza em 1960, onde realizou grandes feitos como o Centro Educacional “Padre João Piamarta”, e o Complexo Assistencial e outros. Padre ficou conhecido pelo trabalho de educação voltado às crianças e adolescentes carentes. Por problemas de saúde retornou à Itália, onde faleceu no ano neste ano (2016). Luis Paoletti – religioso piamartino, consagrado ao serviço de Deus e da Igreja, pela Congregação do padre João Batista Piamarta. Viveu por longos anos, a sua missão como colaborador na paróquia de São Bento. Mais tarde, foi transferido para as cidades de Ramilândia, União da Vitória e Ponta Grossa, no Estado do Paraná. Em 1995, retornou para São Bento, onde, acometido por uma enfermidade faleceu no ano de 2007.
Relevantes serviços sociais, os padres piamartinos realizaram em prol da sociedade são-bentoenses. Com construção de ESCOLAS e OFICINAS (carpintaria e mecânica etc.), esses missionários transformaram a vida de muitos alunos que se dedicaram à vida profissional. Fizeram das “Terras da Conceição” que receberam como doação dos herdeiros da Família Matos, um lugar de prosperidade para os lavradores que se encontravam sem orientação agrícola naquele setor. Além das obras importantíssimas desses piamartinos, este blog ressalta a belíssima obra social o RECANTO DA PAZ – uma Instituição que acolhe crianças e jovens com deficiência física ou mental, educando-as para que convivam da melhor forma possível com suas limitações e não se sintam excluídos da sociedade. Essa obra louvável do padre LOURENÇO FRANZONI, está se perpetuando com as bênçãos de Deus. Essas ações não substituíram as atividades religiosas dos piamartinos, porque foram frutos da prática do Evangelho de Jesus Cristo, que eles implantaram em São Bento.
Não faltou o anúncio da Boa Nova de Jesus Cristo aos são-bentuenses, as orientações para a vida cristã e da boa convivência em comunidade. Com o lema “Pietas et labor” (Piedade e trabalho), esses missionários piamartinos procuram levar a Palavra de Deus, não só através da leitura, mas da práticas de ações benéficas ao físico e ao espírito das pessoas que se deixam ser tocadas pelo amor de Jesus Cristo. Além da homenagem de reconhecimento do trabalho do padre Lourenço, que continua pedindo a bênção de Deus sobre este povo, as lembranças do Padre Davi Togni, falecido em 2012, se mostraram presentes no evento.
Informações: Blog do Prof. Domingos

Missa campal-Pe_ Lourenço

Foi magnífica a festa de abertura dos 60 anos, que os são-bentuenses (Gabriel, Joelson, Daniel, Antonio, Fernando, Wellington, Raimundinho, Elvis, Rosângela, Eusélia e comunidades cristãs) prepararam para os padres piamartinos, na localidade Galileia, no município de São Bento, ontem, 23/12/2016. O roteiro do evento contou com romaria, café da manhã, Missa em Ação de Graça, homenagens aos piamartinos (especialmente, ao padre Lourenço Franzoni), almoço, testemunhos de amizade e ações do Padre Lourenço (o único dos pioneiros piamartinos, que ainda vive entre nós). No dia 23 de dezembro de 1957, pousa no campo de aviação, deste solo são-bentuense, uma pequena aeronave trazendo os primeiros religiosos da Congregação “Sagrada Família de Nazaré” – pertencente ao padre italiano JOÃO BATISTA PIAMARTA, canonizado pelo papa Bento XVI, no dia 21 de outubro de 2012.
Foram eles os padres: FELICE PISTONI, LOURENÇO FRANZONI, LUIS REBUFINI e o irmão religioso LUIGI PAOLETTI. Padre Felice Pistoni – dos piamartinos, ele foi o primeiro vigário paroquial de São Bento. Em 1964, foi transferido para Fortaleza, onde tornou-se vigário da Paróquia N.S. de Nazaré e também diretor da Escola Profissional Padre João Piamarta. Faleceu na África no ano de 1994. Padre Lourenço Franzoni – Em 1962 participa da inauguração da nova Casa Missionária em Fortaleza-CE. Em 1966, retorna para São Bento e torna-se o novo vigário da Paróquia da cidade, presidente da Escola Paroquial e Diretor da Escola Padre João Piamarta.
Atualmente, está afastado das atividades por força superior e vive na Galileia – localidade de São Bento. Luis Rebuffini – Viajou para Fortaleza em 1960, onde realizou grandes feitos como o Centro Educacional “Padre João Piamarta”, e o Complexo Assistencial e outros. Padre ficou conhecido pelo trabalho de educação voltado às crianças e adolescentes carentes. Por problemas de saúde retornou à Itália, onde faleceu no ano neste ano (2016). Luis Paoletti – religioso piamartino, consagrado ao serviço de Deus e da Igreja, pela Congregação do padre João Batista Piamarta. Viveu por longos anos, a sua missão como colaborador na paróquia de São Bento. Mais tarde, foi transferido para as cidades de Ramilândia, União da Vitória e Ponta Grossa, no Estado do Paraná. Em 1995, retornou para São Bento, onde, acometido por uma enfermidade faleceu no ano de 2007.
Relevantes serviços sociais, os padres piamartinos realizaram em prol da sociedade são-bentoenses. Com construção de ESCOLAS e OFICINAS (carpintaria e mecânica etc.), esses missionários transformaram a vida de muitos alunos que se dedicaram à vida profissional. Fizeram das “Terras da Conceição” que receberam como doação dos herdeiros da Família Matos, um lugar de prosperidade para os lavradores que se encontravam sem orientação agrícola naquele setor. Além das obras importantíssimas desses piamartinos, este blog ressalta a belíssima obra social o RECANTO DA PAZ – uma Instituição que acolhe crianças e jovens com deficiência física ou mental, educando-as para que convivam da melhor forma possível com suas limitações e não se sintam excluídos da sociedade. Essa obra louvável do padre LOURENÇO FRANZONI, está se perpetuando com as bênçãos de Deus. Essas ações não substituíram as atividades religiosas dos piamartinos, porque foram frutos da prática do Evangelho de Jesus Cristo, que eles implantaram em São Bento.
Não faltou o anúncio da Boa Nova de Jesus Cristo aos são-bentuenses, as orientações para a vida cristã e da boa convivência em comunidade. Com o lema “Pietas et labor” (Piedade e trabalho), esses missionários piamartinos procuram levar a Palavra de Deus, não só através da leitura, mas da práticas de ações benéficas ao físico e ao espírito das pessoas que se deixam ser tocadas pelo amor de Jesus Cristo. Além da homenagem de reconhecimento do trabalho do padre Lourenço, que continua pedindo a bênção de Deus sobre este povo, as lembranças do Padre Davi Togni, falecido em 2012, se mostraram presentes no evento.
Informações: Blog do Prof. Domingos

Prefeito Luciano doando caixas d’água

O Prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio, esteve na Comunidade de Urucuzal na região do Gama, realizando a entrega de caixas d’água e fiscalizando a recuperação das estradas que estão sendo executadas na localidade.
Secretários municipais como Filemon Guterres e Batista Segundo acompanharam a fiscalização e a entrega das caixas ao lado do Prefeito e do vereador João Morais.

Com o alívio das chuvas, o prefeito deu início à operação Pró-Vicinais que irá recuperar mais de 300 quilômetros de estradas; o projeto compreende a instalação de bueiros em locais estratégicos e piçarramento de todas as vicinais para resistirem ao inverno rigoroso que tem sido constante nos últimos anos.

“É uma marca da nossa gestão esse trabalho constante em todas as regiões do município; recebemos o pedido do companheiro Ediney que nos passou a necessidade da comunidade em relação às caixas d’água; o mais importante dessas nossas visitas é fiscalizar o trabalho que estamos realizado e ouvir da própria população as principais demandas. 2019 é o ano da infraestrutura e vamos recuperar mais de 300 quilômetros de estradas vicinais; o projeto é empiçarrar de forma que as estradas resistam a fortes chuvas pelos próximos 3 anos, para isso fizemos um estudo para o escoamento adequado das águas das chuvas para não cortar as estradas. Estamos no Gama nesse momento e em breve estaremos em toda a zona rural de Pinheiro.”

O trabalho de recuperação também já está acontecendo na região de São Caetano e Pacas. Um mapeamento está sendo concluído com o auxílio dos vereadores da base para identificar e da prioridade as regiões mais críticas. @ Pinheiro, Maranhao, Brazil

Videos:INFRAESTRUTURA: PREFEITO LUCIANO FISCALIZA RECUPERAÇÃO DE ESTRADAS E ENTREGA DE CAIXAS D’ÁGUA!!!


Com um grande trabalho desempenhado em favor do povo maranhense, o senador Edison Lobão afirmou: “Poucos fizeram tanto pelo Maranhão, como eu fiz”.  A declaração foi dada em entrevista a Tv Guará, nesta quinta-feira (6).

Ao fazer a afirmação, Lobão lembrou que foi o responsável pela construção da Avenida Litorânea, reconstrução do Teatro Arthur Azevedo, abrir o Cintra, assim como obras estruturantes na região da Camboa, Liberdade e tantos outros bairros.

O trabalho desenvolvido por Lobão na capital maranhense é uma demonstração da sua atuação e às vésperas da cidade completar 406 anos, o senador lembrou que contribuiu para estruturação da cidade, “o que eu fiz em São Luís foi algo monumental”.

Além de destacar sua atuação em favor de São Luís, o candidato ao Senado lembrou que ficou conhecido como o Governador da Educação, “eu dobrei o número de salas de aula”, destacou. Deixando claro que em todos os cantos do Maranhão, tem trabalho de Lobão.

O programa Luz para Todos também garantiu energia elétrica nas casas de 1,5 milhão de maranhenses. Construiu estradas. Foram outros feitos de Lobão, enquanto ministro e governador, respectivamente.

Sabendo da importância da sua atuação, Lobão lembrou: “Eu fui eleito para trabalhar pelo povo e eu saberei ser digno da sua confiança”.-


Com um grande trabalho desempenhado em favor do povo maranhense, o senador Edison Lobão afirmou: “Poucos fizeram tanto pelo Maranhão, como eu fiz”.  A declaração foi dada em entrevista a Tv Guará, nesta quinta-feira (6).

Ao fazer a afirmação, Lobão lembrou que foi o responsável pela construção da Avenida Litorânea, reconstrução do Teatro Arthur Azevedo, abrir o Cintra, assim como obras estruturantes na região da Camboa, Liberdade e tantos outros bairros.

O trabalho desenvolvido por Lobão na capital maranhense é uma demonstração da sua atuação e às vésperas da cidade completar 406 anos, o senador lembrou que contribuiu para estruturação da cidade, “o que eu fiz em São Luís foi algo monumental”.

Além de destacar sua atuação em favor de São Luís, o candidato ao Senado lembrou que ficou conhecido como o Governador da Educação, “eu dobrei o número de salas de aula”, destacou. Deixando claro que em todos os cantos do Maranhão, tem trabalho de Lobão.

O programa Luz para Todos também garantiu energia elétrica nas casas de 1,5 milhão de maranhenses. Construiu estradas. Foram outros feitos de Lobão, enquanto ministro e governador, respectivamente.

Sabendo da importância da sua atuação, Lobão lembrou: “Eu fui eleito para trabalhar pelo povo e eu saberei ser digno da sua confiança”.-


O programa Fantástico, da Rede Globo, exibiu mais uma reportagem sobre a situação das estradas brasileiras e encontrou entre as piores uma rodovia do Maranhão.

Obras que começam, consomem milhões de reais e não terminam nunca. Estradas tão ruins que a viagem vira um teste de resistência.

No segundo episódio da reportagem especial do Fantástico “Descaminhos do Brasil”, nossos repórteres mostram as piores rodovias do país e descobre que é barro para todo lado.

A MA-006, que interliga as cidades de Grajaú, Arame, Formosa da Serra Negra e Fortaleza dos Nogueiras, chama atenção do estudo da Confederação Nacional do Transporte (CNT) apresentado pelo Fantástico que concluiu que ela é a pior rodovia do Maranhão. Em muitos trechos não há mais asfalto, só terra.

“A estrada está péssima demais meu amigo, só tem buraco ai”, disse o motorista Gilberto Araújo.

O governo do Maranhão diz que quer reconstruir toda a estrada, mas falta a aprovação de um financiamento.

A situação da MA-006 não ajuda ninguém certo? Errado. O lavrador Manuel Vieira Mota recolhe os grãos que os caminhões deixam no caminho depois de passar pela buraqueira. Ele diz que a soja vai virar ração para porcos e galinhas. “É perigoso a gente ficar aqui, mas é o jeito a gente precisa”, disse o lavrador.

Fonte: G1


Polícia Militar do Maranhão por meio do 8º Batalhão, no comando do Coronel Alexandre, prendeu na última terça-feira (05), por volta das 04h30min, na Avenida Conselheiro Hilton Rodrigues, próximo à UPA do Araçagi o indivíduo Gabriel de Amorim Maranhão (22), pelo crime de roubo com o emprego de arma de fogo e porte ilegal de arma de fogo.

A ação aconteceu por volta das 04h30, a guarnição da Viatura 16094- General Arthur Carvalho estava em rondas na localidade da Av. Conselheiro Hilton Rodrigues quando observaram um coletivo que faz linha Raposa-Araçagi/Centro, no qual um dos passageiros fazia pedido de socorro, momento em que a guarnição interceptou o coletivo verificando que dois elementos pularam do ônibus em movimento.

A guarnição então realizou perseguição aos mesmos logrando êxito na captura de um deles, o qual estava de posse de todo o material roubado e da arma de fogo. Os passageiros, após a captura do elemento pela guarnição, tentaram ainda linchá-lo, sendo necessário que os PMs efetuassem disparos para o alto para afastá-los.  Sendo assim, deram voz de prisão ao mesmo e realizaram a condução até o Plantão do Cohatrac.

As demais vítimas foram orientadas a comparecer ao referido plantão, porém até o fechamento deste livro apenas uma vítima compareceu reivindicando a quantia em dinheiro.

MATÉRIAIS APREENDIDOS:

– 1 Revólver calibre 38 TAURUS de numeração 330426 com 6 munições intactas;

– 4 Celulares (SAMSUNG);

– 1 Cordão de metal dourado;

– 1 Relógio de metal dourado;

– 3.700 Reais em espécie;

Por: Carla Andrade/Ascom-SSP


 

A escola de samba Acadêmicos do Tatuapé, que homenageou o Maranhão e seu padroeiro, São José de Ribamar, foi a grande campeã do Carnaval de São Paulo em 2018.

A bicampeã levou carros colossais e deixou o sambódromo, na madrugada do sábado, já como forte candidata ao título. Ainda arriscou uma batida reggae, estilo musical que nasceu na Jamaica e é muito ouvido no Maranhão, tema do seu enredo. Já o carnavalesco Wagner Santos, que estreou na Tatuapé com vitória, desenvolveu um tema que conhece bem, já que é maranhense.

“Viva o Maranhão, viva São José”, disse Wagner Santos, carnavalesco da Tatuapé, que é maranhense.

Marrom

Em segundo lugar ficou a Mocidade Alegre, que levou à passarela uma bela homenagem à maranhense Alcione, a Marrom.

Com informações : 


 

Nesta segunda-feira (29) a equipe do Materno Infantil realizou o minicurso de Práticas de Mobilização Gessada direcionado aos profissionais da enfermagem (enfermeiros e técnicos); a capacitação prepara esses profissionais para mobilização poli-traumática pediátrica.

A iniciativa partiu da pediatra Thayza Hortegal juntamente com o diretor do hospital infantil Louredir Lobato devido a necessidade desses profissionais estarem preparados para receber pacientes que chegam até a unidade de saúde sem a devida imobilização;

“Infelizmente é uma realidade do hospital receber crianças com fraturas transportadas de todos os jeitos imagináveis; quando a fratura é exposta ainda se tem a preocupação de ligar para o SAMU, a gravidade está nas fraturas não expostas que sem a devida imobilização pode agravar o trauma, por isso a importância dessa capacitação para os nossos profissionais.” Afirmou a Dra. Thayza Hortegal.

É importante ressaltar que essa qualificação é de nível média/alta complexidade, o que torna os profissionais que participaram do minicurso capacitados para atendimentos graves.

O curso foi ministrado pelo palestrante especialista em traumato-ortopedia Carlenilson Ribeiro com a participação da médica radiologista Renata Bogéa.

A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

Todos os profissionais que participaram do curso receberam a devida certificação de capacitação.

A imagem pode conter: mesa e área interna